Tag archive

Barcelona

ARCA DANCE STUDIO traz bons resultados do Dance World Cup 2018 de Barcelona

Julho 7, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre os dias 20 e 30 de junho, a escola de dança da Associação Recreativa e Cultural de Arcozelo (ARCA), esteve em Sitges – Barcelona para participar, pela segunda vez consecutiva, naquele que é o maior concurso internacional de dança, o Dance World Cup, concurso que reúne escolas, academias, conservatórios e bailarinos de todas as partes do mundo.



Este ano, a ARCA Dance Studio fez-se representar por 8 coreografias e um total de 53 bailarinos, que juntamente com outros artistas de Portugal, integraram a comitiva portuguesa, representando, não só o país, mas também a cidade de Barcelos e a freguesia de Arcozelo.

Entre milhares de coreografias a concurso, todas as da ARCA ultrapassaram a pontuação de 80 pontos, numa escala de 0 a 100, o que, nas palavras de Daniel Costa, professor e coreógrafo da ARCA Dance Studio, “é resultado da crescente qualidade que o ensino de dança tem na nossa associação e, claro, do excelente desempenho, empenho e performance dos alunos”.

“A dança é uma actividade contínua, que exige preparação e prática regular e disciplinada ao longo dos anos, por isso, os resultados que vamos obtendo são o culminar de muitas horas de trabalho e dedicação.”, salienta.

O coreógrafo conta que “apresentámos 8 coreografias, um total de 53 bailarinos em praticamente todos os escalões e nos mais variados estilos de Dança: Jazz, Show Dance, Comercial, Hip Hop e em todos tivemos excelentes pontuações, o que só demonstra que, acima de tudo, somos uma escola versátil e, claro, que melhoramos de ano para ano, pois as pontuações e classificações deste ano foram bem melhores que as do ano passado”.

Assim, a ARCA Dance Studio obteve as seguintes pontuações/Classificações:

«Les Miserables», Grupo Show Dance, escalão Sénior – 83,5% – 10º Lugar, em 25 concorrentes; [ndr: na foto de destaque da notícia]

«Chicago», Trio de Jazz e Show Dance, escalão Sénior – 87,1 – 4º Lugar, em 17 concorrentes;

«Femme Fatale», Trio de Hip Hop, escalão Sénior – 83,9% – 8º Lugar, em 17 concorrentes;

«Feel it!», Grupo Hip Hop, escalão Júnior – 86,3% – 8º Lugar, em 17 concorrentes;

«Wonder Woman», Grupo Hip Hop e Comercial, escalão Júnior e Sénior – 83,5 – 22º Lugar, em 33 concorrentes;

«Clean it», Grupo Show Dance, escalão infantil – 84,7% – 9º lugar, em 16 concorrentes;

«Trolls», Grupo Hip Hop, escalão Infantil – 85,9% – 8º Lugar, em 16 concorrentes;

«Latin Groove», Grupo Comercial, escalão Infantil – 85,6% 7º Lugar, em 12 concorrentes;

Para finalizar, Daniel Costa deixa palavras de gratidão aos parceiros: “Deixamos o nosso agradecimento às instituições, empresas, entidades e particulares que nos apoiaram, pois este tipo de concursos e viagens envolvem custos demasiado altos para as famílias e bailarinos. Agradecemos também aos alunos, pais e toda a comunidade da ARCA, que nos últimos meses se desdobrou numa série de iniciativas para ajudar esta enorme comitiva a representar Barcelos e Portugal no Dance World Cup”.

Para o próximo ano, é a vez de Portugal abrir portas ao Dance World Cup. O evento vai ter lugar em Braga, no Fórum, e são esperados milhares de bailarinos e centenas de escolas, academias e conservatórios de todos os cantos do mundo. Para conseguir acesso às finais mundiais, as escolas portuguesas terão de participar nas semifinais, em março de 2019, na Figueira da Foz.

Fonte e fotos: ADS/DR.

Flash Li Dance com resultados de destaque no Dance World Cup 2018 de Barcelona

Julho 6, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 22 e 30 de junho, Sitges – Barcelona foi a capital da dança mundial, com centenas de dançarinos de todo o mundo a competirem no Dance World Cup 2018.



Esta foi a maior edição da competição, com 54 países concorrentes, que a colocaram a um nível elevadíssimo e proporcionaram performances extraordinárias.

A academia de dança Flash Li Dance, com polos em Barcelos e Mujães (Viana do Castelo), foi uma das escolas participantes, com 36 alunos provenientes desses dois polos.

Os seus resultados foram dignos de destaque, com oito das suas coreografias a ficarem no top-10 da classificação geral das suas categorias.

O maior destaque vai para as duas medalhas de bronze conquistadas, uma na categoria Children Small Group Jazz & Show Dance – com 29 coreografias concorrentes –, com a pontuação de 90,2, e outra na categoria de Senior Duet/Trio Acro Dance, com o seu trio composto por Bruna Miranda, Bruna Vilas Boas e Matilde Parente.

Claramente feliz, a diretora da academia, Liliana Vilas Boas, fez questão de agradecer “o apoio importantíssimo da Fundação Caixa Agrícola do Noroeste e do Município de Viana do Castelo na nossa participação na competição, bem como agradecer a todas as pessoas e empresas que participaram nas nossas atividades de angariação”.

Fonte: FLD.

Fotos: FLD e DR.

 

Juliana Macedo, aluna do Conservatório de Música de Barcelos, admitida em conceituada escola de Barcelona

Julho 5, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Segundo avança o Conservatório de Música de Barcelos, Juliana Eiras Macedo, da classe de canto da professora Maria João Matos, foi admitida no prestigiado Conservatori Superior del Liceu de Barcelona, nesta cidade espanhola.



Esta é uma instituição de ensino fundada em 21 de fevereiro de 1837, cuja equipa fundadora era liderada por Manuel Gibert Sans, com o intuito de ser um centro de aprendizagem dedicado à música, canto e teatro para a vida cultural da sociedade de Barcelona. A 10 de novembro desse mesmo ano, a Sociedad Dramática de Aficionados– nome com que foi fundada – passa a chamar-se Liceo Filarmónico Dramático de Montesión. Ao longo dos anos, vai alterando o nome, até ao atual, e de localização, dispondo, atualmente, de instalações bem modernas.

Por esta instituição de ensino superior artístico passaram, entre outros, como alunos e/ou professores, nomes como os compositores Mariano Obiols e Joan Guinjoan, o violoncelista Pau Casals ou a grande soprano Montserrat Caballé. A escola tem como Presidente de Honra a Rainha Sofia de Espanha.

Em nota, o Conservatório de Música de Barcelos felicitou “a aluna e a professora por mais este sucesso educativo”.

Três alunos vencem três prémios em Vila Nova de Cerveira

Entretanto, nos dias 23 e 24 de junho, três alunos do Conservatório de Música de Barcelos participaram no Concurso Internacional de Guitarra de Vila Nova de Cerveira. Os alunos em questão pertencem à Classe de Guitarra do professor Francisco Gomes.

Assim, Hugo Eira conseguiu um 2º prémio na Categoria A; Inês Vilas Boas conseguiu, igualmente, um 2º prémio, mas na Categoria B; e Diogo Carlos venceu o 1º prémio na Categoria D.

Fotos: DR.

“Juntos Somos Mais Fortes!” na Universidade do Minho com ARCA Dance Studio entre a organização

Maio 15, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Este domingo, dia 20 de maio, no Complexo Desportivo da Universidade do Minho, o ARCA Dance Studio, de Barcelos, a Academia Nun’Álvares (Fafe) e a Open Dance School (Viana do Castelo), apresentam uma Mostra Coreográfica, intitulada “Juntos Somos Mais Fortes!”, cuja receita reverterá para apoiar os alunos das três escolas a viajar até Sitges, em Barcelona, onde representarão Portugal e as suas cidades, no campeonato do mundo da Dança, Dance World Cup.



A Mostra, que terá início pelas 15h00, contará com a presença de alguns dos números e bailarinos que cada uma das escolas levará à final mundial do concurso, mas também com outras turmas e coreografias das respetivas escolas, pois, “mais importante de tudo, é demonstrar que, no meio da competição, surgem grandes amizades e valores de companheirismo, existe respeito e uma grande admiração entre alunos e professores, ensinamentos que todos levamos para a vida”, refere Daniel Costa, diretor artístico do ARCA Dance Studio.

O Dance World Cup é um concurso internacional, que reúne escolas de todo o mundo, e que se realiza no final do mês de junho. Desde que conseguiram o apuramento, nas semifinais de Portugal, que se realizaram na Figueira da Foz, em fevereiro, as escolas, professores, pais e alunos têm realizado uma série de iniciativas de angariação de apoios, no sentido de levarem uma comitiva tão grande a Barcelona, já no próximo mês.

Os bilhetes estarão à venda no local, com o custo de 4 euros.

Imagem: ADS.

 

 

 

Barcelense Joaquim Sousa “conquista” Barcelona

Novembro 6, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No fim de semana passado, entre 4 e 5 de novembro, o barcelense Joaquim Sousa deslocou-se a Barcelona para competir na “Barcelona City Race”, a 7ª e penúltima etapa do circuito “City Race Eurotour”, provas de Orientação.



O atleta de Galegos Santa Maria, a competir pelo Clube de Orientação do Centro, venceu esta etapa e subiu ao 3º lugar do circuito europeu, no escalão de VET1, ficando assim o título ao seu alcance, caso consiga pontuar na próxima etapa, já no próximo fim de semana, 11 e 12 de novembro, em Bilbau, na região basca de Espanha.

A Barcelona City Race foi uma de duas etapas deste fim de semana do “Troféu Internacional Ciutat de Barcelona”, evento onde Joaquim Sousa fez o pleno, ao ter vencido, também, a etapa de sábado.

Fonte e fotos: JS.

Barcelense Joaquim Sousa em 15º no ranking Euro City Race 2017

Julho 29, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Na última atualização do ranking do Euro City Race 2017, o atleta de Galegos Santa Maria, Joaquim Sousa, encontra-se no 15º lugar, na categoria Men Vets +35.

O campeonato é constituído por sete etapas, tendo sido realizadas já quatro. No final, contarão apenas os quatro melhores resultados para a classificação final.




O barcelense encontra-se, como referido, no 15º lugar, tendo, apenas, competido numa das etapas, a de Paris, onde conquistou o 1º lugar.

Por motivos financeiros e por falta de apoios, Joaquim Sousa só conseguiu competir em uma das quatro etapas já realizadas e, pelo andar das coisas, o atleta não sabe se poderá competir nas três que faltam, sendo certo que, pelo menos, a Porto City Race, em setembro, tem garantida a sua presença, salvo algo de maior. Depois, ficarão a faltar as etapas de Barcelona e Bilbau, em outubro, na vizinha Espanha.

Joaquim Sousa lamenta a falta de apoios, em declarações prestadas ao Barcelos na Hora. “A Orientação é um desporto desconhecido pelo povo em geral e mesmo tendo sido o melhor atleta Nacional durante anos e sendo, atualmente, um dos melhores veteranos do Mundo, com três medalhas em Campeonatos do Mundo, sendo duas de Vice-Campeão Mundial, mesmo apresentando um curriculum destes não se consegue um apoio, por mais pequeno que seja”, explica o atleta barcelense.

Foto: DR/COC.

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima