Tag archive

Campeonato Nacional

Óquei de Barcelos perde com Oliveirense em jogo de arbitragem polémica

Novembro 19, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em jogo realizado ao final da tarde de ontem, pelas 17h00, a Oliveirense levou de vencida o Óquei Clube de Barcelos (OCB), por 5-4, num jogo a contar para a 5ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª divisão.



A arbitragem acabou por ser a “figura central” deste jogo, com a equipa barcelense a sair de Oliveira de Azeméis com queixas contra o trabalho dos árbitros.

Tó Neves escalonou Puigbi, Pedro Moreira, Bargalló, João Souto e Ricardo Barreiros para o cinco inicial, ficando Domingos Pinho, Nuno Araújo, Selva, Cancela e Burgaya no banco. Já Paulo Pereira colocou na quadra Ricardo Silva, Juan López, Zé Pedro, João Almeida e Hugo Costa como o cinco inicial, tendo André Almeida, Joca Guimarães, Pedro Silva, Afonso Lima e Marinho ficado no banco.

Iniciado o jogo, e num espaço de cerca de 4 minutos, a equipa de arbitragem mostrou 3 cartões azuis, sendo dois para o OCB (Juan López e Zé Pedro) e um para a Oliveirense (Pedro Moreira). Aos 4 minutos, João Souto falhou o primeiro livre direto do jogo. No entanto, este facto não esmoreceu os barcelenses, partindo o OCB para uma 1ª parte “de luxo”, marcando os 3 primeiros golos da partida, por intermédio de Hugo Costa (0-1), Afonso Lima (0-2) e Joca Guimarães (0-3). Apenas quando faltavam 5 minutos para o término da 1ª parte é que a equipa da casa logrou reduzir a desvantagem, por João Souto (1-3).

A 2ª parte iniciou como a 1ª, ou seja, com um hoquista do OCB a ser admoestado com um cartão azul, ainda nem 20 segundos de jogo havia. Juan López foi a “vítima” e logo pela segunda vez no jogo. No entanto, nesse mesmo momento do jogo, ou seja, em poucos segundos, Joca Guimarães falhou um livre direto para os de Barcelos e João Souto, de novo, marcou para os da casa (2-3). Aliás, num espaço de menos de 1 minuto, o OCB sofreu 3 golos. Muito pouco depois, Pedro Moreira restabeleceu a igualdade a 3 e, ainda ele, colocou a Oliveirense à frente do marcador pela primeira vez no jogo. Entretanto, nem 2 minutos estavam decorridos e já João Almeida tornava a deixar tudo empatado, desta feita a 4 golos.

Depois de uma 1ª parte dominada pelo OCB, a 2ª estava a ser mais repartida e muito mais “animada”, com os da casa a equilibrarem a contenda. A pouco menos de 19 minutos para o final Bargalló falhou um livre direto para a Oliveirense, feito copiado por Marinho, a pouco mais de 11 minutos do fim, mas para o OCB. Um minuto depois foi a vez de Cancela falhar novo livre direto para os da casa. Menos de 3 minutos depois, João Almeida foi admoestado com cartão azul e na sequência desse momento, João Souto falhou novo livre direto.

Como se pode atestar, o jogo estava a ser muito emotivo e Pedro Moreira, a 5 minutos do final, recolocou a Oliveirense na frente do marcador para não mais de lá sair, destacando-se apenas o facto de no período de pouco mais de 1’20’’, que restavam para o término do jogo, terem sido assinaladas 3 faltas ao OCB.

O Óquei de Barcelos encontra-se, agora, na 6ª posição, com 9 pontos em 5 jornadas, e receberá o Paço d’Arcos, pelas 21h30 do próximo dia 29 de novembro.

Óquei de Barcelos: à 4ª jornada surge a primeira derrota

Novembro 13, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em jogo disputado no passado sábado, dia de São Martinho, o Óquei Clube de Barcelos (OCB) deslocou-se à quadra do vizinho Hóquei Clube de Braga (HCB) para mais um jogo do Campeonato Nacional da 1ª Divisão, no caso, para a 4ª jornada.



As equipas minhotas vinham de um trajeto completamente antagónico. Senão vejamos, o HCB vinha de 3 derrotas em outras tantas jornadas, ou seja, ainda não tinha ganho para o campeonato. Já o OCB vinha de 3 vitórias. Como parece óbvio, ainda só sabia ganhar para este campeonato.

Em jogo arbitrado por Paulo Almeida e Júlio Teixeira, o HCB alinhou de início com Xico, Gonçalo Meira, Ângelo Fernandes, Gonçalo Suíssas e Carlos Loureiro. Vítor Silva, treinador bracarense, deixou no banco Gabriel Costa, António Trabulo, Bekas, Rato e Márcio Rodrigues.

Já Paulo Pereira, treinador do OCB, optou por colocar Ricardo Silva, Juan López, Zé Pedro, João Almeida e Hugo Costa no cinco inicial, deixando André Almeida, Joca Guimarães, Afonso Lima, Rúben Sousa e Marinho no banco.

Este foi um jogo em que os marcadores dos golos foram “egoístas”, ou seja, Ângelo Fernandes marcou os 3 golos dos de Braga e Hugo Costa marcou os 2 dos de Barcelos. Ao intervalo, já o HCB vencia por 2 bolas a 0, fruto de duas grandes-penalidades convertidas pelo referido jogador.

Já na 2ª parte, o “sumo” foi diferente, com muitos momentos e situações de golos. Hugo Costa reduziu mas o inspirado Ângelo Fernandes voltou a recolocar a vantagem bracarense em 2 golos. Hugo Costa acabou por fechar o marcador no 3-2 final.

De salientar que Gonçalo Suíssas, Gonçalo Meira e Bekas falharam, cada um, um livre direto para os bracarenses. Os barcelenses, não querendo ficar atrás, também falharam 3 livres diretos, por intermédio de Juan López, Zé Pedro e Marinho.

Sendo assim, o Óquei Clube de Barcelos desce para a 5ª posição, agora em igualdade com o FC Porto mas com este último a ter menos um jogo disputado. Na próxima jornada, o OCB tem mais uma deslocação, desta feita ao terreno de um forte adversário, a Oliveirense, que conta só por vitórias as quatro primeiras jornadas.

Óquei de Barcelos derrota Valongo e continua na senda de vitórias

Novembro 9, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em jogo disputado ontem à noite, no Pavilhão Municipal de Barcelos, o Óquei Clube de Barcelos levou de vencida o Valongo, em jogo a contar para a 3ª jornada do Campeonato Nacional da 1ª Divisão.



O 5 inicial do OCB, orientado por Paulo Pereira, foi composto por Ricardo Silva (capitão), João Almeida (a defrontar a sua ex-equipa), Hugo Costa, Rúben Sousa e Zé Pedro. Joca Guimarães, Marinho, Juan López e Afonso Lima também foram utilizados.

Já o 5 de Valongo, orientado por Alexandre Fernandes, alinhou com Leonardo Pais, Diogo Fernandes, Xavier Cardoso, Pedro Mendes e Rúben Pereira. Guilherme Silva, Poka e Luís Melo foram, igualmente, utilizados.

O Valongo começou muito bem a partida, com Diogo Fernandes a abrir o marcador e pouco tempo depois a bisar na partida. A vantagem de dois golos não durou muito, com Rúben Sousa a reduzir para os da casa. Até ao intervalo não houve mais alterações ao marcador, com ambas as equipas a fecharem a primeira metade do jogo com 9 faltas.

Com o reinício da partida, eis que o OCB mostrou o seu ADN e a sua qualidade, igualando o jogo a 2 golos, com golo de Joca Guimarães marcado pouco depois de Ricardo Silva ter defendido um livre direto, tentado por Daniel Oliveira. Depois, foi a vez de João Almeida falhar, igualmente, um livre direto, pela 10ª falta do Valongo.

Um pouco mais tarde, os forasteiros recolocaram-se em vantagem, com Daniel Oliveira a redimir-se do livre falhado, apontando o 3º golo da sua equipa. Mais uma vez, a vantagem foi “sol de pouca dura” pois Juan López restabeleceu, novamente, a igualdade, através da marcação de um penálti.

O jogo manteve-se aberto e de desfecho imprevisto. Afonso Lima falhou novo livre direto a favor do OCB. Até que a 2’47’’ do final, os homens da casa passaram pela primeira vez para a frente do marcador e de lá nunca mais saíram. Joca Magalhães bisou e apontou o 4-3 e 40’ depois Hugo Costa restabeleceu o resultado final em 5-3 para o Óquei de Barcelos. A vantagem poderia ter sido maior se Hugo Costa, a 35’ do fim, e Juan López, a 1’ do final, não tivessem falhado dois livre diretos.

Com esta vitória, o OCB segue invicto e só com vitórias nas três primeiras jornadas do campeonato, colocando-se em 4º lugar da classificação, com os mesmos pontos de Sporting, Benfica e Oliveirense.

Os árbitros do jogo foram Paulo Rainha, Joaquim Pinto e Pedro Silva. Na próxima jornada, o OCB descola-se ao terreno do “vizinho” Hóquei Clube de Braga, para a 4ª jornada.

Óquei de Barcelos começa nacional na “Catedral”

Outubro 20, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Após a participação na Taça Continental, onde foi eliminado da final pela Oliveirense, no prolongamento, por 4-2, a equipa do OC Barcelos (OCB) arranca, este sábado, com a receção ao HC Turquel, para o campeonato nacional da primeira divisão, em jogo que se disputa no Pavilhão Municipal de Barcelos.



O jogo tem início às 21h30 e para quase meia equipa é a primeira vez que vestem a camisola do OCB.

Recorde-se que da época passada saíram cinco jogadores: Luís Querido (Lodi), Reinaldo Ventura (Viareggio), Álvaro Morais (FC Porto), Miguel Vieira (SL Benfica) e João Pereira, que abandonou a modalidade.

Para os seus lugares foram contratados Mário Rodriguez “Marinho” (ex-Follonica), Juan López (ex-Cremona), João Almeida (ex-Valongo), Afonso Lima (ex-júnior) e Pedro Silva (ainda júnior).

Começa, assim, para o treinador Paulo Pereira, uma longa temporada, onde os objetivos passam por tentar fazer melhor que o quinto lugar, repetir a presença na final da Taça CERS e ir o mais longe na Taça de Portugal.

Por: Miguel Bastos.

Amigos da Montanha comemoram 10º aniversário da secção de Orientação com prova em Barcelos

Outubro 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Os Amigos da Montanha comemoraram o 10º aniversário de existência da sua secção de Orientação, “oferecendo” à população de Barcelos, no passado sábado, uma prova de participação gratuita, no centro da cidade.



Como forma de materializar o carácter inclusivo desta modalidade, foi organizado, simultaneamente, o Campeonato Nacional de Orientação Adaptada, destinada a cidadãos com deficiência intelectual.

De acordo com os Amigos da Montanha (AM), “há 10 anos, um grupo de atletas propôs aos AM a criação de uma secção vocacionada para a prática da Orientação. Os primeiros eventos realizados contaram com a presença de poucas dezenas de pessoas. No passado sábado, apesar de a prova ser classificada como local, portanto sem interesse classificativo, a presença de mais de 150 atletas foi a prova de que a aposta valeu a pena e de que modalidade começa a ter adeptos locais, fruto das muitas ações de formação e divulgação dinamizadas ao longo destes anos de forma crescente pela Associação”.

Mesmo tendo sido de carácter lúdico, há sempre aquele “gostinho” de ganhar, e, por tal, revelamos os lugares do pódio, que ficaram assim atribuídos:

Percurso Fácil
1º classificado Adriano Lopes
2º classificado Vítor Mesquita
3º classificado Gustavo Araújo

Percurso Médio
1º classificado João Rodrigues
2º classificado Benedito Alves
3º classificado Nadine Silva

Percurso Difícil
1º classificado Joaquim Sousa
2º classificado Ana Pacheco
3º classificado Filipe Marques



Fonte e fotos: AM.

Prova de Orientação e Campeonato Nacional de Orientação Adaptada em Barcelos

Setembro 27, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo sábado, dia 30 de setembro, realiza-se, em Barcelos, uma Prova de Orientação e o Campeonato Nacional de Orientação Adaptada, numa organização dos Amigos da Montanha.



A comemorar o 10º aniversário da sua equipa de orientação, os Amigos da Montanha facultarão a todos os interessados a participação gratuita numa prova de Orientação Pedestre, que se realizará nos jardins e praças do centro histórico de Barcelos. A prova terá três percursos com diferentes graus de dificuldade técnica: fácil, médio e difícil. A partida e chegada será no centro da cidade.

De salientar que, mesmo sendo gratuita, a participação carece de inscrição prévia obrigatória por forma a garantir a existência de mapas para todos os participantes. As inscrições poderão ser realizadas através do seguinte link (basta clicar):  http://www.amigosdamontanha.com/?it=event4&co=4835

Noutro plano, a Federação Portuguesa de Orientação atribuiu a organização do Campeonato Nacional de Orientação Adaptada.

Fonte: AB e AM.

Imagem: AB.

Equipa de natação dos Amigos da Montanha presente no Campeonato Nacional

Julho 26, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa de natação Amigos da Montanha/Becri participou, de 20 a 23 de julho, no Campeonato Nacional de Juvenis e Absolutos que decorreu na piscina do Jamor, em Oeiras.

Com a participação de quatro atletas, dois juniores e dois juvenis, a equipa registou mais uma excelente participação em provas nacionais, trazendo para Barcelos alguns recordes pessoais.

Rafael Simões, em juniores, atingiu a final A open e absoluta, nas duas provas em que participou. Foi 7.º classificado nos 100 bruços, com o excelente recorde pessoal de 1:04.74, sendo de registar que foi o único atleta júnior a entrar nesta final. Nos 50 bruços, foi 10.º classificado, com o tempo de 29. 88, sendo o 2.º melhor do escalão de juniores.

Também em juniores, Rui Costa alcançou a final A open e absoluta nos 100 costas, classificando-se em 10.º lugar, com o excelente recorde pessoal de 1:00.10.

Nuno Coelho, juvenil, atingiu a final de juvenis nas provas de 100 costas e 100 livres, classificando-se em ambas no 7.º lugar, com excelentes recordes pessoais de 1:02.00 e 55.20. Nos 200 costas, foi 12.º classificado, melhorando o seu recorde pessoal para 2:18.45.




João Pereira, juvenil, participou nos 100 e 200 costas classificando-se em 42.º e 45.º, respetivamente, melhorando o seu recorde pessoal aos 200 costas para 2:24.90.

 

Fonte e foto: AM.

Fábio Costa, do Centro Ciclista de Barcelos, é vice-campeão nacional de juniores

Julho 3, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Disputou-se, entre a última sexta-feira e este domingo, em Castelo de Vide, os Campeonatos Nacionais de Ciclismo 2017, em cadetes, juniores e femininos.

Mas foi no domingo, na prova em linha do Campeonato de Juniores, que o barcelense Fábio Costa, a representar a equipa CENTRO CICLISTA DE BARCELOS /AFF/ORBEA/ONDA, conquistou o 2º lugar da prova em linha, sagrando-se, assim, vice-campeão nacional de juniores.

O ciclista de Barcelos ficou apenas a 50 segundos do primeiro classificado, Guilherme Mota. Estes dois ciclistas, conjuntamente com Francisco Guerreiro, Francisco Marques, João Salgado e Wilson Esperança “fugiram” do pelotão, logo na primeira das cinco voltas, e animaram a primeira metade da prova.




Contudo, com o avolumar de quilómetros da prova, o grupo foi perdendo elementos e o pelotão foi aproximando-se, num dia de imenso calor.

Fábio Costa foi o único dos escapados que resistiu, entrando na última volta isolado, com quase 3 minutos de avanço sobre um primeiro grupo de 13 ciclistas. Entretanto, Guilherme Mota fugiu do grupo, conseguindo alcançar um já desgastado Fábio Costa, que tinha nas pernas o cansaço de quase uma prova inteira em fuga. Na última subida, o corredor barcelense foi ultrapassado mas, ainda assim, conseguiu conquistar um muito honroso e espetacular 2º lugar, arrecadando o título de vice-campeão nacional de juniores.

Os seus colegas de equipa, João Afonso (23º), Hugo Alves (25º), José Dias (26º), Juliano Silva (48º), João Lopes e Marcelo Silva (não terminaram) foram os restantes representantes da equipa de Barcelos.

Entretanto, na categoria de cadetes, o melhor posicionado desta equipa foi João Silva, no 12º lugar. Rui Alves (14º), João Martins (27º), António Martins (39º), David Duarte (51º), João Munhoz (não terminou), foram os restantes elementos em prova.

Mas estes campeonatos tiveram, igualmente, a prova de contrarrelógio, disputada na sexta-feira, dia 30 de junho.

Em cadetes, o melhor classificado foi, igualmente, João Silva, em 8º. Rui Alves (12º) foi o outro elemento da equipa a participar.

Já em juniores, foi, igualmente, Fábio Costa a conseguir o melhor resultada desta equipa barcelense, terminando em 8º. João Afonso (28º) foi o outro representante a marcar presença.




Fotos: CCB.

MARCA vence o segundo jogo do Campeonato Nacional de Futebol de Praia – Zona Norte

Junho 27, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se, no último domingo, em Apúlia – Praia da Couve –, mais uma jornada da Zona Norte do Campeonato Nacional de Futebol de Praia.

A única equipa representante das terras de Barcelos, o MARCA, de Vila Cova, levou de vencida o GD Vitorino de Piães (Ponte de Lima), por 6-8.

Os homens de Vila Cova entraram a ganhar, por 0-1. No entanto, os de Vitorino de Piães ainda conseguiram uma “remontada“, para 2-1 e, mais tarde, um empate a 3 golos.

A partir deste empate, o MARCA não mais permitiu veleidades aos homens de Ponte de Lima, estando sempre à frente do marcador até ao final 6-8.

Os marcadores de serviço foram: Venda (3); Ivo (2), Taninho (2) e Xeme (1).

O jogo foi, novamente, assistido por bastantes adeptos de Vila Cova, e não só, presentes. A equipa barcelense foi, igualmente, sempre muito acarinhada por todos os banhistas presentes, que puxaram muito pelo MARCA.

É de realçar que esta é a primeira vez que estes jogadores jogam na areia, enquanto, por outro lado, todas as outras equipas já participaram noutras edições. Mesmo assim, o MARCA está em 3º lugar, só com vitorias e com os mesmos pontos (6) que Leixões e Varzim.

O próximo jogo colocará frente a frente, o MARCA e o Salgueiros, domingo, pelas 11h15, novamente em Apúlia – Praia da Couve.




Fonte e fotos: MARCA.

Atletas dos Amigos da Montanha com bons resultados no Campeonato Nacional de Atletismo Sub-18

Junho 26, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A equipa dos Amigos da Montanha (AM) /E.Leclerc Barcelos viajou até Abrantes, nos dias 24 e 25 de junho, para participar no Campeonato Nacional de Atletismo de Sub-18 (Juvenis). As três atletas dos AM/E.Leclerc Barcelos,  que obtiveram marcas mínimas de participação, representaram ao mais alto nível o atletismo de Barcelos.




Beatriz Rios, ainda com 14 anos, ou seja, iniciada de primeiro ano, participou nos 1.500 metros e conseguiu subir ao pódio para a 3.ª posição. A atleta fez uma prova absolutamente extraordinária, terminando com a marca de 4:42,63 e conseguindo baixar o seu anterior melhor registo em 5 segundos. Concorreu, depois aos  800 metros, distância na qual conquistou a 9.ª posição nacional.

Beatriz Rios (à direita)

Também iniciada de primeiro ano, Francisca Veiga, lançou o disco para além dos 29 metros, o que lhe permitiu segurar a 11.ª posição e garantir recorde pessoal.

A juvenil Mónica Costa concorreu aos 3.000 metros e fez uma corrida sensacional, alcançando o 4º lugar com o tempo de 10:35,56. Mónica bateu o seu anterior melhor registo na distância ao qual conseguiu subtrair 9 segundos.

 

Fonte e fotos: AM.

Ir Para Cima