Rotary de Barcelos recebe Governador do Distrito 1970

Janeiro 24, 2020 Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo

Foi numa sala cheia do Hotel Bagoeira, que o Rotary Club de Barcelos, e demais convidados, receberam José Carvalhido da Ponte, Governador do Distrito 1970 do Rotary Portugal, no passado dia 22 de janeiro, pelas 20h00.



O evento contou com a presença de vários Clubes dos distritos de Braga, Viana do Castelo, Porto e Aveiro, assim como, com a da Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, entidades convidadas, entre elas, o nosso jornal, representado pelo nosso Diretor, Pedro Soares de Sousa.

Após a saudação das bandeiras, um dos primeiros atos cerimoniais foi a admissão de Isaque Ferreira, Presidente da Junta de Freguesia de Cristelo e responsável pela Delegação de Barcelos da Liga Portuguesa Contra o Cancro, como membro do Rotary Club de Barcelos.

Findos os discursos das demais personalidades, nomeadamente, da Presidente do Rotary Club de Barcelos, Cláudia Santos, do representante do Club padrinho – Guimarães – do de Barcelos, e de Armandina Saleiro, foi a vez de José Carvalhido da Ponte discursar, fazendo-o de uma forma “fora das normas”, não ficando estático num local, mas, pelo contrário, percorrendo os espaços por entre mesas e participantes. Abordou as virtudes dos rotários, os caminhos que devem percorrer, o trabalho e obras do Rotary, projetos levados a cabo, o seu livro de poesia, alegorias e conselhos, entre outros temas e assuntos.

Por falar em projetos, deteve-se um pouco mais no de Cachéu, nomeadamente, da “Casa das Mães”, projetos esses que mereceram, por parte do Club de Barcelos, uma doação para ajudar na concretização dos mesmos.

Por entre as trocas de lembranças – por exemplo, o Governador entregou um livro de poesia de sua autoria –, o Rotary de Barcelos entregou a José Carvalhido da Ponte um Galo de Barcelos particularizado com temas alusivos ao Rotary e a Viana do Castelo, de autoria da artesã barcelense Sílvia Barbosa, conhecida, local e afetivamente, como “Sílvia dos Galos”.

Ao Barcelos na Hora, José Carvalhido da Ponte salientou que tem visto um “Distrito entusiasmado, que procura, a todo o custo, rejuvenescer e construir projetos transformadores da comunidade”, realçando que “o trabalho, pelo menos durante as VOG’s, é muito intenso, mas compensatório pelas experiências que nos são proporcionadas”.

Um dos momentos da noite foi o visionamento de um vídeo promocional da Conferência Distrital, que “é sempre um momento e balanço do ano rotário e de reflexão sobre um ou outro tema mais pertinente”, referiu o Governador do Distrito 1970. Esta Conferência irá ter um relato de Boas Práticas, quer dos clubes, quer das equipas distritais, tempos de convívio e degustação gastronómica (por exemplo, no Santoínho), visitas guiadas à cidade, “Baile do Governador” e muita música.

Instado a avaliar o trabalho desenvolvido pelo Club de Barcelos, José Carvalhido da Ponte disse que viu “um clube com muito entusiasmo e bons projetos, com uma líder (Cláudia Santos) firme, mas próxima dos companheiros pelos afetos, pela simpatia, pelo sorriso. Percebi que a Presidente se acompanha de um Conselho Diretor empenhado. É um clube de referência”, concluiu.

Já Cláudia Santos, a referida Presidente do Rotary Club de Barcelos, salientou que, para ela, este jantar superou todas as suas expectativas. “Uma sala repleta de amigos. Entrada de um novo companheiro, Senhor Isaque Ferreira, fundador da empresa Frutas do Cávado, que muito nos honra com o seu Sim ao nosso movimento, tendo sido apadrinhado pelo nosso companheiro Francisco Pereira. Um serviço de excelência pela parte do Restaurante Bagoeira. A alegria e companheirismo de todos os presentes. A presença da Vice-Presidente da Câmara Municipal, Dr.ª Armandina Saleiro. As presenças das Corporações dos Bombeiros de Barcelos, Barcelinhos e Viatodos. E a incrível formação Rotária e apresentação do projeto Girassol do nosso Amigo Governador, José Luís Carvalhido da Ponte. É impossível não ficar apaixonado por este movimento, quando existe tanto entusiasmo envolvido”.

Esta Visita Oficial do Governador não se restringiu apenas ao jantar. O dia teve uma receção na Câmara Municipal de Barcelos, pelas 15h00, com a Vice-Presidente como cicerone. “Foi um encontro ‘mágico’. Se este ano o lema é a conexão ‘Rotary Conecta o Mundo, nada melhor do que sentir a conexão da amizade. Quando através do olhar se sente harmonia, não é necessário mais nada para que tudo corra bem. Dialogámos sobre o nosso percurso em Barcelos, sobre o Lema de entrega nas ações dos rotários. Foi um discurso aberto e amigo”, referiu a Presidente rotária.

Uma hora mais tarde, visitaram a AMAR 21 – Associação de Apoio às Crianças com Trissomia 21 e outras perturbações do neuro-desenvolvimento, em Vila Boa, onde esta IPSS está a produzir o Doce de Barcelos. “Sentimos o entusiamo e perfeição que estas crianças colocam neste projeto. É nestas alturas que vemos que os sonhos são possíveis de realizar e que vale a pena a nossa entrega”, revela Cláudia Santos. Seguiu-se a visita à nova sede desta IPSS, localizada na antiga escola primária de Vilar do Monte, onde conheceram o espaço entregue à AMAR 21. “É incrível ouvir as suas ideias, que nos tocam o coração e nos dão vontade de fazer parte dos seus projetos. Fomos cativados e daremos o nosso melhor”, salienta.

A tarde terminou com uma reunião de trabalho entre o Conselho Diretor do Club e o Governador, onde fizeram o balanço, fizeram um check-up “à saúde do clube”, tendo projetado os próximos seis meses.

Sobre esta Visita Oficial do Governador, Cláudia Santas refere que o clube barcelense “é grato pela amável visita do nosso Governador. Sendo professor e poeta, tem uma forma apaixonada de encarar a vida e os desafios. É impossível não sentir as suas vontades. Foi assim que nos unimos à sua causa e da sua esposa, Professora Maria Adelaide Ponte, que caminha a seu lado com muito amor. Essa causa é o Projeto Girassol – Construção de um jardim de infância em Cachéu, na Guiné-Bissau, jardim este, pensado para ser sustentável e perdurável no tempo. Podem contar connosco e nós podemos contar com eles. Juntámos sinergias com muita amizade”.

Sobre os primeiros seis meses de mandato, seu e do Conselho Diretor, a Presidente do Club de Barcelos salienta que “foram 6 meses de trabalho, focados na conexão com a comunidade Barcelense e com os companheiros dos outros clubes”, sendo que, para futuro, têm muitos desejos, sendo um deles “conseguir apoiar a Amar 21, que é uma IPSS jovem, com sonhos que encantam”, assim como, “continuar a conectar com a comunidade, promovendo eventos de interesse para a evolução social. Acima de tudo, manter o nosso companheirismo e projetá-lo para o bem da sociedade. ‘CONECTAR’”, concluiu.

Fotos: BnH e RCB.

[Ndr: notícia atualizada a 24.01.2020, pelas 16h00]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima