Qualquer jogo, agora, é tremendamente difícil e nivelado!

Junho 26, 2020 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
Vítor Sá Pereira

Olá, caríssimos leitores do BnH!

Espero que se encontrem bem de saúde.



Infelizmente, não houve São João, mas houve Santa Clara!…LOL

Não só a vida dá voltas, o futebol também dá.

Não me lembro de ver um jogo do Porto tão tranquilo, isto devido à derrota das Águias, minutos antes.

Era pedido ao FCP pelo menos um empate para ficar isolado na liderança.

Sérgio Conceição começou o jogo insistindo no 4x4x2, que é um sistema que, para dar frutos, tem que ter “ferramentas”.

A primeira parte foi horrível, aquele mais do mesmo a que o nosso clube nos habituou.

Qualquer equipa que retire profundidade e espaço aos Dragões, no último terço, fica um deserto de ideias e uma total incapacidade de penetração.

Sérgio Conceição foi feliz nas substituições ao intervalo. Manafá, que é um jogador que eu, particularmente, não aprecio, mexeu com o jogo, deu velocidade e profundidade no corredor, coisas que o Tomás “verdinho” Esteves tentou, mas não conseguiu dar.

Luís Diaz, que é um jogador em quem eu depositei muita esperança, teima em não ser consistente.

O primeiro golo, do Marega, foi a chave para desbloquear o jogo. Um golo conseguido através de uma boa jogada de entendimento, com direito a festejos de Liga dos Campeões, já que todos tínhamos consciência de que a vitória significava mais de 3 pts.

O 2º e o 3º golo vieram através de grandes penalidades bem convertidas e achei que a marcação da primeira penalidade foi exagerada. O 4º golo vem na fase em que o jogo já estava decidido, onde o Porto já fazia uma posse segura e onde Fábio Vieira revelou ter visão e último passe de qualidade!

Não é só no Seixal que há prodígios, os nossos são é mais baratos e não têm máquinas de marketing.

Marega, sem dúvida o melhor em campo, onde, nos últimos jogos, tinha sido dos piores.

Depender do maliano é complicado e nem sempre as coisas saem bem…LOL

Vitória justa e essencial. Mesmo assim, continuo desconfiado deste Porto.

Qualquer jogo, agora, é tremendamente difícil e nivelado. Que o FCP aproveite o embalo deste último jogo.

O que é isso da “Operação sem rosto??! O que fizeram os Super Dragões desta vez?!!…

E o Lage não era o novo Mourinho e o “rei da humildade”??…

Abraço a todos e não facilitem!

Por: Vítor Sá Pereira.*

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima