Rei Leão à condição!

Janeiro 18, 2018 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
José Costa

Caros adeptos,

Para a I Liga, onde os ânimos andam um tanto ou quanto exaltados, o Sporting venceu o Desportivo das Aves, por 3 – 0.



Estreia de Rúben Ribeiro, sinal claro de que esta será uma peça a incluir no processo ofensivo do Sporting. Num jogo em que os Leões andaram devagar, mas cumpriram o objetivo de alcançar uma vitória justa e merecida.

Decorridos 31 minutos, grande trabalho de Rúben Ribeiro, recém-chegado ao Sporting, que assiste Bas Dost para o cabeceamento certeiro do holandês e assim ficou feito o primeiro em Alvalade.

Bas Dost engana Quim e aos 52 minutos marca o segundo golo da partida. É o bis do holandês.

Para finalizar e já aos 90 minutos surge o hat-trick de Bas Dost. Piccini sobe pela direita e cruza para o holandês finalizar sozinho na cara de Quim.

Desta feita está alcançado mais um objetivo, a vitória, que coloca os Leões no topo da tabela, embora à condição, face ao impasse no jogo Estoril – F. C. Porto, que só será concluído a 21 de fevereiro.

No futsal e no hóquei o Sporting quebrou e acabou por ser derrotado na pior altura, em competições decisivas.

Em Futsal, para a Taça da Liga e nas Meias finais, jogadas em Sines e frente ao Fundão, no passado sábado, o Sporting consegue o primeiro objetivo desta fase e vence por 2 – 1.
Na final, no domingo, o Sporting não conseguiu vencer o Benfica, tendo sido derrotado por 5 – 2, perdendo assim um troféu que tradicionalmente era ganho pelo Sporting, e desta foi, pela primeira vez, para o Benfica.

Depois de 28 jogos sem perder, os Leões cederam e a Taça da Liga foi para a Luz.

Em hóquei, o Sporting acabou também por perder a liderança do campeonato para o Benfica, em resultado da derrota que sofreu frente ao F. C. Porto, por 2 – 1, a juntar à derrota que trouxe de Itália, para a Liga Europeia, frente ao Lodi por 4 – 7.

O Gil Vicente, em casa frente ao líder, bateu-se bem, rematou bastante, mas não marcou e como quem não marca sofre, acabou derrotado. Não foi desta que os sócios viram o Gil vencer em casa. Apesar de tudo, a praticar melhor futebol, com a orientação de Paulo Alves, estou convencido que o nosso “gilinho” vai cantar de galo na segunda metade da Segunda Liga.

Por: José Costa*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Pin It on Pinterest

Shares
Share This

Partilha esta Notícia

Partilha com os teus amigos

Ir Para Cima