Superintendente Manuel Vale com louvor e condecoração do Ministério da Administração Interna

Novembro 2, 2019 Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política

Oficial da PSP reside na União de Freguesias de Alvito (S. Pedro e S. Martinho) e Couto

Manuel Gomes do Vale, Superintendente da Polícia de Segurança Pública (PSP) residente em Barcelos, nomeadamente, na União de Freguesias de Alvito (S. Pedro e S. Martinho) e Couto, foi distinguido com um louvor, publicado em junho passado, e condecorado com a medalha de serviços distintos, grau ouro, pela Ministério da Administração Interna, dirigido por Eduardo Cabrita.



A proposta foi apresentada pelo Diretor Nacional da Polícia de Segurança Pública, “pela extraordinária dedicação, elevado empenho, profissionalismo e competência técnica, reveladas ao longo de mais de 37 anos de dedicação à causa pública, ao serviço da Polícia de Segurança Pública”.

Mas não só. Conforme se pode ler no texto constante do Louvor nº 265/2019, são bem mais as motivações e justificações para este louvor e esta condecoração. Seguem-se, citadas:

«Oficial dotado de excelentes capacidades e competências pessoais, profissionais e técnicas por todos reconhecidas, revelou, desde o seu ingresso na Polícia de Segurança Pública em 1982 e na carreira de oficial de polícia em 1985, um interesse particular pela função policial e uma intensa dedicação à causa pública, à qual associou um espírito de bem servir que soube manter ao longo de toda a sua vida profissional na Polícia de Segurança Pública.

No comando de subunidades e unidades operacionais, designadamente no Comando Distrital da PSP de Viana do Castelo, onde iniciou a sua atividade como oficial de polícia, revelou elevado empenho e interesse pelo serviço, inteligência e grande espírito de missão, manifestou uma permanente disponibilidade e desenvolveu um intenso trabalho de combate à criminalidade, particularmente no âmbito do consumo e tráfico de estupefacientes na cidade de Viana do Castelo, que muito contribuiu para o reforço do sentimento de segurança das populações.

Oficial metódico, organizado, demonstrou no desempenho de funções de chefia das áreas operacional e de apoio, nos comandos distrital de Viana do Castelo e metropolitano do Porto, excelentes competências profissionais, buscando sempre as melhores soluções em apoio das estratégias operacionais dos respetivos comandos, congregando os que consigo trabalhavam, para objetivos comuns, revelando, sempre, iniciativa e elevado sentido de serviço público.

As suas capacidades de diálogo e fácil relacionamento constituíram-se como um instrumento de facilitação na resolução de dificuldades em todos os patamares hierárquicos e funcionais, granjeando com a sua forma de estar e disponibilidade, o respeito e a consideração de todos os que consigo trabalharam.

Oficial preocupado com o bem-estar e apoio ao seu pessoal, disciplinado e de carácter íntegro, revelou sempre bom senso e sentido de justiça na aferição de situações complexas, sabendo aplicar os seus conhecimentos profissionais na procura das soluções mais eficientes e adequadas, merecendo o reconhecimento dos seus pares.

No desempenho das funções de comandante distrital, que exerceu ao longo de vários anos, nos comandos distritais de Viana do Castelo, Portalegre, Aveiro e Braga, revelou sempre elevados dotes de comando e liderança, imprimindo uma ação de comando e gestão meritória, que potenciou o alcance de bons resultados operacionais no combate à criminalidade, na garantia da segurança e tranquilidade públicas bem como no reforço do sentimento de segurança, contribuindo decisivamente para o reconhecimento público da Policia de Segurança Pública e para o seu prestígio nas diversas unidades em que prestou serviço.

Pelo que antecede e pelas elevadas qualidades pessoais e profissionais relevadas ao longo da sua carreira na PSP, pela elevada competência técnico-policial sempre evidenciada, plena dedicação à causa pública e sentido do cumprimento da missão sempre revelado, é o Superintendente Manuel Gomes do Vale, merecedor deste público louvor e que os serviços por si prestados à Polícia de Segurança Pública e a Portugal sejam considerados extraordinariamente importantes, relevantes e distintos.»

Fotos: Facebook pessoal de Manuel Vale.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

*

Últimas de

Ir Para Cima