Soco no estômago!

Janeiro 24, 2020 Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo, Opinião
Vítor Sá Pereira

Olá a todos os leitores do BnH!

Esta crónica vai custar um pouco a escrever porque estou com imensa azia!



Vou direto ao assunto e vou ser o mais sincero e objetivo possível. Estou tremendamente desapontado com o meu clube! Como é possível uma equipa que quer ser campeã nacional deixar-se perder, em casa, frente a um adversário difícil, mas acessível e como é possível, num nível tão alto, falhar duas grandes penalidades no mesmo jogo?? Ah e tal, só falha quem lá está e eu sei o quanto é difícil, mas…porra…falhar dois é quase imperdoável! O que mais custa é ver que a equipa não é consistente nem assusta ninguém! Há jogadores que já estão a mais na equipa, não pela sua valia técnica, mas porque já estão sem alma e chama de Dragão. Nem colocámos pressão absolutamente nenhuma no SCP x SLB.

Esta derrota foi um “soco no estômago” e nada fazia prever, mesmo sabendo, de antemão, que o SCB contra o FCP joga como se de finais se tratasse.  O FCP tem, de facto, muitas debilidades no 11 inicial, principalmente, no lado direito da defesa, eixo e, tirando Soares, o ataque não está a render o que se esperava. Nem Zé Luís tem aparecido, o que eu acho muito estranho.

Confesso que já atirei a toalha ao chão e não é uma possível conquista da Taça da Liga que vai atenuar o momento. Como há males que vêm por bem, o FCP deveria vender ativos, reorganizar-se em termos de estrutura, plantel e pensar numa nova equipa técnica para a próxima época, ou mesmo esta, se a coisa piorar.

Esta estrutura está, de facto, cansada e “viciada”. Sangue novo e ideias novas são urgentes no Porto.

Sim, já dei por perdido o título porque nós sabemos da envolvência do SLB na liderança. Unem-se os míticos 6 milhões, a imprensa só vê um foco e as arbitragens são o que são. Sinceramente, não acredito em milagres, até porque também o nosso rendimento é baixo.

Prova disso foi a vitória sofrida frente ao VSC! Se o Porto vencer o Braga na final, vou ficar satisfeito apenas pela vitória, porque o troféu pouco me diz, apesar de ser o único que nunca vi o meu clube ganhar.

Os nossos sócios e adeptos mereciam outro rendimento, resultados e atitude.

Mas uma coisa vos garanto: FCP sempre…a ganhar ou perder!

Por: Vítor Sá Pereira*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima