Tag archive

ACANAC

“5º Festival da Francesinha” dos Escuteiros de Gilmonde é já amanhã

Agosto 8, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora




É já amanhã, véspera de feriado, que o Agrupamento de Escuteiros 724 – Gilmonde organiza a 5ª edição do seu já conhecido Festival da Francesinha. A partir das 19h30, os comensais vão poder apreciar este apetitoso e famoso prato da gastronomia portuguesa, sendo o seu molho um dos ingredientes mais ansiados pelos aficionados.

O Festival decorrerá na Rua dos Escuteiros, em frente à sede deste agrupamento barcelense do Corpo Nacional de Escutas, que marcaram presença, muito recentemente, no ACANAC 2017, em Idanha-a-Nova.

Como costuma ser muito “concorrido” – por exemplo, na última edição serviram cerca de 350 francesinhas –, a organização pede que se faça uma reserva, por forma a garantir que não ficará a olhar, de “água na boca”, para quem está a deliciar-se com o petisco. Obviamente que o Agrupamento já tem em conta os clientes de ocasião e de “última hora” mas não consegue assegurar que todos possam ver os seus pedidos concretizados. As reservas podem ser efetuadas através dos números 968 255 837 / 936 996 882, através da página do perfil do agrupamento ou pessoalmente. De ressalvar que há pratos alternativos para aqueles que, querendo juntar-se à festa, não gostem de francesinha.

Este evento serve, segundo o referido Agrupamento, para, não só, angariar fundos que servirão para o concretizar de atividades planeadas como, principalmente, para unir uma comunidade e convidados à mesa, em grande confraternização e animação, estreitando laços que, hoje em dia, estão cada vez mais distanciados.

Para além das francesinhas, haverá música, insufláveis para as crianças, bebidas espirituosas e muito mais. O Agrupamento 724 deixa um agradecimento a todas as empresas, instituições e particulares, que felizmente são muitas e dos mais variados locais, que apoiam os Escuteiros na organização desta iniciativa, que já marca o panorama cultural e gastronómico gilmondense.

Imagem: AGP724-G (Filipe Correia).

Escuteiros de Barcelos a caminho do Acampamento Nacional, em Idanha-a-Nova

Julho 28, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

É já no próximo dia 31 de julho que arranca o 23º Acampamento Nacional do Corpo Nacional de Escutas (ACANAC) e o Núcleo de Escuteiros de Barcelos levará um contingente de cerca de 350 elementos para nele participarem, até dia 6 de agosto.

O evento, a maior atividade escutista a nível nacional, que se realiza de cinco em cinco anos, terá lugar em Idanha-a-Nova, no Centro Nacional de Atividades Escutistas, pela terceira edição consecutiva.

Dos vários agrupamentos do Núcleo de Barcelos partirão, então, mais de três centenas de elementos, para se juntarem aos 22 mil inscritos, que farão deste o maior acampamento nacional de sempre. Na edição anterior, que detém o recorde, estiveram 17 mil. Para se ter uma ideia, durante a semana do acampamento, a população local aumenta um terço.

Os escuteiros barcelenses partem na manhã do dia 31 de julho, em conjunto, num grupo de seis autocarros, sendo que todo o material necessário para a atividade (madeira para as construções, tendas, fogões, etc.) arrancam já no próximo sábado. Em Vila Frescaínha, hoje, pelas 21h30, estará um camião pronto a recolher o material dos escuteiros barcelenses e, de imediato, transportá-lo para Idanha-a-Nova.

Para o sucesso da participação barcelense no acampamento, foi decisivo o apoio da autarquia, parceira do Núcleo em várias atividades.




O Acampamento Nacional tem já quase 100 anos de história, dividida em 22 edições. A primeira aconteceu em 1926, em Aljubarrota, Leiria, tendo nove dias de duração.

O CNE – Corpo Nacional de Escutas – é a maior associação juvenil portuguesa, estando enquadrada na World Organization of the Scouts Moviment (WOSM), a associação que rege o escutismo mundial. Em Portugal, existem mais de 60 mil escuteiros e cerca de 13 mil dirigentes, adultos voluntários que trabalham em prol das crianças e jovens para o sucesso das suas atividades.

Fonte: NEB.

Imagens: DR.

III Feira das Sopas organizada pelo Agrupamento de Escuteiros de Gilmonde

Fevereiro 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Realiza-se no próximo dia 18 de fevereiro, pelas 19h00, a terceira edição desta Feira das Sopas. Organizada pelo Agrupamento de Escuteiros 724 – Gilmonde, terá lugar no Centro Escolar dessa Freguesia barcelense.

João Gomes, da organização, acedeu responder a algumas questões colocadas por este jornal, por forma a completar a informação sobre a Feira.

De onde surgiu a ideia de organizar esta Feira de Sopas?

JG – Esta ideia surgiu da necessidade dos Caminheiros do Agrupamento fazerem angariações de fundos para ajudar a suportar os custos das atividades, nomeadamente, da grande atividade europeia em que participaram em 2016, o “Roverway”.

Qual o intuito deste evento?

JG – O intuito passa por ser uma boa oportunidade de convívio para quem quiser participar e dar a conhecer as sopas dos restaurantes da nossa zona. Desta forma, será também realizado no sentido de angariar fundos que permitam a nossa participação no ACANAC, que se trata do acampamento nacional no qual vão participar 20 mil escuteiros de todo o país.

scouts_gilmonde
Agrupamento de Escuteiros 724 – Gilmonde

Que apoios e ajudas têm para a organizarem?

JG – Temos o apoio de vários restaurantes, que nos fornecem as sopas; de padarias e pastelarias que contribuem com o pão; e da Junta de Freguesia de Gilmonde, que é sempre uma ajuda importante, ao permitir que a Feira se realize no Centro Escolar, que achamos ser o local ideal.

As sopas são todas confecionadas por vocês? Se não, por quem mais?

JG – Não, aliás a maior parte é confecionada pelos restaurantes da nossa zona que quiserem participar. No entanto, algumas são confecionadas pelos elementos ou pelos pais.

Terão apenas sopas para se comer ou terão outras comidas?

JG – Além das sopas, teremos também bifanas e sobremesas.

scouts_gilmonde2
Há mais de 40 anos a promover a educação de jovens através dos pilares do Escutismo e da religião católica.

As pessoas costumam aderir a esta vossa Feira de Sopas?

JG – Sim, temos tido uma adesão bastante agradável. Pensamos que por ser um evento diferente do que é hábito e com uma oferta variada de sopas, isso gera alguma curiosidade por parte das pessoas.

Quais as perspetivas para este ano?

JG – As perspetivas são de que a Feira das Sopas continue a ser um evento de convívio agradável, que as pessoas desfrutem e descubram mais acerca daquilo que os restaurantes da nossa zona têm para oferecer.

Querem deixar algum (ou alguns) agradecimentos?

JG – Sim. Queremos agradecer a todos os que contribuem para que a Feira se possa realizar: os restaurantes, a Junta de Freguesia de Gilmonde, aos nossos pais e aos nossos Dirigentes pela ajuda que são no dia do evento.

 

Foto e imagens: Facebook do Agrupamento de Escuteiros 724 – Gilmonde.

Ir Para Cima