Tag archive

Anuário Financeiro

Barcelos lidera no distrito e sobe a nível nacional na eficiência financeira

Novembro 4, 2019 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Ranking do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses

O Município de Barcelos volta a liderar o ranking dos municípios do Distrito de Braga com melhor eficiência financeira em 2018, mantendo a posição que já ocupava em 2017, e sobe para sétimo a nível nacional, segundo o Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses divulgado no dia 30 de outubro.



O documento seleciona um conjunto de 11 indicadores sobre a situação financeira dos municípios, a partir dos quais são avaliados, e dentro da respetiva dimensão (grandes: 24; médios: 98; e pequenos: 186).

Barcelos é considerado um grande município, situando-se em 7º lugar a nível nacional entre os da sua dimensão e em 42º lugar no conjunto dos 308 municípios do país, quanto à eficiência financeira.

Esta posição melhora em relação à análise de 2017, ano em que obteve o 9º lugar, e em relação a 2016, quando obteve o 11º lugar entre os municípios de grande dimensão.

A nível distrital, Barcelos repete, em 2018, o lugar obtido em 2017, isto é, o primeiro entre os grandes e também na globalidade de todos os municípios do distrito, com uma pontuação destacada em relação aos demais.

A nível nacional verifica-se uma melhoria global assinalável dos municípios quanto aos seus indicadores financeiros, registando-se um superavit de 466 milhões de euros, diminuição da dívida e redução de tempo de pagamento a fornecedores, estabilização da independência financeira, entre outros.

O Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses teve a sua primeira edição em 2005, e foi coordenada pelo Professor João Carvalho, ex-presidente do IPCA, com o apoio da Ordem dos Contabilistas Certificados.

Maria José Fernandes, presidente do IPCA, assume, pela primeira vez, a coordenação do estudo, que conta com a colaboração do Tribunal de Contas, da Ordem dos Contabilistas Certificados, do IPCA, do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade e da Universidade do Minho.

Fonte e foto: CMB.

Apresentado o Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses 2017

Outubro 5, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Municípios melhoraram desempenho económico e financeiro face ao ano anterior

Foi apresentada, na última terça-feira, no auditório António Domingues de Azevedo, em Lisboa, a edição de 2017 do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, projeto coordenado pelo CICF do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), em colaboração com a Ordem dos Contabilistas Certificados, o Tribunal de Contas e a Universidade do Minho.



Esta publicação, que vai na sua 14ª edição, é da autoria de João Carvalho, Maria José Fernandes e Pedro Camões e apresenta o desempenho económico e financeiro dos municípios no ano de 2017.

Os dados apresentados mostram que a saúde financeira dos municípios Portugueses tem melhorado nos últimos sete anos, nomeadamente a redução da dívida total, que das câmaras foi reduzida em 426 milhões de euros em relação ao ano anterior, segundo o Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses.

O documento adianta, também, que é cada vez maior o número de municípios que paga em menos de 90 dias. Em 2017, apenas 38 ultrapassaram este prazo, realçou Maria José Fernandes, uma das autoras do documento divulgado pela Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas.

Destacou, igualmente, “o peso reduzido da dívida das autarquias locais na dívida pública total”. Apenas três dezenas dos 308 municípios excederam os limites da dívida total.

No ranking dos 100 melhores classificados, segundo os 11 indicadores analisados ao longo do Anuário, há municípios de todo o território e de diferentes dimensões.

O município da Marinha Grande (média dimensão) obteve a pontuação máxima, seguindo-se Sintra (grande dimensão), que ficou em segundo lugar. Entre os grandes municípios, que de acordo com esta listagem são 19, Sintra, Porto e Oeiras constituem o top 3 dos municípios mais bem colocadas no ranking.

Destaque, ainda, para o município de Barcelos, que obteve a melhor pontuação no ranking entre os municípios do distrito de Braga.

Entre as conclusões principais estão, de acordo com o estudo, outras já repetidas em anos anteriores, nomeadamente a maior dependência dos municípios de pequena dimensão  das transferências do Orçamento de Estado, que representa uma média de 62,1% da receita cobrada por estes municípios, “o que representam evidentemente um valor muito alto”, bem como a maior proximidade que se tem verificado nos últimos anos entre os valor dos orçamentos previstos e dos orçamentos executados o que demonstra uma maior eficiência orçamental.

O Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses é apoiado, desde o primeiro número, pela Ordem dos Contabilistas Certificados em estreita colaboração com o Tribunal de Contas, o Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade do IPCA e a Universidade do Minho.

Fonte e fotos: IPCA.

Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses 2017 apresentado a 2 de outubro

Setembro 29, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Projeto coordenado pelo CICF vai na sua 14ª edição

No próximo dia 2 de outubro vai ser apresentada a 14ª edição do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses, que apresenta a situação económica e financeira em 2017, em Lisboa, no âmbito de uma conferência organizada pela Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC).



O Anuário é um estudo da autoria dos membros integrados do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade (CICF) do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), João Carvalho e Maria José Fernandes, em conjunto com Pedro Camões, membro colaborador do CICF, que se tornou uma referência nacional na radiografia das contas das autarquias locais em Portugal.

A sessão de abertura está marcada para as 9h30, com a Bastonária da OCC, Paula Franco, seguida da apresentação do Anuário, pelo seu coordenador João Carvalho. A conferência conta ainda com a presença do Secretário de Estado das Autarquias Locais, Carlos Miguel, do presidente da Associação Nacional de Municípios, Manuel Machado, e dos autarcas Ricardo Rio e Basílio Horta, presidentes da Câmara Municipal de Braga e Sintra, respetivamente.

A apresentação da 14ª edição do Anuário dos Municípios 2017 decorre no Auditório António Domingues de Azevedo, em Lisboa. Ao longo destas edições, a publicação teve sempre o apoio da Ordem, em estreita colaboração com o Tribunal de Contas, o Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade do IPCA e a Universidade do Minho.

Fonte: IPCA.

Imagem: DR.

Barcelos com bons resultados na eficiência financeira

Julho 27, 2017 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O concelho de Barcelos está entre os 100 melhores concelhos na eficiência financeira, segundo o ranking divulgado, no início desta semana, pelo Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses 2016.

O estudo, liderado pelo Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), é desenvolvido por especialistas independentes e coloca o Município de Barcelos em 11º lugar no ranking dos grandes municípios portugueses (com mais de 100 mil habitantes), no que diz respeito à eficiência global no ano de 2016.

No ranking global dos 14 municípios do distrito de Braga, o concelho de Barcelos obtém a terceira melhor pontuação global.

De acordo com o Município barcelense, o resultado “vem confirmar que o Município de Barcelos está no bom caminho em termos de gestão de recursos financeiros, numa lógica de execução orçamental assente no ajustamento da receita, mas, ao mesmo tempo, sem asfixiar o desenvolvimento do concelho”.




A posição obtida neste anuário reflete, segundo o Presidente da Câmara, “que o executivo tem feito as melhores opções em termos de modelo de gestão económica”.

Para Miguel Costa Gomes, estes resultados são conseguidos através de “um modelo de investimento descentralizador, que transfere competências para as freguesias”, dotando-as assim dos mecanismos necessários à realização de investimentos.

Fonte: CMB.

Divulgado hoje o “Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses”, um estudo liderado pelo IPCA

Julho 24, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O “Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses 2016”, estudo liderado pelo Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade (CICF) do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), foi hoje divulgado publicamente.

O estudo, que vai já na sua 13ª edição, analisa as contas de todas as 308 câmaras municipais do país, de 174 empresas municipais (de um total de 176) e da totalidade dos serviços municipalizados. Entre as principais conclusões, o Anuário 2016 aponta para uma redução de dívida em 276 municípios.

Este Anuário 2016 é, mais uma vez, coordenado por João Carvalho, investigador do CICF-IPCA e presidente do colégio de especialidade de contabilidade pública da Ordem dos Contabilistas Certificados (OCC). Conta, ainda, com a colaboração dos académicos Maria José Fernandes (IPCA), Pedro Camões (Universidade do Minho) e Susana Jorge (Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra).

O “Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses” tem, desde o primeiro número, o apoio da OCC, bem como a colaboração do Tribunal de Contas e da Universidade do Minho.

Caso pretenda analisar o documento, basta clicar no link: http://pt.calameo.com/read/00032498187010f6511e1?authid=cUGD1BYm9Iby




Fonte e imagem: IPCA.

Ir Para Cima