Projeto do Município de Barcelos e agrupamentos escolares disponibiliza terapeutas da fala e psicólogos às escolas

Fevereiro 22, 2018 Atualidade, Concelho, Educação

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, assinou ontem, 21 de fevereiro, nos Paços do Concelho, um protocolo de colaboração com os agrupamentos de escolas de Barcelos para a implementação do Projeto de Intervenção Psicossocial e Psicoeducativo de Barcelos, destinado os alunos do pré-escolar e do 1.º ciclo do ensino básico com graves dificuldades de aprendizagem e/ou problemas cognitivos, emocionais e comportamentais.



O projeto integra o Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar do Cávado, aprovado pelo Programa Operacional Regional do Norte 2014-2020 (Norte 2020), através da Tipologia de Intervenção Planos Integrado e Inovadores de Combate ao Insucesso Escolar de âmbito intermunicipal. Para a execução deste projeto, que tem a validade de 36 meses, há uma dotação orçamental de 498.800,00€, sendo que 85 por cento deste valor é financiado por fundos europeus.

O projeto foi desenvolvido em cooperação estreita e com o envolvimento ativo dos agrupamentos de escolas e escolas não agrupadas do concelho de Barcelos e tem como objetivo contribuir para a promoção do sucesso educativo e prevenir o abandono escolar, através da implementação e operacionalização das ações previstas.

Em termos de recursos humanos, inclui uma equipa composta por seis psicólogos e três terapeutas da fala, exercendo a sua atividade com autonomia técnico-científica, articulando com o coordenador e com os representantes dos agrupamentos.

Na sessão da assinatura dos protocolos, Miguel Costa Gomes salientou a necessidade de manter o esforço do combater às desigualdades e a promoção da equidade, pelo que “o Município de Barcelos, com este projeto, pretende criar as condições necessárias para que as crianças e jovens do concelho possam ser bem-sucedidas e prossigam os seus estudos”. “A aposta que hoje fazemos na educação, amanhã trará resultados”, referiu.

Para a vereadora da Educação da Câmara Municipal de Barcelos “esta oportunidade é uma grande aposta na educação através deste quadro comunitário que visa a promoção do insucesso escolar”, sendo Barcelos o “primeiro município da Comunidade Intermunicipal do Cávado a avançar”. Armandina Saleiro referiu “que os seis psicólogos e três terapeutas da fala, para já, são os possíveis e necessários e, já estão no ativo a trabalhar nos casos mais particulares para enquadrar estas crianças”.

Fazem parte desta parceria, para além do Município de Barcelos como entidade coordenadora, o Agrupamento de Escolas Alcaides de Faria, o Agrupamento de Escolas de Barcelos, o Agrupamento de Escolas Gonçalo Nunes, o Agrupamento de Escolas de Fragoso, o Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho, o Agrupamento de Escolas de Vila Cova, o Agrupamento de Escolas Vale D’Este, o Agrupamento de Escolas de Vale do Tamel e o Agrupamento de Escolas de Braga Oeste.

Os municípios do Cávado inscreveram diferentes projetos dentro do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar, sendo que o que contempla a intervenção de equipas multidisciplinares nas escolas é considerado prioritário por todos os municípios. Barcelos é o primeiro município com intervenção direta no terreno e com um nível de maturidade e articulação muito diferenciado.

Fonte e fotos: CMB.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Atualização

Por motivos técnicos, este jornal não noticiou a 1ª jornada da Série

Pin It on Pinterest

Shares
Share This

Partilha esta Notícia

Partilha com os teus amigos

Ir Para Cima