Tag archive

Arcozelo

“Arcozelo em Festa” está de volta ao Parque Radical, dia 20 e 21 de julho

Julho 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No fim de semana de 20 e 21 de julho, o Parque Radical de Arcozelo recebe, novamente, o evento “Arcozelo em Festa”, organizado pela Associação Recreativa e Cultural de Arcozelo (ARCA) e pela Junta de Freguesia de Arcozelo.



O evento tem o apoio do Município de Barcelos, Centro Social de Arcozelo, Barcelos Saudável, Liga Portuguesa Contra o Cancro – Delegação de Barcelos, FC “Os Académicos”, OPEN B, Círculo Católico de Operários de Barcelos, APAC e Motor Clube de Barcelos.

Os visitantes poderão disfrutar de tasquinhas, desporto, dança, bares e música. Pelas 19h00 de dia 20 realiza-se a abertura oficial. Cerca de 15 minutos depois, inicia uma aula de ginástica. Mais para a noitinha, pelas 20h30, é a vez dos cantares ao desafio, com “Aguiar & Companhia”, seguindo-se a Banda do Galo, terminando a noite, pelas 22h30, com o espetáculo do grupo Trifesta.

No dia seguinte, o recinto abre pelas 18h00, com o grupo de bombos “Os Pequenos Gaiteiros”. Cerca de meia hora depois realiza-se uma aula de zumba. Perto da hora de jantar, pelas 20h00, voltam os cantares ao desafio. Pelas 21h00, atua o grupo “Cantares do Cávado” e, pelas 22h30, o palco fica entregue à ARCA Dance Studio, que proporcionará um espetáculo de dança.

Imagem: ARCA.

 

ARCA DANCE STUDIO traz bons resultados do Dance World Cup 2018 de Barcelona

Julho 7, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre os dias 20 e 30 de junho, a escola de dança da Associação Recreativa e Cultural de Arcozelo (ARCA), esteve em Sitges – Barcelona para participar, pela segunda vez consecutiva, naquele que é o maior concurso internacional de dança, o Dance World Cup, concurso que reúne escolas, academias, conservatórios e bailarinos de todas as partes do mundo.



Este ano, a ARCA Dance Studio fez-se representar por 8 coreografias e um total de 53 bailarinos, que juntamente com outros artistas de Portugal, integraram a comitiva portuguesa, representando, não só o país, mas também a cidade de Barcelos e a freguesia de Arcozelo.

Entre milhares de coreografias a concurso, todas as da ARCA ultrapassaram a pontuação de 80 pontos, numa escala de 0 a 100, o que, nas palavras de Daniel Costa, professor e coreógrafo da ARCA Dance Studio, “é resultado da crescente qualidade que o ensino de dança tem na nossa associação e, claro, do excelente desempenho, empenho e performance dos alunos”.

“A dança é uma actividade contínua, que exige preparação e prática regular e disciplinada ao longo dos anos, por isso, os resultados que vamos obtendo são o culminar de muitas horas de trabalho e dedicação.”, salienta.

O coreógrafo conta que “apresentámos 8 coreografias, um total de 53 bailarinos em praticamente todos os escalões e nos mais variados estilos de Dança: Jazz, Show Dance, Comercial, Hip Hop e em todos tivemos excelentes pontuações, o que só demonstra que, acima de tudo, somos uma escola versátil e, claro, que melhoramos de ano para ano, pois as pontuações e classificações deste ano foram bem melhores que as do ano passado”.

Assim, a ARCA Dance Studio obteve as seguintes pontuações/Classificações:

«Les Miserables», Grupo Show Dance, escalão Sénior – 83,5% – 10º Lugar, em 25 concorrentes; [ndr: na foto de destaque da notícia]

«Chicago», Trio de Jazz e Show Dance, escalão Sénior – 87,1 – 4º Lugar, em 17 concorrentes;

«Femme Fatale», Trio de Hip Hop, escalão Sénior – 83,9% – 8º Lugar, em 17 concorrentes;

«Feel it!», Grupo Hip Hop, escalão Júnior – 86,3% – 8º Lugar, em 17 concorrentes;

«Wonder Woman», Grupo Hip Hop e Comercial, escalão Júnior e Sénior – 83,5 – 22º Lugar, em 33 concorrentes;

«Clean it», Grupo Show Dance, escalão infantil – 84,7% – 9º lugar, em 16 concorrentes;

«Trolls», Grupo Hip Hop, escalão Infantil – 85,9% – 8º Lugar, em 16 concorrentes;

«Latin Groove», Grupo Comercial, escalão Infantil – 85,6% 7º Lugar, em 12 concorrentes;

Para finalizar, Daniel Costa deixa palavras de gratidão aos parceiros: “Deixamos o nosso agradecimento às instituições, empresas, entidades e particulares que nos apoiaram, pois este tipo de concursos e viagens envolvem custos demasiado altos para as famílias e bailarinos. Agradecemos também aos alunos, pais e toda a comunidade da ARCA, que nos últimos meses se desdobrou numa série de iniciativas para ajudar esta enorme comitiva a representar Barcelos e Portugal no Dance World Cup”.

Para o próximo ano, é a vez de Portugal abrir portas ao Dance World Cup. O evento vai ter lugar em Braga, no Fórum, e são esperados milhares de bailarinos e centenas de escolas, academias e conservatórios de todos os cantos do mundo. Para conseguir acesso às finais mundiais, as escolas portuguesas terão de participar nas semifinais, em março de 2019, na Figueira da Foz.

Fonte e fotos: ADS/DR.

Caixa Geral de Depósitos encerra balcão de Arcozelo

Junho 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A “onda” de encerramentos encetada pela administração da Caixa Geral de Depósitos (CGD), liderada por Paulo Macedo, parece não querer parar, nem abrandar, chegando, desta vez, a Barcelos e a Arcozelo mais concretamente.



Sabe-se, agora, que uma das 75 agências que são para encerrar este ano é a de Arcozelo, situada na Praceta do Correio-Mor, que encerra – consta-se – já no final deste mês de junho. Essa decisão, da qual os moradores da zona vão ficando a saber, está a indignar e a revoltar não só os habitantes da freguesia, como os habituais utilizadores dessa agência, que não moram nela.

Pedro Sousa, cliente, morador em Arcozelo e diretor deste jornal, salienta que “esta decisão é imensamente prejudicial para nós, moradores aqui da zona da agência, mas também, para quem a utiliza para tratar dos seus assuntos bancários. É verdade que com o encerramento da agência de Santo António, como era conhecida, junto ao Pavilhão Municipal, a afluência de clientes na de Arcozelo aumentou consideravelmente, havendo dias de filas enormes e muito tempo de espera. Mas isso só confirma que a agência não estava sem clientes, não estava ‘moribunda’. Pelo contrário, estava a precisar de ver serem-lhe alocados mais recursos humanos para menorizar esses efeitos. E o que é que a administração da CGD decide, lá de Lisboa? Encerrar uma agência que tem muita afluência e movimento”, conclui.

Mas os problemas não se ficam por aqui. Pedro Sousa relembra que “com este encerramento, a não ser que haja abertura de outra agência, quem quiser tratar de algum assunto numa agência da CGD terá que se deslocar ao centro da cidade, à agência junto à Praça de Pontevedra, ou a Barcelinhos. Agências essas que ficarão ainda mais ‘atoladas’ de clientes”. A agência de Arcozelo é utilizada por cidadãos de várias freguesias. “Só em Arcozelo moram mais de 13 mil habitantes que veem o único balcão do banco público fechar”, refere Pedro Sousa. “Julgo que a decisão não é a melhor. Para quê ter-se um banco público se ele não serve os seus clientes e os seus ‘proprietários’, que são os portugueses?”, pergunta este arcozelense.

O Barcelos na Hora sabe que há abaixo-assinados a circular pela zona da agência, nomeadamente, em estabelecimentos comerciais, que as pessoas podem assinar, numa tentativa de demover a administração da CGD, algo que poderá ser, obviamente, muito difícil.

Pedro Sousa deixa, igualmente, o “apelo à Câmara Municipal de Barcelos, à Junta de Freguesia de Arcozelo, às Assembleias – Municipal e de Freguesia –, às forças políticas e movimentos civis que tomem ações fortes no sentido de se demover a administração da CGD, sentada na capital, desta decisão que provoca dano, não só aos arcozelenses, como aos barcelenses em geral. Já enviei um e-mail ao Presidente da Câmara e outro ao Presidente da Junta a solicitar mais reação e desencadeamento de ações políticas e de protesto, tendo-me, até, disponibilizado para participar nelas, se necessário. Entretanto, peço a todas as pessoas que assinem os abaixo-assinados a circular na zona da agência e que, tal como eu, façam chegar a vossa voz a todas as entidades, políticas e não só, para que estas compreendam que esta decisão não é boa, nem para Arcozelo, nem para Barcelos”, concluiu.

Entretanto, o Barcelos na Hora sabe que a Junta de Freguesia de Arcozelo não foi informada oficialmente deste encerramento. Mal soube, de forma oficiosa, contactou o Presidente da Câmara, Miguel Costa Gomes, para o colocar ao corrente do assunto e enviou um ofício ao Presidente da CGD protestando contra esse encerramento. Como já referido, a Junta está a realizar abaixo-assinados e o Presidente da Câmara reunirá, ao que tudo indica ainda esta semana, com o Sub-Diretor da Região Norte, onde estará, igualmente, o Presidente da Junta, José Monteiro da Silva. Nessa reunião tratar-se-á, obviamente, deste assunto, deste encerramento anunciado.

Foto: Google Maps (alterada).

[Notícia atualizada às 18h22, do dia 11-06-2018]

FC Os Académicos está a captar atletas para o seu futsal feminino

Junho 8, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Durante este mês e julho, o Futebol Clube Os Académicos, de Arcozelo, vai realizar treinos de captação para atletas de futsal feminino.



As captações são destinadas a jovens nascidas entre 2000 e 2005, para juniores e juvenis, de 19 de junho a 31 de julho, no Pavilhão da EB 2,3 Gonçalo Nunes.

Em junho, a partir de dia 19 e até final do mês, os treinos serão todas as terças, quartas e sextas-feiras, entre as 19h30 e as 20h30. Já durante todo o mês de julho, os treinos serão somente às terças-feiras, entre as 19h30 e as 21h30.

Para mais informações, pode contactar o clube, através do número 93 758 0127 ou do e-mail: osacademicos@hotmail.com.

Imagem: FCA.

Karaté d’Os Académicos conquista quatro medalhas em Trancoso

Maio 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado domingo, dia 27 de maio, o Pavilhão Multiusos de Trancoso recebeu o Campeonato Nacional da Liga Portuguesa de Karate, no qual participou a Secção de Karate do FC “Os Académicos”, representada por 11 atletas e pelo seu treinador, José Alves.



Na “cidade de Bandarra”, a competição foi organizada pela Associação Karate Shotokan de Trancoso, em parceria com a Liga Portuguesa de Karate Shotokan.

Os atletas da equipa de Arcozelo conseguiram conquistar seis medalhas. Bruna Gonçalves conquistou a medalha de ouro em Kata, cadetes femininos, onde Catarina Borges conquistou a medalha de bronze. Estas duas atletas, conjuntamente com Tatiana Alves, conquistaram a medalha de prata, nesta disciplina e categoria, por equipas.

Já em Kumite, cadetes femininos, Tatiana Alves conquistou a medalha de prata.

Foto: SK-FCA.

Arcozelo volta a “queimar” o Judas

Abril 5, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Após anos de ausência, a tradicional “Queima do Judas” regressou a Arcozelo, pela mão da Comissão de Moradores da Rua do Ribeiro.



O evento decorreu no Largo próximo do Café da Ponte, com os atores a serem os mesmos das últimas edições, que prontamente aceitaram o convite. Por entre os presentes, a reação foi positiva, com a diversão a marcar o momento e Francisco Cruz, no papel de “Viúva”, a ser o protagonista da noite.

Em nota, a referida Comissão de Moradores “promete voltar no próximo ano e apresentar um espetáculo ainda melhor”.

Fotos: NC.

Karaté d’Os Académicos participa na Taça CPK e conquista três medalhas

Março 26, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 24 de março, Fânzeres – Gondomar recebeu a Taça CPK – Centro Português de Karaté e que contou com a prestação de atletas da Secção de Karaté do FC “Os Académicos”, de Arcozelo. A prova foi organizada pelo Clube Karaté de Campanhã e pelo CPK.



Inês Miranda conquistou o 1º lugar em Kumite, juvenis femininos -55kg; Tiago Ribeiro foi 3º em Kumite, juvenis masculinos -50kg; e Nuno Lopes foi, igualmente, 3º em juvenis masculinos -55kg. Ana Rita Alves também competiu nesta Taça.

Foto: FCA-SK.

Barcelense João Sousa expõe fotografias na Galeria Municipal de Arte

Março 22, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 24 de março e 22 de abril, a Galeria Municipal de Arte recebe a exposição de fotografias “Reflexos”, do barcelense João Sousa.



O Rio Cávado é a inspiração para as 20 fotografias que compõem esta exposição do artista barcelense. Na obra exposta poderão ser encontradas referências a locais como as lagoas de Areias, o açude de Santo António de Vessadas, o areal de Barcelinhos, o Souto dos Burros ou o açude de Mereces, entre outros.

Nascido em Arcozelo, Barcelos, em 1961, João Alberto Monteiro Saraiva de Sousa apaixonou-se pelas artes desde muito cedo, expressando-se através de diversas áreas, como a música e a dança, assumindo que “a fotografia teve sempre o seu cantinho” ao longo da sua vida. Autodidata, frequentou algumas ações de formação modular e workshops de fotografia, apresentando um nível de exigência singular no que fotografa, procurando, cada vez mais, novas formas de obter técnicas próprias.

Em 2016, apresentou uma exposição individual, na Casa da Azenha, intitulada “Recantos, Barcelos no Caminho de Santiago”.

Fonte e imagem: CMB.

Ténis de Mesa: Agrupamento Vale de Tamel com jornada de bons resultados

Fevereiro 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa de Ténis de Mesa, integrada no Desporto Escolar – EBSVT do Agrupamento Vale de Tamel, disputou, este fim de semana, no seu pavilhão escolar, em Lijó, mais uma jornada de Ténis de Mesa, defrontando as congéneres de Vale d’Este (Viatodos) e Gonçalo Nunes (Arcozelo).



Tiago Sousa (1º), Pedro Sousa (2º), Susana Costa (3ª) e Rita Vale (4ª) foram os resultados de maior relevo. Já Beatriz Pereira e David Amaral ficaram pela fase de grupos.

Em nota enviada a este jornal, os responsáveis da equipa consideram o desempenho destes jovens mesa-tenistas como tendo sido “brilhante”.

Fonte e foto: AEVT-TM/CPA-TM.

Município de Barcelos em parceria com GASC para proteger pessoas sem-abrigo

Fevereiro 8, 2018 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos, no âmbito das parceiras que tem desenvolvido com as instituições locais, tem levado a cabo um conjunto de ações junto de pessoas em situação de grande vulnerabilidade social.



Esse é o caso do protocolo de colaboração entre o Município de Barcelos e o Grupo de Ação Social Cristã (GASC), que prevê um conjunto de intervenções junto da população sem-abrigo do concelho.

Através deste protocolo, foi implementado, em 2016, o projeto “Um teto para todos”, em que o Município assume os encargos financeiros decorrentes do aluguer de algumas casas do edifício do IHRU, em Arcozelo, para que o GASC possa acolher e autonomizar as pessoas beneficiárias deste projeto.

A população-alvo é constituída pelos utentes atendidos/acompanhados pelo GASC que estejam em situação de sem-abrigo, de risco de despejo, de incapacidade para fazer face ao mercado privado de arrendamento e que possua condições de autonomia pessoal.

O projeto tem como objetivos, segundo o Município, “proporcionar um contexto habitacional nas situações já descritas; promover a aquisição de competências pessoais e profissionais que contribuam para o reforço da autonomia do indivíduo; a reorganização do projeto de vida e de reinserção familiar, social e profissional, entre outros”.

“Pretende-se, em suma, que estas pessoas sejam apoiadas nestas situações, evitando que passem as noites sem qualquer abrigo e que sejam acolhidas em programas de reinserção”, refere o Município.

O GASC desenvolve, ainda, outras atividades em parceria com o Município de Barcelos, através de um acordo de colaboração, com atribuição de valor de 25.000 euros/ano ao GASC, para o desenvolvimento de atividades nas suas diferentes valências. Para além disso, o Município cede instalações onde funcionam o refeitório social e balneários.

Entre outros apoios e projetos sociais, o Município assumiu ainda o apoio financeiro para a aquisição de equipamentos de frio, no âmbito da resposta de distribuição de bens alimentares a famílias carenciadas (Plano Operacional de Apoio a Pessoas mais carenciadas); é parceiro do Projeto “SORRIR” – Eixo do tratamento no âmbito das dependências e mantém um acordo de colaboração com a entidade APDES, para a dinamização de uma equipa de intervenção de rua (Giru-Barcelos), para prestar cuidados a pessoas com dependências, numa perspetiva de minimização de danos decorrentes da situação de dependência (troca de seringas, apoio médico, apoio social).

Fonte: CMB.

Foto: DR.

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima