Tag archive

Biblioteca Municipal de Barcelos

Ana Sofia Quinta apresenta guia e agenda sobre a gravidez e o bebé na Biblioteca Municipal de Barcelos

Fevereiro 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo sábado, dia 24 de fevereiro, pelas 16h00, a Biblioteca Municipal de Barcelos recebe a apresentação de um guia e agenda sobre a gravidez e o bebé, com entrada livre. O guia e agenda intitula-se “A Gravidez e o Bebé”, de Ana Sofia Quinta, e a apresentação estará a cargo de Sofia Pedrosa.



Ana Sofia Quinta iniciou a sua vida académica na Escola Superior de Saúde do Vale do Ave, licenciando-se em Análises Clínicas e de Saúde Pública. Exerceu a atividade de Analista Clínica e encetou o Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas na Faculdade de Farmácia da Universidade do Porto, tornando-se farmacêutica em abril de 2017.

No Estágio Curricular em Farmácia Comunitária, teve a oportunidade de contactar com diversas gestantes, assistindo às suas dúvidas e receios, quer na fase de gravidez, quer nos primeiros dias de vida do seu bebé. Daí surgiu um grande interesse em desenvolver uma agenda e também guia para as mães.

Este Guia e Agenda foi criado a pensar na gravidez e no 1º ano de vida do bebé, informando, alertando e orientando, para que as mães possam ter uma gravidez plena, desfrutando de cada instante do crescimento do seu “bebé” na sua barriga, encarando os seus receios da melhor forma possível e preparando-as o melhor possível para esta fase da sua vida.

Fonte e imagem: CMB.

Let the Jam Roll em concerto na Biblioteca Municipal de Barcelos

Fevereiro 19, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 24 de fevereiro, às 21h30, no auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos, realiza-se o concerto dos Let the Jam Roll, integrado no festival CA Noroeste ao Vivo, numa colaboração do Crédito Agrícola do Noroeste com a Câmara Municipal de Barcelos, sendo o concerto de entrada gratuita.



Os Let the Jam Roll são naturais de Guimarães. Os seus membros são adeptos de uma sonoridade declaradamente orientada para espetáculos ao vivo, primando pela animação e versatilidade dos temas, aliados a uma mensagem moderna e de forte componente social, permitindo, assim, uma maior comunicabilidade com o público. A banda tem uma vasta influência musical que vai desde o jazz, clássico, blues, funk, rock até aos ritmos afro-cubanos.

O “CA Noroeste ao Vivo” é um projeto da responsabilidade do Crédito Agrícola do Noroeste e apresenta oito concertos, em oito localidades, com o objetivo de fomentar a cultura musical na região onde a instituição bancária está inserida.

Fonte e imagem: CMB.

Biblioteca Municipal de Barcelos expõe “Pincel de Fogo”, de Ana Ribeiro

Janeiro 31, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugura no dia 13 de fevereiro, pelas 15h00, na Sala de Exposições da Biblioteca Municipal de Barcelos, a exposição “Pincel de fogo”, de Ana Ribeiro. Esta é a sua décima segunda exposição individual, que poderá visitada até ao dia 24 do mesmo mês, de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 18h00 e, aos sábados, das 9h30 às 12h30.



Ana da Conceição Leal Ribeiro nasceu em Paços de Ferreira, em 12 de Outubro de 1964. Reside, atualmente, em Barcelos.

É uma autodidata e com ávida curiosidade, que conta com trabalhos em gesso, tela, falsos vitrais e, mais recentemente, piro gravura. A sua obra “A Ressurreição de Cristo”, que se encontra na capela do hospital Padre Américo, em Penafiel, valeu-lhe já a admiração de conceituados artistas.

Fez os seus estudos primários na freguesia de Modelos, seguindo-se o preparatório e o secundário na então vila de Paços de Ferreira. Após o secundário, resolveu entrar no mundo do trabalho e deixar para mais tarde a continuação da formação académica. Toda a sua experiência profissional em departamento de finanças, rádio, clínica dentária e, mais recentemente, como instrutora de condução, contribuíram para a sua maturidade inteletual, que se reflete nos seus trabalhos artísticos, paixão esta que nunca a abandonou.

A veia artística despertou, quando foi galardoada com o 1º Prémio para melhor pintura numa competição no ensino preparatório. Mais do que um reconhecimento, este foi o incentivo necessário para continuar a explorar as várias formas de arte.

Conciliando a sua vida profissional com a artística, participou em vários cursos e workshops, pretendendo a sua evolução técnica. A sua arte inspira-se, tanto em situações do quotidiano, como nos edifícios, museus e igrejas emblemáticas, que muitas vezes visita.

Já participou em várias exposições coletivas e individuais, sendo esta mais um passo no desejo de partilhar com os outros as suas obras e de se afirmar no fantástico mundo da arte.

Fonte e imagem: AB.

Ação de sensibilização “Barcelos cuida do Rio”

Dezembro 26, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

Amanhã, dia 27 de dezembro, entre as 9h00 e as 12h00, decorre uma ação de sensibilização promovida pelo Município de Barcelos através do Pelouro do Ambiente e Desporto, dirigida a todas as crianças inscritas nos diversos programas de férias escolares, tendo como objetivo a divulgação da importância de se cuidar do Rio Cávado e os benefícios daí retirados.



A ação consiste numa breve sessão de sensibilização, a ter lugar no Auditório da Biblioteca Municipal, pelas 9h00, abordando temas como o ecossistema fluvial e toda a biodiversidade que o rodeia, incluindo a problemática das espécies invasoras nomeadamente o Jacinto de Água.

De seguida, será proporcionado a todos os participantes um passeio de barco no Rio Cávado, com a colaboração dos Bombeiros Voluntários de Barcelos e de Barcelinhos, de modo a permitir vivenciar as realidades abordadas previamente.

De acordo com o Município, “esta ação integra-se no projeto de limpeza do Rio Cávado e das margens ribeirinhas, promovido pelo Município, com o intuito de revitalizar e diagnosticar os principais focos de poluição, nomeadamente remoção de espécies invasoras e resíduos”.

Fonte e imagem: AB.

Pedro Chagas Freitas apresenta em Barcelos o seu livro “A Repartição”

Dezembro 13, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O escritor Pedro Chagas Freitas apresenta o seu último livro, intitulado “A Repartição”, amanhã, dia 14 de dezembro, pelas 21h30, na Biblioteca Municipal de Barcelos.



“A Repartição” é um romance envolto numa sátira dos tempos modernos, carregada de ironia e emoção, que retrata a história de um homem que é chamado para uma inspeção numa sombria Repartição de Finanças. É lá que se vai iniciar uma viagem sem retorno pelos mais obscuros segredos, pelos mais íntimos medos, pelos mais imorais desejos.

Como toda a obra de Chagas Freitas, parece teatro do absurdo. Mas a falta de lógica aqui não denuncia o absurdo da vida. Denuncia apenas a incapacidade de Chagas Freitas para ser mais do que um brinca na areia.

Pedro Chagas Freitas nasceu em 1979, em Azurém, Guimarães, e formou-se em Linguística na Universidade Nova de Lisboa, entre 1998 e 2002.

A vida profissional começou, em 1997, quando foi convidado para chefe de redação da revista vimaranense “Estádio D. Afonso Henriques”. Em 2001, começou a escrever para o jornal “A Bola” e, em 2003, também para o jornal “Desportivo de Guimarães”.

Durante o ano de 2004, foi contratado pelo grupo editorial “Impala”, onde esteve como redator de livros genéricos. Em 2005, iniciou o seu percurso no mundo da escrita publicitária, assumindo o cargo de redator criativo na agência de publicidade “Motive”. Publicou, nesse mesmo ano, a sua primeira obra literária, “Mata-me”. Seguiu-se, em 2006, a publicação de “O Evangelho da Alucinação”. Ainda em 2006, venceu o Prémio Bolsa Jovens Criadores, que lhe foi atribuído pelo Centro Nacional de Cultura e pelo Instituto Português da Juventude.

Escreveu, entre 2006 e 2009, biografias e livros genéricos para a editora “Mediapromo”. Publica, desde 2006, crónicas de reflexão e opinião no jornal “Notícias de Guimarães ”. Regressou, entre 2008 e meados de 2010, ao mundo da publicidade, como redator criativo na agência de publicidade IA&RB, onde concebeu anúncios de imprensa e onde se estreou como argumentista, escrevendo guiões de anúncios de televisão e vídeos institucionais. Foi, em 2008, um dos autores convidados a participar na antologia de homenagem a António Ramos Rosa “Um Poema Para Ramos Rosa”. Criou, em 2009, o Campeonato Nacional de Escrita Criativa.

Desde 2001, que é coordenador de sessões de escrita criativa um pouco por todo o país. Ainda neste domínio de trabalho, tem vindo a coordenar e a levar ao terreno seminários e workshops sobre metodologias criativas para professores e formadores.

Ainda em 2010, publicou 10 obras da sua autoria em simultâneo: “A Pele do Medo”, “As Incongruências da Sorte”, “Porque Ris Sabendo que Vais Morrer”, “Gotas de Dor“, “Espasmos de Pânico”, “Espasmos d’Alma”, “Só os Feios é Que São Fiéis”, “Chãos Pisados”, “Separação de Males” e “Envelhenescer”.

Em 2012, estreou-se como apresentador de televisão, sendo o autor e o apresentador da rubrica de literatura do programa MVMagazine, no canal MVM. Em paralelo, criou e apresentou o programa de Rádio “Só Te Quero Pelo Teu Corpo”, da Rádio Fundação.

Ainda em 2012, concebeu e colocou no terreno o primeiro curso de escrita criativa realizado 100% através do Facebook. A 12 de abril do mesmo ano, lançou “Eu Sou Deus”, a sua 17ª obra (um livro de crónica e autodesenvolvimento), no BBC – Belém Bar Café.

Lançou, em novembro de 2012, “Ou é Tudo ou Não Vale Nada””, uma obra escrita em direto e ao vivo ao longo de 2012 minutos.

Em 2013, lançou “In Sexus Veritas””, um romance com mais de 1500 páginas.

Fonte e imagem: CMB.

Câmara Municipal promove Férias de Natal para crianças e jovens do concelho

Dezembro 12, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

Conforme já noticiámos anteriormente, a Galeria de Arte, a Casa da Juventude, o Museu de Olaria, a Biblioteca e o Pavilhão Municipal oferecem um conjunto de atividades de ocupação dos tempos livres para as crianças e jovens do concelho, de 18 a 29 de dezembro, no período de Férias de Natal escolares.



Modelagem e pintura de peças em barro, decoração de pinhas, criação das figuras do presépio, oficina de contos e lendas, teatro, música, jogos didáticos, ténis, hóquei em patins, futebol, karaté, judo e xadrez são algumas das atividades que o Município de Barcelos organiza, no período de férias escolares de Natal, a partir do dia 18 de dezembro, nos diferentes espaços municipais.

No Museu de Olaria, os ateliês das Férias de Natal decorrem entre 19 a 22 e 26 a 29 de dezembro de 2017, entre as 10h00 e as 12h00. O programa de atividades conta com modelagem e pintura de peças em barro, decoração de miniaturas de Natal, pintura de azulejos, criação de presépios e jogos.

As inscrições devem ser feitas através do e-mail museuolaria@cm-barcelos.pt ou do telefone 253 824 741.

Já a Casa da Juventude promove diversas atividades, durante o período de Férias Escolares de Natal, através do Programa de Ocupação de Tempos Livres. O programa decorre de 18 a 29 de dezembro, das 10h00 às 12h00, para inscrições de grupos; e das 15h00 às 17h30, para inscrições individuais, com diversas atividades de expressão plástica alusivas à época.

As atividades são destinadas a crianças e jovens a partir de 6 anos, com inscrição gratuita mas obrigatória, até 15 de dezembro, e deve ser efetuada através do e-mail casadajuventude@cm-barcelos.pt ou telefone 253 814 307.

Biblioteca Municipal de Barcelos leva a efeito o programa “Férias Divertidas”. Além de poderem ler os muitos livros que se encontram à sua disposição na sala de leitura, de 18 de dezembro a 2 de janeiro , as crianças, dos 6 aos 10 anos, podem assistir a contos, oficinas, teatro, música e jogos. Os jovens dos 11 aos 14 anos, de 18 a 22 de dezembro, podem participar numa oficina de Imagens 3D e, de 26 de dezembro a 2 de janeiro, numa dramatização Presépio de Natal.

A participação é gratuita mas sujeita a inscrição prévia, na semana e nas atividades em que se pretende participar. A inscrição poderá ser feita pessoalmente, na Biblioteca Municipal de Barcelos; através do telefone 253809641 ou do e-mail: bibliotecaanimacao@cm-barcelos.pt .

No Pavilhão Municipal, o pelouro do Desporto promove mais uma edição das Férias Desportivas Municipais de Natal de 18 a 29 de dezembro, das 9h30 às 12h00.

As Férias Desportivas fundamentam-se em conceitos educacionais que auxiliam a desenvolver a organização pessoal, responsabilidade, integração social, independência, cooperação, ética, respeito e espírito desportivo. As modalidades em que poderão participar são hóquei em patins, judo, karaté, futebol, xadrez e ténis.

As inscrições encontram-se abertas até dia 15 de dezembro e poderão ser efetuadas no Pavilhão Municipal de Barcelos, entre as 14h30 e as 19h00, de segunda a sexta-feira.

A Galeria Municipal de Arte também se juntou à programação das férias de Natal, apresentando um conjunto de atividades apelativas à quadra natalícia, como ateliês de diferentes tipos, com construções, desenhos e decoração: “Lapónia”; “Uma tarde com artistas plásticos”; “Decoração especial da árvore de Natal”; “Uma cidade…uma história”, entre outros.

As inscrições podem ser feitas presencialmente, na Galeria Municipal de Arte, pelo e-mail galeriamunicipalarte@cm-barcelos.pt e por telefone 253 809 695.

Fonte e imagem: CMB.

“Férias Divertidas” de Natal na Biblioteca Municipal de Barcelos

Dezembro 5, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre os dias 18 de dezembro e 2 de janeiro de 2018, a Biblioteca Municipal de Barcelos leva a efeito o programa “Férias Divertidas”.



Além de poderem ler os muitos livros que se encontram à sua disposição na sala de leitura, de 18 de dezembro a 2 de janeiro, as crianças, dos 6 aos 10 anos, podem assistir a contos, oficinas, teatro, música e jogos. Os jovens dos 11 aos 14 anos, de 18 a 22 de dezembro, podem participar numa oficina de Imagens 3D e, de 26 de dezembro a 2 de janeiro, numa Dramatização de um Presépio de Natal.

A participação é gratuita, mas sujeita a inscrição prévia, na semana e nas atividades em que se pretende participar. As atividades constam na imagem que se segue:

A inscrição poderá ser feita pessoalmente, na Biblioteca Municipal de Barcelos, através do telefone 253809641 ou do e-mail: bibliotecaanimacao@cm-barcelos.pt. Para descarregar a ficha de inscrição, pode aceder (basta clicar no link) a:

http://agenda.barcelos.pt/eventos/ferias-divertidas-de-natal-na-biblioteca-municipal-de-barcelos-2

Fonte e imagens: AB.

Semana da Ciência traz a Barcelos Tim Hunt, Nobel da Medicina em 2001

Novembro 18, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos e a Rede de Bibliotecas Escolares promovem, entre 20 e 25 de novembro, nas escolas, bibliotecas escolares e Biblioteca Municipal, a Semana Concelhia da Ciência, uma iniciativa que tem como objetivo despertar o interesse dos alunos para a ciência através de dezenas de atividades destinadas aos alunos do 1.º ciclo ao ensino secundário.


Tim Hunt

Um dos destaques da programação deste ano é a presença dos cientistas Cláudio Sunkel e Tim Hunt – Nobel da Medicina 2001 que, no dia 21 de novembro, às 9h30, promovem uma sessão no auditório da Câmara Municipal de Barcelos. Às 15h30, decorre, na Escola Secundária de Barcelos, uma homenagem póstuma ao professor Oliver Smithies, Nobel da Medicina 2007.

Outras das presenças em destaque nesta semana da ciência é da escritora Ana Fernandes, autora do livro como “Levo-te às Estrelas”, e do astrofísico Paulo Maurício de Carvalho, que vão estar nas Escolas Secundárias de Barcelinhos e Alcaides de Faria, no dia 23, entre as 10h00 e as 15h00.

Durante toda a semana, nas diversas escolas do concelho, vão decorrer diversas palestras nos estabelecimentos de ensino, com a participação de Nuno Castro, Ana Paula Esteves, Alice Dias, Mário Rui Pereira e Manuel Filipe Costa. Realizar-se-ão, ainda, oficinas, sessões de poesia, sessões de cinema, jogos educativos, exposições e experiências científicas.

A Semana da Ciência encerra, no dia 25, com a realização da oficina “Skill Robotics”, com Carlos Sousa (All Aboard – Learn Robotics), das 10 às 12h00, na Biblioteca Municipal, para famílias com crianças entre os 9 e os 12 anos, sendo necessário para o efeito proceder a inscrições prévias através do e-mail: bibliotecaanimacao@cm-barcelos.pt.

O Dia Nacional da Cultura Científica assinala-se a 24 de novembro, em homenagem a Rómulo de Carvalho, professor, metodólogo, investigador, e autor de manuais escolares, de livros de divulgação científica e de poesia, estes últimos sob o pseudónimo de António Gedeão.

Segue-se o todo o programa:





Fonte e imagens: CMB.

Conferência e exposição assinalam um século de energia elétrica em Barcelos

Novembro 14, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Comemoram-se, no presente ano, cem anos de energia elétrica em Barcelos. Na noite de 13 de novembro de 1917 – portanto, fez ontem 100 anos –, uma terça-feira, foi inaugurada a luz elétrica em Barcelos. Cerca de um ano mais tarde, em 27 de abril de 1918, a então vila de Barcelos ficou completamente iluminada. Nos finais de julho de 1916, chegou à Furada – Penida – o cabo elétrico para conduzir a energia para a iluminação pública e particular de Barcelos. A luz elétrica de instalação subterrânea foi inaugurada em 1 de maio de 1938.



A Câmara Municipal de Barcelos vai comemorar cem anos de energia elétrica em Barcelos com uma conferência a realizar no dia 9 de dezembro, pelas 17h00, no auditório da Biblioteca Municipal. Será orador o Prof. Doutor João Figueira, doutorado em “Estruturas Sociais da Economia e História Económica”, pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, mestre em História Económica e Social Contemporânea, e licenciado em História da Arte, pela Faculdade de Letras da mesma universidade.

Seguir-se-á a inauguração de uma exposição iconográfica e documental sobre o mesmo tema que, depois de exibida na Biblioteca Municipal, percorrerá os estabelecimentos de ensino concelhio.

A luz elétrica veio substituir os 177 lampiões de petróleo existentes (que custavam 30 reis por noite), que iluminavam Barcelos só nas noites em que não houvesse luar, sendo João Francisco da Silva, da freguesia de Alvelos, o último lampianista.

O fornecimento da luz elétrica em Barcelos foi adjudicado, em sessão de câmara de 13 de janeiro de 1916, presidida pelo Dr. José Matos Graça, à firma F. Xavier Esteves & Borges, da cidade do Porto. A energia elétrica era produzida na estação hidroelétrica situada no rio Cávado, no lugar da Penida, freguesia de Areias de Vilar, do concelho de Barcelos e pertencente à Sociedade de Eletricidade do Norte de Portugal, de que Francisco Xavier Esteves e Francisco António Borges eram diretores.

Na altura era presidente da Comissão Executiva Municipal o Dr. José Júlio Vieira Ramos, um monárquico, advogado e notário, antigo líder local do Partido Progressista, que governou em pleno período republicano.

Foi deste modo que o semanário “O Barcelense”, na edição de 17.11.1917, registou este notável acontecimento:

Na terça-feira à noite procedeu-se à experiência da luz eléctrica na zona que abrange a rua D. António Barroso, Campo da República, Campo de S. José, Rua Nova de S. José, Barjona de Freitas, Calçada, Faria Barbosa, rua da Palha, rua da Barreta, rua Miguel Bombarda, rua Duque de Barcelos e Largo José Novais.

As ruas e largos coalharam-se, rapidamente, de gente de todas as classes, parecendo que nos encontrávamos não em Barcelos mas numa cidade de luxo e muito movimentada.

É indescritível o contentamento e entusiasmo que se notava em toda a gente, sendo todos pródigos em elogiar a esplendorosa luz, que melhor não se poderia exigir.

Felicitamos a ex.mª Câmara e os concessionários pelo esplêndido êxito conseguido com este importantíssimo melhoramento, que a todos os barcelenses aproveita e que a todos deve satisfazer e agradar.

A diferença desta bela e poderosa luz da da antiga iluminação a petróleo é tanta como a que existe entre o escuro dum borrão de tinta e a alvura impressionante dos arminhos.

Barcelos progride e nós experimentamos um frémito de entusiasmo que chega a ponto de nos enchermos de orgulho, vaidosos por vermos que esta linda vila se vai engrandecendo, modernizando-se a par das povoações mais importantes do país.

(…)

Não devemos deixar sem reparo o quanto são elogiáveis os serviços dos empregados às ordens dos concessionários que têm provado evidentemente os seus grandes méritos e aptidões para a missão que tão briosamente desempenharam.

Brademos pois: Viva Barcelos! Viva quem trabalha pelo engrandecimento desta terra!”.

A Delegação de Barcelos da “Sociedade da Eletricidade” situava-se no Campo da República, sendo seu diretor o Tenente António Acácio Nunes. Da Secção Técnica, faziam parte o eletricista Gonçalves, o chefe das redes António Ferro e outros auxiliares.

Ainda segundo o referido semanário, na edição de 09.03.1929, numa informação assinada pelo seu responsável, José de Mancelos Sampaio, o processo de remodelação da “Sociedade” prosseguia:

Na passada 2ª feira, 25 do corrente, ficou instalado na cabine nº 8 (Torres) um novo transformador Poege de 50 Kw; e assim todas as três cabines da cidade alta já têm a mesma potência num total de 150 Kw.

Para a cidade baixa (Barcelinhos) passa o transformador de 30 Kw, que estava nas Torres; a potência de transformação em toda a cidade sobe portanto a 180 Kw, o que é importante para a população de Barcelos.

Na rede pública continuarão, persistentemente, as modificações estando por agora em conclusão a melhoria da rede de Barcelinhos.

Na central da Penide e nas aldeias deve em breve – Março ou Abril – iniciar-se outra etapa de trabalhos.

À Sociedade de Eletricidade do Norte de Portugal (SENP) sucedeu-lhe a Companhia Hidro-Elétrica do Norte de Portugal (CHENOP) que praticamente no mesmo local da Furada-Penida, construiria, em 1951, uma barragem. Sob a orientação dos técnicos Francisco Alves Correia Paiva e Bártolo de Oliveira Correia Paiva, seu filho, procedeu-se à eletrificação do concelho de Barcelos.

Um dos presidentes da Câmara Municipal que mais contribuiu para que o nosso concelho fosse dotado de energia elétrica foi o Dr. Luís Novais Machado (1917-1978), que governou os destinos municipais de 20.05.1953 a 06.01.1960, tendo mandado eletrificar 64 freguesias e que ficou conhecido, por isso, como o “presidente das luzes”.

Fonte e foto: CMB.

 

Barcelense Maria Borboleta expõe “Renascimento (ao encontro do Eu)” na Biblioteca Municipal de Barcelos

Outubro 28, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Inaugura, no próximo dia 4 de novembro, pelas 17h00, a exposição “Renascimento (ao encontro do Eu)”, da pintora barcelense Maria Borboleta, que estará patente na Biblioteca Municipal de Barcelos até dia 25 de novembro.



Manuela Vilas Boas, é uma artista autodidata, de nome artístico Maria Borboleta, que nasceu em Barcelos, em 1982. A pintura entrou na sua vida “sem pedir e sem avisar”, e dela, Borboleta se começou a servir para exprimir e expulsar sentimentos e emoções, reflexos da alma transformados em cores e traços abstratos.

O acrílico é a técnica escolhida e a espátula é a sua ferramenta de trabalho preferida.

Fonte e imagem: AB.

Ir Para Cima