Tag archive

Armandina Saleiro

Comunidades ciganas de Barcelos recebem kits higiene para combate ao COVID-19

Maio 6, 2020 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Vereadora da Ação Social, Armandina Saleiro, participou na entrega de kits de higiene a 37 famílias residentes no concelho de Barcelos, angariados ao abrigo da campanha SOS Comunidades Ciganas, que visa apoiar famílias carenciadas no combate à pandemia da COVID-19. A sessão decorreu no dia 5 de maio, no Centro Social Abel Varzim, em Cristelo.



Os kits, compostos por máscaras, luvas, álcool, sabão, toalhitas desinfetantes e lixívia, servem para auxiliar as famílias que vivem em acampamentos e barracas, sem acesso a água, luz e a uma habitação digna, sendo as que mais necessitam de proteção face à pandemia.

Na entrega dos kits, a vereadora afirmou “a importância da adoção de novos comportamentos sociais e boas práticas para a contenção da propagação da COVID-19”.

Armandina Saleiro salientou, ainda, a necessidade de alertar e sensibilizar a comunidade de etnia cigana para “os riscos associados a algumas práticas comuns no seu dia a dia, desaconselhando deslocações em grupo, quer seja nas idas ao supermercado e ao hospital, quer seja no caso de quem vive em barracas e que tem por hábito utilizar os balneários públicos em simultâneo com várias pessoas do mesmo agregado familiar”.

A campanha “SOS Comunidades Ciganas”, lançada pela Rede Europeia Anti-Pobreza Portugal, está a trabalhar com comunidades em nove concelhos portugueses (Elvas, Beja, Mourão, Guarda, Fundão, Viseu, Braga, Barcelos e Porto) e pretende, com esta campanha, lançada a 9 de abril, ajudar a travar a pandemia, atribuindo kits de segurança e higiene às comunidades ciganas, sobretudo às famílias que vivem em acampamentos e barracas e em condições de higiene que colocam em risco a saúde individual e comunitária.

De acordo com os números mais recentes existem 24.210 portugueses ciganos em território nacional.

Fonte e foto: CMB.

IPCA discute “Os Direitos das Mulheres na Engenharia e na Gestão: para quando a Geração Igualdade?”

Março 3, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

No âmbito do Dia Internacional das Mulheres, promovido pelas Nações Unidas, em que o tópico deste ano está subordinado ao tema “Eu sou a Geração Igualdade: concretizar os direitos das mulheres”, a Escola Superior de Tecnologia (EST) do Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA) junta-se à iniciativa e realiza, no dia 6 de março, pelas 15h00, no Auditório Eng.º António Tavares, uma mesa redonda intitulada: “Os Direitos das Mulheres na Engenharia e na Gestão: para quando a Geração Igualdade?”.



“Conscientes da atual desigualdade de oportunidades e de direitos a vários níveis, torna-se necessário debater estratégias que contribuam para que a atual situação seja ultrapassada no mais curto espaço de tempo, tendo em consideração as questões organizacionais, tecnológicas, culturais e sociais, com principal enfoque na Engenharia e na Gestão”, refere o IPCA em nota.

O painel de convidadas são mulheres com funções de impacto relevante e estruturante na comunidade IPCA. Com moderação de Mariana Carvalho, docente da EST e Vereadora da Câmara Municipal de Barcelos, as convidadas para esta “mesa redonda” são Maria José Fernandes (Presidente do IPCA), Armandina Saleiro (Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos), Ângela Brandão (Curadora do IPCA), Sara Ferreira (ex-Presidente da Associação Académica do IPCA) e Ana Trigo (Representante WIEEE e docente convidada do IPCA).

Campanha “Stop à Violência Doméstica”

A Associação Académica do IPCA (AAIPCA), em parceria com o IPCA, realiza uma ação de sensibilização para o Dia da Mulher.”Stop à Violência Doméstica” é o mote da ação de sensibilização desta campanha, que pretende sensibilizar para a denúncia de casos de violência que conheçam.

A AAIPCA vai distribuir flores a todas as mulheres do IPCA, tanto no Campus, como nos Polos em Guimarães e Vila Nova de Famalicão, com um cartão onde se pode ler: “Neste Dia da Mulher, lembra-te que uma flor não é símbolo de desculpa”. Durante a distribuição, os estudantes e membros da AAIPCA, vestem uma  t-shirt com a mensagem “Stop à Violência Doméstica”.

Fonte e imagem: IPCA.

[Ndr: notícia atualizada a 06.03.2020, pelas 10h05]

Miguel Costa Gomes é novo Presidente da Concelhia do PS Barcelos

Fevereiro 1, 2020 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Armandina Saleiro vence corrida Mulheres Socialistas

Realizaram-se a eleições concelhias no Partido Socialista de Barcelos, que teve como vencedor o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes e Armandina Saleiro venceu as respetivas eleições para as Mulheres Socialistas.



A Lista A, encabeçada pelo edil, obteve 832 votos, contra 472 da Lista B, encabeçada por Armindo Vilas Boas. Estes números referem-se à Concelhia, para eleger a os membros da Mesa e do Secretariado.

Em relação à parte executiva, a Secção, a Lista A venceu igualmente, com 849 votos, contra 467 da Lista B.

Já para as Mulheres Socialistas, Armandina Saleiro (Lista A) levou de vencida Lucinda Fonseca (Lista B) por 333 votos contra 181.

Atenção: todos estes resultados ainda não incluem os votos de Cambeses.

Rotary de Barcelos recebe Governador do Distrito 1970

Janeiro 24, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Foi numa sala cheia do Hotel Bagoeira, que o Rotary Club de Barcelos, e demais convidados, receberam José Carvalhido da Ponte, Governador do Distrito 1970 do Rotary Portugal, no passado dia 22 de janeiro, pelas 20h00.



O evento contou com a presença de vários Clubes dos distritos de Braga, Viana do Castelo, Porto e Aveiro, assim como, com a da Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, entidades convidadas, entre elas, o nosso jornal, representado pelo nosso Diretor, Pedro Soares de Sousa.

Após a saudação das bandeiras, um dos primeiros atos cerimoniais foi a admissão de Isaque Ferreira, Presidente da Junta de Freguesia de Cristelo e responsável pela Delegação de Barcelos da Liga Portuguesa Contra o Cancro, como membro do Rotary Club de Barcelos.

Findos os discursos das demais personalidades, nomeadamente, da Presidente do Rotary Club de Barcelos, Cláudia Santos, do representante do Club padrinho – Guimarães – do de Barcelos, e de Armandina Saleiro, foi a vez de José Carvalhido da Ponte discursar, fazendo-o de uma forma “fora das normas”, não ficando estático num local, mas, pelo contrário, percorrendo os espaços por entre mesas e participantes. Abordou as virtudes dos rotários, os caminhos que devem percorrer, o trabalho e obras do Rotary, projetos levados a cabo, o seu livro de poesia, alegorias e conselhos, entre outros temas e assuntos.

Por falar em projetos, deteve-se um pouco mais no de Cachéu, nomeadamente, da “Casa das Mães”, projetos esses que mereceram, por parte do Club de Barcelos, uma doação para ajudar na concretização dos mesmos.

Por entre as trocas de lembranças – por exemplo, o Governador entregou um livro de poesia de sua autoria –, o Rotary de Barcelos entregou a José Carvalhido da Ponte um Galo de Barcelos particularizado com temas alusivos ao Rotary e a Viana do Castelo, de autoria da artesã barcelense Sílvia Barbosa, conhecida, local e afetivamente, como “Sílvia dos Galos”.

Ao Barcelos na Hora, José Carvalhido da Ponte salientou que tem visto um “Distrito entusiasmado, que procura, a todo o custo, rejuvenescer e construir projetos transformadores da comunidade”, realçando que “o trabalho, pelo menos durante as VOG’s, é muito intenso, mas compensatório pelas experiências que nos são proporcionadas”.

Um dos momentos da noite foi o visionamento de um vídeo promocional da Conferência Distrital, que “é sempre um momento e balanço do ano rotário e de reflexão sobre um ou outro tema mais pertinente”, referiu o Governador do Distrito 1970. Esta Conferência irá ter um relato de Boas Práticas, quer dos clubes, quer das equipas distritais, tempos de convívio e degustação gastronómica (por exemplo, no Santoínho), visitas guiadas à cidade, “Baile do Governador” e muita música.

Instado a avaliar o trabalho desenvolvido pelo Club de Barcelos, José Carvalhido da Ponte disse que viu “um clube com muito entusiasmo e bons projetos, com uma líder (Cláudia Santos) firme, mas próxima dos companheiros pelos afetos, pela simpatia, pelo sorriso. Percebi que a Presidente se acompanha de um Conselho Diretor empenhado. É um clube de referência”, concluiu.

Já Cláudia Santos, a referida Presidente do Rotary Club de Barcelos, salientou que, para ela, este jantar superou todas as suas expectativas. “Uma sala repleta de amigos. Entrada de um novo companheiro, Senhor Isaque Ferreira, fundador da empresa Frutas do Cávado, que muito nos honra com o seu Sim ao nosso movimento, tendo sido apadrinhado pelo nosso companheiro Francisco Pereira. Um serviço de excelência pela parte do Restaurante Bagoeira. A alegria e companheirismo de todos os presentes. A presença da Vice-Presidente da Câmara Municipal, Dr.ª Armandina Saleiro. As presenças das Corporações dos Bombeiros de Barcelos, Barcelinhos e Viatodos. E a incrível formação Rotária e apresentação do projeto Girassol do nosso Amigo Governador, José Luís Carvalhido da Ponte. É impossível não ficar apaixonado por este movimento, quando existe tanto entusiasmo envolvido”.

Esta Visita Oficial do Governador não se restringiu apenas ao jantar. O dia teve uma receção na Câmara Municipal de Barcelos, pelas 15h00, com a Vice-Presidente como cicerone. “Foi um encontro ‘mágico’. Se este ano o lema é a conexão ‘Rotary Conecta o Mundo, nada melhor do que sentir a conexão da amizade. Quando através do olhar se sente harmonia, não é necessário mais nada para que tudo corra bem. Dialogámos sobre o nosso percurso em Barcelos, sobre o Lema de entrega nas ações dos rotários. Foi um discurso aberto e amigo”, referiu a Presidente rotária.

Uma hora mais tarde, visitaram a AMAR 21 – Associação de Apoio às Crianças com Trissomia 21 e outras perturbações do neuro-desenvolvimento, em Vila Boa, onde esta IPSS está a produzir o Doce de Barcelos. “Sentimos o entusiamo e perfeição que estas crianças colocam neste projeto. É nestas alturas que vemos que os sonhos são possíveis de realizar e que vale a pena a nossa entrega”, revela Cláudia Santos. Seguiu-se a visita à nova sede desta IPSS, localizada na antiga escola primária de Vilar do Monte, onde conheceram o espaço entregue à AMAR 21. “É incrível ouvir as suas ideias, que nos tocam o coração e nos dão vontade de fazer parte dos seus projetos. Fomos cativados e daremos o nosso melhor”, salienta.

A tarde terminou com uma reunião de trabalho entre o Conselho Diretor do Club e o Governador, onde fizeram o balanço, fizeram um check-up “à saúde do clube”, tendo projetado os próximos seis meses.

Sobre esta Visita Oficial do Governador, Cláudia Santas refere que o clube barcelense “é grato pela amável visita do nosso Governador. Sendo professor e poeta, tem uma forma apaixonada de encarar a vida e os desafios. É impossível não sentir as suas vontades. Foi assim que nos unimos à sua causa e da sua esposa, Professora Maria Adelaide Ponte, que caminha a seu lado com muito amor. Essa causa é o Projeto Girassol – Construção de um jardim de infância em Cachéu, na Guiné-Bissau, jardim este, pensado para ser sustentável e perdurável no tempo. Podem contar connosco e nós podemos contar com eles. Juntámos sinergias com muita amizade”.

Sobre os primeiros seis meses de mandato, seu e do Conselho Diretor, a Presidente do Club de Barcelos salienta que “foram 6 meses de trabalho, focados na conexão com a comunidade Barcelense e com os companheiros dos outros clubes”, sendo que, para futuro, têm muitos desejos, sendo um deles “conseguir apoiar a Amar 21, que é uma IPSS jovem, com sonhos que encantam”, assim como, “continuar a conectar com a comunidade, promovendo eventos de interesse para a evolução social. Acima de tudo, manter o nosso companheirismo e projetá-lo para o bem da sociedade. ‘CONECTAR’”, concluiu.

Fotos: BnH e RCB.

[Ndr: notícia atualizada a 24.01.2020, pelas 16h00]

SOPRO celebra Dia Internacional do Voluntariado com Seminário sobre o tema

Dezembro 10, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A SOPRO celebrou o Dia Internacional do Voluntariado, no dia 5 de dezembro, no Auditório Municipal de Barcelos, com o Seminário “O Poder dos Pequenos Gestos dos Voluntários do Corpo Europeu de Solidariedade”, que contou com a presença de mais de 300 convidados.



Neste Seminário, os voluntários da SOPRO apresentaram 3 projetos de Voluntariado, cofinanciados pelo Corpo Europeu de Solidariedade e Agência Nacional Juventude em Ação. O projeto Make the Change Happen, que está a receber 4 voluntários oriundos da Lituânia, Itália, Turquia, Estónia; e o Powerfull Volunteers, que está a receber 4 voluntários oriundos da Bulgária, Reino Unido, Itália e Argélia. Os dois projetos realizam-se em Barcelos durante 12 meses. Os voluntários estão a desenvolver atividades de voluntariado na Associação Humanitária de Santa Eugénia, Loja Social de Esposende, Centro Abel Varzim e Centro Paroquial e Social de Areias de Vilar.

O terceiro projeto é o Éden. Este é um Projeto de Solidariedade, dinamizado por jovens portugueses para a comunidade local. No caso do Éden, são 7 voluntários ex-alunos do Colégio La Salle, que estão a criar um espaço de Educação Ambiental para a Comunidade, no terreno ao redor da Casa Irmão Manuel, a Casa da SOPRO.

Neste evento esteve presente Armandina Saleiro, em representação do Município de Barcelos, que na Cerimónia de Abertura, juntamente com o Presidente da SOPRO, Miguel Novais, deram as boas-vindas a todos. Participaram organizações parceiras, escolas e futuros voluntários, que se pretendam que tomem a iniciativa e que participem em atividades de voluntariado em Portugal e na Europa.

“Porque acreditamos que com ‘Pequenos Gestos Mudamos o Mundo!’ agradecemos a todos os parceiros e participantes que estiveram presentes neste Seminário”, refere a SOPRO em nota.

Fotos: DR.

Barcelos promove debates sobre a Europa

Dezembro 9, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

“Euroceticismo: a origem e os efeitos no futuro da União Europeia” foi o mote para o encontro, em Barcelos, de sete delegações de países europeus, onde se discutiu as origens e efeitos na União Europeia do euroceticismo.



Este foi o quarto encontro do programa “Europa para os Cidadãos”, que contou com as delegações de Teruel (Espanha), Kistelek (Hungria), Heraklion (Grécia), Narva (Estónia), Victoria (Roménia), Skrad (Cróacia), e Gerace – (Itália), e contou com o apoio do Centro de Informação Europe Direct Minho.

Armandina Saleiro, vereadora do pelouro da Educação e Ação Social, frisou a importância destes encontros e debates sobre a Europa. “Este tema do euroceticismo é muito importante porque algumas movimentações que vemos pela Europa podem levar a uma desagregação e não pretendemos isso. É preciso abordar estes temas e trabalhar para unir a Europa”.

Sobre o programa “Europa para os Cidadãos” Armandina Saleiro acredita que este “é um projeto que se enquadra com o objetivo de dar voz aos cidadãos e à comunidade em geral sobre problemas do dia a dia”.

Entre os dias 3 a 5 de dezembro, o Programa “Europa para os Cidadãos” promoveu discussões sobre temáticas e problemas centrais da Europa atual, como o Brexit e a proliferação de movimentos extremistas. Na Biblioteca Municipal as delegações participantes apresentaram a sua visão sobre a temática em causa.

Outro dos encontros aconteceu na Escola Secundária de Barcelos, envolvendo a comunidade, especialmente jovens estudantes do ensino secundário e do IPCA, onde foi o tema debatido.

Fonte e foto: CMB.

Município de Barcelos recebe bandeira de Município Familiarmente Responsável

Novembro 29, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos é uma “Autarquia Familiarmente Responsável”, uma distinção atribuída pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR), tendo recebido a respetiva bandeira, numa cerimónia que decorreu no dia 27 de novembro, no Auditório da Fundação FEFAL, em Coimbra, e em que o Município esteve representado pela Vice-Presidente, Armandina Saleiro.



A entrega da bandeira é o ato simbólico que premeia as autarquias que desenvolvem uma política eficaz de apoio e ajuda às famílias, reconhecendo as boas-práticas em matéria de política familiar e distinguindo os municípios que investem na construção de uma política integrada de apoio à família.

A cerimónia contou com a participação do embaixador António Monteiro, do secretário de Estado da Descentralização e da Administração Local, Jorge Botelho, de Maria do Rosário Carneiro, do Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis e, ainda, de Rafael Lucas Pires, da Associação Portuguesa de Famílias Numerosas.

A Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos destacou várias medidas concretas que se enquadram no âmbito dos valores que este prémio representa, considerando-o um galardão que “atesta que as políticas autárquicas, no campo da responsabilidade familiar têm, de facto, apoiado os munícipes, as famílias e as pessoas mais carenciadas do concelho”.

“Ciente de que a família é um marco de coesão social insubstituível para o bem-estar da comunidade e da promoção da integração social no território, o Município de Barcelos promove medidas facilitadoras da vida familiar, nomeadamente na habitação, através da redução do IMI para as famílias numerosas, assim como no arrendamento habitacional e habitação social em que é concedida, pelo Município, uma majoração de 30%, às famílias com três ou mais filhos e de 20% às famílias monoparentais”, refere em nota.

“Ainda neste alinhamento, ao nível cultural há uma grande preocupação em conceber programas adequados à participação das famílias. Destacam-se algumas das iniciativas na área cultural, bem como nas áreas de educação e formação, como sejam: o apoio ao transporte escolar, o apoio nas refeições escolares, a oferta de manuais escolares, bolsas de estudo para os estudantes do ensino superior, o projeto de intervenção psicossocial e psicoeducativa. Na área da saúde, através dos projetos Barcelos a Sorrir, Promoção da Saúde Ocular e Auditiva e Promoção de Imagem e o Transporte Solidário”, conclui.

Fonte e foto: CMB.

Direitos das crianças em painel de azulejos no Centro Escolar de Gilmonde

Novembro 22, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos assinalou o Dia Internacional dos Direitos das Crianças, que se comemora no dia 20 de novembro, com a inauguração do painel de azulejos intitulado “Olhares Sobre os Nossos Direitos”, no Centro Escolar Elvira Barroso, em Gilmonde, um trabalho conjunto da Biblioteca Municipal e do Museu de Olaria de Barcelos.



Esta iniciativa tem como objetivo mostrar o que as crianças pensam e o que sabem sobre os seus direitos, através da narração de histórias pintadas em azulejos. No final do ano letivo será constituído um painel onde todos os direitos estão representados.

O painel, o quinto a ser colocado em estabelecimentos do ensino do concelho, foi inaugurado no dia 20 de novembro pela Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos e Vereadora da Educação, Armandina Saleiro, que elogiou o trabalho desenvolvido e realçou a importância da contínua e intransigente defesa dos direitos da criança. “Hoje é um dia importante e quisemos deixar um marco na vossa Escola para que toda a comunidade envolvente a este Centro Escolar nunca se esqueçam que vocês são o presente do país e que temos que preservar os vossos direitos e valores”, referiu a vereadora.

A inauguração contou, ainda, com a presença do Diretor do Agrupamento de Escolas de Barcelos, Jorge Saleiro, da representante da Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Barcelos, Anabela Pimenta, da Coordenadora da Rede de Bibliotecas Escolares, Fernanda Freitas, e de um representante da Junta de Freguesia de Gilmonde, Maurício Barros.

Fonte e fotos: CMB.

Barcelos integra a rede Autarquia Familiarmente Responsável

Novembro 14, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos foi distinguido como “Autarquia + Familiarmente Responsável 2019”, uma nomeação atribuída pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR) que fará a entrega da respetiva bandeira, numa cerimónia que decorrerá em Coimbra, no dia 27 de novembro.



Na edição deste ano dos prémios do Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis, a 11ª, foram distinguidos 76 municípios portugueses, sendo que no distrito de Braga essa distinção foi também para os municípios de Amares, Braga, Cabeceiras de Basto, Vila Nova de Famalicão, Póvoa de Lanhoso e Vieira do Minho.

Este prémio visa reconhecer as boas práticas no âmbito das políticas familiares e distinguir os municípios que investem na execução de uma política integrada de apoio à família. Neste sentido, o Município de Barcelos, enquanto entidade empregadora, ”adota medidas que facilitam a conciliação da vida familiar e laboral dos seus trabalhadores”.

Para Armandina Saleiro, Vereadora do Pelouro da Ação Social, esta distinção deve-se “à política de desenvolvimento social criada pela autarquia que muito tem apoiado os munícipes, as famílias e as pessoas mais carenciadas do concelho”. E acrescenta que “existe um compromisso social e este galardão é também o reconhecimento das dinâmicas sociais que temos implementado. Sempre definimos a área do apoio social como uma das prioridades da nossa atuação e o facto de recebermos este título, é algo que nos deixa muito orgulhosos e satisfeitos”, salienta a responsável pela área social.

“Ciente de que a família é um marco de coesão social insubstituível para o bem-estar da população e promove a integração social no território, o Município de Barcelos promove medidas facilitadoras da vida familiar”, refere em nota.

“Neste contexto, tem vindo a implementar diversas medidas e políticas sociais familiarmente responsáveis, nomeadamente na habitação, através da redução do IMI para as famílias numerosas, assim como no arrendamento habitacional e habitação social em que é concedida, pelo Município, uma majoração de 30%, às famílias com três ou mais filhos e de 20% às famílias monoparentais”, continua.

“Ainda neste alinhamento, ao nível cultural há uma grande preocupação, por parte do Município, em conceber programas adequados à participação das famílias. Destacam-se algumas das iniciativas na área cultural, bem como nas áreas de educação e formação. Neste caso, destacam-se o apoio ao transporte escolar, o apoio nas refeições escolares, a oferta de manuais escolares, bolsas de estudo para os estudantes do ensino superior, o projeto de intervenção psicossocial e psicoeducativa. Na área da saúde, através dos projetos Barcelos a Sorrir, Promoção da Saúde Ocular e Auditiva e Promoção de Imagem e o Transporte Solidário”, conclui.

A avaliação do Observatório das Autarquias + Familiarmente Responsáveis tem em conta fatores ligados à política integrada de família, aos facilitadores de uma política familiarmente responsável e à responsabilidade social dentro da autarquia.

Fonte e foto: CMB.

Albergue de Peregrinos da Recoleta ganha extensão

Agosto 20, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Vice-Presidente da Câmara Municipal, Armandina Saleiro, esteve presente, sexta-feira, 16 de agosto, na abertura da extensão do Albergue Municipal Casa da Recoleta, localizada no edifício da antiga escola primária e jardim de infância de Tamel S. Pedro Fins, que se encontrava desocupado. Trata-se de uma intervenção prevista na candidatura POCTEP, tendo em conta o crescente número de peregrinos.



O novo espaço está equipado com 20 novos beliches e servirá para acolher, principalmente, grupos de peregrinos e dar resposta à procura, sobretudo em época alta, quando o Albergue Municipal, com capacidade para 42 pessoas, fica muitas vezes lotado.

Com vista a melhorar os serviços prestados aos peregrinos, como a lavandaria, cozinha e Internet, o edifício principal está equipado com máquinas de lavar e secar roupa.

Para Armandina Saleiro, “foi completada mais uma etapa importante nos Caminhos de Santiago, não só para os peregrinos, mas para o turismo e cultura” afirmando Barcelos como ponto de passagem obrigatório.

Desde a Idade Média que Barcelos se tornou ponto de passagem obrigatória dos que seguiam velhas e seculares vias que os conduziam à obtenção da indulgência, simbolizada por Compostela.

Acrescem ainda fatores de índole cultural ligados ao Caminho Português de Santiago, as relações e cooperações transfronteiriças e as políticas de fomento da mobilidade, vitais para o conhecimento mútuo das populações e da comunicação cultural.

Pelo exposto e tendo em conta que “compete ao Município de Barcelos proceder à divulgação do património cultural, histórico, religioso e paisagístico do concelho, bem como pela posição privilegiada que Barcelos detém no contexto dos Caminhos de Peregrinação a Santiago de Compostela e a Fátima” foi criada a extensão do Albergue Municipal “Casa da Recoleta”, que passará a funcionar como edifício de apoio ao Albergue Municipal.

O novo espaço de acolhimento dos que seguem o Caminho de Santiago vem fazer face às situações de grande afluência de peregrinos naquele albergue por onde já passaram mais de 43.000 peregrinos de 100 nacionalidades, desde a sua abertura em 2010.

O Albergue está instalado na antiga Casa da Recoleta, fundada nos finais do século XVII, por um eremita chamado Belchior da Encarnação. Serviu aquela casa para recolhimento de padres e de leigos. Em 1742, passou a Casa e as propriedades para a Ordem Terceira de S. Francisco, mas, em 1750, foi extinta e a Casa doada ao Arcebispo de Braga. Depois, foi vendida a particulares.

Como a Ordem dos Franciscanos praticava a assistência, é natural que a Casa da Recoleta tenha servido de local de pernoita aos peregrinos de Santiago.

O Albergue de Peregrinos “Casa da Recoleta” – Albergue Municipal de Peregrinos de Barcelos é uma referência pela sua situação estratégica no Caminho Central de Santiago.

Fonte e foto: CMB.

1 2 3 7
Ir Para Cima