Sedução

Março 28, 2017 Atualidade, Concelho, Cultura, Opinião
joanamartins
Joana Martins

Cruzam-se no olhar

Emergem na atracção

Solta-se o despertar

De pura sedução.

 

E os corpos se enlaçam

Apenas nesse olhar

Os sentidos se devoram

E a pele, se gela, no arrepiar.

 

E bate forte o coração

Quase querendo saltar

Do peito a sensação

Da sedução a palpitar.

 

E brilha o sorriso

Trémulo de timidez

No incerto e impreciso

Mato as palavras com mudez.

 

Seduzo e me deixo seduzir pela vida!

 

Por: Joana Martins*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)




Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima