Tag archive

Armandina Saleiro

“Coleção secreta” do Museu de Olaria exposta no Estação Viana Shopping

Setembro 20, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, esteve presente, no último sábado, na inauguração da exposição “Coleções Secretas da Região by Dina Maciel Costa”, uma iniciativa ‘Pulsar Viana’, que visa desvendar os segredos mais bem guardados das artes e tradições de Viana do Castelo e do Minho.



Até ao final de outubro, o Estação Viana Shopping acolhe esta mostra, com a curadoria da artista plástica vianense Dina Maciel Costa, que reúne peças de coleções menos conhecidas de museus da região – Museu de Olaria de Barcelos, Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima e Navio-Hospital Gil Eannes de Viana do Castelo.

A participação do Museu de Olaria de Barcelos nesta exposição decorre de uma parceria cultural entre o Município de Barcelos e a Sonae Sierra, no âmbito do seu Programa de Arte, que pretende estabelecer em alguns dos seus centros comerciais uma programação que inclui mostras, exposições e concertos.

De acordo com a organização, “com esta exposição, pretende-se contribuir para a divulgação da diversidade das coleções da região, ao mesmo tempo que se procura oferecer conteúdo relevante e pedagógico a todos os que, diariamente, visitam esta plataforma comercial”.

Fonte e foto: CMB.

Tamel Santa Leocádia inaugura Centro Pastoral e Paroquial e Capela Mortuária

Setembro 18, 2017 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A freguesia de Tamel Sta. Leocádia inaugurou, ontem, o Centro Pastoral e Paroquial e a Capela Mortuária, numa cerimónia que contou com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, da Vice-Presidente, Armandina Saleiro, do Presidente da União de Freguesias, David Vilas Boas, e do Bispo Auxiliar de Braga, D. Francisco Senra.



Para o Presidente da Junta, David Vilas Boas, esta é “uma obra digna, há muito tempo desejada e que tanta falta fazia à nossa freguesia”. E acrescentou que “só foi possível concretizar este projeto [Capela Mortuária] com o apoio da Câmara Municipal, na pessoa do sr. Presidente, que hoje se encontra aqui no nosso meio”.

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, na sua intervenção, salientou que “foi com muito orgulho que a Câmara Municipal participou com apoio financeiro e técnico na prossecução desta obra”. E concluiu dizendo que o dever de um autarca é “ver o dia a dia, os problemas e dificuldades dos cidadãos e tentar encontrar soluções.”

Por último, D. Francisco Senra, Bispo Auxiliar de Braga, agradeceu o “esforço conjunto entre as autarquias, mais precisamente à Câmara Municipal, na pessoa do Sr. Presidente, Miguel Costa Gomes, e da Dra. Armandina, à paróquia e à Junta de Freguesia por todo o trabalho realizado”.

Fonte e foto: CMB.

Presidente da Câmara marca presença no arranque do ano letivo na Escola Rosa Ramalho

Setembro 16, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, acompanhado pela Vereadora da Educação, Armandina Saleiro, visitou a Escola EB 2,3 Rosa Ramalho, sede do Agrupamento, no arranque do ano letivo 2017/2018.



Miguel Costa Gomes frisou que este executivo tem tido como prioridade a “ aposta em políticas educativas que promovam a igualdade de oportunidades, a inclusão social e uma escola pública de excelência, consubstanciado em alguns projetos e ações municipais”. O Presidente da Câmara, na sua intervenção, referiu ainda que “não pensamos em Educação sem meios e condições, pois as crianças, jovens e família têm direito de usufruir de um ensino com dignidade”.

Na visita, foi entregue à diretora do Agrupamento o cheque, no valor de cerca de 6.000€, relativo ao Projeto INOVATEC LAZER RR, desenvolvido pelos alunos do Agrupamento, que consiste na beneficiação de um espaço escolar onde os alunos possam desenvolver atividades de lazer, com todo o conforto necessário, no âmbito do Orçamento Participativo Escolar.

Em nota enviada a este jornal, o Município informou que “ao longo do ano letivo transato, a Câmara Municipal de Barcelos fez uma série de melhoramentos nas escolas do concelho, nomeadamente de beneficiação, conservação e melhoramento, assim como manutenção de equipamentos e infraestruturas. Foram ainda instalados parques infantis nas escolas do concelho e foi feita a sua certificação”.

Ainda de acordo com essa nota, o ano letivo que agora inicia, terá novos projetos, “apoiados pelo Programa Norte 2020, num valor estimado de 1.500.000€, salientam-se o ‘Comunidade Educativa Digital’, que prevê a modernização dos equipamentos informáticos escolares com a aquisição de 153 computadores e 89 multifunções a distribuir pela generalidade das escolas e jardins de infância; o Projeto Apoio psicoeducativo e psicossocial ao 1º ciclo do Ensino Básico, e que consiste na disponibilização de uma equipa especializada de psicólogos e terapeutas da fala com intervenção direta no contexto escolar e familiar, no âmbito do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Abandono e Insucesso Escolar; o Programa ‘Barcelos a Ler’, constituído por um conjunto de ações de promoção da literacia junto da população do pré-escolar e do 1º ciclo, promovido pela Rede das Bibliotecas Escolares e que tem como objetivo o incentivo à leitura e à escrita, de forma a promover o sucesso escolar; o Projeto ‘A diferença está no desporto’, que visa dotar os Agrupamentos de Escola e Escola Não Agrupada de Barcelos de repostas complementares que permitam uma abordagem integrada e diferenciada a partir do desporto, com impacto direto na motivação dos alunos, na fomentação de sucesso, na promoção de algumas competências transversais com impacto na realização escolar, no estabelecimento de objetivos e, por sua vez, com impacto direto no sucesso académico”.

Fonte e fotos: CMB.

Carlos Dantas inaugura sede de campanha e Miguel Costa Gomes promete conclusão do nó de Santa Eugénia

Setembro 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Domingo, pelas 10h00, a candidatura socialista à freguesia de Rio Covo Santa Eugénia, encabeçada por Carlos Dantas, inaugurou a sua sede de campanha, numa cerimónia que contou com a presença, entre outros, de Miguel Costa Gomes, Armandina Saleiro e Horário Barra, assim como, de sensivelmente 100 pessoas.

“Criar um subsídio de natalidade” (Carlos Dantas)

No seu discurso, Carlos Dantas referiu que pretendem dar continuidade ao projeto existente e impulsioná-lo. Destacou algumas propostas do seu programa eleitoral, nomeadamente, a celebração de um protocolo com a Associação Humanitária de Rio Covo Santa Eugénia para a criação de um serviço de enfermagem permanente, para estar ao serviço dos habitantes. Noutra vertente, anunciou a criação de uma oficina social, sendo um serviço de reparação ao domicílio, disponibilizando, a Junta, uma pessoa para realizar serviços dessa ordem, sem cobrar. Na área da natalidade, o candidato referiu que pretendem criar, dentro das possibilidades, um subsídio de natalidade, com 300 euros para o primeiro filho e 500 para o segundo e terceiro.

Já em relação a infraestruturas, Carlos Dantas referiu que irão resolver a ligação da Rua de Quintão com a Rua de Santa Eugénia; requalificar a Rua Arquiteta Maria José Marques da Silva; e criar uma zona de lazer com máquinas para desporto, na Rua de Santa Eugénia. Por falar em desporto, salientou que irão contratar um monitor para dar aulas de vários desportos e ocupar as pessoas da freguesia. Em relação ao bem-estar animal, informou que iriam assinar um protocolo com uma associação de proteção animal e com um veterinário local, para facilitar o acesso a consultas a preços reduzidos. Por fim, afirmou rever-se no trabalho de Miguel Costa Gomes, enquanto Presidente da Câmara, apelando ao voto na sua candidatura, bem como na do Partido Socialista à Câmara.

“Famoso” Nó de Santa Eugénia prometido para o início do próximo mandato

Por seu turno, Miguel Costa Gomes, cabeça de lista da candidatura socialista à Câmara Municipal de Barcelos, entre outros assuntos, referiu que “Barcelos é dos cidadãos e tem que ser dos cidadãos”. Ressalvou que, na sua opinião, será preciso concluir o projeto político que iniciaram em 2009 e que o irão fazer. “Temos a consciência que muito foi feito em Barcelos mas, também, temos consciência que há muito ainda por fazer”. Em jeito de reparo, salientou que quem se apresenta a eleições, deve fazê-lo apresentando propostas, projetos e ideias e não deve estar com insinuações, com calúnias. “Quem quer ganhar eleições tem que se apresentar com ideias, com projetos sérios, responsáveis e, acima de tudo, benéficos para os cidadãos e é assim que nos apresentaremos”, referiu.

Voltando-se para as freguesias, anunciou que reforçarão os subsídios para estas e fez o “anúncio da manhã”, informando que irão, já no início do próximo mandato, fazer o “’famoso’ nó de Santa Eugénia”, um projeto complexo que rondará os 4 milhões de euros, dependente do visto do Tribunal de Contas. Na opinião de Miguel Costa Gomes, o projeto “sentir-se-á” por volta de novembro ou dezembro, garantindo que será uma realidade no próximo mandato.

De seguida, deixou umas palavras em relação ao candidato do PSD, referindo que este, numa entrevista de há dias, disse que “não viu obras em Barcelos”. “O candidato do PSD devia sair do Largo da Porta Nova e devia andar mais pelo concelho de Barcelos”, salientou o candidato socialista. Na ótica deste, “fez-se muita obra”. Informou que há uma série de projetos para a zona urbana que estão assegurados pelo Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano. Tornou a afirmar que “fizemos muito e temos muito para fazer”. Por fim, salientou que acredita na vitória de Carlos Dantas e apelou ao voto, a 1 de outubro, em Carlos Dantas para a freguesia, em Horácio Barra para a Assembleia Municipal e na sua candidatura PS para a Câmara.

Fonte e fotos: Candidatura de Carlos Dantas.

Município de Barcelos cria Banco de Livros Escolares

Agosto 26, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora




A Câmara Municipal de Barcelos, em parceria com os Agrupamentos de Escolas do concelho, vai implementar um Banco de Livros Escolares que, no ano letivo 2017/2018, vai permitir o empréstimo de manuais escolares aos alunos do 2.º ciclo do Ensino Básico. Esta medida vai, assim, permitir o empréstimo de manuais escolares a alunos do 5º e 6º ano.

Segundo o Município, esta medida implica um investimento municipal a rondar os 100 mil euros, que vão ser destinados à aquisição de cerca de 4000 manuais escolares de disciplinas nucleares como Português, Matemática, História, Inglês e Ciências da Natureza.

Ao todo, serão beneficiados mais de 1000 alunos que vão agora frequentar o 5.º e o 6.º ano no concelho. Esta medida, em complemento com a do Ministério da Educação, vai permitir a cobertura total de livros gratuitos até ao 6.º ano. De recordar que a Câmara Municipal de Barcelos já oferecia gratuitamente os manuais escolares aos alunos do 1.º ciclo.

O Banco de Livros trata-se de uma iniciativa de disponibilização gratuita de manuais escolares e funcionará a título de empréstimo. Cada Agrupamento de Escolas ficará responsável pela constituição e gestão do seu Banco de Livros Escolares, com normas e procedimentos definidos por regulamento próprio, coordenando assim os empréstimos de manuais, sem custos para as famílias.

Os encarregados de educação que pretendam ter acesso aos manuais escolares deverão oficializar o pedido junto do seu Agrupamento, sendo que, quem beneficia dos livros durante um ano letivo deve garantir uma prudente utilização dos manuais para que voltem a ser emprestados no ano letivo seguinte.

“O Município de Barcelos assumiu o compromisso do desenvolvimento de uma Cidade Educadora, pelo que faz todo o sentido que se criem iniciativas que apoiem e valorizem o percurso escolar dos nossos jovens. Este é um investimento da autarquia na Educação e nas Famílias de Barcelos. Numa altura em que se aproxima o arranque de um novo ano letivo, esta é uma medida que terá um grande impacto no orçamento das famílias mais carenciadas”, explica Armandina Saleiro, Vice-Presidente da autarquia.

O Município salienta que a “promoção da reutilização dos manuais escolares, a diminuição dos custos de aquisição de livros por parte das famílias e incentivar boas práticas de proteção e educação ambiental junto das gerações mais novas são os principais objetivos do Banco de Livros Escolares”.

Fonte e imagem: CMB.

Mostra de Artesanato e Cerâmica em Barcelos atrai milhares de visitantes

Agosto 15, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora




Chegou ao fim, no passado domingo, a 35.ª Mostra de Artesanato e Cerâmica em Barcelos, que decorreu de 28 de julho a 13 de agosto.

Na iniciativa, promovida pelo Município de Barcelos, participaram mais de uma centena de artesãos. Desde a cestaria e vime, à olaria, barro figurativo, trabalhos em madeira, ferro e derivados e bordados, foram muitas as produções artesanais que puderam ser apreciadas em Barcelos, no decorrer do certame.

O evento, que permite aos visitantes o contacto com as artes tradicionais e o trabalho ao vivo e promove a riqueza da arte e do trabalho tradicional barcelense, reafirma a aposta do Município no apoio ao trabalho desenvolvido pelos artesãos.

Prémio Carreira: Armando Braz

A Mostra contou com um vasto programa de animação diária, onde se incluíram diversos espetáculos musicais ao vivo, arruadas dos grupos folclóricos do concelho de Barcelos e atuações de grupos estrangeiros participantes no Festival do Rio, entre outras atividades que animaram quem visitou o centro de Barcelos por estes dias. Destaque para o envolvimento das associações do concelho, que assumiram a animação cultural do certame. Os workshops com os artesãos foram também alvo de muita procura por parte dos visitantes.

Prémio Inovação: João Veiga

O Concerto ao Artesanato, que se realizou no último sábado à noite, foi um dos pontos altos da Mostra e contou com um espetáculo único protagonizado pela Banda Musical de Oliveira e pelo Coro de Câmara de Barcelos [foto de destaque], marcando a cerimónia de entrega dos habituais galardões anuais para os melhores artesãos da Mostra.

Na categoria principal – Prémio Carreira – foi distinguido Armando Braz, artesão da freguesia de Oliveira, por mais de 50 anos dedicados à Olaria. Os prémios Revelação foram entregues a Prazeres Côta e a João Rego, respetivamente, nas subcategorias de Artesanato Tradicional e Contemporâneo. O artesão João Veiga arrecadou o Prémio Inovação.

Prémio Revelação Artesanato Tradicional: Prazeres Côta

Este ano, o evento contou com uma maior afluência de público e o número de stands e artesãos também aumentaram, em comparação com 2016. Com um programa diversificado, a Mostra voltou a atrair, por estes dias, milhares de visitantes ao concelho. Estes números espelham o sucesso de um certame que já se realiza há 35 anos.

Prémio Revelação Artesanato Contemporâneo: João Rego

Para o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, “este é um evento que permite experienciar e vivenciar as artes e os ofícios artesanais e tem reforçado a identidade cultural do concelho”.

Esta edição da Mostra decorreu numa altura em que a UNESCO analisa a candidatura de Barcelos à Rede de Cidades Criativas, no domínio do artesanato e arte popular.

Fonte e fotos: CMB.

Jovens de Barcelos levam artesanato à Costa Rica

Agosto 9, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Dois jovens de Barcelos vão estar até amanhã, dia 10 de agosto, na Costa Rica, a representar o Município. Tudo porque o Museu de Olaria de Barcelos integra o projeto internacional EU-LAC MUSEUMS, que promove relações entre a Europa e a América Latina na área da Museologia Comunitária. Ana Lúcia Fernandes e Bruno São Bento, descendentes de famílias de oleiros e elementos do grupo “Sons de Barro”, da Banda Musical de Oliveira, estão a partilhar experiências com outros jovens de todo o mundo dando a conhecer, em simultâneo, a arte popular de Barcelos.

O Museu de Olaria de Barcelos integra o grupo dos três museus municipais portugueses que, a par com o Museu da Chapelaria de S. João da Madeira e o Museu de Penafiel, está a representar Portugal neste projeto internacional que envolve oito países. A nível internacional o projeto é coordenado pela Universidade de St. Andrews, na Escócia, e a nível nacional pela Universidade do Porto, através do departamento de Museologia.

A equipa portuguesa, constituída pelos jovens que representam os três Museus Municipais, em conjunto com a equipa da Escócia, está na Costa Rica, desde 24 de julho, para partilhar questões e experiências relacionadas com a cultura património e identidade das diferentes comunidades.

Recorde-se que em janeiro deste ano, a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, esteve presente na assinatura dos protocolos de colaboração entre a Faculdade de Letras da Universidade do Porto (FLUP), o Município de Barcelos, o Município de Penafiel e o Município de São João da Madeira, e, na altura, salientou a importância destes intercâmbios que “ajudam a promover e a divulgar a cultura local”.

Com a temática “Museus e Comunidade: Conceitos, Experiências e Sustentabilidade na Europa, na América Latina e Caribe”, o EU-LAC MUSEUMS pretende criar um diálogo e cooperação sustentáveis entre as universidades, museus e comunidades da região e contempla um programa de mobilidade entre os países participantes para jovens com idades compreendidas entre os 15 e os 17 anos.

 

 

Fonte e fotos: CMB.

Plano Estratégico Local de Promoção e Proteção dos Direitos da Criança é apresentado em Seminário Internacional

Julho 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Barcelos promove, no próximo dia 21 de julho, entre as 9h30 e as 18h00, o Seminário Internacional “Tecer a Prevenção: a Criança na 1ª Linha”, que servirá para a apresentação do Plano Estratégico Local de Promoção e Proteção dos Direitos da Criança e decorrerá no Auditório da Câmara Municipal de Barcelos.

O referido seminário vem ao encontro das duas Assembleias de Crianças e Jovens, que decorreram em maio, onde se debateram os Direitos da Criança no Município, com estreita articulação com os Agrupamentos de Escolas e todas as entidades de ensino no concelho, no âmbito do projeto “Tecer a Prevenção”, cujo ponto de partida é a mobilização da voz das crianças e dos jovens na defesa e prevenção dos maus tratos na infância.

A CPCJ de Barcelos, empenhada no cumprimento da sua missão de promoção da proteção às crianças e jovens de Barcelos, tem trabalhado, nos últimos meses, no âmbito do Projeto Tecer a Prevenção que, em linhas gerais, procura um reforço da capacidade protetiva de todas as entidades com competência em matéria de infância e juventude e, ainda, da comunidade em geral.

Tal processo implicou um diagnóstico interno e externo, com o objetivo de captar as diversas sensibilidades, incorporando renovadas modalidades de intervenção em prol da defesa do superior interesse das crianças e dos jovens.




O programa será diversificado, centrado na criança, contando com a participação de especialistas nacionais e internacionais em matéria de infância e juventude, e indo ao encontro das preocupações nesta matéria.

Assim, na mesa de abertura, pelas 9h30, estarão Armando Leandro, Presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens; Miguel Costa Gomes, Presidente da Câmara Municipal de Barcelos; Anabela Pimenta, Presidente da CPCJ de Barcelos; e Graça Carvalho, do Centro de Investigação em Estudos da Criança – Universidade de Minho. Pelas 10h15, iniciará a conferência inaugural, dedicada ao tema “A Proteção da Criança: Perspetiva Sócio-Comunitária”, proferida por Rosangela Francischini, da Universidade do Rio Grande do Norte (Brasil) e moderada por Vânia Gonçalves, da CPCJ Barcelos.

Pelas 11h30, realiza-se a apresentação do projeto “Tecer a Prevenção”, em Barcelos, com Anabela Pimenta, Duarte Silva, Pedro Lima, Rosa Ribeiro e Joana Morgado, da CPCJ Barcelos, e Ana Gomes, do Instituto de Educação da Universidade do Minho.

Após o almoço, debater-se-á a Prevenção do Risco, pelas Perspetivas Jurídicas, por Cristina Dias, da Escola de Direito da Universidade do Minho; pelas Perspetivas Sociológicas, por Gabriela Trevisan, da Escola Superior de Educação Paula Frassinetti; e Perspetivas Psicológicas, por Joana Baptista, do Centro de Investigação em Psicologia da Universidade do Minho, com moderação de Natália Fernandes, do Instituto de Educação da Universidade do Minho.

Já pelas 16h30, iniciará a Conferência Final, dedicada ao tema “As Políticas Sociais Face ao Maltrato Infantil”, proferida por Antónia Picornell Lucas, da Universidade de Salamanca (Espanha), e moderada Carla Silva, da CPCJ Barcelos. Após esta conferência, realizam-se as Conclusões, por Manuel Sarmento, do Instituto de Educação da Universidade do Minho. A cerimónia de encerramento contará com a presença da Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, e de Anabela Pimenta, Presidente da CPCJ Barcelos.

As inscrições para este evento são gratuitas mas obrigatórias e podem ser efetuadas através do seguinte link (basta clicar): https://goo.gl/forms/cQDyBtSrXQaIsGPr2 .




Fonte e imagem: CMB.

Violência sobre idosos em debate no Auditório da Biblioteca Municipal

Junho 16, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No âmbito do Dia Internacional de Sensibilização sobre a Prevenção da Violência contra a Pessoa Idosa, realiza-se, no próximo dia 20 de junho, no Auditório da Biblioteca Municipal, entre as 9h00 e as 16h30, um programa de palestras e debates sobre este tema.

Pelas 9h30, dá-se a sessão de abertura, presidida pela Presidente do Conselho Local da Ação Social de Barcelos, Armandina Saleiro. De seguida, o Professor Doutor Eduardo Duque falará sobre “Maus-tratos sobre a pessoa idosa: conceitos, formas de violência e prevenção”, a que se seguirá um debate. Após o coffee break, a Dr.ª Andreia Barbosa abordará o tema “Prevalência dos maus-tratos sobre idosos no concelho de Barcelos: Estudo com profissionais”, seguindo-se novo debate.

Após o almoço, pelas 14h30, será a vez de “Niave – da Teoria à Prática – Enquadramento Jurídico da Violência sobre a Pessoa Idosa e Programas da GNR”, seguido de debate. Para terminar, pelas 15h30, a Dr.ª Carla Faria, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, falará sobre o “Plano Gerontológico do Concelho”, seguindo-se um debate e encerramento.




A inscrição é gratuita mas obrigatória, até dia 19 de junho, através de preenchimento de um formulário em (basta clicar no link):

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfGa5gx0IJtqJSYvYX0QJ3Jj4gCdzR6WmIXGN8p26Lgav21-w/viewform

Fonte e imagem: AB.

Sessão sobre “Locais de Trabalho Seguros e Saudáveis” no IPCA

Junho 16, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realiza-se no próximo dia 19 de junho, no Auditório Eng.º António Tavares, no Campus do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), uma sessão cinematográfica, onde será exibido um filme premiado na 7ª edição (2015) do Festival Internacional DOK Leipzig, de Cinema Documental e Animado, promovido pela EU-OSHA.

Esta sessão é promovida pela Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT), enquanto Ponto Focal Nacional da Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho (PFN/EU-OSHA), pela Unidade Local de Braga, em parceria com a Câmara Municipal de Barcelos e o IPCA.

A iniciativa integra-se na Campanha Europeia 2016/2017, com o tema “Trabalho mais Seguro e Saudável em Qualquer Idade“.

A organização pretende, com este evento, ”promover o debate e sensibilizar os participantes para a promoção do trabalho sustentável e o envelhecimento saudável dos trabalhadores desde o início da vida profissional”.

O programa da iniciativa não se resume apenas à sessão cinematográfica. Pelas 14h30, dá-se a Sessão de Abertura, com a presença de Armandina Saleiro, Vereadora da Câmara Municipal de Barcelos; Agostinho Silva, Presidente Interino do IPCA; e de Emanuel Gomes, Diretor da Unidade Local de Braga /ACT.

Pelas 15h00, aborda-se o “Papel da ACT enquanto Ponto Focal Nacional da EU-OSHA”, por Emília Telo, Coordenadora PFN da EU-OSHA / ACT. De seguida, dá-se a projeção do filme “Automatic Fitness”, de Alejandra Tomei e Couceiro Alberto.




Após o filme, e consequente debate, pelas 16h30, Nuno Rodrigues, Diretor da Escola Superior de Tecnologia do IPCA, abordará a “Tecnologia ao Serviço dos Locais de Trabalho: Vantagens e Desvantagens”, para, de seguida, Duarte Duque, docente da mesma Escola Superior, falar da “Dinâmica com Novas Tecnologias de Realidade Virtual e Aumentada”. O programa termina com um café convívio.

A participação no evento é gratuita, mas sujeita a inscrição prévia, através do link (basta clicar):

https://goo.gl/forms/nkAihTvaZA7MuIBV2

 

Fonte e imagem: AB.

Ir Para Cima