Tag archive

Carlos Sá

Grande Trail Serra d’Arga 2019 adiado para 14 de setembro

Setembro 6, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Prova adiada devido à situação de alerta para Portugal Continental

Pelo 9º ano consecutivo, a Carlos Sá Nature Events brinda os amantes do trail com mais uma edição do Grande Trail Serra d’Arga – GTSA 2019. Contando com o apoio dos Municípios de Viana do Castelo e Caminha, das Juntas de Freguesia locais e vários patrocinadores, a Serra d’Arga será, novamente, palco para mais uma grande competição do trail running nacional.



No entanto, em virtude do despacho  conjunto do Ministro da Administração Interna e do Ministro da Agricultura Florestas e Desenvolvimento Rural, que  declara “Situação de Alerta para o período compreendido entre as 00h do dia 4 de Setembro e as 23h59 do dia 8 de setembro de 2019, para todo o território de Portugal Continental” e decreta “Proibição do acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais, previamente definidos nos Planos Municipais de Defesa da Floresta contra Incêndios (PMDFCI), bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais.”, e do parecer desfavorável do ICNF, a organização ficou impedida de realizar a prova GTSA Desafio Vertical no próximo domingo 8 de setembro 2019.

Assim, tudo começará na manhã do dia 14 de setembro 2019 (prova adiada em uma semana) com o GTSA Desafio Vertical, que marcará de forma festiva a apresentação oficial da prova. O GTSA Desafio Vertical será, de resto, uma das grandes novidades desta 9ª edição, na qual os participantes poderão desafiar-se, quer por trilho, quer por estrada, para atingir o mítico Alto da Sra. do Minho. A partida de ambas as provas será em simultâneo, mas com localizações diferentes: o Desafio Vertical Trilho partirá da aldeia de Estorãos e o Desafio Vertical Estrada partirá da aldeia da Montaria. A disputa entre os apreciadores da corrida de estrada e os apreciadores dos trilhos espera-se renhida, numa das subidas mais emblemáticas do Grande Trail Serra d’Arga!

Ao Desafio Vertical seguir-se-á a conferência de imprensa para a apresentação oficial do GTSA 2019, na Junta de Freguesia da Montaria, pelas 12h00, com a presença do Diretor do Evento, o ultramaratonista Carlos Sá, e das demais entidades parceiras.

A festa continuará no fim de semana de 21 e 22 de setembro com as restantes distâncias competitivas. A organização espera, como habitualmente, a participação de cerca de 2500 atletas que competirão em seis provas de vários níveis de dificuldade e para todas as idades e perfis: GTSA Ultra Trail 55 Km, Trail Longo 37 Km e 27 Km, Trail Curto 17 Km, Caminhada 12 Km e Trail Jovem.

Este ano, os novos campeões do Campeonato Nacional de Trail ficarão a ser conhecidos no GTSA 37KM. O GTSA 55km é, também, uma das provas que integra o Calendário do Circuito Nacional de Ultra Trail da ATRP.

A menos de 1 mês da prova estava já confirmada a presença de atletas oriundos de 19 países diferentes, com destaque para Portugal, Espanha, Cabo Verde e Estados Unidos da América.

“O GTSA é mais que uma prova de Trail. É um encontro de amigos, uma celebração em família, um destino de lazer e diversão. Não faltes a um dos mais emblemáticos eventos do calendário de provas do trail nacional. Vem participar ou apoiar os atletas e maravilhar-te com a beleza da majestosa Serra d’Arga”, conclui a organização.

Foto: CSNE.

Barcelenses Inspiradores: Fernando Rodrigues

Julho 4, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Entrevistas, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora

Eu sou a Sandra Santos, uma jovem barcelense inquieta, que tem como paixões a poesia, a arte, a cultura, a natureza, a espiritualidade e a vida. O meu maior objetivo é evoluir como consciência humana e espiritual, de forma a poder influenciar positivamente o mundo.

O meu nome é Iara Brito, sou barcelense e apaixonada por viagens e desvendar novos locais e culturas. Aprecio a leitura e gosto de observar e aprender sobre o comportamento humano. Como criminóloga, sou um irremediável questionadora.

O último “Barcelenses Inspiradores” deu a conhecer Cátia Oliveira. Desta vez, o jovem dinâmico Fernando Rodrigues irá contagiar-nos com o seu lema de vida.

