Tag archive

Carlos Sá Nature Events

Jérôme Rodrigues e Fernanda Verde vencem “Serra Amarela SkyMarathon”, organizada pela Carlos Sá Nature Events

Junho 14, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Em pleno junho eis que o feriado nacional de dia 10 começa com uma manhã de inverno, com os cerca de mil participantes na primeira edição da “Serra Amarela SkyMarathon” a partir da aldeia de Entre Ambos-os-Rios, à conquista dessa Serra, em pleno coração do Parque Nacional Peneda-Gerês.



“Como não Amar[ela]?” era a pergunta que se impunha ao longo das semanas que antecediam o evento, nas redes sociais da prova.

A resposta, essa, chegou nesse domingo. Atletas, vindos de todos os cantos do país e de vários outros países, chegavam rendidos à meta, constatando que todos os adjetivos com que o barcelense Carlos Sá, diretor de prova, anunciava este evento não eram em vão.

“No final, estava extasiado e demorei algum tempo a descer à terra. Foi perfeito. Não me ocorre outra palavra. Tudo nesta prova foi perfeito. O percurso 99% em trilho (e que trilho), boa subida, boa descida, marcações impecáveis, 4 abastecimentos super completos, simpatia de toda a gente, ambiente incrível, técnico, duro, com partes para andar depressa, rios para atravessar…até o clima ajudou!” escreveu Filipe Torres no seu blog “Quarenta e Dois”, num relato minucioso sobre os seus 35 quilómetros.

No que à competição diz respeito, os atletas da EDV-Viana Trail conquistaram o pódio em equipa, da prova rainha de 48 quilómetros, que integrou a Taça de Portugal SKY, da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.

O evento contou com quatro provas desportivas: 15, 23, 33 e 48 quilómetros. E uma caminhada solidária de 7km, que reverteu, na íntegra, para os “soldados da paz” de Ponte da Barca.

Jérôme Rodrigues (EDV-Viana Trail) vence SkyMarathon e Bruno Ribeiro (Águias de Alvelos) fecha pódio no 3º lugar

Na prova rainha do evento, a SkyMarathon de 48km, foi Jérôme Rodrigues quem levou a melhor. Em 5h12m16s, o atleta da EDV-Viana Trail conquistou o 1º lugar, com vantagem de apenas 1 segundo sobre o segundo classificado, o seu colega de equipa Ricardo Silva. Bruno Ribeiro, da equipa barcelense Águias de Alvelos, fechou a tríade do pódio masculino desta distância, com um tempo de 5h46m36s.

Fernanda Verde (EDV-Viana Trail) vence, com Susana Simões e Ângela Costa no pódio

Nas mulheres, Fernanda Verde, também da EDV-Viana Trail, conquistou o lugar mais alto do pódio, com 7h03m40s, cerca de 11 minutos menos que a sua colega de equipa, Susana Simões, que conquistou o 2º lugar dos femininos, em 7h14m26s. A atleta da Guimarunning, Ângela Costa, chegou em 3ºlugar, com 7h32m52s.

Nuno Reis  e Liliana Gomes conquistam a SkyRace

Também pelas 7h00, partiram os atletas da prova SkyRace, de 33 quilómetros. Aqui , foi Nuno Fernandes, do Clube Atletismo Fafe, quem arrebatou o 1º lugar, em 3h46m19s. David Gouveia e Francisco Carvalho, ambos da equipa CMMouronho – Escaravelhos, terminaram a prova em simultâneo, com um tempo de 3h48m08s, ocupando os restantes lugares do pódio. Liliana Gomes foi a primeira das mulheres a cortar a linha de chegada. A atleta da Dr. Merino/4moove terminou a prova em 5h21m19s, com uma vantagem de quase 20 minutos em relação à 2ª classificada, a atleta do Olímpico Vianense Trail, Ana Sereno, que terminou o percurso em 5h41m. Fechou a tríade do pódio, a atleta individual Sofia Guerra, com 5h43m.

