Os líderes de ambas as divisões, Carapeços e Lama, empatam mas mantêm lideranças

Janeiro 4, 2019 Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião
Gonçalo Santos

Olá, amigos!

Espero que tenham tido uma boa passagem de ano, junto dos vossos queridos.



Desta vez, começo pela segunda divisão, especificamente pelo jogo que tive oportunidade de assistir: o Águias de S. Mamede 1 – 1 C. D. LAMA. Assisti a um bom jogo entre duas das equipas melhores classificadas da segunda divisão. O Lama estava, e ainda está, na liderança e ao início do jogo já sabia que ia continuar a estar, devido ao empate a duas bolas, no dia anterior, entre o Milhazes e o Paradela.

O jogo decorreu, em grande parte, com as duas equipas a jogarem de forma pragmática e a estudarem-se mutuamente. Enquanto o nulo se manteve, os forasteiros procuravam jogar em posse e construção, enquanto a equipa da casa jogava um futebol bastante mais rápido e direto, quando, em meados da primeira parte, o Lama chegou à vantagem, de grande penalidade. Após o golo inaugural, e até ao intervalo, o jogo baixou de intensidade e ambas as equipas disputaram o jogo no miolo do terreno. No segundo tempo, inverteram-se os papéis e foram os da casa a assumir as despesas do jogo e os forasteiros a procurar explorar o erro, com linhas baixas e transições rápidas para o ataque. O 1-0 foi durando até que nos últimos cartuchos, e quando já muito poucos acreditavam, o S. Mamede chegou ao empate. Ainda sobraram alguns minutos para ambas equipas tentarem chegar à vitória, mas foi mesmo o empate que perdurou até final. Nota para uma arbitragem razoável, mas com algum excesso de autoritarismo e, ainda, com uma notória falta de experiência do árbitro-auxiliar de bancada.

Nos restantes jogos da segunda divisão, destaque para o empate entre outros dois aspirantes à subida de Divisão, o Milhazes e Paradela; a vitória do Aborim, em casa, sobre o Águas Santas, por 5-4, sendo que são também dois candidatos à subida de Divisão. O Aborim, com esta vitória, ascendeu ao pódio, perseguindo o líder Lama e igualando, em pontos, o Paradela.

Quem está a passar um mau bocado é mesmo o Feitos, que voltou a perder, desta vez em casa contra os Estrelas de S. Pedro, por 1-2. O Feitos, nos últimos 7 jogos apenas venceu um, depois de um inicio de época imaculado onde somava oito vitórias em outros tantos jogos.

Na primeira divisão houve tropeção do líder e do campeão

Na primeira divisão, o líder incontestado, o Carapeços, concedeu um empate a uma bola no seu reduto diante do sempre difícil Leões da Serra. Enquanto o campeão vai perdendo pontos com bastante frequência. Desta vez foi em casa contra o Remelhe, que é, neste momento, o principal perseguidor ao líder. Com a vitória deste e com o empate do Carapeços, a distância entre os dois primeiros cifra-se nos oito pontos. Sendo que, na próxima jornada, poderá haver aumento ou redução da distância, uma vez que irão defrontar-se os dois primeiros na última jornada da primeira volta, em Remelhe.

O Leocadenses venceu, pela margem mínima, o recém-promovido, e campeão da segunda divisão da temporada passada, Lijó. O Sequeade, que iniciou o campeonato a bom ritmo e permanecendo grande parte da primeira volta nos primeiros lugares, agora está em decrescendo e esta semana perdeu em casa com o Perelhal, por 1-4. O Campo continua a perder pontos e mantém-se no último lugar da tabela.

Quem está em crescendo depois de um mau início é o Macieira, que venceu e fugiu na classificação ao Pereira. O Silva venceu esta semana e tenta fugir dos lugares de despromoção, que são ocupados pelo Baluganense, Silva e Campo.

Despeço-me com os votos de um Feliz 2019 para todos os leitores e participantes do futebol popular.

Por: Gonçalo Santos*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima