Tag archive

ACOBAR

Daniela Cunha eleita a “Rainha das Vindimas de Barcelos 2017”

Novembro 27, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Na noite de sábado, dia 25 de novembro, foi eleita a Rainha das Vindimas 2017. Daniela Cunha sucede a Ângela Vilas Boas e irá representar o concelho, no próximo ano, na gala de eleição da Rainha das Vindimas de Portugal.



Daniela Cunha, a representar a Sociedade Columbófila do Souto, foi coroada Rainha das Vindimas 2017, numa gala que teve lugar na Central de Camionagem de Barcelos. À coroa, a jovem juntou ainda o Prémio Fotogenia. Sofia Coutinho, da ACOBAR, conquistou o título de 1.ª Dama de Honor; Vanessa Sousa, da Junta de Freguesia de Cristelo, 2.ª Dama de Honor; e Maria Micaela Costa, do Clube de Campismo e Caravanismo de Barcelos, arrecadou o Prémio Simpatia.

Daniela Cunha – “Rainha das Vindimas de Barcelos” 2017

Este ano, o grupo de candidatas era composto, ainda, pelas jovens Ana Isabel Silva (Junta de Freguesia de Aldreu), Catarina Alves Silva (Junta de Freguesia de Cristelo), Diana Isabel Ribeiro (Junta de Freguesia de Cristelo), Flávia Rafaela Silva (ACOBAR), Juliana Cristina Silva (Rancho Folclórico Nossa Senhora da Abadia), Rosa Maria Coelho (Grupo Folclórico de Barcelinhos), Sara Filipa Cardoso (Junta de Freguesia de Manhente), e Vera Filipa Cunha (Rancho Infanto Juvenil da Academia Cultural de Carapeços).

As doze candidatas desfilaram em palco com trajes regionais típicos, roupa casual e em vestido de noite, perante uma entusiástica plateia de várias dezenas de espectadores.

O júri, composto por Luís Senra, em representação da AMPV (Associação de Municípios Portugueses do Vinho); Filipa Lopes, representante do Município de Barcelos; Francisco Sabino representante dos Grupos Folclóricos do concelho; Ana Faria, designer de moda; e António Barros, representante da delegação local da Confraria do Vinho Verde, teve em conta, na sua avaliação, a beleza das candidatas, a “riqueza” do traje tradicional utilizado ou o conhecimento e preocupação demonstrados pelas candidatas face aos valores tradicionais ligados ao vinho e à vinha, e a sua importância no contexto local e nacional, não tendo dúvidas na hora de eleger a candidata Daniela Cunha como Rainha das Vindimas de Barcelos 2017.

À nova rainha compete, ao longo de um ano, ser uma das principais embaixadoras do concelho de Barcelos, nos diversos eventos em que participar, em especial, no concurso nacional “Rainha das Vindimas de Portugal”, promovido, no próximo ano, pela AMPV.

A gala de eleição da Rainha das Vindimas de Barcelos, edição de 2017, promovida pelo pelouro do Turismo do Município de Barcelos, contou ainda com vários momentos de animação protagonizados por Diana Martins, Joana Fernandes, Academia Rosália Ferreira e Grupo Folclórico São Lourenço de Alvelos.



O concurso Rainha das Vindimas procura promover Barcelos, as suas gentes e saberes, identificando e valorizando as diferentes artes e ofícios, a cultura das vinhas e do vinho, o traje, a ruralidade e o artesanato, criando uma simbiose entre tradição e modernidade, permitindo ainda o progressivo envolvimento das instituições, dos munícipes e agentes locais, nomeadamente das Juntas de Freguesia, Grupos de Folclore, Associações Etnográficas e Culturais, fazendo com que participem na preservação dos argumentos identitários do território e potenciem a sua afirmação cultural e atratividade.

Fonte e fotos: CMB.

Gala da Rainha das Vindimas realiza-se sábado na Central de Camionagem

Novembro 22, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 25 de novembro, pelas 21h30, na Central de Camionagem de Barcelos, realiza-se a 4ª Gala da Rainha das Vindimas, com doze belas candidatas ao título de Rainha das Vindimas de Barcelos. A vencedora irá representar Barcelos na Gala Nacional da Rainha das Vindimas que acontece no próximo ano.



As doze candidatas barcelenses que se apresentam este ano a concurso, representam uma Junta de Freguesia, uma União ou uma Associação do concelho e desfilam na esperança de serem a escolhida a arrecadar o título e a correspondente tiara de Rainha.

Este é um espetáculo dinâmico e criativo, organizado com a apresentação de três coordenados, regional, casual e vestido de noite, respetivamente, permitindo a apresentação das candidatas, das instituições e o destaque do traje regional.

No âmbito desta gala são atribuídos os títulos de Rainha das Vindimas de Barcelos; 1.ª Dama de Honor; 2.ª Dama de Honor; Prémio Simpatia e Prémio Fotogenia. O evento contempla, ainda, diversos momentos de animação, que enriquecem o espetáculo e elevam artisticamente a eleição da Rainha das Vindimas de Barcelos.

A vencedora do título Rainha das Vindimas de Barcelos será, também, a representante de Barcelos no Concurso Nacional Rainha das Vindimas de Portugal, evento promovido pela AMPV- Associação dos Municípios Portugueses do Vinho, no qual o Município de Barcelos participa. Eis as candidatas:





O acesso ao espetáculo Rainha das Vindimas 2017 é livre. Pode obter mais informações através telefone n.º 253 811 882 ou do e-mail turismo@cm-barcelos.pt.

Fonte e imagem: CMB.

Jazz, Blues e muito mais animam a programação de setembro do Teatro Gil Vicente

Agosto 31, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora




O Teatro Gil Vicente abre portas no mês de setembro, estendendo a sua programação para o palco sobre o Rio Cávado, nos dias 1, 2 e 3, com o Festival River Blues. Os concertos iniciam-se a 1 de setembro, com a banda barcelense QUANTIC MODE e os bracarenses BUDDA POWER BLUES. No sábado, 2 de setembro, é a vez da banda nacional JUST SOUL ORCHESTRA se apresentar com sons da Soul Music e do Funk. No último dia do Festival, a 3 de setembro, será lançado o novo álbum de originais de ANTÓNIO MÃO DE FERRO, um dos mais importantes guitarristas portugueses.

Mas os festivais não ficam por aqui. Entre os dias 13 e 17 de setembro é a vez do Largo Dr. Martins Lima receber o JAZZ AO LARGO. Este ano, o evento conta também com sessões de free jazz na Frente Ribeirinha da Azenha, no dia 16, às 15h e às 17h, e no dia 17, às 17h.

A música continua no Gil Vicente nos dias 8, com Pierre Chacal; 23, com o barcelense “Homem em Catarse”, na apresentação do seu primeiro álbum a solo; e, no dia 29, com o guitarrista barcelense João Dias, que apresenta o seu primeiro concerto num espaço fechado.

No primeiro dia do mês, o Teatro recebe a exposição de postais “Barcelos no Tempo – 89ª Aniversário da Elevação de Barcelos a Cidade”, da Associação de Colecionismo de Barcelos – ACOBAR, que estará patente até 10 de setembro. A fotografia também terá o seu espaço reservado no átrio do Gil Vicente, com a exposição “Max Vadukul na Coleção EI”, inserida no Festival Encontros da Imagem, que celebra este ano trinta anos da sua fundação.

O espaço cénico recebe, nos dias 9 e 10 e 16 e 17, formações em cenografia por Luís Santos, numa parceria do Município de Barcelos com A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos.

“Livros a Mexer” é o título da atividade dedicada aos seniores, no dia 13, com o workshop de dança e literatura por Pedro Carvalho e, no dia 17, é a vez das famílias se dedicarem à dança e ao cinema com o workshop “O filme que eu danço”. Os mais novos podem agendar o dia 24 para assistir à peça “Arlequim Recicla Assim”, pela Companhia de Teatro de Santo Tirso.

No dia 18, às 18h00, tem lugar uma palestra dedicada ao Autismo, inserida no The Son-Rise Program®. Uma iniciativa da Associação Vencer Autismo em colaboração com a Câmara Municipal de Barcelos.

E a sétima arte preenche sete dias da programação do mês de setembro, começando no dia 2 com a apresentação dos trabalhos dos alunos da oficina de verão “Quem Conta um Conto”, que teve lugar na Galeria Municipal de Arte, no âmbito das férias escolares. Nos dias 7, 13, 14, 21 e 28, a Associação ZOOM traz os filmes “Contos da Lua Vaga”, “Bird – O Fim do Sonho”, “O Intendente Sansho”, “A Rua da Vergonha”. E no dia 10 de setembro há lugar para as Moondog Sessions com “Jesus the Snake ao vivo nas ruínas de Conímbriga”.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

Exposição “Do Grão à Chávena” decorre até 17 de setembro na Sala Gótica da Câmara

Agosto 14, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugurou, no passado dia 12 de agosto, na Sala Gótica da Câmara Municipal de Barcelos, a exposição “Do Grão à Chávena”, que ficará aberta ao público até 17 de setembro.

A exposição é constituída, exclusivamente, por uma parte da coleção do “Acervo do Café”, cedida para o efeito pelos seus proprietários, Manuel Guedes e Olga Carvalho. A exposição tem como finalidade dar a conhecer ao grande público o percurso do grão de café, torra, passando pela moagem e confeção através da escolha criteriosa de utensílios domésticos, todo um processo até chegar à chávena de cada consumidor.

Como complemento da exposição, serão expostos documentos relacionados com a compra e venda de café, torradores, moinhos, máquinas e cafeteiras representativas. A entrada será gratuita.

Mas vamos conhecer um pouco mais Manuel Guedes, emigrante na Suíça desde 1999, que foi integrado pela Associação Industrial e Comercial do Café e o considera um “embaixador do café português”.

Manuel Fernando Guedes de Almeida nasceu em Valongo, a 6 de setembro de 1975. Tal como referido, emigrou para a Suíça em 1999, onde reside com sua esposa, Olga Carvalho, em Gossau, St. Gallen. Lá, é chefe de linha numa empresa de produtos alimentares. O casal tem três filhos.

Este valonguense tem alma de colecionador, com espírito de partilha com os outros. Por um lado, anseia ajudar a preservar as memórias do passado mas, por outro, e principalmente, pretende partilhar com os demais os objetos, e a sua história. Objetos esses que vai adquirindo, nomeadamente, com emigrantes lusos na Suíça, Luxemburgo e Liechtenstein, tornando as suas coleções uma forma de identificação com a pátria para quem está longe. O seu pai incutiu-lhe este “bichinho”, também ele colecionador, levando-o, ainda garoto, a feiras de antiguidades e numismática, no Porto. No entanto, é quando emigra para a Suíça que este “bichinho” saiu “do casulo” e resultou no colecionador que hoje é. Após várias áreas de coleção, “apaixonou-se” pelo mundo do café. Selos, notas e moedas, títulos de câmbio, ações, livros, revistas, moinhos, torradores, serviços, máquinas e vários utensílios são alguns dos exemplares da sua coleção. Em conjunto, contam a história de Portugal no cultivo, transformação, comércio e consumo de café.

Dentro do seu espírito de partilha, Manuel Guedes criou (basta clicar no link para aceder) um blog m(http://acervodocafe.blogspot.com) e um site (http://www.acervodocafé.com) onde partilha a sua paixão pelo café e as atividades no âmbito do tema.

Para além do colecionismo, este emigrante na Suíça tem outros hobbies, como a rádio, sendo mentor do programa Baú do Colecionador, da RCE – Rádio Clube do Emigrante. Escreve, igualmente, artigos para a Gazeta Lusófona e para a página Bom Dia Europa (http://bomdia.eu).

Manuel Guedes é, ainda, membro da ACOBAR – Associação de Colecionismo de Barcelos; APCPV – Associação Portuguesa de Colecionadores de Papeis de Valor; do CFP – Clube Filatélico Português; e AICMV – Association Internationale des Collectionneurs de Moulins à Café [Associação Internacional de Colecionadores de Moinhos de Café]. Aliás, esta não é a primeira vez que Manuel Guedes mostra os seus itens de coleção. Já em 2015 marcou presença no XI Encontro Internacional de Colecionadores, organizado pela ACOBAR, no Estádio Cidade de Barcelos.

A este jornal, o colecionador salientou que o “Acervo do Café é um projeto de divulgação do património cultural português do café”. Sobre esta exposição, Guedes refere que está “muito grato a Barcelos e, sobretudo, à ACOBAR a abertura à ideia da exposição. Obrigado a todos!”

De regresso à Suíça, Manuel Guedes termina dizendo que regressa “com Barcelos no coração”, elogiando os barcelenses: “Boa gente!”, termina o colecionador “do café”.

Fotos e imagens: CMB/Manuel Guedes.

XIII Encontro Internacional de Colecionadores no Estádio Cidade de Barcelos

Junho 15, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realiza-se, no próximo sábado, dia 17 de junho, no Estádio Cidade de Barcelos, o XIII Encontro Internacional de Colecionadores, organizado pela ACOBAR – Associação de Colecionismo de Barcelos.

As portas estarão abertas a partir das 9h00 e até por volta das 17h00. A entrada será gratuita.

Neste Encontro, os visitantes poderão comprar, vender e trocar todo o tipo de peças colecionáveis, tendo a oportunidade de o fazer com os mais de centena e meia de colecionadores presentes.




Fonte e imagem: Página do evento no Facebook.

Ir Para Cima