SkyRace de 23km equipa Dr.Merino/4moove em pleno no pódio e Rita Loureiro a vencer no feminino

Pelas 9h00, partiram as restantes provas. Na prova SkyRace de 23 quilómetros, os três lugares do pódio masculino foram arrecadados por atletas da equipa Dr. Merino/4moove. Paulo Conde foi o 1º, com um tempo de 2h13m54s, com uma vantagem de quase cinco minutos em relação ao 2º classificado, o seu colega de equipa António Rodrigues. Sérgio Duarte foi o 3º membro da equipa a atravessar a meta, com um tempo de 2h19m07s. A atleta individual, Rita Loureiro, foi a primeira mulher a cortar a meta, conquistando, assim, o mais alto lugar no pódio feminino, com um tempo de 2h47m20s, com uma vantagem de 1m43s em relação à 2ª classificada, a atleta individual Elisabete Alves, que terminou a prova em 2h49m03s. Paula Lage, também da Dr. Merino/4moove, fechou o pódio das mulheres.



Abílio Ribeiro e Paula Costa vencem a Mini SkyRace

Na prova mais rápida, a Mini SkyRace, de 15 quilómetros, o pódio começou a ser composto à 1h23m16s de corrida, quando o primeiro atleta cortou a meta. Abílio Ribeiro sagrou-se vencedor desta distância, seguido por José Miranda, que concluiu o percurso em 1h23m37s, e por Bruno Santos, da Associação Desportiva de Amarante, que terminou a prova em 1h23m45s. Paula Costa, da CAAV/TRAIL, foi a primeira mulher a cortar a linha de chegada, em 1h47m11s, seguida de Vera Barbosa, da equipa Nova Linha Trail Runners, que terminou a prova em 1h51m37s. Marta Veloso, da Trogloditas Runners, fechou a tríade do pódio feminino.

No final, Augusto Marinho, presidente do concelho de Ponte da Barca, enalteceu os principais fatores para o sucesso deste primeiro evento em parceria com a Carlos Sá Nature Events: o território, a beleza impar desta serra com trilhos muito adequados para a prática desta modalidade crescente, aliada à experiência e credibilidade do ultramaratonista Carlos Sá na organização de eventos de natureza, que são hoje um fator de dinamização económica muito importante. O facto de os participantes irem acompanhados pelas famílias e alojarem-se na região (esgotando todas as unidades locais), significa um retorno imediato, para além da visibilidade que dá à região.

De realçar que todos os atletas premiados nos pódios de escalões tiveram como prémio um vaso decorativo com um Carvalho, cujo objetivo é o de incentivar à reflorestação das florestas portuguesas, diminuindo, dessa forma, a pegada ecológica na sua deslocação para este evento.

Fonte: CSNE.

Fotos: Luís Ferreira e Ruben Fueyo.

Carlos Sá Nature Events leva a cabo, já dia 10 de junho, a “Serra Amarela SkyMarathon”

Junho 6, 2018 em Atualidade, Concelho, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

É já no próximo dia 10 de junho que a Carlos Sá Nature Events, empresa do ultramaratonista barcelense Carlos Sá, em parceria com o Município de Ponte da Barca e a Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal, leva a cabo a 1ª edição do seu novo projeto, a “Serra Amarela SkyMarathon



A aposta conjunta destas entidades na Serra Amarela, enquanto palco deste evento de SkyRunning, surge do reconhecimento das potencialidades fantásticas desta região, com toda a sua beleza e relevo agreste, para a prática da modalidade, em franco crescimento em Portugal.

É uma serra com uma beleza ímpar, trilhos técnicos e desafiadores, aldeias e gentes que sabem receber bem, ótima para a prática de desportos na natureza e que vai, com certeza, surpreender todos aqueles que aceitarem o desafio de participar, tornando esta prova num evento único.

A 1ª edição do evento “Serra Amarela SkyMarathon” compreenderá várias provas competitivas e será acessível a qualquer atleta. Irão competir nas distâncias de 48Km, 33 Km, 23 Km e 15 Km, sendo que a distância de 48 Km fará parte da Taça de Portugal SKY, da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.

Haverá, também, uma caminhada de 7 Km, cujo valor reverterá a favor dos Bombeiros Voluntários de Ponte da Barca (a inscrição da caminhada pode ser feita no próprio dia, antes da partida). As várias provas terão partida e chegada na aldeia de Entre Ambos-os-Rios, no município de Ponte da Barca.

A Freguesia de Entre Ambos-os-Rios, no Município de Ponte da Barca, será a base logística do evento, facilitando o acesso ao local por parte dos atletas e seus acompanhantes, já que está somente a 10 minutos do centro das Vilas de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez e a apenas 1h do centro do Porto.

Os participantes percorrerão trilhos inóspitos, aldeias preservadas, castelos, rios, vegetação luxuriante e verdejante, com vistas incríveis sobre os espelhos de água da Albufeira de Vilarinho das Furnas e da Albufeira de Tamente, neste maciço montanhoso do único Parque Nacional de Portugal – o Parque Nacional Peneda-Gerês.

No final das suas provas, todos os participantes terão direito a banhos quentes no Pavilhão Gimnodesportivo da Escola Básica de Entre Ambos-os-Rios e reforço alimentar na meta.

Para mais informações sempre pode consultar a página do evento, bastando clicar no link que se segue para aceder automaticamente:

https://www.carlossanatureevents.com/pt/serraamarela

Fonte e fotos: CSNE/DR.

Atletas de 33 países percorrem trilhos da Peneda-Gerês em prova organizada pela Carlos Sá Nature Events

Maio 22, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 12 e 19 de maio, cerca de 300 atletas vindos dos quatro cantos do Mundo usufruíram das paisagens inóspitas de um dos mais belos Parques Naturais. Tudo “à custa” do “Peneda-Gerês Trail Adventure®”, que tem marcado pontos enquanto uma das provas de referência do trail running nacional, mas sendo, sobretudo, no plano internacional que se destaca como uma das melhores provas por etapas, na qual têm marcado presença alguns dos melhores atletas da modalidade.



Este ano, assistiu-se à grande vitória, nos mais de 210 quilómetros que atravessaram todo o Parque Nacional, dos atletas vindos do Brasil. César Picinin (3º classificado em 2016 e 2º em 2017), o mais rápido entre os homens, e Cláudia Nogueira, que conquistou, pelo segundo ano, o lugar mais alto do pódio.

A prova teve início no sábado, dia 12 de maio, em Ponte da Barca, com uma primeira corrida de 15 quilómetros para “aquecer as pernas”.

No dia seguinte, em Arcos de Valdevez, os atletas percorram mais 38 quilómetros. Segunda-feira (14) foi dia da etapa mais longa dos sete dias de prova, com 50 quilómetros entre Sistelo e Melgaço. A principal categoria da prova, Advanced, na terça-feira (15), completou metade da competição, quando os atletas completaram mais 30 quilómetros, tendo, até ali, já percorrido um total de 133 quilómetros, numa etapa entre a Peneda e Lindoso.

Os últimos dias contaram com mais 27 quilómetros, entre Pitões das Júnias e Montalegre, e outros 36 quilómetros na penúltima etapa, entre Mizarela e Gerês.

O encerramento decorreu na Vila do Gerês, com os atletas a percorrem os 15 quilómetros finais, em pleno coração do Parque Nacional Peneda-Gerês.

O título de campeão conquistado por César Picinin na versão Advanced, veio com o tempo total de 21h30m50s. Picinin conseguiu concluir os sete dias com apenas 18 minutos de vantagem para o vice-campeão, o equatoriano Francisco Pinto. Em terceiro lugar ficou o espanhol Imanol Orbegozo, com 22h53m43s.

“Há dois anos atrás, vim para cá competir a Peneda-Gerês e foi a realização de um sonho. Consegui ser campeão, superando atletas muito fortes, o que me faz crer que estou no melhor momento da minha carreira como corredor amador”, salientou César Picinin.

“Significa muito para mim essa vitória, neste lugar que é bastante bonito e especial. Tenho um carinho grande por cada pessoa que está aqui competindo. Você conseguir ser campeão da prova principal do evento, a mais longa e com os atletas de mais alto nível, é algo inacreditável”, destacou o campeão. “A estrutura aqui é incrível. São sete dias em que vira uma grande família. Pessoas do mundo inteiro e todos que vêm, um dia querem voltar. É uma semana de sonho estar na Peneda-Gerês Trail Adventure”, concluiu o campeão.

Na versão Advanced feminina, Cláudia Nogueira completou a prova com um acumulado de 28h11m40s, 3h3m02s à frente da vice-campeã, a alemã Karin Giessen-Vink. No top-3 ficou, ainda, a inglesa Elizabeth Wiggins, com um tempo de 32h26m47s.

“Ser bicampeã foi um presente de aniversário que me dei pelos meus 50 anos. Chegar nesta idade e correr feito uma menina, é muito bom. São frutos das escolhas de ter uma vida saudável, me alimentando de forma correta e dormindo bem, além da prática desportiva. Só a alegria de saber que estou disputando com mulheres de alto nível e conquistando meus objetivos”, enalteceu a campeã da prova.

“Quando queremos alguma coisa, não existem limites. Basta você se dedicar e ter uma preparação bem feita. É uma questão de corpo e mente, além de entrega total. Não é fácil, mas no final é uma alegria que compensa tudo. Gosto muito destes momentos, porque sei que vale cada passo dado para chegar aqui. Vontade e alegria são os segredos para alcançar esta meta”, concluiu Cláudia Nogueira.

Durante os 7 dias de prova, foi possível realizar uma versão starter, percorrendo um total de 118 quilómetros. No pódio masculino, todos os lugares foram ocupados por atletas estrangeiros. O jovem colombiano Juan Sebastian segurou a liderança da prova desde o primeiro dia, com um acumulado de 12h00m56s, seguido por Valmir Júnior, do Brasil, com 12h22m02s, e a fechar o top-3 ficou o francês Guy Poulain, com 14h48m03s.

Na categoria feminina, venceu a belga Martiny Jannick (17h47m29s), com mais de 2h30 à frente das portuguesas Fernanda Esteves e Sylvie Dias, segunda e terceira classificadas.

Este evento contava, também, com uma versão de apenas 4 dias, que terminou na etapa com chegada ao Lindoso. A cerimónia de entrega de prémios decorreu no interior da Barragem do Alto-Lindoso, onde premiou os atletas: Carlos Dias, Argyrios Papathanasopoulos e Julian Thehorel, na versão Advanced.

O pódio feminino Advanced foi preenchido por Linda Christensen, Ana Sereno e Claudia Bernardini. Na versão Starter dos quatro dias os vencedores foram: Ruben Veloso, Bart-Jan Westerhof e José Fernandes. O escalão feminino foi liderado por Florence Beytout, seguida de Aurelia Bidant e Claudia Fasol.

O “Peneda-Gerês Trail Adventure®” teve a participação de 300 atletas de 33 países, numa semana de aventura e descoberta dos fantásticos trilhos do Parque Nacional Peneda-Gerês. Os atletas vieram de lugares tão longínquos como Japão, Singapura, Coreia do Sul, Nova Zelândia, Rússia, África do Sul, Equador, Colômbia ou EUA. De referir, ainda, que os mais representadas foram a Holandesa, Singapurense, Francesa, Alemã e Brasileira.

Estes números vêm confirmar a aposta do barcelense Carlos Sá, organizador da prova, na internacionalização dos seus eventos, mostrando ao Mundo o que de melhor Portugal tem para oferecer em termos de Turismo Ativo e desportos de Natureza. Mas nem só de atletas de elite é feita esta aventura. Hans Schmid, com 78 anos, veio dos Estados Unidos da América e foi capaz de completar este evento, que tem tanto de belo, como de duro, em 40h15m30s.

Como nas edições anteriores, a vertente solidária também esteve presente na edição deste ano. O PGTA Solidário contou com uma prova aberta e duas Caminhadas Solidárias (dia 12 de maio, em Ponte da Barca, e dia 19, na Vila do Gerês), o que permitiu a todos os participantes conhecerem locais únicos e, ao mesmo tempo, contribuir solidariamente com o valor da inscrição para os Bombeiros Voluntários das localidades referidas. Desta forma, a organização quis “honrar o trabalho excecional desta grande instituição, que tanto contribui para conservar a riqueza natural do país”, refere em nota.

A organização do evento ficou a cargo da Carlos Sá Nature Events®, em parceria com a ADERE e os cinco Municípios do Parque Nacional Peneda-Gerês. Contou, ainda, com o apoio das forças de proteção e socorro, associações e juntas de freguesias locais.

A edição 2019 já tem data marcada para de 13 a 19 abril e será possível realizarem a inscrições já a partir desta semana, em www.carlossanatureevents.com (basta clicar no link para aceder automaticamente).

 

Fonte: CSNE.

Fotos: DR.

