Para prevenção do Coronavírus, jogos estão suspensos

Março 12, 2020 Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião
Gonçalo Santos

Olá amigos,

Antes de mais, venho, desta forma, informar todos os leitores que todos os jogos dos campeonatos do Popular estão suspensos por tempo indeterminado, conforme se pode atestar pelo Comunicado da AFPB, através do seu site oficial: http://www.afpbarcelos.pt/n/covid-19 (basta clicar para aceder automaticamente).



No que ao futebol diz respeito, mais uma jornada disputada do Campeonato Popular de Barcelos. Os três primeiros classificados não vacilaram e venceram os respetivos encontros.

O Remelhe, que é o líder da classificação venceu por 3-1, em casa, e manteve o primeiro posto; o mais próximo perseguidor, o Leões da Serra, venceu, pela margem mínima, num jogo difícil, o Oliveira e manteve o segundo lugar. Mas o maior destaque da jornada foi a goleada “das antigas” do Carapeços sobre o Fonte Coberta, por 9-0!

O Leocadenses aproveitou a derrota do Oliveira para cimentar o quarto lugar, ao vencer, “à tangente”, o Milhazes, que também está a realizar um bom campeonato. O Carvalhal aproveitou para fugir a um dos concorrentes diretos na luta pela manutenção e venceu o Aborim. Tal como o Aborim, o Lijó e o Fragoso são as equipas nas posições mais delicadas, uma vez que estão em lugares de despromoção.

O Sequeade, o Negreiros e o Paradela, que também estão no lote que luta para fugir aos lugares de despromoção, não foram além de um empate, sendo que o Sequeade e o Negreiros jogaram entre si e o Paradela empatou a 4 com o Pereira.

Na segunda divisão, vou começar pelo jogo que presenciei, e para o qual fui formalmente convidado pela equipa do Silveiros, tanto eu, como toda a equipa da Rádio Barcelos, e no qual fomos tremendamente bem-recebidos por uma direção humilde, de gente bem-educada, que sabe bem-receber e respeitar o trabalho dos órgãos de comunicação barcelenses, na qual eu agradeço a forma calorosa como fomos recebidos.

Quanto ao jogo em questão, o resultado foi favorável à equipa forasteira, o Cristelo, que venceu, e convenceu, por 0-3. O resultado não engana, a equipa do Cristelo entrou com tudo e encostou o Silveiros às cordas até conseguir o 0-2, ao rondar os 20 minutos, e o resultado foi, assim, para intervalo. No segundo tempo, o Silveiros tentou reagir e teve uma grande ocasião para reduzir, mas a ansiedade e precipitação levaram à perca de uma boa oportunidade de superioridade numérica dentro da área. Alguns minutos volvidos, o Cristelo faz o 0-3 e sentencia o jogo, e depois foi apenas cumprir o tempo regulamentar até ao términus do jogo. Uma palavra para a equipa de arbitragem, chefiada por Rui Lopes que passou despercebida no jogo e é isso que se pede a uma equipa de arbitragem: nota positiva!

Tal como na primeira divisão, os primeiros três da tabela classificativa venceram os respetivos jogos, estando no primeiro posto o S. Martinho e perseguido pelo Águas Santas e Campo, fechando, assim o pódio e os lugares de promoção à primeira Divisão.

Mas a grande vivacidade da segunda divisão está nas candidaturas à subida, uma vez que existem imensos candidatos apenas para três vagas e sendo que uma já está quase entregue, uma vez que o líder já está a 13 pontos, à maior, de distância do 4º classificado.

A lista ainda é bastante extensa e o facto de serem muitos contribui para que conquistem pontos a concorrentes diretos e a sua confiança aumente num jogo de candidatos.

Mais no final, nada de novo aconteceu nos últimos lugares e continuamos, todos, a suspirar pela primeira vitória do Silveiros, que é a única equipa dos dois campeonatos que ainda não venceu.

Despeço-me com um forte e estimado abraço, deste vosso amigo Gonçalo.

Por: Gonçalo Santos.*

Fotos: Márcio Fernandes.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima