Tag archive

1ª divisão - page 3

Óquei de Barcelos derrotado pelo FC Porto

Dezembro 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Ontem à tarde, o Dragão Caixa recebeu o jogo FC Porto – Óquei Clube de Barcelos (OCB), a contar para a 10ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão.



Arbitrado por José Pinto (AP Porto) e Rui Torres (AP Minho), o jogo contou com a seguintes equipas:

FC Porto: Carles Grau, Rafa, Reinaldo García, Gonçalo Alves e Hélder Nunes (cinco inicial); Nélson Filipe, Telmo Pinto, Giulio Cocco, Hugo Santos e Poka (banco inicial).

OCB: Ricardo Silva, Zé Pedro, Gonçalo Nunes, Rúben Sousa e Alvarinho (cinco inicial); André Almeida, João Almeida, Joca Guimarães, Hugo Costa e Gonçalo Meira (banco inicial).

A primeira parte trouxe o domínio portista em termos de golos e controlo do jogo, tendo o OCB conseguido aproximar-se do marcador por Hugo Costa, aos 17’, reduzindo para 2-1. No entanto, os da casa marcaram primeiro e, depois de verem reduzida a desvantagem, conseguiram marcar mais dois golos, indo para intervalo com o resultado em 4-1 para o FC Porto. Os golos portistas foram da autoria de Hélder Nunes (6’), Cocco (14’), Gonçalo Alves (19’) e Poka (20’). No último minuto, Alvarinho ainda desperdiçou um livre direto a penalizar os portistas pelo azul de Gonçalo Alves.

Na segunda parte, o OCB chegou à 10ª falta e Gonçalo Alves não desperdiçou o livre direto correspondente, marcando o 5-1, aos 7’. No entanto, já não fez o mesmo no minuto seguinte, por azul de João Almeida. Alves que esteve em foco nesta altura do jogo pois, aos 10’, conseguiu marcar o 6-1. Um minuto depois, Alvarinho reduziu para 6-2, com Rafa, aos 23’, a fechar a contagem em 7-2 para os da casa.

Com este resultado, o OCB mantém o 5º lugar, precisamente atrás do FC Porto, com 16 pontos. Na próxima jornada, já em 2019, mais concretamente a 5 de janeiro, o OCB recebe os vizinhos do HC Braga.

Óquei de Barcelos derrotado pela Oliveirense, por 3-6

Dezembro 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se ontem, no Pavilhão Municipal de Barcelos, o jogo Óquei Clube de Barcelos (OCB) – Oliveirense, a contar para 9ª jornada do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins.


Arbitrado por Luís Peixoto e João Duarte (AP Lisboa), as equipas alinharam da seguinte forma:

OCB – Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Gonçalo Nunes e Alvarinho (cinco inicial); André Almeida, Joca Guimarães, Hugo Costa, Gonçalo Meira e Rúben Sousa (de início no banco).

Oliveirense – Xavier Puigbi, Xavier Barroso, Marc Torra, Jordi Bargalló e Jorge Silva (cinco inicial); Domingos Pinho, Pedro Moreira, Pablo Cancela, Ricardo Barreiros e Emanuel García (no banco de início).

Os visitantes abriram o marcador, por Barroso, aos 6 minutos. Apenas 11 minutos depois, Hugo Costa restabeleceu a igualdade. No entanto, os forasteiros adiantaram-se no marcador, primeiro por Moreira (20’) e, depois, por Cancela (22’), fazendo o 1-3 com que se encerrou a primeira parte.

Na segunda, Zé Pedro reduziu a desvantagem para 2-3, aos 6’. Mas apenas 1 minuto depois, Torra recolocou a vantagem oliveirense em 2 golos. O mesmo Torra bisou, aos 10’, colocando o resultado em 2-5. Também Hugo Costa bisou, aos 11’. Aos 22’, o mesmo Hugo Costa foi admoestado com um azul, mas Torra não desfeiteou Ricardo Silva. O resultado fechou por Bargalló, a cerca de 10 segundos do final da partida.

Na próxima jornada, o OCB desloca-se ao Dragão Caixa para defrontar o FC Porto.

Foto: OCB.

Óquei de Barcelos empata com Benfica com grande recuperação

Novembro 25, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Grande jogo de hóquei em patins no Pavilhão Municipal de Barcelos, em noite de muita chuva e muita gente nas bancadas para assistir ao Óquei Clube de Barcelos (OCB) – SL Benfica.





Este foi um jogo com duas partes bem distintas. A primeira terminada com forasteiros a marcarem o único golo dessa parte do jogo; a segunda com mais golos, estando o SL Benfica a vencer por 3, mas os barcelenses a conseguirem empatar.

Arbitrado por Rui Torres (AP Minho) e José Pinto (AP Porto), as equipas alinharam da seguinte forma:

OCB: Ricardo Silva, João Almeida, Gonçalo Nunes, Rúben Sousa e Alvarinho. Paulo Pereira, treinador, deixou de início no banco André Almeida, Zé Pedro, Joca Guimarães, Hugo Costa e Gonçalo Meira.

SLB: Pedro Henriques, Valter Neves, Diogo Rafael, Carlos Nicolia e Jordi Adroher. Pedro Nunes, treinador, deixou de início no banco Tuga, Albert Casanovas, Lucas Ordoñez, Miguel Rocha e Vieirinha.

O único golo, e incidência de maior relevo da primeira parte, foi apontado por Ordoñez, aos 21 minutos. O jogo quase que saía para intervalo a zeros, mas o jogador benfiquista não deixou.

A segunda-parte trouxe mais sumo. O mesmo Ordoñez, aos 3’, faz o 0-2. Seis minutos depois, Diogo Rafael ampliou para 0-3. Quando parecia que o jogo estava perdido para os da casa, o OCB mostrou a fibra de que é feito, e iniciou a “recuperação” referida no título da notícia.

No mesmo minuto 9, Gonçalo Meira apontou o 1-3. Aos 19’, Valter Neves é admoestado com azul e o OCB ganha grande penalidade. No entanto, Gonçalo Nunes não aproveitou. Mas Zé Pedro não se viu rogado e apontou o 2-3. A cerca de 3 minutos do final Gonçalo Nunes (de grande penalidade) estabeleceu o empate a 3, resultado com que terminou a partida.

Na próxima jornada, o OCB desloca-se a Tomar para defrontar o Sporting local.

Fotos: André Miranda.

Óquei de Barcelos vence em Paço de Arcos

Novembro 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Óquei Clube de Barcelos (OCB) deslocou-se ao Pavilhão do Clube Desportivo de Paço de Arcos, em jogo da 6ª jornada, terminando-o com uma vitória por 2-6.



O jogo foi arbitrado por Luís Peixoto e João Duarte, da AP Lisboa.

As equipas atuaram da seguinte forma:

Paços de Arcos – Diogo Rodrigues, Tiago Gouveia, Paulinho, Tomás Moreira e Rafa. O treinador Luís Duarte deixou de início no banco Danny Machial, José Tiago, Bruno Frade, Diogo Silva e Pedro Vaz.

OCB – Ricardo Silva, João Almeida, Gonçalo Nunes, Rúben Sousa e Alvarinho. Paulo Pereira deixou no banco, de início, André Almeida, Zé Pedro, Joca Guimarães, Hugo Costa e Gonçalo Meira.

O OCB entrou de rompante, com dois golos em menos de 10 minutos. Aos 4’, João Almeida abriu o marcador e aos 6’, Gonçalo Nunes aumentou a vantagem. Dois minutos depois, Pedro Vaz reduziu. O mesmo jogador, igualmente dois minutos depois, foi admoestado com um azul. Na marcação do livre correspondente, Alvarinho não perdoou e recolocou a vantagem em 2 golos. Entretanto, o OCB marcaria ainda por mais duas vezes, ambas por intermédio de Joca Guimarães, aos 20’ e 24’.

Após o intervalo, aos 6’, Zé Pedro marca de novo para os barcelenses. Meia dúzia de minutos depois, o OCB cometeu a 10ª falta. No entanto, Bruno Frade não converteu o livre. Aos 16’, Pedro Vaz leva novo azul, mas, desta vez, Alvarinho não marcou o livre. O melhor que os homens da casa conseguiram foi marcar o segundo golo, aos 23’, por Bruno Frade, fechando o marcador em 2-6.

Com esta vitória, o OCB subiu ao 3º lugar da classificação.

Na próxima jornada há uma escaldante receção ao SL Benfica, dia 24 de novembro, no Pavilhão Municipal de Barcelos.

Foto: OCB.

Óquei de Barcelos derrota Juventude de Viana e sobe a 3º

Novembro 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Ontem disputou-se a 5ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão de Hóquei em Patins, com o Pavilhão Municipal de Barcelos a receber o jogo Óquei Clube de Barcelos (OCB) – Juventude de Viana, com a vitória a sorrir aos homens da casa.



Sob arbitragem de Sílvia Coelho e Orlando Panza (AP Porto), as equipas alinharam de seguinte forma:

OCB – Ricardo Silva, João Almeida, Gonçalo Nunes, Rúben Sousa e Alvarinho (cinco inicial); André Almeida, Zé Pedro, Joca Guimarães, Hugo Costa e Gonçalo Meira (banco inicial), com Paulo Pereira como treinador.

Juventude de Viana – Jorge Correia, Tó Silva, Gonçalo Suíssas, Nuno Santos e Nelson Pereira (cinco inicial); Gustavo Lima, Rémi Herman, Arnau Xaus, Luís Viana e Bruno Guia (banco inicial), com André Azevedo como treinador.

Os forasteiros entraram melhor, com Gonçalo Suíssas a abrir o marcador, logo aos 5 minutos. No entanto, 3 minutos de pois, outro Gonçalo, mas Nunes, restabeleceu a igualdade. Este golo embalou os barcelenses, com João Almeida a fazer o 2-1, aos 11’, e Alvarinho a ampliar a vantagem para 3-1, aos 12’. Aos 20’, Zé Pedro foi admoestado com a cartolina azul. Na marcação do livre direto correspondente, o francês Rémi Herman reduziu para 3-2, resultado com que se chegou ao intervalo.

Na segunda parte, Nuno Santos também foi penalizado com um azul, mas Alvarinho não conseguiu converter o livre direto, aos 7’, tendo, no entanto, apontado o 4-2 na recarga. Aos 16’, Gonçalo Meira fez o 5-2 e nesse mesmo minuto, Hugo Costa recebeu um azul. Desta feita, Herman não conseguiu converter o livre, tendo conseguido marcar golo apenas na recarga, fazendo o 5-3. No minuto seguinte, Suíssas reduziu para 5-4 e o jogo ficou muito renhido até final. No último minuto, Herman foi admoestado com azul, mas Alvarinho não conseguiu marcar golo no livre direto correspondente, tendo o marcador fechado nos 5-4, que ditaram a vitória do OCB.

Com esta vitória, o OCB subiu ao 3º lugar da classificação, com os mesmos pontos (11) do Sporting (empatou em casa com a Oliveirense – que também foi passada pelo OCB) e ultrapassando o SL Benfica (derrotado em Braga pelo Hóquei local), ficando apenas a 1 ponto do novo líder, FC Porto.

Na próxima jornada, a 21 de novembro, o OCB desloca-se ao Sul para defrontar o Paço de Arcos.

Foto: OCB.

Óquei de Barcelos derrota Oeiras

Novembro 4, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Ontem, o Óquei Clube de Barcelos (OCB) deslocou-se ao Sul para defrontar o Oeiras, em jogo a contar para a 4ª jornada, com a vitória a cair para os barcelenses, por 3-6.



Este jogo teve arbitragem de Jaime Vieira (AP Alentejo) e de Joaquim Sequeira (AP Lisboa) e contou com as seguintes constituições das equipas:

Oeiras: Tony Mendonça, Mathías Arnáez, Ezequiel Mena, Tiago Nogueira e Diogo Alves (cinco inicial); Bernardo Salvador, Miguel Sardinha, Gonçalo Conceição Tato Ferrucio e Diogo Neves (banco inicial), com Miguel Dantas como treinador.

OCB: Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Gonçalo Nunes e Alvarinho (cinco inicial); André Almeida, Joca Guimarães, Hugo Costa, Gonçalo Meira e Rúben Sousa (banco inicial), com Paulo Pereira como treinador.

Entrou melhor o OCB, com Gonçalo Nunes a abrir o marcador, aos 5’. Arnáez restabeleceu a igualdade aos 13’, mas o mesmo Gonçalo Nunes recolocou os forasteiros em vantagem, aos 19’, tendo ainda falhado uma grande penalidade a cerca de 20 segundos do final da primeira parte, que encerrou com 1-2 no marcador.

Para não variar muito, a segunda parte foi mais “animada”. Alvarinho falhou um livre direto, aos 5’, mas redimiu-se a apontou o 1-3 ainda no mesmo minuto, em situação de power-play. Ainda no minuto 5, o OCB chegou à 10ª falta. No entanto, Mena não aproveitou o livre direto. Tal como não o fez, 3 minutos depois, devido a azul de Hugo Costa. Quem não se viu rogado foi, de novo, Alvarinho, que marcou o livre direto correspondente à 10ª falta dos da casa. Estava no minuto 12, que também viu Zé Pedro apontar o 1-5 para o OCB. Um minuto depois, Gonçalo Conceição reduziu para 2-5. Aos 20’, Alvarinho recebe um azul e Tiago Nogueira converteu o correspondente livre direto. O marcador fechou no 3-6 final com Gonçalo Nunes a marcar de novo, aos 23’.

Na próxima jornada, o Pavilhão Municipal de Barcelos será o palco para a receção ao Juventude de Viana, dia 10 de novembro, pelas 21h30.

 

Óquei Clube de Barcelos vence Turquel por 3-2

Outubro 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Jogou-se ontem, no Pavilhão Municipal de Barcelos, a 3ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão de Hóquei em Patins, opondo o 10º classificado, Óquei Clube de Barcelos (OCB) ao 9º, o Turquel, com a vitória da equipa da casa.



Florindo Cardoso e Carlos Correia, da AP do Minho, foram os árbitros de um jogo que contou com a seguinte constituição das equipas:

OCB: Ricardo Silva, Zé Pedro, Hugo Costa, Gonçalo Meira e Gonçalo Nunes (cinco inicial); André Almeida, João Almeida, Joca Guimarães, Rúben Sousa e Alvarinho (banco); Paulo Pereira (treinador).

Turquel: Diogo Almeida, Pedro Batista, Vasco Luís, Luís Silva e Zé Costa (cinco inicial); Samuel Santos, Daniel Matias, André Moreira, André Pimenta e Tiago Mateus (banco); Nélson Lourenço (treinador).

A equipa visitante entrou melhor, marcando logo aos 4’, por intermédio de Luís Silva. Aos 12’, Gonçalo Nunes restabeleceu a igualdade. O mesmo jogador, aos 19’, falhou uma grande penalidade. No entanto, cerca de 2 minutos depois, Joca Guimarães colocou o OCB na frente do marcador. No último minuto da 1ª parte, Rúben Sousa falhou nova grande penalidade.

Por coincidência, novamente aos 4’, mas da 2ª parte, foi o Turquel a marcar primeiro, recolocando o marcador numa igualdade a 2 golos, por intermédio de André Moreira. Entretanto, Luís Silva, aos 19’, falhou um livre direto para os forasteiros, assim como Alvarinho o fez, aos 24’44” para os da casa. Faltavam menos de 20 segundos para o final da partida e já todos temiam o empate caseiro. Só que o mesmo Alvarinho “redimiu-se” e, a 6 segundos do final da partida, marcou o golo que deu a vitória merecida ao OCB.

Na próxima jornada, a 3 de novembro, o OCB desloca-se ao Sul para defrontar o Oeiras.

Foto: OCB.

 

Óquei de Barcelos despede-se do campeonato com vitória sobre a Juventude de Viana

Junho 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em partida a contar para a última jornada do Campeonato Nacional da 1ª divisão de Hóquei em Patins, o Óquei Clube de Barcelos (OCB) recebeu, hoje, a Juventude de Viana, que levou de vencida por 5-3.



Com arbitragem de Florindo Cardoso (AP Minho) e de Paulo Santos (AP Porto), as duas equipas alinharam com:

OCB: Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Rúben Sousa e Marinho (cinco inicial), André Almeida, Juanjo López, Joca Guimarães, Hugo Costa e Afonso Lima (no banco, de início), com Paulo Pereira como treinador.

 

Juventude de Viana: Jorge Correia, Tó Silva, Nuno Santos, Nélson Pereira e Emanuel García (cinco inicial), Telmo Fernandes, Gustavo Lima, Francisco Silva e João Ramalho (no banco, de início), com Renato Garrido como treinador.

 

Foi uma primeira parte muito morna, sem momentos de grande destaque a não ser a grande penalidade falhada pelo OCB, por intermédio de Afonso Lima, a 3 segundos do final. Ao intervalo, o marcador apontava um empate a 0 entre as equipas.

Como costuma ser normal, a segunda parte trouxe mais “sumo” ao jogo. Logo aos 4 minutos, o OCB chegou à sua 10ª falta e Emanuel García abriu o marcador, apontando o correspondente livre direto. O OCB via-se, assim, em desvantagem, que durou cerca de 10 minutos, quando a Juventude de Viana também chegou à 10ª falta. Marinho falhou o livre direto mas ainda dentro do minuto, Joca Guimarães restabeleceu a igualdade.



Este golo foi o tónico para o OCB dar a volta à situação. Dois minutos depois, Nélson Pereira faz falta para grande penalidade e é admoestado com azul. Chamado a marcar, Marinho colocou o OCB a vencer por 2-1.

 

Ainda no mesmo minuto, Rúben Sousa aumentou para 3-1, dando uma vantagem mais confortável ao conjunto de Barcelos.

Aos 19 minutos, é Marinho a ser admoestado com azul mas, desta feita, Emanuel García não conseguiu desfeitear Ricardo Silva no livre direto. No entanto, no minuto seguinte, Nuno Santos reduziu para 3-2. O resultado ficou, de novo, aberto. Aos 22 minutos, Rúben Sousa bisou e restabaleceu a vantagem de dois golos. Dois minutos depois, Francisco Silva falhou uma grande penalidade para a Juventude de Viana. No mesmo minuto, Hugo Costa colocou a OCB a vencer por 5-2. A 20 segundos do fim, o veterano Tó Silva reduziu para 5-3 e a 3 segundos do final do jogo, o OCB chegou às 15ª falta mas Emanuel García, na luta pelo título de melhor marcador do campeonato, não conseguiu marcar, ficando o resultado fechado numa vitória do OCB por 5-3.

Com esta vitória, o OCB terminou o campeonato na 6ª posição, com 43 pontos.

Fotos: Hugo Brito.

 

 

Óquei de Barcelos vence Sporting de Tomar por 1-3

Junho 2, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em jogo a contar para a penúltima jornada do Campeonato Nacional da 1ª divisão de Hóquei em Patins, jornada em que se encontrou o campeão nacional – o Sporting –, o Óquei de Barcelos (OCB) deslocou-se a terras dos Templários para defrontar o Sporting de Tomar, que levou de vencida por 1-3.



A equipa da casa alinhou com Marco Gaspar, João Lomba, Ivo Silva, Paulo Passos e Pedro Martins, no cinco inicial, ficando no banco, de início, Diogo Alves, João Sardo, Hernâni Diniz, Joka e Francisco Rodrigues.

Já o OCB alinhou de início com Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Rúben Sousa e Marinho. No banco, de início, estiveram André Almeida, Juanjo López, Joca Guimarães, Hugo Costa e Afonso Lima.

O jogo foi arbitrado por Luís Peixoto e João Duarte, da AP Lisboa.

A equipa da casa entrou melhor, abrindo o marcador por João Lomba, aos 6 minutos. Aos 11 minutos, Marinho fica em evidência, por falhar uma grande penalidade mas por, depois, apontar o golo da igualdade, com que se foi para intervalo.

A segunda parte trouxe mais emoção ao jogo. Aos 6 minutos, Zé Pedro deu a volta ao marcador, colocando o OCB a vencer. No minuto seguinte, Hernâni Diniz falhou uma grande penalidade. Dois minutos depois, Marinho bisou e colocou o OCB a vencer mais tranquilamente, por 1-3. O minuto 24 “trouxe” a 10ª falta do Sporting de Tomar mas Marinho não conseguiu concretizar o respetivo livre direto, tendo o jogo terminado com a vitória do OCB por 1-3.

O OCB está na 6ª posição, com 40 pontos, e na próxima jornada, a última, recebe a Juventude de Viana, dia 9 de junho, às 18h00.

Óquei de Barcelos vence Grândola por 6-3

Maio 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Pavilhão Municipal de Barcelos recebeu mais um jogo de hóquei em patins, a contar para a 24ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª divisão, opondo o Óquei Clube de Barcelos (OCB) ao Grândola, com os da casa a vencerem por 6-3.



Florindo Cardoso (AP Minho) e António Santos (AP Aveiro) foram os árbitros do jogo que iniciou com as seguintes equipas:

OCB: Ricardo Silva, Zé Pedro, João Almeida, Rúben Sousa e Marinho (cinco inicial); André Almeida, Juanjo López, Joca Guimarães, Pedro Silva e Afonso Lima.

Grândola: Tiago Pereira, António Pereira, José Gonçalves, Hugo Santos e José Bernardo (cinco inicial); Ricardo Piteira, Márcio Rosa, João Ferro Pereira, Filipe Bernardino e Rúben Silva.

Logo aos 22 segundos de jogo, Zé Pedro abriu o marcador para o OCB. Aos 3’, foi Marinho a ampliar a vantagem. No entanto, no minuto seguinte, Hugo Santos reduziu para os forasteiros. Aos 12’, Rúben Sousa marcou para o OCB mas ainda dentro desse minuto, António Pereira tornou a reduzir para o Grândola. Joca Guimarães, aos 20’, recolocou a vantagem barcelense em 2 golos mas, aos 24’, Filipe Bernardino reduziu para os grandolenses, fechando o resultado ao intervalo num 4-3 para o OCB.

A segunda parte trouxe menos golos. Aos 4’, João Almeida marcou o 5-3 e, aos 15’, voltou a marcar, fazendo o 6-3 final. Até ao fim do jogo, ainda houve tempo para um azul a Tiago Pereira mas Marinho falhou a conversão do livre direto. Aos 20’, o OCB chegou à 10ª falta e, desta vez, foi José Gonçalves quem não conseguiu converter o livre direto.

Na próxima jornada, a penúltima, o OCB desloca-se, dia 02 de junho, a Tomar para defrontar o Sporting local.

Ir Para Cima