Tag archive

António Marques

Ministro do Ensino Superior inaugura nova Biblioteca do IPCA

Maio 30, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) vai inaugurar o novo edifício da Biblioteca do IPCA no dia 4 de junho, com a presença do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor. A cerimónia tem início pelas 11h00, no Campus do IPCA em Barcelos.



A inauguração inicia com uma visita às instalações, seguindo-se as intervenções do Ministro Manuel Heitor, do presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, do presidente do Conselho Geral do IPCA, António Marques, e da presidente do IPCA, Maria José Fernandes, que encerra a cerimónia.

O dia da inauguração terá, ainda, momentos surpresa para todos os convidados, altura em que será divulgado o nome oficial da Biblioteca.

Fonte e imagem: IPCA.

Alunos do IPCA recebem Cartas de Curso

Maio 15, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) realizou, no passado dia 12 de maio, a cerimónia de entrega de Cartas de Curso aos diplomados de Mestrado e de Licenciatura. Esta é uma cerimónia que pretende marcar o fim do percurso académico e o início do percurso profissional dos diplomados do IPCA.



A abertura da cerimónia esteve a cargo do Grupo de Fados do IPCA que, mais uma vez, encantou e marcou presença no certame.

O presidente do Conselho Geral do IPCA, António Marques, abriu a sessão solene com a sua intervenção e alertou os novos diplomados de que este “é apenas um passo que alcançaram. Não podem ficar por aqui”, salientou, comparando o esforço de Cristiano Ronaldo que é “o melhor do mundo porque treina todos os dias”. O presidente do Conselho Geral do IPCA falou, ainda, aos novos diplomados, dizendo que o IPCA estará sempre de portas abertas para os receber, pois, “a relação com o IPCA é inacabada”.

Seguiu-se a intervenção de Miguel Costa Gomes, presidente da Câmara Municipal de Barcelos, que aproveitou a oportunidade para desejar os maiores sucessos profissionais aos diplomados do IPCA. O presidente enalteceu, também, o percurso deste Instituto que “evolui permanentemente em prol do desenvolvimento da região e do país, e sempre a dar passos certos com o objetivo de corresponder às necessidades dos jovens e do mercado de trabalho”.

“Esta carta significa o futuro”. Foi esta a deixa da presidente da Associação Académica, Sara Ferreira, que desejou felicidades a todos os que terminaram o curso no IPCA e que os maravilhosos anos passados nesta Instituição fiquem para sempre guardados na memória de cada um.

O Reitor da Universidade Lúrio, no âmbito de uma visita institucional ao IPCA, foi o convidado de honra desta cerimónia e referiu que “este é um momento importante na vida dos que se graduam e na história desta Instituição”. Realçou, ainda, o papel destes jovens no desenvolvimento das sociedades, apelando aos jovens provenientes dos PALOP que regressem aos seus países após a conclusão da sua formação porque “farão a diferença com a formação que aqui adquiriram”.

Coube à presidente do IPCA, Maria José Fernandes, fechar este ciclo de intervenções e fê-lo orgulhosamente “Há uns anos fizeram uma escolha, escolheram o IPCA. Hoje cerca de 100 estudantes vão receber a carta de curso”. A presidente do IPCA aproveitou, igualmente, para enaltecer o trabalho dos professores, diretores e funcionários pelos resultados alcançados e por terem apoiado estes jovens a levarem a bom porto o seu projeto académico. Referiu “é desta forma que concretizamos a nossa missão: formar pessoas, dotando-as de competências autorreflexivas”.

Durante a cerimónia, assinou-se o protocolo de cooperação entre o IPCA e a UniLúrio, que permite promover a cooperação entre as duas instituições através de atividade de índole académica, pedagógica, científica e cultural.

Seguiu-se a entrega de cartas de curso aos novos diplomados que completaram, no IPCA, os cursos de Licenciatura e Mestrado.

A sessão terminou com um momento de convívio, durante o almoço, entre a comunidade académica e familiares, no exterior da cantina do IPCA.

Fonte e fotos: IPCA.

IPCA entrega Cartas de Curso no próximo sábado

Maio 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) realiza, no próximo sábado, dia 12 de maio, a partir das 11h00, a habitual Cerimónia de Entrega de Cartas de Curso aos diplomados de Mestrado e de Licenciatura.



A abertura da cerimónia está a cargo do Grupo de Fados do IPCA.

Esta sessão decorre no edifício da Cantina do IPCA e conta com intervenções do presidente do Conselho Geral do IPCA, António Marques, do presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, da presidente da Associação Académica, Sara Ferreira, e da presidente do IPCA, Maria José Fernandes.

A cerimónia conta, ainda, com um convidado de honra, o Prof. Dr. Francisco Noa, Reitor da Universidade de Lúrio (Moçambique). Após as intervenções, terá lugar a assinatura de um protocolo de cooperação entre o IPCA e a UniLúrio.

Segue-se a entrega de cartas de curso, após a qual haverá também um momento de convívio durante o almoço com a comunidade académica e familiares.

A Cerimónia de Entrega de Cartas de Curso é um dos momentos solenes mais significativos do ano para o IPCA.

Fonte e foto: IPCA.

Transformação do IPCA em Fundação Pública aprovada pelo Conselho Geral desta instituição

Novembro 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

O Conselho Geral do Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA) aprovou, por maioria, no passado dia 24 de novembro, a proposta de transformação do IPCA em Fundação Pública, nos termos do artigo 129.º do Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior.



