Objetos de estação espacial chinesa caem em Barcelos

Abril 1, 2018 Atualidade, Concelho, Mundo

Em notícia de última hora, sabe-se que caíram objetos da estação espacial chinesa “Palácio Celeste 1” (Tiangong-1) no concelho de Barcelos. As autoridades judiciais, no entanto, não permitem a divulgação dos locais porque está a desenrolar-se uma investigação muito precisa, envolvendo a PJ, o SIS, Autoridade Aeronáutica Nacional, Agência Espacial Europeia, Agência Espacial Chinesa, entre outras autoridades europeias e chinesas.



O secretismo deve-se ao facto de em Portugal o segredo de justiça e das investigações estar a ser constantemente violado. Para evitarem “toupeiras”, a investigação está a ser o mais secreta possível, recorrendo, inclusivamente, a métodos chineses de ocultação de informação.

No entanto, nem tudo se consegue “vedar” e uma testemunha contactou o Barcelos na Hora no sentido de, não só, alertar para o sucedido, como igualmente, de contar mais alguns pormenores. Sempre pedindo anonimato total.

“Vejam lá que ainda há pouco saiu um Euromilhões para Barcelos e agora acontece isto. Eu estava ao portão à espera do Compasso quando vejo coisas brilhantes a deslocarem-se no céu. Primeiro pensei que fossem foguetes a anunciar a chegada do Compasso mas não ouvia campainha nenhuma. Depois, tenho que ser sincero, pensei que fossem ovnis e essas coisas. Mas quando os pedaços caíram, um deles mesmo na horta de uma familiar minha, fomos ver e eram pequenos pedaços de metal. O meu filho, que anda na universidade, é que nos disse que nas notícias andavam a dizer que iam cair coisas dos chineses cá em Portugal. Chamámos a GNR e desde aí nunca mais nos deixaram ir aos locais. A minha familiar está zangada por causa dos danos e porque aquilo lhe estragou os grelos, alguns deles que iam ser colhidos esta semana para se venderem na feira, na quinta”, referiu. “Diz mesmo que os chineses estão a dar cabo disto tudo”, salientou.

Entretanto, sabe-se que não houve perdas de vidas, constando que apenas haja danos materiais e agrícolas. Esperam-se por mais informações acerca deste insólito acontecimento que, mesmo estando previsto, havia uma ínfima hipótese de acontecer, sendo que a hipótese de uma dessas peças acertar numa pessoa era na ordem de uma para 700 milhões. Mas como não há mais informações, não se sabe se é mesmo verdade que as referidas peças, com peso a rondar as 200 gramas, não atingiram alguma pessoa.

[Ndr: como deve ter reparado, esta notícia não é verdadeira, sendo a nossa “partida” de 1 de abril, Dia das Mentiras.]

Foto: DR.

2 Comments

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*