Sente

Junho 18, 2018 Atualidade, Concelho, Cultura, Opinião
Joana Martins

Sobre sentir

Sei apenas que sinto

Tenho muito que descobrir

Não minto.

Sinto com intensidade

O amor

A amizade.

E, muitas vezes, sofro por isso.

Por acreditar demais

Por dar demais.

Mas se não for assim

Qual o propósito?

Viver é tudo

E no tudo sou tudo em mim.

Fico triste

Quando vejo que os outros

Não são como pensava

Mas feliz por não ser como os outros.

Sou autêntica nos erros

Nas verdades

Não há metades

No que sinto.

Ou sinto

Ou não vale mais a pena sentir.

E aí me afasto…

Perdida no meu interior vasto

De querer.

O que quero?

Quero o meu canto

Rodeado de pessoas imperfeitas

Que não se sentem grandes

Em ser mais que alguém,

Grandes em ser quem são.

E essas têm de ter bom coração!

Senão,

Deixo-as ir…

Por: Joana Martins*.


(* A redação do poema é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Pin It on Pinterest

Shares
Share This

Partilha esta Notícia

Partilha com os teus amigos

Ir Para Cima