Não quero fazer mais previsões para o meu clube

Dezembro 13, 2019 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
Vítor Sá Pereira

Olá, caríssimos leitores do BnH!

Antes de mais, quero desejar-vos uma feliz época natalícia. 



Falando de futebol e do meu clube, parece que os maus resultados, a inconstância e a turbulência estão a custar passar.

Depois de uma vitória normal e justa frente ao Paços de Ferreira, adivinhava-se um jogo difícil no Jamor frente a um Belenenses que, historicamente, cria dificuldades a todos os grandes e num relvado que outrora foi bom.

O golo sofrido cedo deixou a equipa ansiosa e tensa. Apesar de o Porto se queixar da irregularidade no golo, na minha opinião, o lance é limpo. O Porto tem é de se queixar da passividade e falta de agressividade.

Depois disso, tivemos de nos bater frente a uma equipa do Belenenses fechada e à espera do erro do Porto. Se o FCP fez o suficiente para ganhar, até fez, mas a ansiedade bloqueia aquela equipa e os processos são repetidos e previsíveis: bola na frente e corre Marega. Assim não vamos lá…O Porto está tão estranho e fraquinho que já estamos a 4 pontos e até fazemos do rival um “bicho papão”, que não o é.

Sérgio Conceição, mais uma vez, não consegue aceitar perder pontos e ataca arbitragens e tudo e mais alguma coisa e não tem noção de que ele é parte substancial do problema. 

Se deu um soco?! Não faço a mínima! Se deu, deveria ser castigado ou pedir demissão. 

Pedro Ribeiro, durante o jogo todo, teve uma postura que mais parecia estar a jogar uma final da Liga dos Campeões: agressivo e contundente nas indicações, nem parecia o mesmo de outros jogos.

Sinceramente, não quero fazer mais previsões para o meu clube. Tem-me desiludido tanto que não consigo prever o que aí vem. Quatro pontos de atraso são preocupantes. 

Para terminar, queria destacar, pela negativa, a imprensa desportiva e escrita em Portugal. Quando o FCP foi eliminado da Champions os títulos eram: “despromovido para a segunda liga europeia” e o “diabo a quatro”! No caso do SLB, foi apurado, milhões conquistados de apenas duas vitórias em 6 jogos e “alô europa” e “europa ganha”! Inacreditável!…Ser portista não é fácil, mas é maravilhoso! 

Bons jogos e até à próxima.

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

[Ndr: este artigo foi entregue à redação antes do jogo FC Porto – Feyenoord, a contar para a Liga Europa]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Não é medo

Não é medo de viver Não é medo de abraçar Não é
Ir Para Cima