Rescaldo da Taça de Portugal de Juniores

Junho 22, 2017 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
António Matias
António Matias

Não quero alongar-me em justificações e explicações para a nossa derrota na Taça de Portugal. No princípio parecia canja, mas os adversários cresceram e reforçaram-se até que na última etapa (no Bom Jesus) levamos um xeque-mate que deixou o nosso Pedro Lopes banhado em lágrimas e a equipa toda meia paralisada.

Fomos a equipa que mais lutou para vencer esta taça, mas pronto, o adversário foi mais forte, e parabéns ao outro Pedro Lopes e à sua equipa, o Alcobaça.

Parabéns a todas as equipas que fizeram desta Taça de Portugal um grande espetáculo. Foi uma competição incrível que teve nas cinco etapas, cinco vencedores diferentes. Parabéns aos nossos ciclistas que deixaram na estrada sangue, suor e lágrimas; presentearam-nos com duas vitórias: a primeira em Alcobaça na casa dos vencedores, com o nosso Francisco Moreira; a segunda em Zambujeira do Mar com o nosso Pedro Lopes (haja quem me desminta); Pedro Lopes fez ainda segundo lugar em Odemira. Estes resultados e este empenho fazem de mim o treinador mais feliz do mundo.

Próximos grandes eventos

Será em Castelo de Vide o Campeonato Nacional onde estarão os nossos juniores e cadetes, de 30 de junho a 2 de julho. Nas vossas férias de verão não se esqueçam de passar pelo Montejunto para ver o final da Volta a Portugal de Juniores, lá bem no alto, onde os nossos ciclistas terão uma palavra a dizer.




Dia Mundial da Criança

A bicicleta foi a rainha da festa nas escolas de Roriz e de S. Veríssimo nas comemorações do dia mundial da criança. Foi muito bom para mim regressar à escola do Cruzeiro (Roriz) onde comecei esta minha já longa aventura no Norte que já dura há 32 anos. Senti imensas saudades dos meus tempos de professor primário, atividade que abandonei por incompatibilidade com a burocracia que inundou as escolas. Senti-me tão feliz, hoje [ndr: dia 01 de junho], com a participação entusiástica das crianças que não resisti a cantar com eles, no final da gincana, o hino do Roriz Pedal Clube com a música da “Ah ah ah minha machadinha”:

 

Ah ah ah minha bikezinha,

Quem te pôs o rabo sabendo que és minha!

Sabendo que és minha também eu sou teu,

Vou rolar contigo até furar o pneu.

Até furar o pneu, até ficar careca,

Vou rolar contigo até chegar à meta.

 

Saudações desportivas! Sejam felizes por favor!

Por: António Matias*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima