Tag archive

Aniversário

Gil Vicente FC comemora 95 anos com exposição

Maio 3, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Está patente desde 30 de abril e até ao final do mês de maio a exposição “95 Anos – Orgulho na História”, organizada pelo Gil Vicente Futebol Clube com o intuito de comemorar o seu 95º aniversário.



Nas antigas instalações do BNU, na Rua Direita, em Barcelos, poderá apreciar troféus e ver momentos da história deste que é o clube de futebol mais representativo do concelho barcelense.

Imagem: GVFC.

Misericórdia de Barcelos debate envelhecimento da população e seu impacto nas políticas sociais

Abril 18, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Santa Casa da Misericórdia de Barcelos promoveu, na sexta-feira, dia 12 de abril, uma conferência dedicada ao tema “O Envelhecimento da População e o seu impacto nas Políticas Sociais”, no auditório da instituição. Moderada pelo Provedor, Nuno Reis, teve como oradores os deputados Sónia Fertuzinhos e Pedro Mota Soares.



Entre 2015 e 2080, Portugal passará de 10,3 milhões de pessoas para os 7,5 milhões. O número de jovens diminuirá de 1,5 milhões para 900 mil, enquanto o número de idosos passará dos 2,1 para 2,8 milhões de pessoas. Os dados são do INE e em conjunto com a diminuição da taxa de natalidade e fecundidade, refletem a dimensão do desafio com que a sociedade portuguesa se depara.

“É necessário a sociedade e os partidos políticos decidirem quais as melhores políticas para os desafios que a questão do envelhecimento coloca”, referiu Sónia Fertuzinhos, considerando que “a pressão das respostas sociais é determinante, porque uma parte muito significativa da população idosa depende das respostas públicas, nomeadamente das pensões e das transferências sociais”. A deputada defendeu que o mercado de trabalho é um fator chave na questão do envelhecimento, acrescentando ainda que a qualidade do emprego, os salários e a estabilidade das carreiras contributivas são vetores fundamentais das políticas públicas na resposta ao desafio do envelhecimento da população.

Abordou, igualmente, o tema do envelhecimento com dignidade e a diversificação das respostas sociais como uma parte importante do envelhecimento da população e “um enorme desafio para as políticas públicas”.

Pedro Mota Soares analisou a questão dos problemas de saúde como o cancro e as demências na readaptação de resposta das instituições, referindo que “o envelhecimento da população vai levar-nos cada vez mais a estes problemas”. Na mesma linha de pensamento da deputada Sónia Fertuzinhos, abordou a dimensão do emprego como um fator muito importante para a política social, acrescentando ainda a questão da automação e os desafios do tema, salientado que “o setor dos cuidados de saúde e da assistência social é o que mais capacidade tem de gerar empregos no futuro”.

A iniciativa marcou o início das celebrações dos 519 anos da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos.

Fonte e fotos: SCMB.

Semana Cultural da Casa do Povo de Alvito no seu 75º aniversário

Abril 18, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

A Casa do Povo de Alvito, no âmbito das comemorações do seu 75º aniversário, está a promover a XVIII Semana Cultural. Um evento que termina hoje.



No dia 14 de abril, na Igreja de Alvito S. Pedro, celebrou-se a Missa Solene pelos corpos sociais, sócios, amigos e benfeitores da Casa do Povo de Alvito, prosseguindo-se uma romagem ao cemitério.

No dia seguinte, data em que se assinalou o aniversário da Casa do Povo de Alvito, a instituição ofereceu um leque alargado de atividades à comunidade, sendo que da parte da manhã, procedeu-se à abertura oficial da Feira do Livro e da exposição de trabalhos dos idosos.

Já da parte da tarde, as crianças do Pré-escolar presentearam o público com uma atuação musical e uma dramatização em Inglês, prosseguindo com a exibição de um bailado, com as crianças que frequentam a atividade de ballet.

SONY DSC

Por fim, pelas 21h00, a CPA teve a honra de receber um representante da Câmara Municipal de Barcelos, Francisco Rocha, que se juntou aos restantes corpos sociais da Instituição para homenagear os Atletas do Ténis de Mesa e colaboradores da Instituição.

SONY DSC

Seguiu-se a atuação do Grupo de Música Tradicional Portuguesa “Tá Barato”, que animou os presentes e acompanhou no cantar dos Parabéns à Instituição.   “O sucesso das iniciativas que se têm realizado e se vão realizar ao longo deste ano deve-se ao empenho dos utentes, colaboradores, monitores das atividades complementares e voluntários da Instituição”, refere a CPA em nota.

No dia 16 realizou-se uma mostra de artesanato e, à tarde, a atuação da Banda “Os Galitos” pelas crianças da Creche e do Pré-escola. No final, foi inaugurado o Gabinete Relaxmente.

