Óquei de Barcelos despede-se do campeonato com vitória sobre a Juventude de Viana

Junho 9, 2018 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Em partida a contar para a última jornada do Campeonato Nacional da 1ª divisão de Hóquei em Patins, o Óquei Clube de Barcelos (OCB) recebeu, hoje, a Juventude de Viana, que levou de vencida por 5-3.



Com arbitragem de Florindo Cardoso (AP Minho) e de Paulo Santos (AP Porto), as duas equipas alinharam com:

OCB: Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Rúben Sousa e Marinho (cinco inicial), André Almeida, Juanjo López, Joca Guimarães, Hugo Costa e Afonso Lima (no banco, de início), com Paulo Pereira como treinador.

 

Juventude de Viana: Jorge Correia, Tó Silva, Nuno Santos, Nélson Pereira e Emanuel García (cinco inicial), Telmo Fernandes, Gustavo Lima, Francisco Silva e João Ramalho (no banco, de início), com Renato Garrido como treinador.

 

Foi uma primeira parte muito morna, sem momentos de grande destaque a não ser a grande penalidade falhada pelo OCB, por intermédio de Afonso Lima, a 3 segundos do final. Ao intervalo, o marcador apontava um empate a 0 entre as equipas.

Como costuma ser normal, a segunda parte trouxe mais “sumo” ao jogo. Logo aos 4 minutos, o OCB chegou à sua 10ª falta e Emanuel García abriu o marcador, apontando o correspondente livre direto. O OCB via-se, assim, em desvantagem, que durou cerca de 10 minutos, quando a Juventude de Viana também chegou à 10ª falta. Marinho falhou o livre direto mas ainda dentro do minuto, Joca Guimarães restabeleceu a igualdade.



Este golo foi o tónico para o OCB dar a volta à situação. Dois minutos depois, Nélson Pereira faz falta para grande penalidade e é admoestado com azul. Chamado a marcar, Marinho colocou o OCB a vencer por 2-1.

 

Ainda no mesmo minuto, Rúben Sousa aumentou para 3-1, dando uma vantagem mais confortável ao conjunto de Barcelos.

Aos 19 minutos, é Marinho a ser admoestado com azul mas, desta feita, Emanuel García não conseguiu desfeitear Ricardo Silva no livre direto. No entanto, no minuto seguinte, Nuno Santos reduziu para 3-2. O resultado ficou, de novo, aberto. Aos 22 minutos, Rúben Sousa bisou e restabaleceu a vantagem de dois golos. Dois minutos depois, Francisco Silva falhou uma grande penalidade para a Juventude de Viana. No mesmo minuto, Hugo Costa colocou a OCB a vencer por 5-2. A 20 segundos do fim, o veterano Tó Silva reduziu para 5-3 e a 3 segundos do final do jogo, o OCB chegou às 15ª falta mas Emanuel García, na luta pelo título de melhor marcador do campeonato, não conseguiu marcar, ficando o resultado fechado numa vitória do OCB por 5-3.

Com esta vitória, o OCB terminou o campeonato na 6ª posição, com 43 pontos.

Fotos: Hugo Brito.

 

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Pin It on Pinterest

Shares
Share This

Partilha esta Notícia

Partilha com os teus amigos

Ir Para Cima