Maria José Fernandes, Presidente do IPCA, considera que “este é um passo fundamental no crescimento e consolidação do IPCA e para a concretização da missão e da visão institucional”. Entre as várias vantagens do regime fundacional, a Presidente destaca a maior autonomia de gestão dos recursos humanos e financeiros, baseada em princípios de responsabilização e transparência. Nas suas palavras, a Presidente do IPCA realça que “esta mudança será feita preservando sempre os valores humanos e salvaguardando os interesses das pessoas que aqui trabalham e estudam, e sempre em benefício de uma Instituição mais forte e mais sólida”.

O Presidente do Conselho Geral, António Marques, enaltece “a forma cordial com que os membros do Conselho Geral trataram uma matéria tão sensível e relevante para a vida da Instituição” e destaca ainda “o sentido institucional e a capacidade visionária em todo o processo de transformação do IPCA em fundação pública”.

O primeiro passo para formalização deste processo aconteceu há mais de 1 ano e meio atrás quando, a 29 de abril de 2016, o Presidente do IPCA à data, Professor João Carvalho, apresentou ao Conselho Geral, uma proposta com vista a iniciar o processo de transformação do IPCA em fundação pública de direito privado, tendo caracterizado as principais implicações dessa transformação institucional.

Posteriormente, a 27 de fevereiro de 2017, foi aprovada a proposta de transformação do IPCA em fundação pública, tendo ficado deliberado pelo Conselho Geral que a mesma estaria em discussão pública entre os dias 06 de março e 30 de junho de 2017. Durante este período de discussão e debate público foram realizadas sessões de informação e esclarecimento com a comunidade académica, contando com a presença de organizações sindicais, responsáveis de Universidades em regime fundacional e dirigentes do IPCA. Foram, ainda, ouvidos os órgãos do IPCA, designadamente o conselho de gestão e os conselhos técnico-científicos das Escolas.

Após a aprovação da proposta na passada sexta-feira, o dossier completo será agora enviado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior para se iniciar o processo de negociação das condições nos termos da lei.



O processo termina com a publicação em Diário da República do decreto-lei que institui o IPCA como fundação pública com regime de direito privado, após a aprovação pelo Governo.

O IPCA é a primeira instituição pública politécnica a iniciar o processo de passagem para o regime fundacional, seguindo outras instituições de ensino superior universitário – Universidade de Aveiro, Universidade do Porto, ISCTE; Universidade do Minho e Universidade Nova de Lisboa – que se transformaram em Fundações Públicas.

Fonte e foto: IPCA.

IPCA homenageia João Carvalho e Presidente da Câmara marca presença na cerimónia

Junho 6, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 02 de junho, e num anfiteatro cheio, o Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) prestou homenagem ao seu ex-presidente João Carvalho, numa cerimónia emotiva que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, vários autarcas, dirigentes de instituições de ensino superior, várias individualidades e muitos amigos que com ele privaram, além de uma mensagem em vídeo do ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

Para o membro do governo, “são pessoas como João Carvalho que fazem falta no Ensino Superior”, pelo que considerou que se trata de “um exemplo para todos nós e que faz do IPCA um exemplo”. E concluiu: “é com pessoas como João Carvalho que se faz o futuro”.

Na sua intervenção, o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, classificou João Carvalho como “uma pessoa de excelência”, recordando, designadamente, toda a obra feita no Campus. Elogios que foram partilhados por André Soares, último presidente da Associação Académica do IPCA durante a presidência de João Carvalho.

homenagem-joão-carvalho-IPCA-costa-gomes

Por seu turno, o presidente do Conselho Geral do IPCA, António Marques, fez questão de descrever João Carvalho como “um dos nossos maiores” e um homem de uma “seriedade ilimitada, um pensador como poucos, que valoriza muito a ética, e um excelente profissional”.

Já o atual presidente interino do IPCA, Agostinho Silva, anunciou a decisão do Conselho de Gestão em atribuir o nome de João Carvalho à avenida principal do Campus do IPCA. Sublinhando as qualidades humanas do ex-presidente, enalteceu “o legado que nos deixa”, pedindo-lhe ainda mais. “Mais visitas à instituição, mais apoio, como um pai que olha por um filho”, disse.




Face à homenagem e perante todos os elogios que lhe foram dirigidos, João Carvalho dirigiu-se ao auditório, totalmente repleto, começando por confessar não ter palavras para descrever o que sentia. ” É uma homenagem não merecida. Apenas cumpri a minha obrigação. Seria mais justo uma homenagem ao IPCA, aos seus professores, funcionários, estudantes. É a eles que se deve o que é hoje o IPCA”.

Falando do passado, presente e futuro do IPCA, João Carvalho recordou vários episódios do seu longo trajeto enquanto dirigente, nomeadamente aqueles que colocaram em risco a própria instituição. E partilhou com todo o auditório os momentos difíceis, relacionados com os problemas de saúde que o motivaram a renunciar ao cargo.

“Aqui estou mais calmo, mais magro, eventualmente mais triste, a reaprender a sorrir, a adaptar-me a uma nova forma de vida, mas naturalmente que vou utilizar o lema do IPCA nos seus anos de crise: insistir, persistir e não desistir”, disse.

A sessão contou, ainda, com dois momentos musicais a cargo do Grupo de Fados do IPCA e, no final, do músico Rui Paulino David, que interpretou alguns dos temas preferidos de João Carvalho. A cerimónia ficou igualmente marcada pela apresentação do retrato oficial do ex-presidente do IPCA, da autoria da pintora Filipa Godinho, e pelo lançamento de um livro com fotografias e alguns dos discursos de João Carvalho durante os anos em que dirigiu a instituição.




Fontes e imagens: Município de Barcelos e IPCA.

Ir Para Cima