O futebol jogado…dentro e fora de campo

Dezembro 28, 2018 Mundo
Vítor Sá Pereira

Olá, leitores do BnH!

Espero que o vosso Natal tenha sido Santo e Feliz.

Aproveito, também, para vos desejar um 2019 com muita saúde e sucessos.

Vamos então falar de futebol, do que é jogado fora e dentro de campo. Isto porque uns são melhores dentro e outros fora.



Falando do meu clube, e do que é jogado dentro de campo, ele conquistou mais uma vitória preciosa frente a um enorme Rio Ave. Começo a sentir alguma fadiga nos jogadores do FCP. Foi um mês repleto de jogos e viagens e, apesar de ganharem fortunas, são seres humanos e nem sempre o rendimento é o melhor. O Porto entra novamente a perder o jogo, com um golo de um dos melhores avançados da Liga Portuguesa: este Carlos Vinícius, que eu já conhecia do Real Massamá, é um poço de força e talento! Fiquei impressionado e acho que tinha lugar no plantel do FCP. Outro jogador que ainda está num nível alto é Fábio Coentrão, que ainda tinha lugar num grande. Brahimi e Marega fizeram dois golos bonitos e resolveram a questão, fazendo com que o FCP terminasse com uma vitória e com a liderança no ano em que foi campeão. A equipa precisa de descansar e aproveitar esta fase de Natal, até porque estão de parabéns pelas 15 vitórias consecutivas, igualando o registo de Artur Jorge em 1984 – 1985.

Cerca de 45 minutos depois deste jogo, começou um jogo amigável, que eu, sinceramente, pensei, antes do jogo, que pudesse ser sério. Mas o resultado foi de 6 -2, entre supostamente 2 candidatos ao título, mas no final deste jogo vi tudo aos abraços e aos sorrisos e vi um Abel muito tranquilo na conferência de imprensa e não vi António Salvador irritado. Este Braga tem uma cara frente ao SLB e tem uma cara agressiva e competitiva contra os outros todos! No jogo da segunda volta vou apostar 100 euros no Benfica e a probabilidade de êxito é de 100%.

Quero destacar nesta primeira fase da época as equipas do Vitória de Guimarães, Moreirense e Belenenses. A desilusão é o Desportivo de Chaves, que tem dos orçamentos mais caros.

Para terminar, queria dar os parabéns ao SLB pelas importantes vitórias em tribunal; quero desejar boa sorte aos arguidos Paulo Gonçalves e aos oficiais de justiça. Pelos vistos, Paulo Gonçalves acedeu ao segredo de justiça por proveito pessoal e não por ser empregado do Benfica. A Juíza podia ter disfarçado melhor e, pelo menos, ia a julgamento porque havia provas dos inspetores da Judiciária, mas esse trabalho da polícia foi em vão. Falaram e defenderam-se com o “Apito Dourado” durante anos e afinal têm o poder absoluto sobre as finanças, justiça e sobre o Governo.

É que se este caso fosse comigo, o que me acontecia??? Viva a Justiça em Portugal.

Renovo os votos de um excelente 2019 e que o FCP renove o seu estatuto de Campeão Nacional.

Desculpem a minha sinceridade, não consigo ser de outra forma.

Abraço a todos!

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*