OPEN B celebra segundo aniversário

Dezembro 16, 2017 Atualidade, Concelho, Cultura

No passado dia 14 de dezembro, o CLDS 3G (Contrato Local de Desenvolvimento Social – 3. ª Geração) de Barcelos, designado OPEN B – Oportunidades, Parcerias e Empreendedorismo no Núcleo Urbano de Barcelos celebrou o seu segundo aniversário. Este é um projeto do qual a ATAHCA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave — é a Entidade Coordenadora Local da Parceria.



Na sessão aberta aos colaboradores e parceiros marcou presença a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, que reconheceu ser “uma honra estar com o OPEN B nesta parceria sólida” iniciada há dois anos.

Quem também marcou presença foi o presidente da Entidade coordenadora, Prof. Mota Alves, que agradeceu aos parceiros o esforço e dedicação nesta causa que visa “deixar uma marca positiva na vida das pessoas marcadas por acontecimentos negativos”.

Este projecto teve o seu início a 14 de dezembro de 2015 e tem como objetivo “desenvolver uma série de atividades divididas por 3 eixos de intervenção, Eixo: Emprego, Formação e Qualificação; Intervenção Familiar e Parental, preventiva de pobreza infantil e Capacitação da Comunidade e das Instituições”.

De acordo com Armandina Saleiro, é uma forte aposta na intervenção social a qual procura implementar uma estratégia de combate contra os flagelos do desemprego, principalmente o jovem, da exclusão social e do abandono escolar, da pobreza infantil, da solidão e isolamento da população.

Dá, ainda, uma especial atenção à promoção da revitalização das instituições e das comunidades locais, com particular incidência nos bairros sociais da área de intervenção.

Criaram-se e dinamizaram-se projetos e acções conjuntas que concretizam a promoção da inclusão social e combatem a pobreza na freguesia de Arcozelo e União das Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescaínha (S. Martinho e S. Pedro) particularmente a infantil, sem excluir a restante área do concelho.

O Prof. Mota Alves lembrou que estes dois anos de actividade se saldaram por “resultados positivos que espero sejam duradouros e possam ter continuidade como forma de credibilizar as instituições”.

O presidente da ATAHCA acredita que “vai ficar uma semente duradoura, que há-de germinar e produzirá novos frutos”.

Reconhecendo que o trabalho na área social “não é fácil e precisa de persistência de todos nós”, Mota Alves não esqueceu a gratidão a “todos os parceiros, apesar dos constrangimentos que obrigam a um esforço muito grande devido ao atraso nos pagamentos”.

Fazendo um balanço destes dois anos de parceria do OPEN B com a ACIB, o GASC e restantes parceiros, entre eles, Juntas de Freguesia e Agrupamentos de Escolas, o presidente da ATAHCA reconheceu que “estão ao nível do que esperávamos e em algumas áreas foram além do esperado”.

Mota Alves espera que o OPEN B “deixe uma marca sentida na vida das pessoas” que aqui são “acolhidas de braços abertos mas apertados contra o coração” — como sustentou Armandina Saleiro.

Estiveram presentes representantes da Associação Humanitária de Rio Côvo Santa Eugénia, Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, Agrupamento de Escolas Gonçalo Nunes, Grupo de Acção Social Cristã, VilaWork – Barcelos Business Center, Escola Secundária de Barcelos, bem como o presidente da Junta de Freguesia de Arcozelo.

Após ser servido o bolo de aniversário, cada um dos participantes recebeu um postal de Natal, elaborado por alunos da Escola 2/3 Gonçalo Nunes.

Fonte e fotos: OPEN B.

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Pin It on Pinterest

Shares
Share This

Partilha esta Notícia

Partilha com os teus amigos

Ir Para Cima