SONY DSC

Hoje, a encerrar a Semana Cultural, pelas 10h00, estará o Rancho Folclórico Infantil pelas crianças da Creche e, numa atividade intergeracional, uma peça de teatro sobre “A aldeia da música na horta pedagógica”.

Fotos: DR/CPA.

Misericórdia de Barcelos celebra 519º aniversário com vasto programa

Abril 10, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 12 de abril e 13 de julho, a Santa Casa da Misericórdia de Barcelos organiza um extenso rol de atividades para comemorar o seu 519º aniversário.



A Conferência sobre “Envelhecimento da População”, com Pedro Mota Soares e Sónia Fertuzinhos como oradores, inicia o programa, já no próximo dia 12 de abril.

Quinta e sexta-feira Santas serão, igualmente, celebradas, com atos religiosos. A 17 de maio, realiza-se o concerto “Moços de Coro” e, dois dias depois, uma caminhada solidária. A 25 de maio celebra-se o aniversário, com a Eucaristia de Ação de Graças pelos 519 anos e o momento de reconhecimento profissional.

Visitas guiadas, workshops, dias abertos, encontro de colaboradores, passeio e Caminhos de Santiago completam o programa.

Imagem: DR.

Casa do Povo de Alvito comemora 75 anos com espetáculo “Music is feeling”

Abril 1, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

A Casa do Povo de Alvito está a comemorar o se 75ª aniversário e para o intento vai realizar, no próximo dia 05 de abril, pelas 21h00, o espetáculo “Music is feeling”.



Esta atividade será dinamizada pelo Centro de Atividades de Tempos Livres (CATL), realiza-se na referida Casa do Povo e será de entrada livre.

Imagem: DR.

AMBAR celebra 80 anos com debate em Barcelos

Março 29, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A celebrar este ano o seu 80º aniversário, a AMBAR festeja esta data com a realização da Conferência “Ideias no Papel”, a realizar em Barcelos, no dia 3 de abril, no Teatro Gil Vicente, das 9h00 às 13h00.



“Preocupada com o futuro do papel e a importância deste na sociedade atual, a AMBAR aproveita a altura em que celebra os seus 80 anos e juntando importantes players do setor, convida-os a debater estes e outros pontos na conferência”, refere a empresa em nota.

Perceber o estado do setor do papel, promover a discussão sobre a sua importância económica e desenhar o futuro do setor são alguns dos principais objetivos traçados pela conferência, que incentiva paralelamente ao diálogo sobre o comportamento do consumidor e a necessidade da implementação de tendências mais sustentáveis do papel.

Com moderação de Júlio Magalhães, diretor-geral do Porto Canal, Luís Miguel Ribeiro, Vice-Presidente da AEP – Associação Empresarial de Portugal –; Pedro Filipe Silva, da THE NAVIGATOR COMPANY; João Filipe Fernandes Branco, presidente da Quercus (Associação Nacional de Conservação da Natureza); Sandra Gomes, do IPAM; Luís Cardia, da Porto Business School; e Rodrigo Martins, Diretor e Presidente da Academia Europeia de Ciências, integram o painel de oradores, convidados a debater os temas relacionados com a atual realidade do papel, a sua relação com a sustentabilidade e a desenhar algumas estratégias para o futuro.

O encerramento, com hora prevista para as 13h00, irá contar com a intervenção do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e do Comendador José Vilas Boas Ferreira, Presidente da AMBAR.

A AMBAR é uma empresa 100% portuguesa que nasceu no Porto, em 1939, pela mente e trabalho de Américo Barbosa. Criada na sua origem apenas como uma empresa dedicada à encadernação, rapidamente cresceu, apresentando hoje uma variedade de produtos, desde material para escritório até material de utilização pessoal.

Passados 80 anos, os objetivos da empresa prevalecem os mesmos: “evoluir e continuar a alargar horizontes, apostando no desenvolvimento e produção de artigos de excelência, capazes de surpreender e fidelizar”.

Imagens: DR.

IPCA: são 25 anos a “honrar o passado, a assumir o presente e a desafiar o futuro”

Janeiro 16, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) comemora, este ano, 25 anos de Ensino Superior Público. Em 1994, a história começou a ser delineada através da aprovação do Decreto-Lei nº 304/94, de 19 de dezembro.



Foram 74 os estudantes que, em 1996, marcaram o início das atividades letivas no IPCA, divididos em dois cursos de bacharelato: o curso de Contabilidade e Finanças Públicas (com 37 estudantes) e o curso de Contabilidade Empresarial (que contou com 37 estudantes).

Durante estes dois primeiros anos de vida, o IPCA dispunha apenas da Casa “Campos Henriques”, localizada junto ao Parque da Cidade (instalações que vieram a ser a sede dos Serviços Centrais durante 19 anos). A atividade letiva teve início em instalações provisórias, localizadas num bairro residencial na freguesia de Arcozelo, em Barcelos, tendo como presidente o Professor Lopes Nunes.

Mas esta história estava longe de alcançar o seu propósito e foi em 1995 que o IPCA obteve aprovação, por parte do Ministério e da Câmara Municipal de Barcelos, para a localização do Campus do IPCA nos terrenos localizados em Via Frescaínha, S. Martinho, local onde está hoje localizado. Passados 7 anos, em março de 2002, deu-se inicio às obras da 1ª fase das infraestruturas do Campus, que veio a ser inaugurado a 19 de dezembro de 2008, com o edifício da Escola Superior de Gestão, pelo Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior à data, José Mariano Gago. Uma construção pela qual a direção do IPCA esperou 10 anos até à sua consolidação. Um marco na história do IPCA que ocorreu no mandato do Presidente do IPCA, na altura, Professor João Carvalho.

O IPCA foi crescendo. Os estudantes foram chegando. A oferta formativa foi alargando e, hoje, o IPCA é mais do que uma Instituição. É reconhecido pela excelência e qualidade do seu ensino e pelos bons resultados na investigação aplicada, fruto de um caminho estratégico passado e eficazmente concretizado no presente. Este reconhecimento resulta de uma visão clara da missão do IPCA na comunidade, na região e no país.

Atualmente, o IPCA tem mais de 4500 estudantes a frequentar cursos de licenciatura, mestrado, Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), cursos de pós-graduação e cursos breves, estando organizado nas suas quatro escolas: a Escola Superior de Gestão (1996), a Escola Superior de Tecnologia (2004), a Escola Superior de Design (2015) e a Escola Superior de Hotelaria e Turismo (2017).

Relativamente às atividades de Investigação e Desenvolvimento (I&D), o crescimento do IPCA também tem sido reconhecido a este nível nos últimos anos, muito devido ao maior envolvimento em projetos de I&D dos docentes do IPCA, que se reflete no aumento das publicações científicas e de projetos de I&D e transferência de tecnologia. O desenvolvimento de atividades de I&D nas áreas de especialização e de excelência do IPCA constitui uma estratégia fundamental que permitirá o seu crescimento sustentado e consolidado.

Ao nível do ambiente físico, o IPCA dispões de um Campus com excelentes condições, promovendo o bem-estar, a saúde e o bom ambiente académico. Nos últimos 10 anos, apostou na construção de infraestruturas de qualidade. Em junho de 2018, foi inaugurada a Biblioteca do IPCA e, mais recentemente, em dezembro de 2018, o edifício da Escola Superior de Tecnologia. Mas o Campus está ainda em construção, tendo sido adquirido, em junho do ano passado, um terreno contíguo ao Campus onde vai ser construído o Pavilhão Desportivo e um parque de estacionamento para fazer face às necessidades de todos os que, diariamente, estudam e trabalham no Campus. Neste momento, decorre, também no Campus, a construção do Mechatronics Factory Lab (M. Factory Lab), um laboratório industrial que vai proporcionar a formação em contexto prático, nas áreas da mecatrónica, mecânica, robótica e gestão industrial, a ser inaugurado este ano.

A curto prazo, a Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT) vai funcionar na Quinta do Costeado como Escola-Hotel, no concelho de Guimarães, e a Escola Superior de Design (ESD) vai funcionar no centro da cidade de Barcelos, potencializando o contacto com a comunidade

Para além do Campus, o IPCA tem ainda oferta formativa nos Polos dos concelhos de Braga (desde 2014) e Guimarães (desde 2015), nomeadamente os Cursos TeSP. No ano de 2018, os CTeSP´s do IPCA chegaram a Vila Nova de Famalicão (nas instalações do CITEVE) e vão, este ano, chegar ao Município de Esposende.

Até 2021, “o IPCA pretende ser uma Universidade Politécnica de Excelência, reconhecida pela qualidade da sua formação, utilidade da produção científica e transferência de conhecimento para a sociedade e pelo forte contributo para o desenvolvimento sustentável da sociedade”.

Fonte e imagens: IPCA.

Barcelense Dona Carolina do Vale celebra 106 anos

Dezembro 29, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Embora não aparente, a Dona Carolina Fernandes do Vale conta já com 106 anos, desde a véspera de Natal. O seu aniversário cria sempre um ambiente especial no Lar Nossa Senhora da Misericórdia, onde se encontra integrada desde março de 2010.



A “Ti Carolina de Carreira”, como é conhecida, nasceu a 24 de dezembro 1912, na freguesia de Quintiães, onde sempre viveu e estabeleceu família.

Casou com o regedor da freguesia e teve um filho. Ao estatuto de boa mãe e dona de casa, acrescentou o de boa viajante, uma vez que adorava passear e, como tal, conhece Portugal de uma ponta à outra.

Embora se encontre com mobilidade reduzida, ainda goza de uma saúde muito estável, sem problemas de maior.

Ao assinalar os 106 anos, a D. Carolina ganhou a posição da utente mais idosa da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, que em nota lhe deixou os parabéns.

Foto: DR.

Manuel Heitor marca presença nas celebrações dos 24 anos do IPCA

Dezembro 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) celebrou, no dia 19 de dezembro, o seu 24º aniversário. O dia ficou marcado pela inauguração do novo edifício da Escola Superior de Tecnologia do IPCA, na presença do Ministro da Ciência Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.



Depois de um desfile de drones, que guiou a plateia numa viagem aos 10 anos de Campus, o Ministro destacou a importância da passagem do IPCA a Fundação Pública, sendo que o novo regime jurídico do Politécnico facilita o crescimento da instituição e implica mais responsabilidade. “O regime fundacional no sistema politécnico é inaugurado no Instituto Politécnico do Cávado e do Ave; é um símbolo da capacidade de crescimento e afirmação do Instituto, que já é uma referência nacional e internacional”, referiu Manuel Heitor.

Durante a sessão solene, o presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, garantiu o apoio na criação de uma residência estudantil para os estudantes do IPCA, um projeto há muito reivindicado pela comunidade IPCA. O Presidente assegurou ainda, durante a sua intervenção, que o Município vai assumir o custo das novas instalações da Escola Superior de Design do IPCA, no centro de Barcelos, cuja inauguração se espera para o mais breve possível.

A presidente do IPCA, Maria José Fernandes, anunciou que a instituição vai continuar, no próximo ano, a investir no crescimento do Campus, na conclusão do edifício Factory Lab (oficinas para a megatrónica, robótica e eletrónica) e que as obras se vão estender a equipamentos desportivos, de restauração e bares.

Durante a sessão solene foram ainda distinguidos e atribuídos prémios de mérito aos estudantes do IPCA como forma de incentivar e estimular o bom desempenho académico, com o contributo do Banco Santander Universidades e um conjunto de empresas e entidades da região. Foi entregue, igualmente, o Prémio Valor IPCA/Santander Universidades a Maria Idalina Caldas e a Susana Marinho e Sousa pelo envolvimento das mesmas em projetos humanos e solidários, através de práticas de cidadania ativa e de voluntariado.

As festividades do Dia do IPCA iniciaram-se na terça-feira, dia 18, com a realização do I Sarau Cultural, dinamizado pelos estudantes do IPCA, sendo que no auditório estiveram presentes mais de 130 seniores de várias associações de Barcelos. Com esta iniciativa de cariz cultural e artístico, o IPCA pretendeu “promover a ligação da comunidade estudantil do IPCA com a comunidade sénior da região, numa abordagem de responsabilidade social, dando também a oportunidade aos estudantes que apresentaram os seus talentos e capacidade artística”, refere em nota.

Fotos: DR.

Casa de Saúde S. José encerra comemorações dos 60 anos

Outubro 24, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Apresentação de livro e vídeo comemorativos

A Casa de Saúde S. José, instituição que presta cuidados na área da saúde mental no concelho de Barcelos, encerra esta sexta-feira as comemorações dos seus 60 anos de atividade com uma sessão de apresentação do livro e do filme «60 anos da Casa de Saúde S. José».



A obra, que celebra o 60º aniversário, relata, através do recurso a entrevistas a diversas personalidades que passaram pela casa, a história vivida ao longo destes anos. De recordar que nos primeiros anos de funcionamento, o Hospital Granja S. José, como era designado, situava-se numa quinta agrícola, e como tal, a componente ergoterápica era a atividade principal de ocupação dos doentes. Uma prática inovadora à época e que serviu de modelo a outras instituições.

Mais tarde, a ergoterapia deu lugar à terapia ocupacional, tal como hoje é conhecida, não só porque a população era já do setor terciário, mas também porque o projeto de reabilitação passava já por uma individualização do doente e do seu plano de reabilitação psicossocial.

Desde o início e até hoje, a Casa de Saúde S. José é uma unidade de saúde de referência no Norte do País no que diz respeito ao tratamento de utentes portadores de doença e de deficiência mental.

Recentemente, a instituição alargou a sua área de atuação aos concelhos de Caminha, com a Unidade de Saúde da Gelfa, com duas respostas de Cuidados Continuados, nas tipologias de Média Duração e Reabilitação e Longa Duração e Manutenção, respetivamente, e também ao concelho de Melgaço, igualmente com respostas nas duas tipologias.

Programa:

16h00 – Receção aos convidados

16h30 -Apresentação do livro «60 anos da Casa de Saúde S. José»

17h00 – Apresentação do vídeo documental «60 anos da Casa de Saúde S. José»

17h30 – Verde de honra

Fonte e foto: CSSJ.

Ir Para Cima