Carlos Sá Nature Events organiza mais um “Peneda-Gerês Trail Adventure”

Maio 10, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Eis que está de volta o Peneda-Gerês Trail Adventure, onde cerca de 300 atletas, de 33 países, participam em mais uma semana de aventura e descoberta dos trilhos do Parque Nacional Peneda-Gerês.



A prova é organizada pela Carlos Sá Nature Events, do ultramaratonista barcelense Carlos Sá, em parceria com a ADERE e os cinco municípios da área do Parque. Conta, ainda, com o apoio de forças de proteção e socorro e, também, de muitas associações e juntas de freguesias locais.

Entre 12 e 19 de maio, os atletas competirão em três provas diferentes, mais duas caminhadas solidárias com as inscrições a reverterem para os bombeiros voluntários.





Este ano, a prova desenrola-se em 7 ou 4 etapas, ao longo de 7 ou 4 dias, respetivamente, durantes os quais os atletas poderão apreciar e usufruir das belezas ímpares do único Parque Nacional do país.

Tal como nas edições anteriores, a vertente solidária também estará presente na edição deste ano desta prova. O PGTA Solidário, que conta com uma prova aberta e duas caminhadas solidárias, uma a 12 de maio, em Ponte da Barca e outra a 19, na Vila do Gerês.

Aliás, é no centro desta Vila que se realiza a festa de encerramento, desta prova que reúne atletas de, entre outros, Japão, Singapura, Coreia do Sul, Nova Zelândia, Rússia, África do Sul, Equador, Colômbia, EUA, Holanda, França, Alemanha e Brasil.

Fotos: PGTA/CSNE.

 

 

Barcelense Carlos Sá apresenta a “Serra Amarela SkyMarathon”

Fevereiro 26, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No dia 24 de fevereiro, sábado, a Carlos Sá Nature Events, do conhecido ultramaratonista barcelense Carlos Sá, apresentou o seu novo projeto “Serra Amarela SkyMarathon”.



A apresentação contou com uma prova de Free Running, com o mote de se descobrir os trilhos da Serra Amarela. Entre Ambos-os-Rios, no concelho de Ponte da Barca, foi o ponto de encontro.

Por volta das 14h00, cerca de 50 atletas partiram, percorrendo uma distância de 15 Km e passando pela aldeia de Ermida. Os participantes neste Free Running puderam apreciar as fantásticas paisagens e experienciar um pouco dos trilhos que os receberão no próximo dia 10 de junho, dia marcado para a realização do evento.

Pelas 17h00, nos Paços do Concelho, seguiu-se a apresentação oficial, contando com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca, do Presidente da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal, da Vereadora do Desporto, Cultura e Turismo do Município de Ponte da Barca, do Presidente da Junta de Freguesia do Lindoso e da Presidente da Junta da União de freguesias de Entre Ambos-os-Rios, Ermida e Germil, todos eles parceiros na organização do evento.

Os discursos foram unânimes em classificar a região como ótima para a prática de desportos na natureza e em classificar a Serra Amarela, com toda a sua beleza e relevo agreste, como ótima para a prática de SkyRunning, modalidade em franco crescimento em Portugal.

Foi, ainda, projetado um vídeo promocional do evento, a que pode aceder automaticamente, clicando neste link:

https://www.facebook.com/AmarelaSkyMarathon/videos/864346123770098/

Carlos Sá, mentor e organizador do mesmo, foi comentando o vídeo, com explicações sobre aspetos mais técnicos relacionados com a prova.

A 1ª edição do evento “Serra Amarela SkyMarathon”, que se realizará no Dia de Portugal, dia 10 junho, compreenderá provas competitivas nas distâncias de 48 Km, 33 Km, 23 Km e 15 Km, sendo que a distância de 48 Km fará parte da Taça de Portugal SKY, da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal. As várias provas terão partida e chegada em Entre Ambos-os-Rios, no município de Ponte da Barca.

As inscrições são limitadas e já se encontram abertas em (basta clicar no link para aceder automaticamente):

https://carlossanatureevents.com/serraamarela.html

Fonte e fotos: CSNE.

“Gerês Extreme Marathon” com grande participação e barcelense Fátima Melo vence em Femininos

Dezembro 6, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado fim de semana de 1 e 2 de dezembro, as ruas da Vila do Gerês receberam os atletas que se aventuraram a participar na 4ª edição da “Gerês Extreme Marathon” – “a maratona mais bela e mais dura do mundo!”, segundo a organização.



Organizada pela Carlos Sá Nature Events, com a supervisão do conceituado ultramaratonista barcelense Carlos Sá, em parceria com a Câmara Municipal de Terras de Bouro, do Turismo do Porto e Norte de Portugal e com o apoio de vários patrocinadores.

Percorrendo as estradas de montanha do único Parque Nacional de Portugal – o Parque Nacional Peneda-Gerês (PNPG) –, os 1450 atletas, de 12 nacionalidades, que se aventuraram na “Gerês Extreme Marathon” usufruíram de paisagens e cenários de montanha incríveis, rodeados de vegetação luxuriante e verdejante, com vistas sensacionais sobre os espelhos de água da Albufeira de Vilarinho das Furnas e da Albufeira da Caniçada.

A harmonia com as florestas nativas portuguesas e com o silêncio tão característico da montanha do Parque Nacional Peneda-Gerês foram apenas quebrados pela dureza e desnível positivo da prova. A “Gerês Extreme Marathon”, com 1350m de desnível positivo, levou os atletas da prova “rainha” desde a Vila do Gerês até à Pedra Bela, numa subida vertiginosa, seguida de uma grande descida e nova subida até à Portela de Leonte. Apenas com 18 km percorridos, mas já com cerca de 2/3 do desnível positivo percorrido, os atletas percorreram a mata da Albergaria passando pelo Museu da Geira, no Campo do Gerês, ao quilómetro 32, e rumaram a nova subida até ao alto da Calcedónia, altura em que iniciaram a vertiginosa descida de regresso à meta.

O primeiro atleta a cortar a meta foi o búlgaro Mihail Lalev, do SPORTING CLUBE DE BRAGA, que, pela quarta vez consecutiva e com o tempo de 2:48:13, voltou a vencer a “Gerês Extreme Marathon”, não dando hipótese aos seus mais diretos concorrentes, batendo, inclusive, o seu próprio recorde em 17 segundos. Partilharam o pódio, os atletas Diogo Fernandes, da DR. MERINO/4MOOVE, com 02:54:27, em 2º lugar e, no 3º lugar, classificaram-se, ex-aequo, Leonardo Diogo (CLUBE AVENTURA DA MADEIRA) e Luís Gil (DECATHLON MAIA), com o tempo de 03:01:05. Nas concorrentes femininas, a barcelense Fátima Melo (individual) [ndr: foto de destaqueconquistou, pela terceira vez consecutiva, o lugar mais alto no pódio, com 03:20:44, batendo também o seu próprio recorde em 3m:25s. Seguiram-se Alice Lopes (GINÁSIO FIT 4 FUN), com 03:46:08, e Isabel Moleiro (SS CGD) com 03:49:13.

Para além da prova “rainha” de 42 km, a “Gerês Extreme Marathon” contou, também, com mais três provas em diferentes distâncias. Com a distância de 42 Km mas em estafetas, os atletas puderam participar em equipas de três elementos e partilhar a dura prova, passando o testemunho entre os diferentes elementos da equipa, com o 1º segmento de 14Km e 750m de desnível positivo, o 2º segmento de 15.5Km e 350m de desnível positivo e o terceiro e último segmento de 12 km e 200m de desnível positivo. As distâncias de 21Km e 670m de desnível positivo e de 13 Km e 540m de desnível positivo fecharam o leque das opções de participação. Todas as provas tiveram partida e chegada no centro da Vila do Gerês.

A grande novidade deste ano da “Gerês Extreme Marathon2 foi a “Extreme Mile!”. Esta decorreu no dia 1 de dezembro, pelas 11h00, e procurou dar a conhecer novos locais do PNPG num desafio curto mas bastante exigente e audaz. Os intrépidos participantes tiveram de correr uma milha com uma inclinação média de 35% e 525m de desnível positivo. Com partida na Albufeira da Caniçada e com chegada no miradouro das Voltas de São Bento, os atletas percorreram a árdua distância tendo como pano de fundo a bela paisagem da Albufeira da Caniçada ladeada pelas suas belas montanhas. O grande vencedor desta primeira edição da “Extreme Mile!” foi José Pereira, que só precisou de 00:23:32 para percorrer a totalidade do percurso e colocar-se no primeiro lugar do pódio. Já no lado feminino, foi Dores Cachetas, com o tempo de 00:44:56, quem se sagrou vencedora.

Procurando divulgar os usos e saberes culturais das Gentes e Habitantes do Parque Nacional da Peneda Gerês, a Carlos Sá Nature Events associou-se à ATACE – Associação Turística da Aldeia Comunitária da Ermida, que levou a cabo um vasto programa de atividades culturais, que deram aos visitantes a possibilidade de conhecer e experienciar algumas das práticas comunitárias ancestrais que são características das aldeias desta região. A Chegada da rês, a Apanha e o Enfarne da Azeitona no Lagar de Azeite Comunitário, o Chamado do Povo, provas de sabores e convívio à fogueira foram algumas das atividades das quais os visitantes da aldeia da Ermida puderam disfrutar nesta tarde proporcionando bons momentos de diversão e contato com mais um dos tesouros do PNPG: a sua cultura.

Houve, ainda, lugar para que a Carlos Sá Nature Events continue a preservar os espaços que utiliza e procura divulgar, ao contribuir para a reflorestação das montanhas do nosso país, com uma ação de plantação de árvores autóctones pelos participantes nesta tarde cultural. Foi, também, esta a razão pela qual a medalha de finisher da “Gerês Extreme Marathon” ter sido feita a partir dos troncos de uma planta invasora do Parque Nacional Peneda-Gerês: a Acácia-Mimosa.

A parte da cultura “saudou”, igualmente, os atletas dos 42Km, 21Km e 13Km à chegada à meta, ao proporcionar a todos a já tradicional e habitual “sopa do pote”, feita em pote de ferro fundido e lentamente cozinhada ao sabor das quentes brasas que nem o frio do momento conseguiu apagar.

Em mais um ano consecutivo, a “Gerês Extreme Marathon” mostrou ser uma ótima oportunidade para dar a conhecer uma das mais belas regiões de Portugal, as suas gentes, os seus costumes e a sua gastronomia, não só aos milhares de atletas nacionais que participaram e suas famílias, bem como aos atletas internacionais cuja participação vai aumentando ano após ano, revelando-se, desta forma, um importante “porta-estandarte” na promoção de Portugal, do Minho e em particular do Parque Nacional Peneda-Gerês.



Nas restantes provas competitivas os resultados foram os seguintes:

21Km (masculino)

– Paulo Mendes (individual) – 01:20:08;

– Emil Krhel (LAUFSPORT SAUKEL B_FASTER) – 01:22:40;

– Nuno Fernandes (CLUBE ATLETISMO DE FAFE) – 01:22:56.

21Km (feminino)

– Diana Sousa (CENTRO CICLISTA DE GONDOMAR) – 01:37:47;

– Anita Costa (ROYAL WELLNESS CENTER) – 01:48:50;

– Rita Ribeiro (CORRER LISBOA) – 01:49:15.

13 km (masculino)

– José Pereira (AMA): 00:49:22;

– Ricardo Castro (SOCIEDADE RECREATIVA CEPANENSE) – 00:51:05;

– Nuno Carneiro (CLUBE ZUPPER) – 00:51:37.

13 km (feminino)

– Cristiana Ferreira (RUNNING ESPINHO) – 00:59:53;

– Sandra Araújo (TEAM GINÁSIO CORPOS 3) – 01:04:33;

– Tatiana Silva (LION RUNNERS – G.D. LEÕES DA GUARDA) – 01:07:10.

42Km Estafetas

– GRUPO DESPORTIVO UNIDOS DO CANO – 03:02:06;

– CENTRO CICLISTA DE GONDOMAR 1 – 03:03:29;

– GRUPO DESPORTIVO SANTANDER TOTTA – 03:04:55.

 

Fonte e fotos: CSNE.

Carlos Sá Nature Events apresenta “Serra Amarela Sky Marathon”

Novembro 29, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

ATUALIZAÇÃO

Por motivos de saúde de uma das entidades envolvidas na organização do evento, a cerimónia de apresentação de amanhã foi adiada para data que será oportunamente anunciada. Por esse motivo, a informação que consta nas duas primeiras frases fica sem efeito.

No próximo dia 30 de novembro, quinta-feira, o ultramaratonista barcelense Carlos Sá, através da sua empresa CARLOS SÁ NATURE EVENTS, apresenta o seu novo projeto para 2018: a “Serra Amarela Sky Marathon”.



A cerimónia de apresentação decorrerá nos Paços do Concelho de Ponte da Barca, pelas 16h30.

A Serra Amarela Sky Marathon é um projeto organizado, como referido, pela CARLOS SÁ NATURE EVENTS, com o apoio da Câmara Municipal de Ponte da Barca e da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.

Realiza-se a 10 de junho de 2018, feriado nacional, contando, a organização, com a participação de mais de 1000 atletas. As partidas e chegadas serão em Entre Ambos-os-Rios. Irá integrar a SKYRUNNER NATIONAL SERIES e passará por, entre outras, Germil, Louriça, Ermida e Lindoso. Terá 3 opções de prova, com a mais curta a ser de 15km, passando por uma de 33km e sendo a mais longa de 48km.

Já a Serra Amarela é a nona maior elevação de Portugal Continental e um dos maiores relevos que fazem parte do Parque Nacional da Peneda-Gerês, atingindo os 1364 metros de altitude em Louriça.

Fonte: CSNE.

Imagem: CSNE (alterada).

Carlos Sá Nature Events® organiza “Grande Trail Serra d’Arga 2017”

Setembro 18, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo fim de semana, de 23 e 24 de setembro, realiza-se a VII edição do Grande Trail Serra d’Arga (GTSA), numa organização da Carlos Sá Nature Events®, empresa do reconhecidíssimo ultramaratonista barcelense Carlos Sá.



É nesse fim de semana que a maior festa do trail nacional voltará ao Minho, numa edição que vai envolver cerca de 2500 atletas, contando com seis provas de vários níveis de dificuldade e para todas as idades e perfis: GTSA Ultra Trail 53 Km, Trail Longo 33 Km e 21 Km, Trail Curto 14 Km, Caminhada 7 Km e Trail Jovem.

O Grande Trail da Serra D´Arga é organizado, como referido, pela Carlos Sá Nature Events®, com o apoio e colaboração da Desnível Positivo. Conta, ainda, com a colaboração das Câmaras Municipais de Caminha, Viana do Castelo e Ponte de Lima, Juntas de Freguesias de Dem, São Lourenço da Montaria, Estorãos, Arga S. João, Arga de Cima e Arga de Baixo.

Para os municípios que colaboram com a empresa de Carlos Sá, esta é uma excelente oportunidade de divulgar a região através de um desporto emergente. Com um crescimento impressionante em anos anteriores, volta a ser uma das maiores provas do Circuito Nacional de Ultra Trail, tendo sido, este ano, a prova escolhida como Taça de Portugal de Ultra Trail.

De acordo com nota enviada pela empresa a este jornal, “esta edição vai, também, bater recordes no que respeita ao número de nacionalidades presentes, já que são esperados cerca de 2500 atletas, oriundos de vinte e quatro países diferentes, com destaque para Espanha, França, Cabo Verde e Portugal”.



O evento desportivo conta com várias provas durante os dois dias. No primeiro dia vai decorrer a “prova rainha”, o Ultra Trail de 53 km, marcado para as 9h00, com um desnível acumulado de 6000 metros, tendo início e fim no centro da freguesia de Dem, no Município de Caminha. Nesse mesmo dia, realiza-se, igualmente, o Trail Jovem, pelas 17h00, na aldeia de Dem, junto à meta do Ultra Trail, estando previstos vários escalões e distâncias (desde os 500 aos 2000 metros).

No dia 24 de setembro, decorrem, em simultâneo, três provas competitivas: O Trail Longo, com 33 km e 21 km, e o Trail Curto, com 14 km. Haverá lugar, ainda, para uma caminhada, com a distância de 7 km. Todas as provas são circulares, com partida e chegada a S. Lourenço da Montaria, no Município de Viana do Castelo.

A empresa termina com um apelo aos leitores: “O GTSA é mais que uma prova de Trail. É um encontro de amigos, uma celebração em família, um destino de lazer e diversão. Não faltes! Vem participar ou apoiar os atletas e maravilhar-te com a beleza da majestosa Serra d’Arga!”

Para mais informações, deve consultar (basta clicar):

http://carlossanatureevents.com/evento.aspx?idEvento=GTSA

Fonte e imagens: CSNE.

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima