Tag archive

Barcelos

Caminhos de Fátima 2019: 2ª etapa (Barcelos a Rates) a 14 de julho

Julho 8, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Depois da 1ª etapa, realizada ontem, que ligou Balugães a Barcelos, com passagens por Aborim, Tamel São Fins, Lijó, Vila Boa e Abade de Neiva, num percurso de aproximadamente 15km, agora é a vez da 2ª etapa, que ligará Barcelos a Rates.



No próximo dia 14 de julho, pelas 12h00, os participantes terão pela frente novamente perto de 15km, passando por Barcelinhos, Carvalhal, Pereira, Pedra Furada, Courel, Gueral, Macieira de Rates e Rates. Haverá transporte de Rates de volta para Barcelos.

Tal como na etapa anterior, quem pretender, pode iniciar a etapa em diferentes pontos do percurso.

Imagem: CMB.

Joaquim Sousa vence Matosinhos City Race 2019

Abril 16, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No último sábado, dia 13 de abril, realizou-se a Matosinhos City Race 2019, prova organizada pelo Grupo Desportivo 4 Caminhos, da Senhora da Hora.



Nesta prova com partida e chegada na casa da Arquitetura de Matosinhos, os atletas foram brindados com percursos que os levaram pelas várias zonas emblemáticas da zona, como foram os casos do porto de pesca, mercado municipal e os belíssimos jardins da cidade.

Em termos de resultados, o atleta barcelense conseguiu mais uma vitória e, assim, manteve o pleno de vitórias no Ranking de 2019.

A sua próxima prova será “em casa”, nos dias 27 e 28 deste mês, em Barcelos, nos Campeonatos Nacionais de Distância Longa e Sprint (provas organizadas pelos Amigos da Montanha).

Em nota, Joaquim Sousa agradeceu à Serfisio Barcelos e à Escola Pé de Dança pelo apoio.

Fotos: DR.

Natação dos Amigos da Montanha com 37 pódios no Torneio de Inverno

Janeiro 23, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa de natação dos Amigos da Montanha/Becri participou, no último fim de semana, no Torneio de Inverno Absolutos, realizado em Barcelos.



Destaque para os 37 lugares de pódio alcançados, com as medalhas a dividirem-se pelas: 14 de ouro, 14 de prata e 9 de bronze. Os 20 atletas presentes – 8 infantis, 4 juvenis e 2 seniores -, nesta que era uma prova de aferição e preparação, conseguiram 49 recordes pessoais em 75 provas nadadas, merecendo realce, ainda, o facto de sete atletas conseguirem alcançar o 1º lugar em pelo menos uma das provas nadadas.

De salientar as prestações de Nuno Coelho (júnior) e João Remelhe (Infantil A), que conseguiram três vitórias cada em quatro provas.

Em destaque estiveram, também, Beatriz Silva (Infantil A), que conseguiu o tempo de acesso (TAC) para os Campeonatos Zonais e Nacionais de Infantis, nos 100 costas, e para os Zonais, nos 400 livres, e João Remelhe (Infantil A), ao alcançar o TAC para os Campeonatos Zonais de Infantis aos 200 mariposa.

Foto: DR.

Surpresa em Vila Cova

Janeiro 23, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Mais um fim de semana, mais uma jornada dos campeonatos da Associação de Futebol de Braga, com as equipas barcelenses a conseguirem, na generalidade, bons resultados. No entanto, houve surpresas a realçar.



No Pro-Nacional, o Santa Maria FC (12º) continua a recuperar e adicionou mais uma jornada sem perder, vencendo em casa o Airão (17º) por 1-0. Na próxima jornada desloca-se a terras vimaranenses para defrontar o Brito (11º), que tem os mesmos pontos da equipa de Galegos Santa Maria.

Na Série A da Divisão de Honra, houve surpresa em Vila Cova, com o MARCA (8º) a ser goleado em casa pelo Vila Chã (11º), por 0-4. Na jornada que se segue, joga em Terras de Bouro (9º), direto perseguidor.

Outro resultado digno de realce é o bom empate do Pousa (5º), a 0, no terreno do Águias da Graça (2º). O seu próximo jogo, novamente fora, é o dérbi com o Águias de Alvelos.

Novo realce para o FC Roriz (7º), que recebeu e goleou, por 5-0, o São Mamede (15º). Segue-se a difícil deslocação ao Dumiense, líder desta Série.

Bem posicionado na tabela, o Martim (3º) levou de vencida, em casa, o Esporões (14º), por 2-0. De seguida, tem novo jogo caseiro, recebendo o Águias da Graça, num jogo grande entre 3º e 2º.

Por fim, o Águias de Alvelos (13º) deslocou-se a casa do Guilhofrei (12º) e trouxe de lá um empate a 0. Tal como referido, a equipa de Alvelos recebe, na próxima jornada, em dérbi, o Pousa.

Finalmente, na Série A da 1ª divisão, o líder Viatodos voltou à normalidade, vencendo por 0-2 em casa do Operário Famalicão (13º). Na próxima jornada recebe, em dérbi, os Sub-23 do FC Roriz (14º).

Por falar nestes últimos, a equipa “B” de Roriz recebeu o Mouquim (9º) e empatou a 1.

Num jogo equilibrado, o Ucha (7º) empatou a 1 na receção ao Calendário (6º). Na jornada que se segue, tem novo jogo exigente, em casa do São Cosme (3º).

Em 10º, o Granja não conseguiu evitar a derrota caseira frente ao Delães (8º), por 0-1. Na próxima jornada, desloca-se ao terreno do “lanterna vermelha” Antas (15º), que ainda não pontuou neste campeonato.

Para terminar, o dérbi entre o Carreira (12º) e o “Os Ceramistas” (11º) terminou empatado a 1 bola. Os primeiros defrontam o vizinho Mouquim; já os segundos recebem o difícil Fradelos (2º) na jornada que se segue.

Fotos: SMFC/AFCM/ARCG/FCR/CFOC/GFCP.

O associativismo e espírito comunitário no Concelho de Barcelos

Novembro 22, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

Pedro Sousa

Caro leitor,

Quando iniciei esta empreitada de ser o diretor deste singelo e humilde jornal online, fazendo parte do conjunto de pessoas que o fundou, não me passava pela cabeça o tamanho das “fundações” que tinha que ajudar a criar.



Vamos por partes. Primeiro, quando digo “singelo”, estou, obviamente, a usar de comicidade para nos divertirmos um pouco! Segundo, “humilde” porque é um projeto em que nenhum dos seus participantes aufere qualquer tipo de remuneração e/ou ajudas de custo. Sim, nenhum! Nem o diretor – eu –, nem os editores, os colaboradores e, mesmo, os nossos colunistas, a quem aproveito o ensejo para agradecer imenso pela dedicação. Por isso, é usual e compreensível que alguns deles não escrevam de quando em vez, porque a vida pessoal e profissional deles a isso “obriga”…e quem sou eu para os “censurar”?!

É por isso, também, que ainda não conseguimos ter um corpo jornalístico que nos permita cobrir o máximo de eventos possível, jogos, campeonatos, festas, entre outros. Ou cobrir acidentes, assuntos de política e outros casos. Por tal, tenho vindo, de quando em vez, a fazer a nossa “contrição” por não conseguirmos mesmo noticiar e/ou fazer o que desejaríamos. Mas isso são problemas nossos com os quais temos que lidar e tentar, com tempo e sustentabilidade – sim, porque não daremos “passos maiores do que as nossas pernas”, hipotecando o futuro do projeto e, até, o nosso pessoal –, menorizar estes problemas e, mesmo, transpô-los.

Depois deste grande “desabafo”, intercalado entre o preâmbulo e o corpo do artigo, reentro no tema que me traz aqui: o associativismo e espírito comunitário barcelense.

Ao iniciar funções, decidimos enviar um e-mail de apresentação do jornal, com solicitação de colaboração, ao máximo de associações, clubes, instituições, grupos, entre outros. Muitos aceitaram…infelizmente, muitos ainda não o fizeram. “No que me fui meter”, pensei logo eu! São tantos, mas tantos os e-mails que ainda hoje não consegui terminar essa parte da “empreitada” (obviamente que tenho o meu emprego e não passo todo o dia a enviar!). Aliás, eu confesso: não conheço todas as associações, todos os clubes, todas as instituições, todos os grupos, todas as comissões…de Barcelos! Não me levem a mal, mas tenho quase a certeza de que nenhum barcelense conhece! Isso é, para mim, sinal do grande espírito associativo, clubístico e comunitário dos barcelenses, que aqui louvo e destaco. Mesmo que isso signifique que um dos meus objetivos enquanto diretor fique muitíssimo difícil de concretizar: dar a conhecer o nosso “Barcelos na Hora” a todas essas instituições! Acho que não vou conseguir…

Escrevi sobre as dificuldades com que nos deparamos (nós, “Barcelos na Hora”) e sobre o facto de ninguém dos que colabora e participa neste projeto auferir qualquer tipo de ganho financeiro porque, tal como no nosso caso, são imensas aquelas pessoas que, de uma forma, muitas vezes, abnegada e gratuita, lutam pelo melhor para associações/ clubes/ instituições/ grupos/ IPSS/ comissões…de que fazem parte, quer como dirigentes, quer como associados/simpatizantes. Por vezes, as coisas correm menos bem; por outras, os sucessos são mais do que os insucessos. Há dias em que chegam a casa de “coração cheio”; há outros em que chegam de espírito em baixo! Enfim, é o “dia a dia” destas pessoas, que escolheram esse caminho para a sua vida…

Não escrevo muito mais!

Termino com um muito obrigado a todos vocês, que tornam enorme o associativismo e o espírito comunitário barcelense! Mesmo que isso – reitero – dificulte imenso a concretização de um dos meus objetivos enquanto diretor deste jornal!

PS: Tinha muitas imagens para escolher para foto de destaque, mas senti que era impossível encontrar uma que retratasse todas as instituições barcelenses de que falei! Escolhi esta por representar um evento – Festa das Cruzes – onde muito do espírito retratado se evidencia.

Por: Pedro Sousa* (Professor e Diretor do Barcelos na Hora)

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Basquete de Barcelos com 4 vitórias em 5 jogos

Novembro 15, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado fim de semana, o Basquete Clube de Barcelos (BCB) disputou 5 jogos no conjunto das suas equipas seniores e de formação.



Sábado, 10 de novembro, as Seniores Femininas levaram de vencida o Freg. Campo Sobrado/TOG por 85-48. Também os Sub-18 Masculinos venceram o FAC Famalicão por 68-47. Por fim, os Seniores Masculinos foram derrotados pelo Club 5Basket, por 68-75. Todos estes jogos disputaram-se no Pavilhão da Escola Secundária de Barcelos.

O BCB apenas disputou dois jogos no domingo, um em casa e outro fora. Fora, os Sub-14 Masculinos deslocaram-se a Braga para defrontar o SC Braga “A” e trouxe de lá uma vitória por 54-62. Finalmente, em Barcelos, o BCB – “versão” Sub-12 – recebeu o Maria da Fonte e venceu por 70-50.

Imagem: BCB.

Comemoração dos 900 anos de D. Gualdim Pais contempla várias iniciativas

Setembro 21, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Programa inclui teatro, conferências, caminhada e lançamento de livro sobre o homenageado

Barcelos assinala o 9.º Centenário do Nascimento de D. Gualdim Pais, cavaleiro de D. Afonso Henriques e Mestre da Ordem do Templo, com várias iniciativas hoje e amanhã.



O programa contempla a dupla apresentação do drama histórico “O Fronteiro de Deus – A Vida Heroica de D. Gualdim Pais, o maior monge-guerreiro de Portugal”, pela Nova Comédia Bracarense, hoje e amanhã, no Teatro Gil Vicente, pelas 21h30. Os espetáculos são de entrada livre, sujeita a reserva através do e-mail tgv@cm-barcelos.pt ou do telefone 253 809 694.

Amanhã, pelas 9h30, realiza-se uma subida ao Monte da Franqueira, com partida simbólica do Lugar de Mereces, em Barcelinhos, local onde poderá ter nascido D. Gualdim Pais, sendo que, com vista a facilitar o estacionamento dos participantes, o ponto de encontro será na Escola Rosa Ramalho.

A caminhada tem a colaboração dos Amigos da Montanha, Barcelos Sénior e Grupo Alcaides de Faria. Pelas 11h15, há uma visita guiada às ruínas do Castelo de Faria.

Da parte da tarde, há um conjunto de conferências no Auditório da Câmara Municipal de Barcelos, que começa às 15h30, com o historiador Carlos Alberto Brochado de Almeida a dissertar sobre “A importância do Castelo de Faria na Fundação da Nacionalidade Portuguesa”.

Às 16h00, o professor e investigador António Afonso proferirá a palestra “D. Gualdim Pais – Um Herói Barcelense”.

Por fim, às 17h00, será apresentado o romance histórico “O Fronteiro de Deus – A Vida Heroica de D. Gualdim Pais, o maior monge-guerreiro de Portugal”, do escritor barcelense Fernando Pinheiro, obra em que, aliás, se baseia a peça de teatro apresentada pela Nova Comédia Bracarense, nestes dois dias, no Teatro Gil Vicente.

Além de Barcelos, outros cinco municípios associaram-se ao 9.º Centenário do Nascimento de D. Gualdim Pais. O programa arranca em Barcelos, passará por Braga, Coimbra, Tomar, Vila Verde e terminará em Amares.

Fonte e imagem: CMB.

CP ainda sem definir paragens dos comboios após obras de eletrificação

Setembro 4, 2018 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Presidente do Conselho de Administração da CP – Comboios de Portugal, E.P.E., comunicou à Câmara Municipal de Barcelos que não há ainda qualquer decisão quanto às paragens dos comboios dos serviços Alfa Pendular e Intercidades, na Linha do Minho, após serem concluídas as obras de eletrificação, uma vez que o modelo de oferta a ser implementado ainda não está definido.



Assim, “não têm qualquer fundamento”, as notícias que têm vindo a público sobre as paragens daqueles serviços, nomeadamente, na estação de Barcelos.

A Câmara Municipal pediu esclarecimentos à CP, tendo em conta o prejuízo para a cidade e para o concelho que constituiu a retirada da paragem do comboio Celta em Barcelos, desde 2014. Esta decisão, recorde-se, levou a que a Câmara Municipal aprovasse, por unanimidade, em junho daquele ano, um voto de protesto pela falta do Governo ao compromisso estabelecido com o Município, no âmbito do acordo alcançado no Eixo Atlântico, de uma paragem do Celta na estação de Barcelos.

As obras de eletrificação da Linha do Minho entre Nine e Viana do Castelo deverão estar concluídas em breve, enquanto as obras entre Viana do Castelo e Valença arrancaram no final do passado mês de julho. Juntas, as duas obras, têm um custo de 86,4 milhões de euros.

Fonte e foto: CMB.

Romagem ao Venerável D. António Barroso realiza-se a 2 de setembro

Agosto 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo domingo, dia 2 de setembro, realiza-se a tradicional romagem ao Venerável D. António Barroso, a Remelhe. Este ano, com a particularidade de se comemorar o centenário da sua morte.



António José de Sousa Barroso nasceu em Remelhe, a 5 de novembro de 1854, e faleceu no Porto, em 31 de agosto de 1918. Está sepultado em Remelhe, numa capela mortuária da autoria do arquiteto Marques da Silva. Barcelos erigiu-lhe, por subscrição pública, um monumento, em frente ao edifício dos Paços do Concelho.

D. António Barroso, no momento do seu falecimento, era Bispo do Porto, cargo do qual tomou posse a 24 de junho de 1899, tendo enfrentado, com frontalidade, a perseguição de que foi alvo durante a Primeira República. Para trás, tinha ficado uma vida de missionário e missiólogo, primeiro no Congo (1880-1888) e depois em Himéria (1891-1895), em Moçambique e Meliapor (1898), na Índia.

A sua fama de santidade fez com que o Vaticano, em reunião do Congresso Peculiar dos Consultores Teólogos, de 16 de maio de 2017, reconhecesse as suas Virtudes Heroicas, depois do seu processo de beatificação e canonização se ter iniciado em 1992.

O programa da romagem dita que, pelas 8h30, começa a concentração no Largo da Estação de Comboios de Barcelos. Meia hora depois, deposita-se um ramo de flores no Monumento de D. António Barroso, partindo-se daí para a freguesia de Remelhe, onde o Venerável se encontra sepultado.

Pelas 11h00, celebra-se a eucaristia na Igreja Paroquial de Remelhe, a ser transmitida em direto pela TVI. Por volta das 12h30, dá-se por encerrada a romagem.

António Novo vence Concurso Barcelos Florido pelo segundo ano consecutivo

Agosto 18, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

As varandas de António Novo, no Largo da Igreja, em Barcelinhos, foram as vencedoras, pelo segundo ano consecutivo, do Concurso Barcelos Florido, promovido pela Câmara Municipal de Barcelos com o objetivo de “embelezar o centro da cidade e a freguesia de Barcelinhos, com especial enfoque nas zonas históricas”.



Em segundo lugar, ficou a composição floral da Cooperativa Agrícola de Barcelos, na Rua Fernando de Magalhães.

O terceiro prémio foi atribuído a Maria da Conceição Silva, pelos arranjos florais com que decorou a sua varanda no Largo da Igreja, igualmente em Barcelinhos.

Nesta 14ª edição do Concurso Barcelos Florido participaram mais de 30 varandas de Barcelos e Barcelinhos. De acordo com o Município, “o Concurso Barcelos Florido é uma forma de envolvimento da comunidade local na promoção e animação turística da cidade” e foi criado com o “intuito de valorizar a parte estética da cidade de Barcelos e da freguesia de Barcelinhos, com vista a tornar as ruas, praças e avenidas mais apelativas visualmente e mais atrativas à fruição turística”. Por outro lado, “visa manter a tradição portuguesa de decorar as varandas e janelas que confrontem com o espaço público, potenciando o aparecimento de recantos de grande beleza resultantes da junção da arquitetura urbana com os conjuntos de flores”, salienta o Município.

Este, deu o exemplo através das varandas dos Paços do Concelho e do Posto de Turismo, transformando este dois locais em verdadeiros postais da cidade e valorizando, assim, o trabalho das mais de três dezenas de concorrentes.

A cerimónia de entrega de prémios está marcada para o dia 27 de setembro, Dia Mundial do Turismo, no Posto de Turismo.

Fotos: CMB.

1 2 3 14
Ir Para Cima