Tag archive

Associação de Futebol Popular de Barcelos

FC Oliveira vence Taça Cidade de Barcelos no desempate por penalidades

Junho 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Foram precisos 120 minutos e penaltis para se conseguir encontrar o vencedor deste ano da Taça Cidade de Barcelos, no futebol popular. Num Estádio da Devesa, em Galegos Santa Maria, com cerca de 3 mil pessoas, o Remelhe e o Oliveira proporcionaram um grande jogo de futebol a quem assistiu. No fim, venceu o Oliveira, no desempate por grandes penalidades.



Em jogo arbitrado por José Manuel Carreira, o Remelhe, treinado por Miguel Campos, alinhou com Igor Dantas, Tone Gomes, Barrega, Rafa, Gonçalo, Queirós, Lucas, Hugo, Vilas, Neves e Jorge Gomes. No banco estavam Nuno, Ricardo Rocha, Fábio, Dennis Campos, Marcelo Bessa, Pedro Santos, Hugo Vilaça, Dany e Armindo. Ricardo Rocha, Fábio, Dennis Campos e Hugo Vilaça ainda foram a jogo.

Já o Oliveira, treinado por Ricardo Escudeiro, alinhou com Flávio, Gui, Marco, Mosca, Toya, Capela, Sono, Brás, Russo, Telmo e Bruno. No banco estiveram Caixinhas, Luís, Cistas, Esteves, Seven, Ricardo, Paulinho e Rosendo. Luís, Seven, Ricardo e Rosendo ainda entraram na partida.

O jogo foi repartido, com o Remelhe a entrar melhor, obtendo o golo após marcação de um canto. A bola é metida na área e Lucas, num cabeceamento que fez com que a bola realizasse uma trajetória em arco, batendo Flávio e abrindo o marcador para os homens de Remelhe, aos 25 minutos. A equipa que terminou em 3º lugar no campeonato da 1ª divisão e que foi a menos batida, ganhando mesmo o epíteto de “defesa de betão”, adiantava-se no marcador e terminava a primeira parte por cima do jogo e do adversário.

Na segunda parte, o Oliveira, que terminou o campeonato na 14ª posição, veio diferente, mais combativo e a tentar dar a volta à situação. Na marcação de um livre direto, à entrada da área, Sono rematou forte e certeiro, batendo Igor Dantas e restabelecendo a igualdade. O jogo ficou repartido, com ambas as equipas a lutarem pela vitória. O Remelhe ainda acertou duas bolas nos ferros da baliza do Oliveira mas o tempo regulamentar chegou ao fim com um empate a 1 bola.

Durante o prolongamento, com várias paragens por lesão, principalmente, por cãibras, as equipas equipararam-se na procura, não só do golo da vitória, mas também, e a partir de determinada altura, de não o sofrerem, levando ao desfecho que começava a pairar na Devesa: o desempate por grandes penalidades. E assim foi.

No penaltis, o Oliveira foi mais feliz e aproveitou o único penalti falhado pelo Remelhe, por Barrega, para vencer o desempate e a Taça, com Brás a marcar a penalidade da confirmação da vitória dos homens do Oliveira. Foi um final “dramático” de um jogo em que ambas as equipas não mereciam perder. No entanto, teria que haver um vencedor.

De referir que a “Festa da Taça” não se limitou a este grande jogo. Antes do início do mesmo, a Associação de Futebol Popular de Barcelos entregou os prémios individuais e as taças de campeões e de participação do futebol popular sénior e camadas jovens. Ao intervalo, reconheceu algumas entidades que têm colaborado e contribuído para a difusão e crescimento do futebol popular barcelense, onde se incluía este jornal, que aproveita o ensejo para agradecer à Associação por essa lembrança.

Uma palavra aos adeptos de ambas as equipas, que proporcionaram um espetáculo digno de se ver.

Final da Taça Cidade de Barcelos é já amanhã em Galegos Santa Maria

Junho 1, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Amanhã, pelas 17h00, o Estádio da Devesa, em Galegos Santa Maria, recebe mais uma grande final da Taça Cidade de Barcelos, que coloca frente a frente as equipas do Remelhe e do Oliveira.



Mas a festa da Taça e do futebol popular de Barcelos, organizada pela Associação de Futebol Popular (AFP) de Barcelos, com o patrocínio do Município de Barcelos, não terá apenas a vertente do futebol praticado dentro das quatro linhas.

Pelas 15h30, a AFP de Barcelos irá entregar os prémios e troféus relativos à última temporada, assim como, irá reconhecer algumas entidades.

Dinis Cruz (Carapeços /benjamins), Guilherme Martins (Macieira/infantis), Paulo Rosa (Carapeços/iniciados), ARC Sequeade (2ª divisão) e Igor Dantas (Remelhe/1ª divisão), irão receber o prémio de Melhor Guarda-Redes.

Rafael Alves (Carapeços/benjamins), Gonçalo Ferreira (Carapeços/infantis), David Pinto (Carapeços/iniciados), Rodrigo Oliveira (Paradela/iniciados), Davide Santos (Fonte Coberta/2ª divisão), Luís Sousa (Leões da Serra/1ª divisão) e Rui Santos (Leocadenses/1ª divisão), recebem o prémio de Melhor Marcador.

Cristelo (2ª divisão) e Pedra Furada (1ª divisão) recebem o Prémio Fair Play (equipa). Já Carlos Barros (UCR Aborim) recebe o de Dirigente Exemplo. O prémio Árbitros Melhores Classificados vai para José Carreira (1º), Rui Torres (2º), César Picas (3º), Carlos Machado (4º) e Sérgio Ferraz (5º).

As entidades que serão alvo de reconhecimento e agradecimento serão o Conselho de Arbitragem da AFP Barcelos, o Conselho de Disciplina da AFP Barcelos, Barcelos na Hora, Rádio Barcelos, Rádio Cávado, Jornal de Barcelos, Barcelos Popular, Programa “Pé na Bola”, da Rádio Barcelos, blogue “Domingo às 10”, Núcleo de Árbitros de Barcelos, Santa Maria FC e Bombeiros de Barcelos.

Imagem: AFPB.

E o Campeão voltou!

Maio 31, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Luís Gonçalves

Olá, caros leitores!

E eis que estamos na última crónica do ano!

E o Campeão voltou!

Quero, desde já, endereçar os parabéns ao Carvalhal pelo título conquistado.

Ao cabo de 34 jornadas, somou 74 pontos e voltou a conquistar o título.



Nesta jornada, fez o que nas outras 16 jornadas anteriores lhe competiu: vencer os jogos em casa. Nesta jornada, bastou um golo, apontado por Joca Salgado, para levar de vencida a equipa do Carapeços. Conseguiu algo inédito: 17 jogos, 17 vitórias e 51 pontos conquistados! Um dos segredos para esta conquista esteve nos jogos em casa. Fantástico este Carvalhal!

Quem se deixou ultrapassar na derradeira jornada foi o Leões da Serra. Perdeu frente ao anterior campeão, o Pereira, que esteve a vencer por 2-0, mas Luís, do Leões, ainda reduziu para 2-1. Nas duas anteriores jornadas, o Leões superou-se e ainda deu a “cambalhota” no resultado, mas nesta isso não aconteceu e perdeu por 2-1, deixando escapar o título…

Foram três as equipas que não perderam qualquer jogo em casa: Carvalhal – claro está –, Leões da Serra e Pereira.

As equipas com mais empates foram o Pereira, o Perelhal e o Campo, todas elas com 14 empates.

O melhor ataque pertenceu ao Carapeços, com 81 golos marcados.

A melhor defesa, a chamada “defesa de betão”, pertenceu ao Remelhe, com 22 golos sofridos e, ainda assim, chegou ao pódio, ocupando o 3º lugar.

O Feitos foi a terceira equipa a fazer companhia ao Pedra Furada e ao Cossourado, que já na jornada anterior tinha “garantido” a descida.

Na 2ª divisão, o Lijó tornou-se o campeão, depois de ter vencido o Ceramistas. Venceu já no último minuto dos descontos, através de uma grande penalidade convertida por Martins. Como não poderia deixa de ser, deixo aqui os meus parabéns ao Lijó pelo título alcançado.

O Sequeade também venceu (2-1) o São Mamede mas não foi suficiente para ser campeão.

Já o Fonte Coberta foi a terceira equipa a garantir a subida, mesmo perdendo em casa (2-3) com o São Martinho.

Parabéns às três equipas pois, para o ano, irão jogar no escalão maior do nosso futebol popular de Barcelos.

No próximo dia 2, às 17h00, irá jogar-se a final da Taça Cidade de Barcelos, que irá opor o Remelhe ao Oliveira, no Estádio da Devesa, em Galegos Santa Maria. Não percam a oportunidade de marcar presença pois este é o último jogo da época.

Bem, resta-me agradecer a todos os que leem as minhas crónicas e agradecer todo o trabalho que foi desenvolvido por todos nós, para fazer chegar até si o que de mais importante se passa no futebol popular de Barcelos.

Abraço e boas férias a todos!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Decide-se tudo na última jornada

Maio 24, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Luís Gonçalves

Olá, caros leitores!

Ora aí está! À boa moda portuguesa…deixar tudo para a última.

É o que se irá passar na última jornada. Aí se irá decidir o campeão.



Leões e Carvalhal irão decidir o título de campeão. Ambas as equipas terão que vencer os respetivos jogos. Certo que o Leões está à frente, por 2 pontos, do Carvalhal. O empate poder-lhes-ia servir, mas no confronto direto, o Carvalhal tem vantagem. Sendo assim, na próxima semana todos nós estaremos coladinhos ao rádio e às redes sociais para sabermos, a par e passo, o que se irá passar.

Esta semana, o Leões (1º, 73 pontos) venceu. Ainda esteve a perder mas deu a “cambalhota” no resultado e venceu (3-2) o sempre difícil Leocadenses (6º, 60 pontos).

O Carvalhal, equipa que poderá fazer algo inédito neste campeonato, também venceu pelo mesmo resultado, mas fora de portas. Deslocou-se a Oliveira (14º, 35 pontos), equipa que já tinha assegurado a manutenção. O Carvalhal (2º, 71 pontos) poderá fazer 51 pontos em casa! Isto quer dizer que contará por vitórias todos os jogos em casa! Será algo inédito nesta prova!

De muito irá depender para se tornarem campeões, se bem que apenas a vitória interessa ao Carvalhal e esperar que o Leões “tropece”.

Os Leões deslocar-se-ão a Pereira (7º, 47 pontos), o campeão até então. É certo que a gente de Pereira marca presença nos jogos em casa. Mas os adeptos do Leões também irão, certamente, deslocar-se até Pereira, pois o que está em jogo é, pura e simplesmente, o título de campeão.

Os de Carvalhal receberão o Carapeços, que não perde há 4 jogos e, certamente, tudo farão para “complicar a vida” aos de Carvalhal.

Será de roer as unhas, puxar cabelos, gritar pelos seus até ao apito final!

No que toca a descidas, o Cossourado (17º, 27 pontos), que empatou a 1 frente ao Campo (12º, 38 pontos), confirmou a descida de divisão.

O outro lugar vago irá ser ocupado pelo Feitos (16º, 29 pontos) ou Baluganense (15º, 31 pontos).

Os primeiros perderam em Macieira (5º, 62 pontos) por 1-0; os segundos receberam, e venceram, o Perelhal (10º, 41 pontos), por 1-0.

Ficará tudo decidido na próxima jornada. O Feitos recebe o Remelhe e o Baluganense deslocar-se-á à Silva.

Na 2ª divisão, houve mexidas na parte cima da tabela, isto porque o Lijó “tropeçou”.

O Lijó (1º, 72 pontos), já com a subida de divisão garantida, foi empatar a Águas Santas (10º, 40 pontos).

Este empate fez com que o Sequeade se colasse ao Lijó, com o mesmo número de pontos. Mas no confronto direto, o Lijó tem vantagem sobre estes. O Sequeade venceu nas Carvalhas (17º, 20 pontos), por 0-2.

O Fonte Coberta (3º, 65 pontos), que estava em semana de festa pois tinha garantido a subida de divisão na transata semana, foi a Chorente (7º, 47 pontos) perder por 3-2.

A próxima jornada ditará o campeão da 2ª divisão. O destaque vai para o Lijó-Ceramistas e o Sequeade-São Mamede.

A próxima jornada – a última – será a jornada do “tudo ou nada”!

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Campeonatos a chegarem ao fim e ainda sem campeão

Maio 18, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Luís Gonçalves

Olá, caros leitores!

Estamos a chegar ao fim do campeonato e o título ainda está por se decidir!

As, agora, duas equipas que lutam pelo mesmo, fizeram o que lhes competia, que foi vencer os respetivos encontros. Se bem que uma delas goleou e a outra venceu “à tangente”.

Na luta pela manutenção, houve troca de posições.



Começo pela parte superior da tabela, em que o Leões tinha, em perspetiva, um jogo muito difícil. E assim foi. Venceu o jogo mas “à tangente”, por 2-3, em Fragoso, equipa que ainda não tinha perdido em casa nesta 2ª volta. O Leões continua a liderar, chegando agora aos 70 pontos; o Fragoso fecha o top-ten, com 40 pontos. Antes que me esqueça, refira-se que o Leões pode sagrar-se campeão na próxima jornada, caso vençam o seu jogo e o Carvalhal empata ou perca o seu.

A outra formação a lutar pelo título também venceu e logo com uma goleada. Falo-vos do Carvalhal, que venceu por 5-1, em casa, o Palme (11º, 38 pontos). Dos 68 pontos conquistados, o Carvalhal, em casa, tem 16 jogos, 16 vitórias, ou seja, 48 pontos amealhados até agora! Estão a um jogo de fazer algo inédito no Popular: somar os jogos todos realizados em casa com vitórias. Será?

O Carapeços (3º, 62 pontos) empatou em Cossourado a 1. O Carapeços luta pelo 3º lugar; já o Cossourado (17º, 26 pontos) luta pela manutenção.

O Remelhe, finalista da Taça, (4º, 61 pontos) voltou a vencer nesta jornada, novamente por 1- 0, mas, desta vez, deslocou-se ao Leocadenses (5º, 60 pontos). Esta duas equipas trocaram de posição na tabela classificativa. A par do Carapeços, lutam pelo pódio.

Também a lutar pelo pódio está o Macieira (6º, 59 pontos) que empatou a 0 com o Pereira. Este é o chamado “jogo das árvores de fruta”! O Pereira está no 7º lugar, com 47 pontos.

A lutar pelo mesmo lugar está o Negreiros (8º, 43 pontos). Estes têm feito uma 2ª volta fantástica. Empataram a 1, no seu reduto, frente ao Oliveira (13º, 35 pontos). O Oliveira, o outro finalista da Taça, assegurou a manutenção.

Há 6 jogos sem perder e a fazer um campeonato de “se lhe tirar o chapéu” está o Perelhal, que ocupa o 9º lugar, com 41 pontos. A par do Pereira, é a equipa com mais empates: 14. Nesta jornada, não empatou e venceu o já despromovido Pedra Furada (18º, 8 pontos), por 3-0. Recordo que a única vitória do Pedra Furada foi na 1ª volta, frente ao Perelhal, por 3-2.

Outra formação com muitos empates reside em Campo. São 13 o número de empates que esta equipa tem. Esta semana, sim, empatou mais uma vez! Foi a 3 golos, frente ao Silva (14º, 34 pontos). Aos Silva basta um ponto para assegurar a manutenção; o Campo está em 12º, com 37 pontos. A equipa do Silva, apesar de ocupar o 14º lugar, tem o 5º melhor ataque! É obra! Era a equipa que, até à 3ª jornada, tinha apenas 1 golo marcado!

Outro jogo em destaque, mas pela manutenção, era o Feitos-Baluganense. Muita coisa dependia deste jogo e assim foi. O Feitos venceu, por 2-1, o Baluganense. Sendo assim, o Feitos saiu da “linha de água” enquanto o Baluganense “afundou-se”. O Feitos subiu ao 15º lugar, com 29 pontos, estando a fazer uma recuperação fantástica; o Baluganense desceu ao 16º, com 28.

Na próxima jornada, destaco o Oliveira-Carvalhal, Baluganense-Perelhal, Cossourado-Campo, Macieira-Feitos e o” jogo da jornada” Leões-Leocadenses.



Na segunda divisão, quero, desde já, endereçar os meus parabéns ao Fonte Coberta! Foi a terceira equipa a subir à primeira divisão, isto quando ainda faltam jogar 2 jornadas.

Em caso de vitória, nesta jornada, o Fonte Coberta decidia a sua subida de divisão, e assim foi! Venceu, categoricamente, por 1-5, em Milhazes (12º 30 pontos) e garantiu a subida ao escalão maior. Parabéns!

As outras 2 equipas acima desta, Lijó e Sequeade, também venceram os jogos.

Começo pelo líder, Lijó (71 pontos), que recebeu e venceu o Aborim (6º, 45 pontos), por 2-1.

O Sequeade (2º, 69 pontos) recebeu, e venceu, pelo mesmo resultado, o São Martinho (5º, 51 pontos).

Lijó e Sequeade lutam pelo título de campeão desta 2ª divisão.

Na próxima jornada, destaco o Águas Santas-Lijó e o Carvalhas-Sequeade.

Por esta semana é tudo.

Ficamos todos à espera do que nos vai trazer a próxima jornada!

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Futebol Popular anda num carrocel de sobe e desce

Maio 10, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Luís Gonçalves

Olá, caros leitores!

A semana foi de festa em Barcelos! A Festa das Cruzes trouxe-nos diversões, entre elas, os carrocéis.

Mas um verdadeiro “carrocel” está o nosso futebol popular de Barcelos! Sobe, desce, desce, sobe…assim andam os clubes da nossa terra!



Quem aproveitou para subir foi o Leões da Serra. Venceu o, até então, líder Carvalhal. Este, que era o jogo em que se poderia decidir muita coisa, até mesmo o campeonato. A ver vamos: o jogo terminou com a vitória do Leões, por uma bola a zero. Com este resultado, o Leões sobe ao 1º lugar, com 67 pontos; o Carvalhal desceu ao 2º lugar, com 65. Faltando jogar apenas 3 jornadas, e a diferença pontual sendo de apenas 2 pontos entre estas duas formações, o Leões terá, nestas últimas 3 jornadas, duas deslocações fora de casa: será em Fragoso, na próxima jornada, e na última, no campeão Pereira; entre estes dois jogos irá receber o Leocadenses. O Carvalhal, que ainda não perdeu nenhum ponto em casa, nestas 3 últimas jornadas terá dois jogos em casa e um fora. Na próxima jornada, irá receber o Palme; deslocar-se-á a Oliveira e, na última, receberá o Carapeços. Jogos muito complicados para estas duas formações, que irão disputar o título até à última!

O Leocadenses (4º, 60 pontos) disse, praticamente, adeus ao título, depois de ter perdido em Macieira (5º, 58 pontos), por 2-0. O Leocadenses poderá ser uma das equipas a “balançar” este “carrocel” de subidas e descidas de posição, pois à 33ª jornada irá defrontar o Leões.

O Carapeços (3º, 61 pontos) voltou ao pódio e ao 3º lugar (61 pontos), depois de ter vencido o Campo (12º, 36 pontos e que assegurou a manutenção), por 1-2. Carapeços poderá ainda intrometer-se em relação às contas do título, pois na última jornada defrontará o Carvalhal.

O Remelhe (6º, 58 pontos) voltou às vitórias. Recebeu e venceu o tranquilo Fragoso (9º, 40 pontos), por 1-0.

O ainda campeão Pereira (7º, 46 pontos) somou a 3ª vitória consecutiva. Foi ao “aflito” Baluganense vencer por 1-2. O Baluganense ocupa o 15º lugar, com 28 pontos; este é o 1º lugar acima da “linha de água”.

O Negreiros (8º, 42 pontos) tem feito uma excelente 2ª volta! Nesta jornada voltou a vencer. Foi a Palme (11º, 38 pontos) vencer por 0-1.

Outra formação que tem feito um campeonato de excelência tem sido o Perelhal. Deslocou-se ao Silva (14º, 33 pontos) e empatou a 4. O Perelhal fecha o top-10 com 38 pontos. Já o Silva ainda não assegurou a manutenção.

Quem “trepou” neste “carrocel” e “respira” melhor é o Oliveira (13º, 34 pontos), que recebeu e venceu (2-1) o, agora ainda mais “aflito”, Cossourado. Ainda mais “aflito” pois desceu do 16º para o 17º lugar, com 25 pontos.

A troca de lugar foi feita com o Feitos, equipa que ainda bem há pouco tempo muitos a dariam já como uma das equipas a fazer companhia ao Pedra Furada na descida de divisão. O Feitos somou, nas últimas 3 jornadas, 7 pontos e está na luta pela permanência. A próxima jornada será decisiva para o Feitos.

Na próxima jornada, destaco o Fragoso-Leões, Carvalhal-Palme, Cossourado-Carapeços e o Feitos-Baluganense.



Na 2ª divisão, quero, desde já, endereçar os meus parabéns ao Lijó e ao Sequeade, visto estas duas equipas terem garantido a subida à 1ª divisão, isto quando ainda faltam jogar 3 jornadas!

O Lijó (1º, 68 pontos) voltou às vitórias e logo com uma goleada (2-5) frente ao, agora “lanterna vermelha”, Estrelas (20 pontos).

O Sequeade (2º, 66 pontos) também regressou às vitórias. Foi a Milhazes (13º, 30 pontos) vencer por 0-2.

Quem quer a outra vaga deste “comboio carrocel” é o Fonte Coberta (3º, 62 pontos), mas perdeu em casa (2-3) com o Ceramistas (12º, 36 pontos).

Na luta por essa vaga está o Paradela (4º, 58 pontos), mas que também perdeu, igualmente em casa, por 0-2, com o Cristelo (8º, 43 pontos).

Fonte Coberta e Paradela terão sentido a pressão?

Na próxima jornada, destaco o Lijó-Aborim, Sequeade-São Martinho, Milhazes-Fonte Coberta e o Paradela irá folgar. Se o Fonte Coberta vencer, será a 3ª equipa a garantir a subida.

Por esta semana é tudo.

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Novo líder na 1ª divisão

Maio 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Luís Gonçalves

Olá, caros leitores!

Numa semana em grande e de festa em Barcelos, muita festa houve para os lados de Carvalhal.

A equipa do Carvalhal chegou à liderança isolada e depende só de si para ser campeã.

Nesta semana, houve 8 vitórias caseiras e apenas 1 empate.

Tem sido disputadíssima esta época! Uma época em que várias equipas lutam pelo tão almejado título!



O jogo era de alto risco pois o adversário era o Remelhe, um dos finalistas da taça (5º, 55 pontos), equipa que ainda não havia perdido nesta 2ª volta e, ao fim de 15 jornadas perdeu! Foi por 2-0 que o Carvalhal, que até agora ainda não perdeu 1 ponto sequer em casa, derrotou o Remelhe. São 15 jogos, 15 vitórias, 45 pontos conquistados em casa, a juntar aos 20 que conquistou fora, somando 65. Será que o Carvalhal irá conquistar a pontuação máxima que a equipa pode conquistar? Os próximos adversários serão o Leões, Palme, Oliveira e, na última jornada, o Carapeços.

Quem depende também só de si para chegar ao título é o Leões. Nesta jornada, perderam a liderança e o respetivo jogo! Deslocaram-se a Negreiros (9º, 39 pontos) e perderam por 2-0. Negreiros, que com este resultado, garante a permanência. O Leões depende só de si para ser campeão pois na próxima jornada receberá o Carvalhal. Será o jogo do título?

Logo atrás, e em 3º lugar, com 60 pontos, está o Leocadenses, que recebeu e goleou o Baluganense (15º, 28 pontos), por 4-0. O Leocadenses tem o 2º melhor ataque e está a apenas 5 pontos do Carvalhal.

O Carapeços “vingou” a derrota da Taça. Quis o destino que se encontrassem novamente mas desta vez para o campeonato. O Carapeços (4º, 58 pontos) recebeu e venceu com uma goleada (6-2) o Oliveira (14º, 31 pontos), outro dos finalistas da Taça. Oliveira que ainda não garantiu a manutenção.

O Macieira (5º, 55 pontos) somou a segunda derrota consecutiva e praticamente disse adeus ao título. Deslocou-se a Fragoso (8º, 40 pontos) e perdeu por 3-2. O Fragoso tem feito um campeonato muito tranquilo, principalmente nesta segunda parte do campeonato. Lutam pelo 7º lugar.

Mas em 7º, com 43 pontos, está o atual campeão em título. Parece que “acordou” nesta parte final do campeonato! Voltou a vencer, desta feita por 3-0, o já despromovido Pedra Furada (8 pontos).

O Palme (10º, 38 pontos) foi a Cossourado e perdeu por 3-2. O Cossourado (16º, 25 pontos) mostrou, assim, que não “atira a toalha ao chão” e vai lutar com “unhas e dentes” e o que mais seja para se manter entre os grandes.

Em 11º, com 37 pontos, está o Perelhal. Nesta jornada recebeu e empatou a 1 com o Campo (12º, 36 pontos). O Perelhal, com este resultado, assegurou a permanência, visto ter vantagem sobre o Cossourado pois no confronto direto venceu os 2 jogos. O Campo está a apenas um ponto de assegurar a permanência.

Feitos-Silva era o jogo em que era o “tudo ou nada” para o Feitos. E foi o “tudo” pois ganhou por 2-1 e mantém acesa a chama da manutenção. Será difícil mas não impossível. Certo é que se mantém em 17º, com 23 pontos, mas vê reduzida a desvantagem para 5 pontos para o 1º acima da linha de água, que é o Baluganense. O Silva mantém o 13º, com 32 pontos, e ainda não está livre da despromoção.

Na próxima jornada, destaco o Macieira-Leocadenses, Campo-Carapeços, Baluganense-Pereira, Oliveira-Cossourado e o “jogo do título”…ou melhor, do ano: Leões-Carvalhal. Lembro que na 1ª volta o Carvalhal venceu por 4-1.



Ao contrário da 1ª, a 2ª divisão, esta semana, não trouxe nada de novo! Certo era que os jogos eram empolgantes, mas os empates foram nota dominante.

Começo pelo líder Lijó (65 pontos), que depois de ter perdido por 0-1 para a Taça e empatado na semana transata, voltou a empatar. Recebeu e empatou a 1 frente ao 4º, o Paradela (58 pontos). Paradela que ainda tem esperanças pela subida, mas recordo que tem mais um jogo que os três acima deste.

Em 2º continua o Sequeade (63 pontos). Recebeu e empatou a 1 com o 3º, o Fonte Coberta (62 pontos). O Sequeade travou, assim, a série de 7 vitórias consecutivas do Fonte coberta.

O top 5 termina com o São Martinho (48 pontos), que foi vencer a Cambeses (15º, 23 pontos) por 1-2.

Na próxima jornada, destaco o Estrelas-Lijó, Milhazes-Sequeade, Fonte Coberta-Ceramistas e Paradela-Cristelo.

Tenham um bom feriado municipal e de Cruzes!

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

 

Primeira divisão disputadíssima e já há finalistas da Taça Cidade de Barcelos

Abril 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Luís Gonçalves

Olá, caros leitores!

Eis-me de volta para falar do nosso futebol. O campeonato de futebol de Barcelos.

O campeonato nunca à 29ª jornada teve tantas equipas a lutar pelo título! São seis as equipas que ainda sonham com ele. Do 1º ao 6º lugar, a diferença pontual são apenas 9 pontos, quando faltam jogar 5 jogos, 15 pontos em disputa. E algumas ainda se irão defrontar entre si.



Começo pelo líder, Leões (64 pontos), que regressou às vitórias e logo com “chapa 6” frente ao Cossourado (16º, 22 pontos), que ainda marcou o tento de honra. O Cossourado afunda-se, cada vez mais; já o Leões mantém a diferença de 2 pontos para o Carvalhal.

Carvalhal (62 pontos),  que jogou em Macieira e venceu por 0-1. Este, que era o “jogo da jornada”, fez com que o Carvalhal esteja a “morder os calcanhares” ao Leões; já o Macieira (4º, 55 pontos) mantém-se na luta mas está, agora, a 9 pontos.

Também “passo a passo”, o Leocadenses disputa o título. Recebeu e venceu o “lanterna vermelha”, Pedra Furada (8 pontos), por 4-2. Com esta derrota, o Pedra Furada caiu para divisão secundária; o Leocadenses (3º, 57 pontos) está a 7 do 1º.

O Carapeços sofreu um duro golpe! Foi a Palme (8º, 38 pontos) perder por 3-2. O Palme tem feito um campeonato de “encher o olho” e a cada ano tem melhorado cada vez mais! Será um dos candidatos no próximo ano. Já o Carapeços ficou mais longe do título. Está no 4º lugar, com 55 pontos.

O Remelhe, que jogou no sábado de tarde, recebeu e venceu o Negreiros, por uns expressivos 4-1. Remelhe, que tem feito uma 2ª volta fantástica, está a 9 pontos do Leões. O Negreiros está num confortável 12º, com 33 pontos.

O campeão Pereira voltou a vencer em casa. Nesta jornada venceu o Silva, por 2-1. Pereira: 7º, 40 pontos; Silva: 13º, 32 pontos.

O Oliveira deu um passo atrás! Foi a Salvador do Campo perder por 2-1. Um passo de gigante deu o Campo, pois assim subiu ao 11º, com 35 pontos. O Oliveira baixou ao 14º, com 31 pontos. Está 11 pontos acima da “linha de água”. No entanto, como verão mais adiante, esta semana foi “mista” para os homens de Oliveira no que concerne a alegrias e tristezas.

O Fragoso deslocou-se a Balugães e perdeu por 1-0. O Fragoso continua na disputa pelo 7º lugar mas desceu ao 9º, com 37 pontos. O Baluganense (15º, 28 pontos), com este resultado, teve um “balão de oxigénio”. Está, agora, 6 pontos acima da “linha de água”.

Tal e qual o Fragoso, o Perelhal (10º, 36 pontos) disputa o 7º lugar. Recebeu e empatou a 1 com o “aflito” Feitos (17º, 20 pontos).

Na próxima jornada, destaco o Negreiros-Leões, Leocadenses-Baluganense, Fragoso-Macieira, Carapeços-Oliveira e o “jogo da jornada” Carvalhal-Remelhe. O Carvalhal que não perdeu qualquer ponto em casa e Remelhe ainda não perdeu nesta 2ª volta!

Na segunda divisão, o líder Lijó (64 pontos), que também jogou no sábado, empatou a 1 com o São Mamede (6º, 41 pontos).

O Sequeade (2º, 62 pontos) “aplicou” 6-1 ao Lama (14º, 21 pontos).

O Fonte Coberta tem sido a “sensação” da 2ª volta! Estão num honradíssimo 3º lugar, a apenas 1 ponto do Sequeade e a 3 do Lijó, somam 7 vitórias consecutivas; só nesta 2ª volta, somam 9 vitórias e 2 empates! Simplesmente impecável! Nesta jornada, venceram o Águas Santas (10º, 36 pontos), por 2-1.

O Paradela (4º, 57 pontos e mais um jogo) somou a 6ª vitória consecutiva. Venceu, em casa, o Creixomil, por 1-0. Tem 10 vitórias e 1 derrota até então, na 2ª volta. A par do Fonte Coberta, o Paradela tem sido a sensação da 2ª divisão. Pelo que têm feito até agora, nesta segunda parte do campeonato, estas duas equipas até mereciam a subida…mas “até ao lavar dos cestos é vindima”!

O São Martinho (5º, 45 pontos) “folgou”.

Quase me esquecia…mas no feriado do 25 de Abril, em jogo em atraso a contar para a 22ª jornada, o Paradela venceu o São Mamede por 2-1.

Na próxima jornada, destaco o Cambeses-São Martinho e os dois “jogos da jornada”: o Lijó-Paradela e o Sequeade-Fonte Coberta.



Taça Cidade de Barcelos: Oliveira e Remelhe são os finalistas

No feriado que comemora a instauração da democracia neste nosso Portugal, disputou-se as meias-finais da Taça Cidade de Barcelos, para se apurarem os seus dois finalistas.

O Oliveira recebeu o Carapeços e, no final do tempo regulamentar, o resultado ficou em 1-1. No final do prolongamento, em 2-2. Teve que se ir para penáltis, onde os da casa foram melhores, vencendo por 7-6. Oliveira: primeiro finalista!

Já o Lijó, a jogar em casa, perdeu por 0-1 com o Remelhe. Remelhe: segundo finalista!

Portanto, a final terá um Oliveira-Remelhe a disputar a Taça Cidade de Barcelos. Parabéns aos finalistas!

Por esta semana é tudo.

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Aproximação na 1ª, distanciamento na 2ª

Abril 19, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Luís Gonçalves

Olá, caros leitores!

Eis-me de volta para vos falar de mais uma jornada do nosso futebol popular, que nos trouxe alguns resultados surpresa mas, também, alguns factos de destaque nas tabelas classificativas de ambas as divisões.



Comecemos, então, pela divisão maior. O líder Leões da Serra (61 pontos) deslocou-se ao terreno do Carapeços (3º, 55 pontos), naquele que foi o “jogo da jornada”. O resultado final foi um empate a 0, penalizando ambas as equipas. O Leões viu um adversário aproximar-se “perigosamente”; o Carapeços viu esse mesmo adversário (já falo dele a seguir) distanciar-se na classificação.

E de que adversário falo? Do Carvalhal (2º, 59 pontos), que recebeu e, como é normal naquele terreno, venceu o Baluganense (15º, 25 pontos), por 1-0. Ai, mas foi “apenas” por 1-0, devem estar muitos de vocês a afirmar! Pois…mas valeu-lhes, na mesma, os 3 saborosos pontos, que fizeram com que ficassem a apenas 2 do líder e aumentassem para 4 os de vantagem para os perseguidores.

Em 4º lugar está o Macieira (55 pontos), que teve uma deslocação difícil a Negreiros (11º, 33 pontos), onde mora uma equipa que vem em recuperação nesta 2ª volta. Os forasteiros conseguiram vencer, por 0-2, “colando-se” a Carapeços. O Negreiros, apesar da derrota, está bem mais “tranquilo” do que estava ao longo da 1ª volta.

O Leocadenses (5º, 54 pontos) recebeu, e levou de vencida, o Silva (12º, 32 pontos), por 3-1. Uma vitória expectável à partida, por causa dos lugares que ocupam na tabela. Mas isso, como se sabe, nem sempre impera. Os da casa também aproveitaram aquela espécie de “escorregadela” do Carapeços.

A “fortaleza defensiva” do Remelhe (6º, 52 pontos) voltou a “fazer estragos”! Foi a Cossourado (16º, 22 pontos) alcançar mais uma vitória, por 0-1. Mais uma vez, sem sofrer golos. Mais uma vez, a vencer pela margem mínima. De margem mínima, em margem mínima, a equipa de Remelhe vai “levando a água ao seu moinho”, fazendo um campeonato tranquilo e de bom nível!

O campeão Pereira (7º, 37 pontos) continua a não convencer. Desta vez, recebeu o surpreendente e recém-promovido Perelhal (10º, 35 pontos) e o empate a 1 golo foi o resultado final.

O jogo com mais golos desta jornada foi o Fragoso (8º, 37 pontos) – Pedra Furada (18º, 8 pontos), com o marcador final a apontar para a vitória caseira por 5-4! Não, caro leitor, não foram a desempate por grandes penalidades…foi mesmo em jogo corrido! Foram 9 golos para animar os adeptos que marcaram presença no campo de uma equipa que, sendo recém-promovida, está a fazer um grande campeonato!

Os restantes jogos ditaram um empate a 1 golo entre Oliveira (14º, 31 pontos) e Palme (9º, 35 pontos), em casa dos primeiros, e uma goleada forasteira, por 0-4, do Campo (13º, 32 pontos) em casa do Feitos (17º, 19 pontos).

Numa breve análise à classificação, salta logo à vista a enorme diferença de pontos entre o 6º classificado, que é o Remelhe, com 52 pontos, e o 7º, por acaso o Pereira, por acaso o campeão em título, que tem 37 pontos! São 15 pontos de diferença entre ambos! É “muita fruta”! Na frente, as coisas “apertaram” novamente, com o líder Leões a sentir o “bafo” do Carvalhal! Está tudo numa emoção total!

No que diz respeito à descida de divisão, tirando o Pedra Furada que, infelizmente para eles, está já muito longe da linha de água, todos os outros podem ainda salvar-se, ou não, com Baluganense (25 pontos e primeiro acima dessa linha), Cossourado (22) e Feitos (19) a terem diferenças de pontos pequenas entre si, sendo que qualquer uma destas equipas pode salvar-se ou cair na 2ª.

Na próxima jornada, destaco o Leões-Cossourado, Palme-Carapeços, Pedra Furada-Leocadenses, Remelhe-Negreiros e o “jogo da jornada”, o Macieira-Carvalhal.



Se na 1ª divisão as coisas estão a ficar apertadas nos primeiros lugares, na 2ª começam a ficar mais esclarecidas, com o líder a distanciar-se, os dois perseguidores a aproximarem-se entre si e os três primeiros a manterem uma diferença pontual para os demais que lhes permite “gerir” a questão do título e da subida de divisão.

Começando pelo líder Lijó (63 pontos), recebeu o último classificado, Carvalhas (18 pontos), e derrotou-o por 2-1. Talvez ainda a recuperar psicologicamente da sua primeira derrota no campeonato, os homens de Lijó venceram “apenas” pela margem mínima. No entanto, esta margem deu-lhes os 3 pontos e permitiu-lhes “fugir” um pouco mais do 2º classificado.

Isto porque esse 2º classificado, o Sequeade (59 pontos), foi ao terreno do Cambeses (13º, 23 pontos) empatar a uns incríveis 4 golos para cada um! Oito golos num jogo não é coisa que se veja todos os dias! A equipa de Sequeade viu o líder fugir e o perseguidor aproximar-se.

Esse perseguidor é o Fonte Coberta (3º, 58 pontos), que foi a Lama (14º, 21 pontos) “sacar” uma boa vitória, por 0-3, colocando-se a 1 ponto do Sequeade.

Quem tem feito uma 2ª volta de grande nível é o Paradela (5º, 51 pontos). No entanto, infelizmente para eles, os três primeiros parecem não desarmar, não lhes dando veleidades e não lhes permitindo aproximações. Nesta jornada, foram a Chorente (10º, 34 pontos) derrotar os da casa por 1-2.

Por fim, depois de ter conseguido o grande feito de retirar o título de “invencíveis” ao Lijó, o São Martinho (5º, 45 pontos) foi a Cristelo (9º, 36 pontos) e saiu de lá com uma derrota por 1-0.

A luta pelo título está acesa…mas pela subida começa a ficar definida, com uma diferença de 7 pontos entre o 3º e o 4º, que teima em não diminuir.

Na próxima jornada, destaco o “jogo da jornada” Águias de S.Mamede-Lijó, Sequeade-Lama, Fonte Coberta-Águas Santas e Paradela-Creixomil.

Por esta semana é tudo!

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Jornada épica!

Abril 12, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Luís Gonçalves

Olá, caros leitores!

Mais uma jornada épica que se passou neste fim de semana! E os “invencíveis” deixaram de o ser! Na 1ª divisão, apenas duas equipas venceram em casa! Três venceram fora de portas e os empates foram quatro! Muita luta, divisão de pontos e golos (foram 38 os marcados)! Apenas o Palme não marcou!



Começo pelo líder, que não vence em casa desde a jornada 22! Nesta jornada voltou a empatar. Foi a duas bolas, frente ao Oliveira (13º, 30 pontos), que vinha “ferido no seu orgulho”, pois tinha perdido, por 0-6, na semana transata. Os Leões mantêm a liderança, com 60 pontos.

Mas a liderança está, agora, a apenas 4 pontos de vantagem do 2º, que é agora o Carvalhal. Este foi o grande beneficiado desta jornada. Venceu o “lanterna vermelha”, Pedra Furada (8 pontos), por 1-4. O Carvalhal soma 56 pontos e é a única equipa a não perder qualquer ponto em casa! Já somou 24 pontos nesta 2ª volta.

Em Remelhe disputava-se o “jogo da jornada”! Encontravam-se a melhor defesa e o melhor ataque. O Carapeços, melhor ataque (66 golos), não aproveitou o empate dos Leões para encurtar distâncias. Também tinha um jogo difícil e assim foi! Empatou a 2 frente ao Remelhe (6º, 49 pontos). Remelhe, que sofreu apenas 5 golos nesta 2ª volta!

Outra equipa que também não aproveitou para encurtar distâncias foi o Macieira (4º, 52 pontos). Aparentemente, teria um jogo mais fácil, em casa frente ao Cossourado (16º, 22 pontos). Mas o Cossourado também tinha uma palavra a dizer e, com este resultado, mostrou que não “deita a toalha ao chão” e se quer manter na 1ª divisão. O Macieira mantém-se a 8 pontos do líder.

O 5º classificado, Leocadenses, jogava em Perelhal contra os locais. Qual foi o resultado?! Claro…mais um empate, desta feita a 1! O Perelhal desceu ao 8º lugar, com 34 pontos; o Leocadenses mantém-se no mesmo lugar, com 51 pontos.

O Pereira voltou às vitórias, vencendo o Feitos por 1-2. Este último “afunda-se” cada vez mais na tabela! Está no 17º lugar, com 19 pontos. O campeão está num modesto 7º lugar, com 36 pontos.

Uma das vitórias caseiras da jornada foi conseguida em Salvador do Campo. Os da casa venceram o Palme, conseguindo uma vitória importantíssima, que os fez manter no 14º lugar, com 29 pontos, mas a distanciar-se, cada vez mais, dos lugares de descida. O Palme, que tem feito um campeonato tranquilo, desceu ao 8º lugar, com 34 pontos.

A goleada da jornada pertenceu ao Silva, que foi a outra equipa a vencer em casa. Recebeu, nada mais, nada menos, que o Fragoso. “Nada mais, nada menos” pois o Fragoso não perdia há 8 jogos! Os da casa aplicaram “chapa 6”! O Fragoso ainda marcou o golo de honra. Sendo assim, o Silva subiu ao 12º lugar, com 32 pontos; o Fragoso está no 8º lugar, com 34 pontos. Um jogo com 7 golos!

Outro jogo com 7 golos, mas mais equilibrado, aconteceu em Negreiros. Os da casa receberam, e venceram, o Baluganense, por 4-3. Sendo assim, o Negreiros ocupa o 11º lugar, com 33 pontos e menos um jogo; o Baluganense é a primeira equipa acima da linha de água (15º, 25 pontos).

Na próxima jornada, destaco o Carvalhal-Baluganense, Negreiros-Macieira, Leocadenses-Silva, Cossourado-Remelhe e o “jogo da jornada” Carapeços-Leões da Serra.



Os “invencíveis”, como os apelidei, deixaram de o ser! O grande feito foi conseguido pelo São Martinho (5º, 45 pontos)! O Lijó deslocou-se a São Martinho e perdeu por 2-0! Mesmo assim, mantém o 1º lugar isolado, com 60 pontos, pois o Sequeade “descansou” nesta jornada.

O Fonte Coberta somou a 5ª vitória consecutiva! Venceu o Aborim (6º, 38 pontos), por 2-0, mantendo-se no 3º lugar, com 55 pontos.

O jogo com mais golos desta jornada disputou-se em Paradela (4º, 48 pontos). Os da casa receberam, e venceram, o Ceramistas (11º, 27 pontos), por 6-3! Fantástico é o que se pode dizer deste jogo!

Na próxima jornada, destaco o Lijó-Carvalhas, Cambeses-Sequeade, Lama-Fonte Coberta, Chorente-Paradela e o Cristelo-São Martinho.

Por esta semana é tudo.

Uma semana feliz, vos deseja o amigo Luís!

Por: Luís Gonçalves*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

1 2 3 5

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima