Óquei de Barcelos derrota Noia e apura-se para os quartos de final da Taça CERS

Janeiro 13, 2018 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Em jogo disputado no Pavilhão Municipal de Barcelos, o Óquei Clube de Barcelos (OCB) venceu o CE Noia, de Espanha, e apurou-se para os quartos de final da Taça CERS, onde defrontará a equipa portuguesa da Juventude de Viana. Depois do empate a 1 golo trazido de Espanha, o OCB conseguiu levar a melhor sobre os espanhóis, por 3-1 (4-2 no somatório da eliminatória).



Na noite chuvosa e fria, e com arbitragem da dupla italiana Filippo Fronte e Alessandro Eccelsi, Paulo Pereira, treinador do OCB, apresentou Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Hugo Costa e Rúben Sousa no cinco inicial. No banco ficaram Afonso Lima, Juanjo López, Marinho, Joca Guimarães e André Almeida.

Já Pere Varias, treinador do Noia, colocou na quadra Jesús Fernández, Aleix Esteller, Jordi Del Amor, Nil Roca e Sergi Llorca como cinco inicial, deixando no banco, de início, Marti Zapater, Humberto Mendes, Arnau Xaus, Martí Casas e Sergi Aragonés.

De referir que o Óquei Clube de Barcelos realizou uma homenagem a Leandro Carvalho, um jovem hoquista da formação que está a atravessar uma fase difícil da sua vida. Na foto de destaque pode-se testemunhar a mensagem da equipa para o jovem em questão.

O OCB começou melhor, com João Almeida, aos 7 minutos, a abrir o marcador para os da casa. Três minutos depois, e ao mesmo tempo, por discussão, Hugo Costa e Nil Roca foram admoestados com um cartão azul. O jogo continuou de parada e resposta mas a 25 segundos do final da primeira parte, o Noia empatou, por intermédio de Aleix Esteller. E assim, com o marcador a apontar um empate a 1 golo, as equipas saíram para o balneário, para tempo de intervalo, deixando tudo empatado na eliminatória.

Como já vem sendo hábito, o intervalo parece fazer bem ao OCB pois apenas 3 minutos depois do reatamento da partida, Hugo Costa recolocava os barcelenses de novo à frente do marcador. Aos 10 minutos, Humberto Gomes falhou uma grande-penalidade para os espanhóis. 10 minutos após este lance, o Noia atingiu as dez faltas. Chamado a marcar o respetivo livre direto, o capitão Zé Pedro não desperdiçou e colocou o OCB a vencer por 3-1. No minuto seguinte, e com o jogo parado, Hugo Costa foi novamente admoestado com cartão azul, desta feita por protestos. A meio do 24º minuto, e novamente Nil Roca, do Noia, é admoestado, também, com cartão azul. Desta feita, João Almeida não conseguiu concretizar o livre direto. Até ao final do jogo, não se registaram mais incidências de destaque.

No entanto, já após o final, e com o OCB apurado, as equipas “pegaram-se”, resultando daí alguns momentos de maior tensão, mas que logo terminaram com cumprimentos entre os jogadores de ambas as equipas.

Nos quartos de final o a equipa barcelense defrontará a Juventude de Viana, com a primeira-mão a disputar-se a 17 de fevereiro, em Viana do Castelo, e a segunda a 10 de março, em Barcelos.

Fotos: André Miranda e Hugo Brito.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Pin It on Pinterest

Shares
Share This

Partilha esta Notícia

Partilha com os teus amigos

Ir Para Cima