Programa “Arqueologia à Noite” termina com balanço positivo e novo projeto na calha

Novembro 15, 2017 Atualidade, Concelho, Cultura, Política

Terminou o programa Arqueologia à Noite, uma atividade promovida pelo Município de Barcelos e que contou ao longo dos últimos dois anos com cerca de 800 participantes.



Na última sessão, que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, os intervenientes tiveram a oportunidade de interpretar e explorar o património local e descobrir a história dos monumentos e dos sítios do passado de Barcelos, através do manuseamento de diferentes tipos de materiais arqueológicos, na sua maioria utensílios com o mesmo tipo de função, mas com milhares de anos de intervalo entre eles.

Os participantes, munidos de luvas, puderam experimentar materiais do Paleolítico, caso dos seixos talhados e dos bifaces, ou os utensílios do Neolítico, como por exemplo os machados de pedra polida e as pontas de seta e, ainda, alguns artefactos da Idade do Bronze. Puderam, também, manusear os pesos de tear e fragmentos de telha produzidos durante a dominação Romana.

O programa Arqueologia à Noite iniciou-se em setembro de 2015 e registou um total de 16 sessões, com a visita a uma dúzia de sítios arqueológicos e monumentos classificados existentes no concelho.

As atividades passaram pelas gravuras do Monte de São Gonçalo, pelo Mosteiro de Banho, pelas gravuras rupestres de Remelhe, pela Igreja de Santa Maria de Abade de Neiva, pelo Balneário Castrejo de Galegos, pela Igreja e Convento de Vilar de Frades, pelo centro histórico medieval de Barcelos, pelo Mosteiro de Palme, pelo Paço dos Condes de Barcelos e ainda pelo edifício da Câmara Municipal, tendo-se repetido a visita à estação arqueológica do Castelo de Faria e às gravuras da Laje dos Sinais. As visitas foram sempre gratuitas e abertas ao público, tendo-se registado uma média de 50 participantes em cada sessão.

Este programa de visitas noturnas chega agora ao fim para dar lugar a um projeto de divulgação do passado de Barcelos através de outras vias, mas sempre com o objetivo de informar e formar o público para o património do concelho.

Fonte e fotos: CMB.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Me deu frio

No sopro de um suspiro Corre em mim, um arrepio Toco nas
Ir Para Cima