Óquei de Barcelos perde com UD Oliveirense em casa

Fevereiro 9, 2020 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo

Realizou-se, ontem, o jogo Óquei Clube de Barcelos (OCB) – UD Oliveirense, a contar para a 16ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª divisão de hóquei em patins.



Na quadra do Pavilhão Municipal de Barcelos, e sob arbitragem de Luís Peixoto e João Duarte (AP Lisboa), o jogo contou com os seguintes alinhamentos:

OCB – Ricardo Silva, Zé Pedro, Gonçalo Meira, Ezequiel Mena e Luís Querido (cinco inicial); Joka, Gonçalo Nunes, Miguel Rocha, Alvarinho e Franco Ferruccio (banco inicial); Paulo Pereira (treinador).

UD Oliveirense – Xavier Puigbi, Xavi Barroso, Marc Torra, Jordi Bargalló e Jorge Silva (cinco inicial); Nélson Filipe, Vítor Hugo, Henrique Magalhães, João Almeida e Ricardo Barreiros (banco inicial); Renato Garrido (treinador).

O OCB até entrou bem, com Luís Querido a abrir o marcador aos 5 minutos. No entanto, os forasteiros deram a volta ao marcador, por Barroso, aos 10’, e Bargalló, aos 12’. Na marcação de um livre direto a penalizar por azul, Luís Querido bisou e fez o 2-2, aos 18’, resultado com que se chegou ao intervalo.

A segunda volta foi bem mais penosa para o OCB, com os visitantes a quatro golos se seguida, colocando o resultado em 2-6. Os autores dos golos foram Bargalló (12’), Torra (14’), João Almeida (16’) e Torra (17’). Luís Querido fez hat-trick aos 18’, na marcação de uma penalidade. Mena reduziu para 4-6 na marcação de novo livre direto por azul e Alvarinho fechou o resultado final em 5-6, a menos de 50 segundos do final, que ainda contou com Miguel Rocha a falhar penalidade e Bargalló a falhar livre direto por 10ª falta.

Com este resultado, e com a vitória do FC Porto, o OCB continua na 3ª posição, mas em igualdade de pontos com os portistas e atrás de Sporting e SL Benfica, 2º e 1º, respetivamente. Na próxima jornada, o OCB joga em casa do Paço de Arcos.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima