Tag archive

Câmara Municipal de Barcelos

Moto Galos organizam quarta etapa do Campeonato do Minho de BTT DHI 2018

Setembro 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 16 de setembro, Barcelos e o Monte do Facho recebem o Campeonato do Minho de BTT DHI 2018, com o 4º BTT DHI Moto Galos, que, curiosamente, também é a 4ª etapa da competição.



A prova é organizada pela Associação Clube Moto Galos de Barcelos, em parceria com a Associação de Ciclismo do Minho e apoio da Câmara Municipal de Barcelos.

Imagem: ACM.

Museu de Olaria reabre ao público

Setembro 13, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

O Museu de Olaria reabriu ao público ontem à tarde, depois de os resultados das análises efetuadas à qualidade do ar dentro do edifício concluírem que os locais avaliados estão em conformidade com a legislação em vigor.



Recorde-se que, no passado dia 30 de agosto, foi detetada uma avaria na unidade de controle da humidade e temperatura dentro do edifício, que motivou uma intervenção técnica prevista no programa de qualidade que certifica os serviços do Museu.

Por precaução, e apenas durante o período necessário à realização das análises, o Museu de Olaria permaneceu encerrado.

Foto: DR.

Câmara de Barcelos mantém taxas em 2019 e aprova apoios às famílias

Setembro 13, 2018 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, na reunião ordinária de 7 de setembro, as taxas da Derrama, do IMI e da participação no IRS para o ano de 2019.



As taxas da Derrama vão-se manter em 2019, com isenção da cobrança aos contribuintes com um volume de negócios até 150 mil euros e, acima deste valor, será lançada uma Derrama de 1,2% sobre o lucro tributável e não isento gerado na área geográfica do Município. Quanto à participação no IRS dos rendimentos do ano de 2018, a taxa deverá fixar-se nos 5%, ou seja, idêntica à do ano 2017.

No que concerne ao IMI, também vai ser mantida a taxa de 0,35%, bem como os valores de isenção do IMI familiar. Neste caso, a redução da taxa de IMI, que incide sobre os prédios urbanos destinados à habitação permanente em 20€, 40€ e 70€ para as famílias com um filho, com dois ou com três ou mais filhos, respetivamente.

Ainda na mesma reunião, o executivo municipal aprovou a implementação de um serviço experimental de transportes urbanos, que vai começar a operar com dois itinerários na área urbana, a partir do próximo dia 18 de setembro.

Foi, também, aprovado remeter à Assembleia Municipal o reconhecimento de interesse público de uma parcela de terreno onde está projetado construir o Canil e Gatil Municipal, na União de Freguesias de Gamil e Midões.

Aprovados apoios sociais escolares e às famílias

No âmbito dos apoios sociais educativos foi deliberada a comparticipação na aquisição das fichas de trabalho de Língua Portuguesa, Matemática e Estudo do Meio a todos os alunos do 1.º ciclo do concelho de Barcelos, para o ano letivo 2018/2019, uma medida que tem um custo estimado de 117 mil euros.

Foram aprovados, igualmente, os apoios nas refeições escolares a alunos dos jardins de infância e de escolas do 1.º ciclo do concelho. A saber: refeição gratuita a 613 alunos (Escalão A) e comparticipação em 50% do valor da refeição a 991 alunos (Escalão B).

Entre as restantes deliberações, nesta área, contam-se a atribuição de subsídio no valor de 6.500,00€ ao Agrupamento de Escolas Vale D’Este, para aquisição de um pavilhão pré-fabricado; a atribuição de transporte de táxi para aluno portador de deficiência intelectual; a atribuição de um subsídio no valor 1.998,50€ à União de Freguesias de Silveiros e Rio Covo Santa Eulália, para pagamento a tarefeira; a isenção das mensalidades relativas à utilização das Piscinas Municipais para a prática da atividade de piscina, para a época 2018/2018, por parte dos alunos das unidades de apoio educativo especializado e dos alunos com multideficiência do Agrupamento de Escolas Rosa Ramalho.

Ainda no âmbito social, foi deliberado aprovar a proposta de apoio ao arrendamento habitacional a 41 famílias, relativo a processos reavaliados e novos processos.

Subsídios às freguesias

Na reunião de 7 de setembro, a Câmara Municipal de Barcelos aprovou subsídios a 12 freguesias, no valor global de mais de 130 mil euros, destinados a obras em caminhos, muros e alargamentos, abrigos de passageiros e aquisição de terrenos.

Quanto às restantes deliberações destacam-se as seguintes: contratos programa de desenvolvimento desportivo com as duas associações e um atleta no concelho, que incluem uma comparticipação financeira do Município no valor global de 11.900,00€; o apoio financeiro a artesãos barcelenses que participaram na Feira Internacional do Artesanato, em Lisboa, no final do passado mês de junho; a atribuição de um subsídio à Ordem dos Franciscanos Capuchinhos, no valor de 1.000,00€; o acordo de colaboração com a Associação Zoom, que inclui uma comparticipação financeira municipal no valor de 10.655,00€.

Fonte: CMB.

Foto: DR.

Maria João está entre grandes nomes do Jazz ao Largo, em Barcelos

Setembro 12, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A cantora de jazz, Maria João, está entre grandes nomes que, entre hoje e 16 de setembro, vão atuar em espaços de entrada livre, em Barcelos, no âmbito do Festival Jazz ao Largo.



Esta é a terceira edição de um evento cada vez mais consolidado e que, este ano, conta com uma programação de qualidade, que traz grandes nomes do jazz nacional e europeu, como: Maria João / Ogre – Electric Trio, Jade, Jake McMurchie, Julian Sartorius e Lokomotiv, de Carlos Barretto.

O Festival Jazz ao Largo vai decorrer entre o Largo Dr. Martins Lima e a frente ribeirinha, junto à Casa da Azenha, em Barcelos, com entrada livre, mantendo a fórmula da última edição, com os concertos no exterior do Teatro Gil Vicente (Largo Dr. Martins Lima) e as sessões de free jazz na frente ribeirinha da Azenha.

Maria João é um dos nomes mais conhecidos do jazz português e apresenta “Ogre”, a mais recente aventura, um híbrido musical que mistura o jazz e a eletrónica, com uma banda com instrumentação invulgar e uma abordagem artística singular, que leva ao público numa travessia pelo mundo dos sons, saltando fronteiras entre o digital e o analógico.

O Festival abriu hoje, pelas 21h30, no Largo Dr. Martins Lima, com o espetáculo inédito NIB, um projeto de músicos de Barcelos, formado por Ricardino Lomba (eletrónicas), José Moutinho (guitarra), Helena Silva (violino) e Filipe Coelho (esculturas sónicas), que protagonizou um espetáculo único, criando música improvisada em tempo real sobre o filme “Sherlock Jr.”, de Buster Keaton.

A programação prossegue no exterior do Teatro Gil Vicente, com os Lokomotiv (dia 13), Jade (dia 14) e Maria João / Ogre – Electric Trio (dia 15), que começam às 22h00.

A Frente Ribeirinha da Azenha volta a ser palco de sessões de free jazz, durante a tarde, com início às 17h00, por onde irão passar Jake McMurchie (dia 15) e Julian Sartorius (dia 16), que encerra o evento.

À semelhança dos anos anteriores, o Jazz ao Largo oferece ainda um workshop de improvisação, liderado por Jake McMurchie, que conta no seu curriculum com nomes como Portishead, Massive Attack e a National Youth Jazz Orchestra, dos quais foi músico de sessão. O workshop está marcado para dia 15, às 15h00, sendo que os interessados se podem inscrever através do e-mail jazzaolargo@gmail.com.

Organizado pelo Município de Barcelos, o Festival Jazz ao Largo é uma ideia da Associação Burgo Divertido.

Fonte e imagem: CMB.

Conferência “Os municípios e o futuro da energia em baixa tensão – 4 soluções”

Setembro 12, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

A Associação de Estudos de Direto Regional e Local (AEDREL), em parceria com o Município de Barcelos, promove, no próximo dia 14 de setembro, pelas 10h00, no Auditório da Câmara Municipal, uma conferência intitulada “Os Municípios e o Futuro da Energia em Baixa Tensão (BT) – 4 Soluções”.



De acordo com a organização, a conferência “tem como objetivo discutir as principais implicações decorrentes do fim da maioria das concessões de distribuição de energia elétrica em baixa tensão e das alterações importantes neste setor, bem como, dos procedimentos necessários à continuação da exploração da rede”.

A conferência conta com a presença de diversos especialistas e tem como coordenador Carlos José Batalhão (AEDREL). A sessão de abertura será feita pelo Presidente da Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes.

A conferência tem inscrição obrigatória para aedrel@ardrel.org ou 968 115 308, com um valor 15 euros e preços especiais para mais de 3 participantes por entidade. Este valor inclui certificado de participação e destina-se a dirigentes e funcionários dos municípios, freguesias, comunidades intermunicipais e áreas metropolitanas, entre outros.

Fonte e imagens: CMB.

 

Dez mil a vibrar no “Milhões”

Setembro 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Tal como o título faz perceber, foram sensivelmente 10 mil pessoas que passaram pelos “Milhões de Festa” nos quatro dias deste festival que já marca o panorama festivaleiro português e que coloca Barcelos na “boca do mundo”.



Entre 6 e 9 de setembro, os palcos “Milhões”, “Taina”, “Cidade” e “Piscina” viram passar dezenas de grupos nacionais e estrangeiros, com sonoridades diferentes, fazendo com que todos os gostos musicais fossem abordados neste festival.

E por falar em piscina, a Municipal de Barcelos foi o lugar predileto para a maioria dos festivaleiros, que vieram de várias partes do mundo. Pelo menos, quem por entre eles se deslocava, conseguiu escutar trocas verbais em português – claro está –, mas, também, em espanhol, inglês, alemão, entre outras línguas menos conhecidas ao ouvido comum e não muito poliglota.

O festival, organizado em parceria pela Câmara Municipal de Barcelos e a Lovers & Lollypops, levou a palco, entre outros, os barcelenses Indignu, Lena D’Água e Primeira Dama com Banda Xita, Mouse on Mars, The Bug feat. Miss Red, Scúru Fitchádu, Vaiapraia e as Rainhas do Baile, Grabba Grabba Tape, The Evil Usses, Paisiel, DJ K-Sets, DJ Paypal, Cumbadélica, Eduardo Morais, Independent Music Podcasts, Electric Wizard, Squarepusher, Os Tubarões, Nubya Garcia, Gazelle Twin, Circle, The Heliocentrics, 700 Bliss, Bala, Natalie Sharp apresenta BodyVice [Ndr: na foto de destaque], The Mauskovic Dance Band, UKAEA, Warmduscher, Pharaoh Overlord, Mirrored Lips, WWWater, Krake Ensemble, Cacilhas, Afrodeutsche, Ensemble Insano, Suave Geração, Kink Gong, Gonçalo, Tajak e festas temáticas.

Outro momento que ficará inolvidável de quem o viveu, certamente, será o espetáculo de boas-vindas, protagonizado pelos Ensemble Insano, um coletivo de 20 músicos barcelenses, que aconteceu no piso -4 do estacionamento subterrâneo anexo ao edifício da Câmara Municipal. Outra das novidades da edição deste ano foi a “Silent Disco“, com a música a ser transmitida diretamente para os auscultadores entregues à assistência, podendo o público escolher entre os dois DJ’s que punham som em simultâneo. Por isso, foi em modo silencioso que terminou o festival.
O “Milhões de Festa” teve, igualmente, uma parte de responsabilidade ambiental. Este ano, foram servidos copos de plástico reutilizáveis, reduzindo consideravelmente o lixo produzido e contribuindo para um recinto mais limpo.

Fotos: BnH.

 

Cidades Criativas da UNESCO apresentam projetos culturais em rede

Setembro 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Biblioteca Municipal de Barcelos é o local escolhido para o Município barcelense receber, no dia 13 de setembro, uma de cinco “talks” sobre a Rede de Cidades Criativas da UNESCO, que irão decorrer ao longo da próxima semana nos municípios portugueses que integram aquela rede, cuja participação é gratuita, mas sujeita a inscrição através de formulário online.



Este ciclo de “talks” tem como objetivo refletir estrategicamente sobre a presença portuguesa na UCCN (UNESCO Creative Cities Network) e sobre o impacto dessa presença nas cidades portuguesas e nos profissionais do setor cultural e criativo português.

Os municípios portugueses membros da UCCN (Amarante, Barcelos, Braga, Idanha-a-Nova e Óbidos) foram desafiados para se juntarem à equipa do projeto de investigação para a dinamização do ciclo 2CN-CLab Talks “Cultura, Redes e Política: Portugal na Rede de Cidades Criativas da UNESCO” e através de um ciclo de cinco Talks sobre a UCCN, a decorrer de forma descentralizada durante uma semana nas cinco cidades, sob o formato de mesas-redondas, pretende promover o debate sobre as caraterísticas do trabalho em rede e a importância estratégica de integrar a UCCN.

O Município de Barcelos é uma entidade pública que tem vindo a desenvolver um trabalho intenso de preservação, valorização e promoção das artes e ofícios tradicionais. A sua integração na Rede de Cidades Criativas da UNESCO permite o reconhecimento internacional da tradição artesanal e da arte popular de Barcelos como um valor patrimonial, histórico e social, a criação de mais postos de trabalho, nomeadamente no turismo criativo e de experiências, o reforço da notoriedade e reputação da criatividade dos barcelenses nas suas diversas artes, a promoção da criação de estruturas de apoio à atividade artística e a valorização das oficinas criativas tradicionais e apoio a novas gerações de artesãos, e este ciclo de conversas informais trará certamente benefícios pela partilha de saberes criativos e know-how.

O 2CN-CLab é realizado no âmbito do projeto “Redes de Cooperação Cultural Transnacionais: Portugal europeu, lusófono e ibero-americano”, que está a ser desenvolvido com o apoio da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (SFRH/BPD/101985/2014) no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho (Portugal), na Faculdade de Ciências da Comunicação da Universidade de Santiago de Compostela (Espanha) e na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (Brasil).

Programa:

15H00

Frederico Dinis – Artista

Graça Ramos – Comissão de Acompanhamento dos processos de Certificação da Olaria e do Figurado

Manuel Gama – 2CN-CLab

Nuno Rodrigues – Barcelos Creative City

Representante do Centro Cultural de Amarante

Teresa Costa – Adere-CERTIFICA

Fonte e imagem: CMB.

Câmara de Barcelos avança para a construção de canil e gatil

Setembro 10, 2018 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião ordinária de 7 de setembro, remeter à Assembleia Municipal, para deliberação, o reconhecimento do interesse público relativamente ao terreno onde está projetado a construção do Canil e Gatil Municipal, em Gamil.



Trata-se de uma área de 2.560m2 destinada à construção daquele equipamento municipal, sendo aproximadamente 900m2 de ocupação do solo com a implantação das infraestruturas de apoio. A restante área de 1.660,0m2 é considerada não impermeabilizada, usando terra natural/vegetal.

Com a aprovação da nota descritiva e justificativa, bem como da planta geral de implantação do projeto e da submissão à Assembleia Municipal para efeitos de apreciação e votação, o Município considera que “está dado um passo importante para a construção do Canil e Gatil de Barcelos”.

Foto: DR (meramente ilustrativa).

Município de Barcelos avança com serviço experimental de transportes urbanos

Setembro 8, 2018 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, em reunião ordinária de 7 de setembro, a implementação de um serviço experimental de transportes urbanos.



“Enquanto Autoridade de Transportes, no âmbito do disposto na Lei n.º 75/2013, de 12 de setembro, compete ao Município assegurar a gestão e organização da exploração dos serviços de transporte público rodoviário de passageiros”, refere em nota.

Segundo o Plano Nacional de Políticas de Ordenamento do Território, os principais problemas identificados são: a excessiva dependência da rodovia, o uso de automóveis privados, o insuficiente desenvolvimento de outros modos de deslocação, bem como a elevada intensidade energética e carbónica das atividades económicas e meios de transporte.

Ainda na mesma nota, o Município de Barcelos salienta que “pretende inverter essa tendência e desenvolver estratégias que visam incentivar e promover modos de deslocação alternativos ao automóvel, contribuindo assim para uma maior sustentabilidade do sistema de transportes e a descarbonização do espaço urbano, conferindo uma melhor qualidade de vida aos seus munícipes”.

“Nesse sentido, a existência de uma rede de transportes públicos adequada às reais necessidades dos utilizadores constituiu uma condição essencial à garantia do desenvolvimento económico e bem-estar das populações”, continua.

Assim, o Município informa que o serviço experimental de transportes urbanos de Barcelos contemplará dois itinerários – linha vermelha e linha amarela – adequados, na sua opinião, “às reais necessidades da população, servindo os principais aglomerados populacionais e estabelecendo ligação com os principais equipamentos da cidade”.

“Estas duas linhas configuram o primeiro passo para o desenvolvimento de um sistema de transportes integrado, que, para além de servir as deslocações pendulares, irá fomentar a mobilidade para o centro da cidade. As pessoas que até agora não tinham uma alternativa disponível para as suas deslocações por motivos de lazer e compras, poderão usufruir deste serviço aos dias úteis e sábados”, informa ainda.

A área de influência abrange a União de Freguesias de Barcelos, Vila Boa, Vila Frescainha (S. Martinho e S. Pedro) e as freguesias de Arcozelo, Barcelinhos e Rio Covo Santa Eugénia.

A linha amarela, com cerca de 10 quilómetros, ligará Vila Frescainha de S. Pedro a Arcozelo, passando pelo acesso pedonal do IPCA e pela Estação da CP.

A linha vermelha, com cerca de 13 quilómetros, liga o Estádio Cidade de Barcelos à freguesia de Rio Covo Santa Eugénia e à EB 2,3 Rosa Ramalho, em Barcelinhos, passando, ainda, pelas principais escolas.

É garantida uma oferta cadenciada ao longo do dia, de segunda a sexta-feira, com início às 6h40 e término às 19h30, bem como ao sábado de manhã, das 6h40 às 13h30. A linha amarela terá uma frequência de passagem em cada paragem de 40 minutos e a linha vermelha de uma hora.

Os bilhetes simples custarão um euro e o passe mensal 20 euros, sendo que haverá desconto de 50% nos passes para pessoas com mobilidade reduzida, estudantes, reformados, pessoas com idade igual ou superior a 65 anos e menores de 13 anos. As crianças até aos quatro anos não pagam.

Fonte: CMB.

Imagem: DR (alterada e meramente ilustrativa).

Município de Barcelos oferece cadernos de atividades aos alunos do concelho

Setembro 6, 2018 em Atualidade, Concelho, Educação, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos vai oferecer os livros de fichas obrigatórios – Português, Matemática e Estudo do Meio – aos alunos do 1º ciclo do Ensino Básico das escolas de Barcelos e alunos residentes no concelho.



O apoio é concedido a todas as crianças, independentemente do escalão da Segurança Social em que se encontram. Para ter acesso a este apoio, os pais/encarregados de educação devem adquirir as fichas (de preferência em livrarias do concelho), solicitando fatura com a discriminação dos livros e respetivos preços, em nome do aluno, bem como a indicação da escola que o aluno vai frequentar.

Posteriormente, devem entregar a fatura original no Balcão Único da Câmara Municipal de Barcelos, acompanhado do respetivo documento de identificação e número de IBAN.

A data limite para apresentação da fatura é o dia 30 de novembro.

A Câmara Municipal de Barcelos já ofereceu gratuitamente os manuais escolares aos alunos do 1º ciclo antes mesmo do Ministério da Educação ter assumido este apoio e agora passa também a oferecer os cadernos de atividades.

Livros gratuitos até ao 7º ano

No mesmo âmbito, recorde-se que o Município vai implementar, pelo segundo ano consecutivo, o Banco de Livros Escolares que, no ano letivo 2018/2019, vai permitir o empréstimo de manuais escolares aos alunos que ingressam agora no 3º ciclo do Ensino Básico, mais precisamente no 7º ano, em parceria com os Agrupamentos de Escolas do concelho.

A medida implica um investimento municipal a rondar os 70 mil euros, que vão ser destinados à aquisição de cerca de 5000 manuais escolares de disciplinas nucleares como português, matemática, história e geografia, inglês e ciências naturais.

Esta medida, em complemento com a do Ministério da Educação, vai permitir a cobertura de livros gratuitos até ao 7.º ano.

O Banco de Livros é uma iniciativa do Município de Barcelos que disponibiliza gratuitamente manuais escolares, a título de empréstimo. Cada Agrupamento de Escolas ficará responsável pela constituição e gestão do seu Banco de Livros Escolares, com normas e procedimentos definidos por regulamento próprio, coordenando assim os empréstimos de manuais, sem custos para as famílias.

Os encarregados de educação que pretendam ter acesso aos manuais escolares deverão oficializar o pedido junto do seu Agrupamento, sendo que, quem beneficia dos livros durante um ano letivo deve garantir uma prudente utilização dos manuais para que voltem a ser emprestados no ano letivo seguinte.

Para qualquer esclarecimento de dúvidas sobre o Banco de Livros Escolares pode enviar e-mail para educacao@cm-barcelos.pt.

Fonte e foto: CMB.

1 2 3 41

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima