Tag archive

Biblioteca Municipal de Barcelos

8º Encontro de Bibliotecas promove inclusão e flexibilidade curricular

Outubro 8, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos promove a oitava edição do Encontro de Bibliotecas de Barcelos com “o objetivo de promover a leitura e o livro”, nos dias 19 e 20 de outubro, na Biblioteca Municipal. Esta iniciativa conta com a colaboração com a Rede de Bibliotecas Escolares de Barcelos e o Centro de Formação da Associação de Escolas dos Concelhos de Barcelos e Esposende.



“Bibliotecas em Linh@: Leitura, Inclusão, Flexibilidade Curricular” é o grande mote deste encontro que irá juntar vários nomes ligados ao ensino e às bibliotecas e onde serão discutidos o papel das Bibliotecas e as estratégias para incentivar os mais jovens à leitura.

O programa do 8º Encontro de Bibliotecas de Barcelos tem início às 14h00, do dia 19, com a habitual sessão de abertura presidida pelo presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, com António Boaventura, do Centro Formação da Associação de Escolas dos Concelhos de Barcelos e Esposende, e com Isabel Mendinhos, do Ministério da Educação.

Depois será apresentado publicamente o projeto “Barcelos a Ler”, que “visa a promoção e valorização da literacia como meio fundamental para potenciar o sucesso escolar”. Este é um projeto destinado aos alunos do 1º ciclo em que o principal foco será criar espaços inovadores para a leitura e escrita para desenvolver as competências de compreensão dos alunos.

O encontro proporciona a todas as pessoas ligadas à promoção do livro e da leitura uma reflexão sobre estes temas e reúne um painel de conferencistas convidados, nomeadamente escritores, professores e investigadores, representantes das várias dimensões constitutivas da comunidade educativa escolar (bibliotecários, professores, educadores, técnicos de biblioteca e animadores culturais, etc.), procurando uma reflexão dialógica em torno de questões emergentes ligadas à importância da literacia e a devida promoção, a organização e gestão de bibliotecas e, num âmbito mais alargado, da formação dos alunos.

O segundo dia é dedicado aos workshops com temas como “A leitura na era digital”, “Como motivar crianças e jovens para a leitura” ou “Especificidades do conto tradicional português” entre outros, com especialistas e docentes.

Barcelos possui uma das maiores redes de bibliotecas escolares do país. São 29 estruturas na promoção dos livros e da leitura, animadas por um programa de atividades culturais desenvolvido em permanência pelo Município de Barcelos.

Fonte e imagem: CMB.

Escritor barcelense António Magalhães apresenta livro na Biblioteca Municipal

Setembro 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Biblioteca Municipal de Barcelos recebe hoje, pelas 21h30, a apresentação do livro de narrativas “Então foi assim”, do barcelense António Magalhães.

História e ficção, lenda e realidade, cruzam-se neste pequeno livro, baseado em acontecimentos ou personagens das terras da freguesia de Negreiros, “tradições e costumes que percorreram gerações”.



O livro e o autor vão ser apresentados pelo professor Mário Patrão, da Escola Secundária Alcaides de Faria, e conta com a participação de Armindo Cerqueira e do pianista António Godinho.

António Martins Magalhães nasceu na freguesia de Negreiros, concelho de Barcelos, em 23 de junho de 1935. Frequentou os seminários franciscanos, onde estudou Humanidades, Filosofia e Teologia. Iniciou a atividade docente em 1976.

Frequentou, de 1978 a 1980, o curso de Línguas e Literaturas Modernas na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. De 1980 a 1982, profissionalizou-se nas disciplinas de Português, Latim e Grego na Escola Secundária Oliveira Martins, no Porto. Interrompido o curso de Letras, frequentou e concluiu o curso de Humanidades na Faculdade de Filosofia de Braga, em 1987. Foi professor de Português na Escola Secundária Alcaides de Faria até julho de 2000, onde orientou o estágio pedagógico ligado à Universidade do Minho, durante cinco anos.

Em 1972, ganhou o “Prémio Capitão Simões Vaz”, de reportagem, instituído pelo “Notícias”, de Lourenço Marques.

Tem colaboração dispersa por diversas publicações, nomeadamente nas revistas “Amanhecer”, “Avenida do Minho” e jornal “A Voz do Minho”. “O Galo da Lenda”, um dos contos vencedores do concurso literário promovido, no ano de 1994, pela Câmara Municipal de Barcelos, integra a coletânea “Pedras no Rio do Tempo”.

Imagem: CMB.

Cidades Criativas da UNESCO apresentam projetos culturais em rede

Setembro 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Biblioteca Municipal de Barcelos é o local escolhido para o Município barcelense receber, no dia 13 de setembro, uma de cinco “talks” sobre a Rede de Cidades Criativas da UNESCO, que irão decorrer ao longo da próxima semana nos municípios portugueses que integram aquela rede, cuja participação é gratuita, mas sujeita a inscrição através de formulário online.



Este ciclo de “talks” tem como objetivo refletir estrategicamente sobre a presença portuguesa na UCCN (UNESCO Creative Cities Network) e sobre o impacto dessa presença nas cidades portuguesas e nos profissionais do setor cultural e criativo português.

Os municípios portugueses membros da UCCN (Amarante, Barcelos, Braga, Idanha-a-Nova e Óbidos) foram desafiados para se juntarem à equipa do projeto de investigação para a dinamização do ciclo 2CN-CLab Talks “Cultura, Redes e Política: Portugal na Rede de Cidades Criativas da UNESCO” e através de um ciclo de cinco Talks sobre a UCCN, a decorrer de forma descentralizada durante uma semana nas cinco cidades, sob o formato de mesas-redondas, pretende promover o debate sobre as caraterísticas do trabalho em rede e a importância estratégica de integrar a UCCN.

O Município de Barcelos é uma entidade pública que tem vindo a desenvolver um trabalho intenso de preservação, valorização e promoção das artes e ofícios tradicionais. A sua integração na Rede de Cidades Criativas da UNESCO permite o reconhecimento internacional da tradição artesanal e da arte popular de Barcelos como um valor patrimonial, histórico e social, a criação de mais postos de trabalho, nomeadamente no turismo criativo e de experiências, o reforço da notoriedade e reputação da criatividade dos barcelenses nas suas diversas artes, a promoção da criação de estruturas de apoio à atividade artística e a valorização das oficinas criativas tradicionais e apoio a novas gerações de artesãos, e este ciclo de conversas informais trará certamente benefícios pela partilha de saberes criativos e know-how.

O 2CN-CLab é realizado no âmbito do projeto “Redes de Cooperação Cultural Transnacionais: Portugal europeu, lusófono e ibero-americano”, que está a ser desenvolvido com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (SFRH/BPD/101985/2014) no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho (Portugal), na Faculdade de Ciências da Comunicação da Universidade de Santiago de Compostela (Espanha) e na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (Brasil).

Programa:

15H00

Frederico Dinis – Artista

Graça Ramos – Comissão de Acompanhamento dos processos de Certificação da Olaria e do Figurado

Manuel Gama – 2CN-CLab

Nuno Rodrigues – Barcelos Creative City

Representante do Centro Cultural de Amarante

Teresa Costa – Adere-CERTIFICA

Fonte e imagem: CMB.

Barcelense Laurinda Brito expõe na Biblioteca Municipal de Barcelos

Julho 17, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Está patente ao público na Biblioteca Municipal de Barcelos a exposição da artista plástica barcelense Laurinda Brito, que decorrerá até dia 17 de agosto.



Maria Laurinda Correia de Brito nasceu em Barcelos, a 4 de abril de 1950, mas reside em Esposende. O gosto pela pintura e pelo desenho surgiu ainda frequentava a escola primária, sendo bastante elogiada e incentivada pela sua professora primaria e, posteriormente, pelos seus professores de desenho do ciclo preparatório e secundário.

No início da década de noventa, decide libertar a sua antiga vocação, tendo começado a frequentar alguns cursos relacionados com as artes decorativas, a decoração de interiores e a pintura a óleo sobre tela. Contudo, este não foi um percurso contínuo, dado que tinha de conciliar os cursos de pintura com a sua atividade docente e as funções de mãe. Por brincadeira, costumava dizer que “ia tirar o pó aos pinceis”.

Atualmente, é orientadora das aulas de iniciação à pintura do Instituto Autodidacta de Estudos Superiores do Minho (IAESM).

Em 1989, participou numa exposição de Artes Decorativas, organizada pela Casa do Professor de Braga, que teve lugar na Casa dos Crivos. Participou, igualmente, em diversas exposições promovidas pelo Centro de Apoio Pedagógico de Barcelos. Em outubro de 2000, expôs no Museu Municipal de Esposende, a convite da Câmara Municipal. Posteriormente, teve oportunidade de expor os seus trabalhos, a convite de Mário Borges, cujo ateliê frequentou, em Braga.

Imagem: AB.

Município de Barcelos adere à Rede Regional de Ludotecas

Julho 6, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos subscreveu, com a Direção Regional de Cultura do Norte e a Associação Cidade Curiosa, um protocolo de colaboração para a execução do projeto “Rede Regional de Ludotecas”, de forma a divulgar e recuperar o jogo de tabuleiro como ferramenta lúdico-pedagógica de socialização e integração.



A sessão de assinatura do protocolo, que decorreu no dia 3 de julho, em Vila Real, contou com a presença da Vice-Presidente da Câmara Municipal, Armandina Saleiro. No âmbito deste protocolo, o Município de Barcelos compromete-se a criar uma ludoteca, a ser instalada na Biblioteca Municipal e no Museu de Olaria, para a qual receberá da Direção Regional de Cultura do Norte o montante de 6.172,38€ para a compra de jogos de tabuleiro.

A Associação Cidade Curiosa tem como papel desenvolver um conjunto de ações de formação, de modo a dotar os técnicos municipais das ferramentas necessárias ao funcionamento da ludoteca que fará parte da Rede Regional de Ludotecas.

O Governo, através do Orçamento Participativo de Portugal, decidiu atribuir três milhões de euros para projetos apresentados por cidadãos, tendo saído vencedores 38 projetos de âmbito nacional e regional, nas áreas da cultura, agricultura, ciência e educação e formação de adultos, em Portugal Continental, e nas áreas da justiça e administração interna, nas regiões autónomas da Madeira e dos Açores. Entre os projetos vencedores encontra-se o projeto 502 Rede Regional de Ludotecas que será implementado nos concelhos de Barcelos, Braga, Esposende, Póvoa de Lanhoso, Viana do Castelo e Vila Verde.

Os objetivos específicos do projeto são a “introdução do jogo de tabuleiro no seio familiar como ferramenta potenciadora de criação/restabelecimento de laços; apoio a lares de idosos em atividades potenciadoras do exercício mental; apoio a escolas na criação de atividades alternativas geradoras de melhoramentos ao nível do raciocínio, concentração, persistência, ao mesmo tempo que se promove o alargamento de grupos”.

Fonte e fotos: CMB.

Biblioteca Municipal de Barcelos tem “Férias Divertidas” para os mais novos

Junho 15, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

O programa “Férias Divertidas”, da Biblioteca Municipal de Barcelos, proporciona aos mais jovens um espaço de relação, aprendizagem e novas experiências.



Assim, de 25 de junho a 27 de julho, para crianças dos 6 a 10 anos, haverá oficinas de leitura, encontros com escritores, visitas na cidade e no concelho, jogos e cinema; e para jovens dos 11 aos 14 anos, haverá oficinas de expressão dramática, oficinas de expressão plástica, experiências científicas, oficinas de leitura, visitas, jogos, música e cinema.

Para as instituições, haverá hora do conto, cinema e viagem à Biblioteca Municipal.

As atividades são gratuitas, mas sujeitas a inscrição através do telefone 253809641 ou do e-mail: bibliotecaanimacao@cm-barcelos.pt. Para descarregar a ficha de inscrição, clique no seguinte link e acederá automaticamente ao local onde a pode encontrar:

http://agenda.barcelos.pt/eventos/ferias-divertidas-de-verao-1.

Fonte e imagem: CMB.

 

Biblioteca Municipal de Barcelos assinala o 130º aniversário do nascimento de Fernando Pessoa

Junho 4, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Os 130 anos do nascimento de Fernando Pessoa vão ser assinalados no dia 6 de junho, na Biblioteca Municipal de Barcelos, com uma palestra subordinada ao tema “Fernando Pessoa: a dispersão – uma maneira de ser moderno”, proferida por Dália Dias, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, pelas 15h00, e a exibição do “Filme do Desassossego”, de João Botelho, com a presença e intervenção do realizador, pelas 21h30.



A iniciativa é do Clube de Leitores da Barcelos Sénior, em parceria com a Câmara Municipal de Barcelos, através da Biblioteca Municipal.

Fernando Pessoa (Lisboa, 13 de junho de 1888 – Lisboa, 30 de novembro de 1935) é uma figura incontornável da cultura portuguesa. Enquanto poeta, escreveu sob diversas personalidades – heterónimos – como Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Alberto Caeiro, sendo estes últimos objeto da maior parte dos estudos sobre a sua vida e obra.

Fonte e imagem: CMB.

Livros da Biblioteca do convento de Vilar de Frades recebem tratamento técnico

Junho 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Os livros da biblioteca do antigo convento de Vilar de Frades, pertença do espólio biográfico da Biblioteca Municipal de Barcelos, estão a ser objeto de tratamento técnico, tendo em vista o seu estudo e valorização.



Este trabalho, que tem vindo a ser realizado desde fevereiro, é um projeto do Instituto de Filosofia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, coordenado por José Meirinhos, financiado pela Direção Regional da Cultura de Norte, no âmbito da candidatura Mosteiros a Norte do Portugal 2020.

O projeto visa o estudo das bibliotecas monásticas no norte do país, desde o período medieval até ao período moderno de constituição das bibliotecas públicas, para compreender o seu papel na difusão e circulação do saber, na constituição de espólios em áreas específicas do saber e na formação de leitores e de escolas.

Após o primeiro contacto com o espólio do antigo convento de Vilar de Frades, constatou-se que havia necessidade de iniciar imediatamente um tratamento preventivo de limpeza e consolidação dos livros, ficando de hora a hipótese de restauro, que implicaria excessivos custos.

Em estudo estão 991 volumes, na sua generalidade em muito mau estado de conservação, que estão a ser objeto do tratamento necessário para os preservar da melhor forma (limpeza, ordenação, consolidação e reacondicionamento), seguindo-se a sua devida catalogação e indexação.

O projeto está dividido em três tarefas: consolidação e catalogação, de 1 de fevereiro de 2018 a 30 de junho de 2018; estudo, de 1 de fevereiro de 2018 a 31 de dezembro de 2019; difusão e publicações, de 1 de novembro de 2018 a 31 de dezembro de 2019.

Serão analisados os melhores meios para a publicação e difusão das publicações que venham a ser realizadas, bem como para o depósito dos livros em condições que favoreçam a sua consulta ou musealização.

A informação produzida será disponibilizada em diferentes suportes: catálogo físico e online e ficheiro em suporte eletrónico.

Fonte e foto: CMB.

Câmara de Barcelos leva a cabo várias atividades para assinalar Dia Mundial da Criança

Maio 25, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Para comemorar o Dia Mundial da Criança, a 1 de junho, o Município de Barcelos levará a cabo, em colaboração com as instituições, várias atividades ao longo desse dia.



A inauguração de um painel de azulejos sobre dos direitos da criança, no Centro Escolar de Viatodos, pelas 10h30, constitui um dos pontos altos do programa. Esse momento ficará marcado pela presença da Presidente e da Vice-Presidente da Direção da Amnistia Internacional Portugal.

Este painel, que é o quarto a ser colocado em estabelecimentos de ensino do concelho, representa o resultado de um trabalho feito pelos alunos do 1º ciclo de todos os agrupamentos de escolas do concelho de Barcelos, coordenado pela Biblioteca Municipal e Museu de Olaria. Esta atividade explora a temática dos direitos da criança, através da narração de histórias e da pintura em azulejos dos vários direitos constantes da Declaração Universal.

No Parque da Cidade, vão realizar-se workshops de modelagem de barro e pintura de azulejos destinados às crianças, promovidos pelo Museu de Olaria. Já a Biblioteca Municipal vai realizar oficinas de leitura “Cola-te às histórias…” e a Hora do Conto “Feitiços e Rebuliços”, durante todo o dia. Haverá, ainda, um mural de pintura para os mais novos. A Escola Secundária de Barcelos junta-se à festa, com muita cor e alegria, oferecendo as pinturas faciais aos mais pequenos.

Outra atividade preparada é a aula de zumba, com o professor Tiago Carvalho, do Projeto Barcelos Saudável, e a apresentação da peça infantil “Cinderela” pela “A Capoeira, Companhia de Teatro de Barcelos”, enquanto a Associação Amigos da Montanha vai dedicar-se às provas de orientação.

Entre histórias, ateliês, cinema, jogos e muita diversão, as crianças poderão aprender, libertar a criatividade, imaginar histórias, pintar, modelar o barro, explorar e inventar num dia que lhes é totalmente dedicado.

Fonte e foto: CMB.

Barcelense Frei Lopes Morgado apresenta livro “Mulher Minha Mãe”

Maio 16, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Frei Lopes Morgado apresenta, dia 19 de maio, pelas 16h00, na Biblioteca Municipal de Barcelos, o seu mais recente livro de poesia “Mulher Minha Mãe”, editado pela Difusora Bíblica.



A sessão cultural contará com a presença do professor e escritor Evandro Morgado, leitura de poemas por Olinda Silva Ribeiro e atuação do Grupo Coral de Areias de Vilar.

Frei Lopes Morgado é Franciscano Capuchinho, natural da freguesia de Areias de Vilar, do concelho de Barcelos, onde nasceu em 23 de abril de 1938. Padre e jornalista, dirigiu a revista Bíblica durante 25 anos e é seu chefe de redação desde o ano 2000. Colaborou na RTP, na RR, na RDP–2 e na TSF, no “Comércio de Gondomar”, no “Diário de Notícias”, no “Almonda” e em várias revistas.

Ligado ao movimento de dinamização bíblica desde 1965, orientou cursos e criou grupos por todo o país, sendo, também, conferencista e orientador de retiros.

Fonte e imagem: CMB.

1 2 3 6

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima