Tag archive

Balugães - page 4

Peça “Consultório Médico” amanhã no Teatro Gil Vicente

Julho 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

O Espaço Convívio de Balugães leva a cena, amanhã, pelas 14h30, no Teatro Gil Vicente, a peça de teatro “Consultório Médico”.

Incluída no Programa Sénior, esta é uma comédia em que a comicidade está sublinhada nos falares de cada doente, causada pelos nomes dos seus males.

A entrada é gratuita.




Fonte e imagem: AB.

Barcelense Rui Faria vence Liga Europa ao serviço do Manchester United

Maio 24, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Rui Faria, membro do corpo técnico do clube inglês Manchester United, acaba de conquistar a Liga Europa por esse “colosso” do futebol mundial. O jogo realizou-se hoje, em Estocolmo (Suécia), e o Ajax (Holanda) foi o adversário. O resultado final foi de 0-2 para os ingleses, com golos do francês Pogba e do arménio Mkhitaryan.

Rui Filipe da Cunha Faria nasceu em Balugães a 14-06-1975 e tem trabalhado com José Mourinho desde os tempos do União de Leiria, ou seja, desde 2001/2002. Depois passou pelo Futebol Clube do Porto, Chelsea (Inglaterra), Inter de Milão (Itália), Real Madrid (Espanha), Chelsea (de novo) e, atualmente, no já referido Manchester United.

Rui Faria é licenciado em Desporto e Educação Física pela Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física (FCDEF) da Universidade do Porto (actualmente, FADEUP – Faculdade de Desporto da Universidade do Porto).

De relembrar que esta é, tal como José Mourinho, a quarta conquista europeia de Rui Faria, depois de duas Liga dos Campeões e uma Taça UEFA (antes da Liga Europa).




Curiosamente, Rui Faria é tio de um jogador, também de origens barcelenses, seu homónimo. Falamos de Rui Faria, defesa que joga no Salgueiros.

Produção do Galo de Barcelos em ensaio que visa a excelência

Maio 22, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

confraria-galo-barcelosA Confraria Gastronómica O Galo de Barcelos realizou, no passado dia 20 de maio, o acompanhamento de oito explorações e monitorização dos primeiros 300 pintos do Galo de Barcelos, que culminou na exploração da “Quinta do Ribeiro”, em Balugães (Barcelos), um momento importante do processo da produção do “Galo de Barcelos”.

Na exploração, foi possível contactar com os primeiros pintos da estirpe selecionada pela Confraria. Estes foram devidamente brincados e pesados de forma a garantir o controlo da qualidade do produto final destinado à restauração. Este procedimento decorrerá, periodicamente, em contexto de uma monitorização extensiva a outras explorações incluídas no projeto/ensaio.

confraria-galo-barcelos-etiqueta

Para se perceber a dimensão deste projeto, realizou-se uma conferência de imprensa com o Presidente da Direção da Confraria, João Dantas; o Presidente da Mesa da Assembleia, representado pelo Presidente da Cooperativa Agrícola de Barcelos, Eng.º José Costa; o Juiz Vice-Presidente da Direção, Restaurante Galliano, representado por António Vilas; o Mordomo AMIBA (Associação de Criadores de Bovinos de Raça Barrosã), representada pela Eng.ª Virgínia Ribeiro; o Mordomo Mestre Elsa Machado (Médico Veterinário); e o mordomo ATAHCA (Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave), representada pelo Prof. Mota Alves.

O Presidente da Direção referiu a importância desse dia, como sendo um marco histórico para a promoção da produção do galo vivo, em primeiro lugar, posteriormente, a promoção da gastronomia e, em terceiro, a promoção do galo artístico, referindo mesmo que “o Galo de Barcelos também se come”.

confraria-galo-barcelos-joão-dantas

A Mestre Elsa Machado, coordenadora do grupo da produção, realçou esse primeiro dia como um marco importante para aquilo que se pretende obter, que é um produto de excelência. Salientou a importância de todos, quer em casa, quer no restaurante, poderem saber a origem do produto que estão a consumir, através do processo de rastreabilidade. “O modo de produção do galo terá especificações bastante concretas que serão vertidas num Caderno de Especificações, elaborado por técnicos que são confrades e fazem parte do grupo da Produção”.

confraria-galo-barcelos-elsa-machado

O Presidente da Assembleia, Eng.º José Costa, da Cooperativa de Barcelos, referiu a importância do “Galo de Barcelos” ser também alimentado com uma ração o mais próxima, tanto quanto possível, do modo tradicional, com vista à obtenção de um produto de qualidade e que agrade ao consumidor. Salientou, também, a disponibilidade da equipa técnica da Cooperativa Agrícola de Barcelos no estudo para obter, e melhorar, uma ração equilibrada, cumprindo com o Caderno de Especificações.

confraria-galo-barcelos-josé-costa

A Eng.ª Virgínia Ribeiro falou da importância do acompanhamento técnico destas explorações submetidas ao primeiro ensaio, no sentido de avaliar a estirpe selecionada, e outros fatores dos quais a alimentação é muito importante. Para isso “identificaram-se todos os animais na asa com a designação do Galo de Barcelos e uma numeração”. Referiu, igualmente, que irá estudar-se o índice de conversão dos animais para controlo da performance, através da pesagem realizada periodicamente, sendo as aves reavaliadas aos 120 dias.

confraria-galo-barcelos-virgínia-ribeiro

O Prof. Mota Alves falou da importância de criar dinâmicas territoriais, sendo que a ATAHCA, que promove ações para o desenvolvimento local, está disponível para apoiar, através do programa PDR 2020. Neste contexto, “Barcelos tem uma identidade própria”, fortalecida pelo Galo de Barcelos, que não se deve deixar perder, mantendo a relação “do campo para o prato”. Por outro lado, Barcelos, pela sua grande centralidade (está perto da autoestrada, perto de Braga, a menos de 60 km do Porto e muito próximo da Galiza), apresenta um potencial enorme para atrair turistas e, por isso, vale a pena investir neste projeto da Confraria.

confraria-galo-barcelos-mota-alves

Por fim, usou da palavra o Sr. António Vilas, responsável pelo grupo da restauração, referindo que “só produzindo com qualidade é que podemos ter mais procura na restauração”, “queremos que o galo seja, gastronomicamente, uma referência a nível nacional”, “queremos ter um bom galo, não só um galo assado mas outros pratos com qualidade”, naturalmente preparados pelo chefes de cozinha.

confraria-galo-barcelos-ensaio-conferência-imprensa

No final, os convidados participaram num “verde de honra”, aproveitando para confraternizar.




Fonte e imagens: Confraria G. O Galo de Barcelos.

Ciclo de Teatro “Palco de Terra’17” em Balugães

Março 24, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

O auditório da Junta de Freguesia de Balugães (Barcelos) recebe, no dia 1 de abril, às 21h30, a peça de teatro “Um regresso Inesperado”, de Nurmi Rocha.

A comédia do Grupo de Teatro do Vez (Arcos de Valdevez) abre a edição deste ano do Palco de Terra, ciclo de teatro organizado pelo Teatro de Balugas e pela Junta de Freguesia de Balugães. A iniciativa resulta do intercâmbio entre o grupo de teatro de Balugães e as companhias convidadas, visando a promoção e dinamização dos projetos teatrais na freguesia.

A entrada é livre e o ciclo continua durante o ano com mais grupos convidados, encerrando em dezembro com o grupo de teatro mais antigo da Galiza, o Teatro de Airiños.

A entrada é livre e limitada à lotação da sala/ https://goo.gl/2FfFGp

Fonte e imagem: Teatro de Balugas.

Balugães homenageia Avelino Mesquita

Março 13, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Balugães vai homenagear o escritor baluganense Avelino Mesquita no próximo dia 18 de março, pelas 14h30, no Salão Nobre da Junta de Freguesia de Balugães.

A organização do evento está a cargo das várias associações da freguesia, bem como da Junta de Freguesia. Para além desta, ABCD – Associação Baluganense de Cultura e Desporto, Agrupamento de Escuteiros n.º 86 – Balugães, 1.ª Companhia de Guias de Balugães, Fraternidade de Nuno Álvares (FNA) Núcleo de Balugães, Grupo de Jovens de Balugães, Grupo Vozes Outonais, Ronda da Ponte das Tábuas e Teatro de Balugas são as entidades envolvidas na organização desta homenagem.

Avelino da Cunha Vilas Boas Mesquita nasceu em Balugães, no dia 18 de março de 1926. Estudou em Balugães, Braga e Coimbra, onde desenvolveu o gosto pelas letras e, sob os pseudónimos Avibomes e Abel Lino, assinou os primeiros textos.

Trabalhou em Vila Real, no Porto e em Balugães, emigrando em 1952 para a Venezuela, onde permaneceu nove anos. Regressou, então, a Portugal e radicou-se em Lisboa, voltando definitivamente à sua terra natal em 1994.

A sua presença foi assídua na imprensa de âmbito regional e nacional. Ainda com muita obra inédita, com destaque para a poesia e para o teatro, o autor publicou os seguintes livros: «O Dente de Ouro» (Edição de autor, Balugães, 2007), «Aquém do Neiva» (Edição da Junta de Freguesia de Balugães, Balugães, 2004), e, em coautoria, «Balugães, a sua história, as suas gentes» (Editorial Franciscana, Braga, 1997).

Caminhos de Santiago são tema de um novo Ciclo de Tertúlias

Fevereiro 9, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 10 de fevereiro, pelas 21h00, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, debate-se o tema «Barcelos, Terra de Tradição Jacobeia: freguesia de Couto e freguesia de Balugães».

De acordo com a organização, este ciclo de tertúlias, que decorrerá ao longo do ano e é promovido pela Câmara Municipal de Barcelos, tem como intuito abordar a partilha de uma mesma história entre o “Caminho de Santiago” e o concelho de Barcelos, assim como, a peregrinação secular que está, desde sempre, associada à “terra do galo”, que beneficia de uma posição geográfica privilegiada, potenciada pela construção da ponte na primeira metade do século XIV.

tertúlia-jacobeia

A primeira tertúlia, no âmbito de “Barcelos, Terra de Tradição Jacobeia”, acontece, como referido, já no próximo dia 10 de fevereiro e terá especial enfoque nas freguesias de Couto e Balugães. A inscrição é gratuita, mas obrigatória, e deverá ser submetida até ao dia 9 de fevereiro.

Ainda de acordo com o Município, “o Caminho é uma verdadeira encruzilhada de experiências, de culturas e de patrimónios como o literário, natural, musical, arquitetónico, artístico e religioso. No território do concelho Barcelos, existem marcas de tradição jacobeia, nomeadamente monumentos, como Albergaria, Hospital do Espírito Santo, Convento de Palme, Convento de Vilar de Frades; topónimos; alminhas; cruzeiros; ou a Capela de Nossa Senhora da Ponte. Além disso, a devoção a São Tiago tem grande expressão no norte do País. Barcelos não é exceção e o santo é padroeiro de múltiplas freguesias, adensando a ligação da terra aos Caminhos de Santiago.”

c-santiago

De referir que, para além desta sessão, está também confirmada uma outra tertúlia no dia 13 de maio, no âmbito do Dia do Peregrino.

 

Fotos e imagem: Página da CM de Barcelos e www.dobrarfronteiras.com.

Ir Para Cima