Se tiver interesse em participar ou em sugerir alguém inspirador para esta rubrica, escreva para o email: barcelensesinspiradores@outlook.pt.



Fernando Rodrigues, amante do desporto, vê na atividade física a forma de se atingir a tranquilidade e felicidade que o ser humano precisa.

A sua vontade de aprender e evoluir, como profissional e pessoa, faz com que procure, constantemente, o conhecimento. E disso é prova o seu Curriculum. Fez licenciatura e mestrado no ISMAI; concluiu o Curso REP da Escola de formação “REP Exercise Institute”; o curso de musculação e cardiofitness e de Personal Trainer no CEFAD.

Nos tempos livres, adora jogar futebol. Profissionalmente, o que mais agrado lhe dá fazer é o treino personalizado, trabalho esse que tem desempenhado no ginásio barcelense “Máximo”.



Quem és tu? Conta-nos quem és apenas como tu te conheces.

Bem, visto que a sociedade está em constante mudança, eu não fujo à regra e olho para o meu passado e para o que sou hoje e vejo uma mudança enorme na minha maneira de viver e de sentir as coisas. Sinto que sou uma pessoa bem-disposta, de fácil comunicação pois gosto de interagir e conviver com as pessoas. Daí gostar do que faço, já que a minha profissão me leva a que tenha que conviver com as pessoas. Sou um apaixonado pelo Desporto e pelo Exercício Físico e tento sempre evoluir e ir aprendendo novos assuntos, de maneira a que possa transmitir da melhor maneira o meu conhecimento a todas as pessoas que me rodeiam para que as possa ajudar.

O que fazes é uma extensão de quem és?

Sim, como já referi, eu gosto de ajudar as pessoas e a melhor forma que consigo fazer isso é através do exercício físico pois é a área a que me dediquei e dedico mais a aprender.

Sinto-me realizado quando uma pessoa pede a minha ajuda ou compra os meus serviços e consigo fazer com que essa pessoa consiga alcançar os objetivos propostos. Para mim, é sentimento de missão cumprida quando consigo melhorar o estado de saúde das pessoas, quer fisicamente, ou mesmo, até ao nível de bem-estar.

Não me imagino a viver sem o exercício físico na minha vida.

De que forma impactas a vida do próximo?

Só as pessoas que “trabalharam” comigo ou quem priva comigo é que poderá responder melhor a essa questão. Mas penso que, de praticamente todas as pessoas com que tive o privilégio de poder trabalhar, consegui, de alguma maneira, mudar para melhor o seu estilo de vida, levando a que isso melhorasse o seu bem-estar físico e mental.

Sinto que, na maioria dos casos, das pessoas que precisavam de ajuda, que consegui ter realmente impacto na vida das mesmas e é por isso que sou apaixonado pelo que faço.

Procuro mesmo causar impacto na vida do outro através do exercício físico porque acredito que só o incluindo se pode ter um estilo de vida satisfatório e saudável.

Se pudesses ter a atenção do mundo durante 5 minutos, o que dirias ou farias?

Para além de todas as questões ambientais que estão em voga no momento que merecem o nosso estado de alerta, gostaria e tentaria fazer com que as pessoas percebessem realmente o benefício que o exercício físico e a alimentação tem para a saúde. Que dessem realmente atenção a isso e que dedicassem mais um pouco de carinho ao nosso corpo e mente pois é isso que irá fazer com que nos sintamos felizes e completos.

Ao longo da tua vida, quem foram algumas das pessoas que mais te influenciaram?

Ao longo da minha vida, tive a oportunidade de conhecer pessoas realmente fantásticas e a maior parte delas professores. Por isso é que reconheço o papel importantíssimo dos professores nas sociedades…sem eles não éramos ninguém mesmo. E o que sou hoje devo-o muito à professora Joana Rios e ao professor Fernando Pereira, que lecionaram no Colégio Didálvi. Eles, sim, foram os impulsionadores do que sou hoje. Devo-lhes um agradecimento profundo.

Atualmente, que figuras de influência tomas como exemplo?

Atualmente, a pessoa por quem tenho mais admiração, não só por partilharmos a mesma profissão, mas sim, por todo o conhecimento que possui e por ser uma excelente pessoa é o meu amigo João Moscão, professor e fundador da escola de exercício “REP Exercise Institute”. Para mim, é a melhor escola do país nesta área. O João Moscão é a pessoa que conheço com maior conhecimento acerca de exercício físico e tudo o que a ele envolve e, para além de possuir bastante conhecimento, tem ainda um coração enorme. A minha vontade de ajudar as pessoas, no que toca a exercício, deve-se a ele e à filosofia de vida dele.

Diz-nos um barcelense que te inspire e porquê.

Um barcelense por quem sinto admiração é o ultramaratonista Carlos Sá. As provas que realiza são verdadeiros exemplos de superação.

Como gostarias de ser recordado?

Gostaria de ser recordado pela pessoa que ajudou a melhorar a qualidade de vida das pessoas através do exercício, ou de outra coisa qualquer, e por ser uma pessoa prestável e contagiante.

Por: Sandra Santos (Poeta e Tradutora) e Iara Brito (Criminóloga)*.

(* A redação do artigo é única e exclusivamente da responsabilidade das autoras)

Carlos Sá Adventures organiza 2ª edição da “Serra Amarela SkyMarathon”

Maio 14, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

É já no próximo dia 16 de junho que a Carlos Sá Nature Events, do conhecidíssimo ultramaratonista barcelense, em parceria com o Município de Ponte da Barca e a Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal, levará a cabo a 2ª edição da Serra Amarela SkyMarathon.



Mais uma vez, estas entidades decidiram apostar na Serra Amarela e em todas as suas potencialidades, beleza e relevo agreste enquanto palco deste evento de SkyRunning, cujo sucesso no ano anterior foi indiscutível.

É uma serra com uma beleza ímpar, trilhos técnicos e desafiadores, aldeias e gentes que sabem receber bem, ótima para a prática de desportos na natureza e que vai, com certeza, surpreender todos aqueles que aceitarem o desafio de participar, tornando esta prova num evento único.

A 2ª edição do evento Serra Amarela SkyMarathon compreenderá várias provas competitivas e será acessível a qualquer atleta. Será possível competir nas distâncias de 48 Km, 33 Km, 23 Km e 15 Km, sendo que a distância rainha de 48 Km fará parte da Taça de Portugal SKY da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal.

As distâncias de 23 km e 15km também integrarão competições da Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal: a Taça de Portugal da Juventude e a Taça de Portugal de Juvenis, respetivamente.

Haverá, também, uma caminhada de 9 Km, cujo valor reverterá, em parte, a favor dos Bombeiros Voluntários de Ponte da Barca. As várias provas terão partida e chegada na aldeia de Entre-Ambos-Os-Rios, no Município de Ponte da Barca.

As provas de 48 e 33km estão também reconhecidas, respetivamente, com a atribuição de 3 e 2 pontos ITRA (International Trail Running Association) e com o selo de prova classificativa para o UTMB (Ultra Trail du Mont-Blanc).

Este ano o evento será embelezado, igualmente, pela estreia do Serra Amarela Kids, no qual as crianças entre os 6 e os 17 anos poderão correr pequenas distâncias, de carácter não competitivo. As inscrições para o Serra Amarela Kids são gratuitas e poderão ser feitas no próprio dia.

A Freguesia de Entre Ambos-os-Rios, no Município de Ponte da Barca será a base logística do evento, facilitando o acesso ao local por parte dos atletas e seus acompanhantes, já que está somente a 10 minutos do centro das Vilas de Ponte da Barca e Arcos de Valdevez e a apenas 1h do centro do Porto.

Os participantes percorrerão trilhos inóspitos, aldeias preservadas, castelos, rios, vegetação luxuriante e verdejante, com vistas incríveis sobre os espelhos de água da Albufeira de Vilarinho das Furnas e da Albufeira de Tamente, neste maciço montanhoso do único Parque Nacional de Portugal – o Parque Nacional Peneda-Gerês.

No final das suas provas, todos os participantes terão direito a banhos quentes no Pavilhão Gimnodesportivo da Escola Básica de Entre-Ambos-os-Rios e reforço alimentar na meta.

Para mais informações, aceda a (clicando no link entra automaticamente):

https://www.carlossanatureevents.com/pt/serraamarela

Fotos: DR.

Portugal recebe atletas de 30 países para mais uma grande aventura no Parque Nacional da Peneda-Gerês

Abril 26, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Empresa de Carlos Sá organiza Peneda-Gerês Trail Adventure®

O Peneda-Gerês Trail Adventure® tem marcado pontos enquanto uma das provas de referência do trail running nacional, mas é sobretudo no plano internacional que se destaca como uma das melhores provas por etapas, na qual têm marcado presença alguns dos melhores atletas da modalidade.



O evento decorreu de 13 a 20 de abril de 2019, com a participação de cerca de 900 atletas provenientes de 30 países diferentes, divididos entre as várias provas que compõem o mesmo, dos quais se destacou a Holanda com o maior número de participações nas versões multidias. Para além de atletas provenientes de vários países europeus, o evento contou, também, com a participação de atletas vindos de países tão longínquos como os Estados Unidos da América, Brasil, Israel, Uruguai, Colômbia, Venezuela, México, Singapura, Nova Zelândia e Austrália, entre outros.

Os participantes puderam desafiar-se em várias provas: PGTA 8 dias /7 etapas, PGTA 4 dias/4 etapas ou nas várias distâncias da prova aberta de apenas um dia, o TransPeneda-Gerês.

O PGTA 8 dias/7 etapas teve lugar de 13 a 20 de abril 2019. Os participantes puderam correr 212 Km ou, em alternativa, apenas 134 Km na versão Starter. O PGTA 4 dias/4 etapas teve lugar de 13 a 16 de abril 2019 e os participantes correram 135 Km ou, em alternativa, apenas 80 Km na versão Starter. A prova aberta TransPeneda-Gerês, que se realizou no 1º dia do evento, dia 13 de abril, contou com as distâncias de 80km, 45km, 25km e 11km e recuperou percursos usados no Campeonato do Mundo de Trail de 2016, que se realizou no Parque Nacional Peneda-Gerês.

Durante o evento, os participantes puderam apreciar as incomparáveis belezas do único Parque Nacional de Portugal, declarado pela UNESCO, em 2009, Reserva Mundial da Biosfera – o Parque Nacional Peneda-Gerês. Os percursos passaram por alguns dos mais emblemáticos locais do Parque Nacional Peneda-Gerês, com uma riqueza e um património natural e cultural únicos em Portugal.

Este ano, assistiu-se à grande vitória nos 212 kms que atravessaram todo o Parque Nacional, de 2 atletas estreantes no PGTA, vindos da Suécia e Suíça, respetivamente: Kristoffer Sjoberg, o mais rápido entre os homens, e Marina Steinmann, que conquistou o lugar mais alto do pódio feminino.

As provas por etapas tiveram início no sábado, dia 13 de abril, na Ponte da Mizarela (concelho de Montalegre) com uma primeira corrida de 25Km, ou 11km na versão starter, para “aquecer as pernas”. Nos dias seguintes, percorreram os municípios de Terras de Bouro, Ponte da Barca, Arcos de Valdevez, Melgaço, voltando, nos últimos dias, novamente a Montalegre, em etapas cujas distâncias variaram entre os 45km e os 15km, nas versões advanced e starter.

O título de campeão conquistado por Kristoffer Sjoberg na versão Advanced, veio com o tempo total de 23h13m28s. Sjoberg conseguiu concluir os sete dias com apenas 18 minutos de vantagem para o vice-campeão, o suiço Peter Osterwalder. Em terceiro lugar ficou o português Bruno Ribeiro, com 25h09m23s.

“Estou feliz! Foi a minha primeira prova por etapas e será difícil conseguir superar o quão fantástica foi esta semana!”, concluiu o campeão na sua chegada à meta do último dia.

Na versão Advanced feminina, Marina Steinman, completou a prova com um acumulado de 26h41m34s, mais de 6h à frente da vice-campeã, a britânica Marie-Claire Oziem. No top 3 esteve ainda a holandesa Liane Cornelissen, com um tempo de 33h46m58s.

“É algo que tenho mesmo de repetir. Pelo que ouvi também dos outros participantes, é uma das provas por etapas melhor organizadas, portanto fui muito sortuda em poder fazer parte dela”, concluiu Marina Steinmann quando se sagrou campeã da distância advanced.

Durante os 7 dias de prova, foi possível realizar uma versão starter, percorrendo um total de 134 Km. No pódio masculino, todos os lugares foram ocupados por atletas estrangeiros. O jovem holandês, Sjors van Noort, segurou a liderança com um acumulado de 13h13m10s, seguido por Arnaldo Lamounier, do Brasil, com 14h57m43s. A fechar o top 3 ficou o belga Floris Bogaert, com 15h19m52s.

Na categoria feminina venceu a sueca Michelle Nystrom (13h56m40s), seguida da brasileira Franciele Silva (15h30m00s) e da britânica Elizabeth Wiggins (17h13m18s).

A Cerimónia de Entrega de Prémios decorreu na Vila de Montalegre, durante o jantar de encerramento do evento.

Este evento contava também com uma versão de apenas 4 dias, que terminou na etapa com chegada a Lamas de Mouro. A cerimónia de entrega de prémios decorreu no espaço exterior da Porta de Lamas de Mouro (uma das 5 portas de entrada do Parque Nacional) onde foram premiados os seguintes atletas: Daniel Pereira, Ludovic Menard e Dylan Lourenço, na versão Advanced. O pódio feminino advanced, foi preenchido por Angels Vicens, Maylis Drevon e Maiken Liss. Na versão starter dos quatro dias os vencedores foram: Ruben Veloso, Charles-Armand Caro e Sérgio Torre. O escalão feminino foi liderado por Linda Christensen, seguido de Rafaela Ricci e Lucila Takizawa.

Já no que diz respeito às várias distâncias da prova aberta TransPeneda-Gerês, as classificações foram as seguintes:

TransPeneda-Gerês 80km

1º classificado: MÁRIO FONSECA 08:19:29       
2º classificado: JOÃO RODRIGUES 08:40:10      
3º classificado: BRUNO FERNANDES 09:09:55  



1ª classificada: NATERCIA SILVESTRE 10:12:01

2ª classificada: BLANDINE CRAVEIRO 11:55:07

3ª classificada: MONICA DA SILVA 12:06:30

TransPeneda-Gerês 45km

1º classificado: ANDRÉ DUARTE 04:24:34

2º classificado: DIOGO FERNANDES 04:36:23    
3º classificado: EDGAR RESENDE 05:11:08         

1ª classificada: RAQUEL ANDRADE 06:33:07

2ª classificada: SÓNIA FILIPE 06:46:18

3ª classificada: SANDRA ARRIBANÇA 06:48:46

TransPeneda-Gerês 25km

1º classificado: NUNO CARNEIRO 02:23:40        
2º classificado: NUNO FERNANDES 02:27:38     
3º classificado: IVÁN GIRÁLDEZ 02:42:37            

1ª classificada: ANA BOTELHO 03:35:08

2ª classificada: LILIANA GOMES 03:35:17

3ª classificada: SANDRINA GOMES 03:42:41

TransPeneda-Gerês 11km

1º classificado: ALEX TONDELA 01:01:50            
2º classificado: NUNO FIGUEIREDO 01:07:00    
3º classificado: VITOR SILVA 01:17:40                 

1ª classificada: MARIA PINTO 01:30:31

2ª classificada: FROMENTIN CLAIRE 01:33:56

3ª classificada: EUFÉMIA LANDEIRA 01:36:38

O evento desportivo Peneda-Gerês Trail Adventure® teve a participação de cerca de 900 atletas de 30 países, numa semana de aventura e descoberta dos fantásticos trilhos do Parque Nacional Peneda-Gerês.

Estes números vêm confirmar a aposta do barcelense Carlos Sá, organizador da prova, na internacionalização dos seus eventos, “mostrando ao Mundo o que de melhor Portugal tem para oferecer em termos de Turismo Ativo e desportos de Natureza”, refere a organização em nota.

A organização do evento esteve a cargo da Carlos Sá Nature Events®, em parceria com os cinco Municípios do Parque Nacional Peneda-Gerês. Contou, ainda, com o apoio das forças de proteção e socorro, associações e juntas de freguesias locais e com a autorização do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG).

Fotos: DR.

Pelo 20º aniversário, Amigos da Montanha organizam “Jornadas Desporto Aventura”

Fevereiro 15, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Inseridas nas comemorações dos 20 anos da Associação, os Amigos da Montanha (AM) realizam, no próximo sábado, dia 16 de fevereiro, na sua sede, em Barcelinhos, as “IV Jornadas Desporto Aventura”, com a presença de vários convidados em diferentes modalidades desportivas. 

A manhã desportiva começa pelas 9h30 com a exibição do filme “Thar-Ua” protagonizado por João Garcia, Ferran Latorre, Núria Picas e Alex Txicon.



O maior ultramaratonista português, Carlos Sá, iniciará depois as intervenções.

O nadador olímpico Miguel Arrobas apresentará a sua última aventura “Travessia a nado do mar que separa as ilhas açorianas do Corvo e das Flores”.

A fechar esta palestra desportiva, Pedro Gomes, atleta de triatlo e o único português a ganhar um ironman – “Ironman Suécia” – falará do tema “Quando ter sorte dá muito trabalho”.

As jornadas têm entrada livre e o programa pode ser consultado em www.amigosdamontanha.com.

Fotos: DR.

Gerês Extreme Marathon® está de volta no próximo fim de semana

Novembro 26, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

É já nos próximos dias 1 e 2 de dezembro de 2018 que a Carlos Sá Nature Events realiza a 5ª edição deste evento de sucesso, com o apoio da Câmara Municipal de Terras de Bouro.



Esta prova realiza-se nas estradas de montanha do único Parque Nacional de Portugal – o Parque Nacional Peneda-Gerês – e os seus participantes poderão usufruir de cenários incríveis onde não faltarão a dureza e o desnível característicos das provas organizadas por Carlos Sá, bem como o convívio entre os participantes, a felicidade pelo desafio superado e a já habitual “sopa do pote”, que confortará os Extreme Runners.

No sábado, dia 1 de dezembro, decorre a 2ª edição da Extreme Mile, que terá uma inclinação média de 35% e 525 m D+ em apenas 1 milha.

Será também durante a tarde desse dia que os participantes, mediante inscrição, poderão conhecer algumas das tradições das aldeias da região. Na aldeia comunitária da Ermida, a ATACE – Associação Turística da Aldeia Comunitária da Ermida – leva a cabo um vasto programa de atividades, com início às 15h00, que dará aos visitantes a possibilidade de conhecer as práticas comunitárias ancestrais que são características desta aldeia.

Uma dessas práticas é a “Chegada da rês”, quando o gado caprino regressa à aldeia, depois de ter estado no alto da serra a pastar, guardado, à vez, por um pastor da aldeia. Esta prática é designada de “guardar a vezeira da rês”.

Para além da “Chegada da Rês”, os participantes poderão vivenciar a “Apanha e o Enfarne da Azeitona no Lagar de Azeite Comunitário” e assistir a um “Chamado do Povo”, momento no qual os habitantes se juntam para debater os problemas da aldeia e, juntos, encontrar as soluções necessárias.

Os sabores característicos da gastronomia da região não poderiam faltar, com provas de chá, mel, marmelada e doces durante a tarde e a bôla de carne, bôla de sardinha, broa de milho e a tradicional “sopa do pote” ao jantar.

Para minimizar o impacto ambiental causado com estes eventos, haverá também uma plantação de árvores nesta mesma aldeia.

No domingo, dia 2 de dezembro, decorrem as várias provas competitivas, com distâncias aproximadas de 42 km, 42 km em estafetas, 21 km e 13 km, todas com partida e chegada no centro da Vila do Gerês.

Com cerca de 1500 participantes esperados, de 11 nacionalidades, esta é, sem dúvida, uma ótima oportunidade para dar a conhecer uma das mais belas regiões de Portugal, as suas gentes, os seus costumes e a sua gastronomia, num evento que gradualmente se vai impondo no panorama do atletismo nacional e internacional.

Os recordes da maratona a superar pertencem, no setor masculino, ao búlgaro Mihail Lalev, com a marca 02h48m13s e, no setor feminino, à atleta nacional Fátima Melo, com a marca de 03h20m44s. Mário Elson já anunciou ser este o seu principal objetivo da época: não só, vencer esta fantástica prova, como pulverizar o seu recorde.

Correr no Gerês tem sempre, em qualquer altura do ano, um encanto especial, mas a paleta de cores que pintam o Parque Nacional no fim do outono cria cenários tão deslumbrantes e arrebatadores, que tornarão esta prova tão bela, quanto dura.

Fotos: DR.

Álvaro Leite em Barcelos a convite do Rotary Club

Novembro 22, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Na última terça-feira, o Rotary Club de Barcelos realizou uma reunião ao café com Álvaro Leite. O local escolhido foi o Bagoeira Hotel Restaurante, onde estiveram presentes membros do club rotário, atletas e público em geral. O ultramaratonista barcelense, Carlos Sá e Francisco Rocha, vereador do desporto do Município de Barcelos, também marcaram presença no evento.



O convidado para esta conversa ao café tem 46 anos, é natural de Gondomar e comissário de bordo na TAP, sendo, igualmente, triatleta e voluntário, desde 2017, no Centro Cultural de Valbom/Gondomar, como dinamizador de atividades desportivas com jovens e adultos com alguma deficiência mental e física, tais como natação, remo e ginástica.

Álvaro Leite já visitou mais de cem países no Mundo, faltando-lhe apenas três para conhecer todo o continente europeu. Participou em dezenas de provas de meia maratona, maratona, ultramaratona, trail running, triatlo e ironman, em vários países de 6 continentes. Os seus planos incluem, ainda, uma expedição de barco à Antártida, com vista à participação numa maratona e dessa forma completar o seu objetivo de correr nos 7 continentes.

Num toque coloquial e exibindo algumas fotografias, o convidado relatou as suas aventuras ao redor do globo. Álvaro Leite destacou as participações na inacreditável Extreme Marathon da Grande Muralha da China, na Maratona do Circulo Polar, realizada com temperaturas abaixo dos 15 graus negativos e na Maratona de Pyongyang, na Coreia do Norte, onde cumpriu o sonho de entrar no estádio Kim Il-Sung, terminando a prova perante 60 mil pessoas.

Aludindo ao lema do corrente ano rotário – “Seja a Inspiração” – Francisco Rocha enalteceu a atividade desenvolvida pelo convidado, com especial enfoque na dinamização do desporto junto de pessoas com deficiência, considerando-a uma fonte de inspiração.

Álvaro Leite deixou uma mensagem inspiradora aos presentes, tendo respondido a muitas questões que lhe foram colocadas, muitas delas colocadas por “aventureiros” seduzidos pelos seus relatos.

A presidente do club rotário, Mariana Machado Ballester, sentiu-se muito feliz com o sucesso desta reunião, tendo aproveitado para endereçar um convite a Carlos Sá para ser orador numa das próximas reuniões.

Foto: RCB.

Carlos Sá Nature Events expande-se com “Foz Côa Douro Trail Adventure”

Outubro 24, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Atletas de três continentes correm em três patrimónios da humanidade em Portugal

Foi de 13 a 20 de outubro que se desenrolou a 1ª edição do Foz Côa Douro Trail Adventure, juntando, nesta edição de 8 dias, atletas de 8 nacionalidades, estando representados países como Marrocos, Singapura, Holanda, Noruega, Alemanha, França, Reino Unido e Portugal, distribuídos por 3 continentes. Um evento organizado pela Carlos Sá Nature Events e pelo Município de Vila Nova de Foz Côa, com o apoio de outros municípios da região duriense.



Ao longo da semana, os atletas percorreram grande parte da região do Alto Douro Vinhateiro, correndo em cada dia uma determinada distância, mais longa ou mais curta, conforme tivessem optado pela versão Advanced ou Starter, respetivamente.

Vários foram os Municípios que acolheram este evento: Baião, Resende, Lamego, S. João da Pesqueira, Pinhel, Meda, Castelo Rodrigo, Torre de Moncorvo, dando um especial destaque a Vila Nova de Foz Côa e ao Centro de Alto Rendimento de Remo e Canoagem do Pocinho, que foram a base logística para a grande parte do evento.

O evento foi pensado para que os participantes pudessem desfrutar das paisagens de uma das mais belas e emblemáticas regiões de Portugal – o Alto Douro Vinhateiro (duplamente reconhecida pela UNESCO como património da Humanidade, quer pelos vinhedos, quer pelas gravuras rupestres existentes no município de Vila Nova de Foz Côa). Mas foi também objetivo da organização “dar a conhecer um pouco da história, da cultura e da gastronomia da região, complementando todos os dias de corrida com um momento cultural e de degustação dos sabores típicos”.

Esta prova iniciou com uma etapa de corrida não competitiva, no sábado, dia 13 de outubro, na Zona Histórica do Porto. Nesta etapa, os participantes, guiados pelo seu anfitrião barcelense Carlos Sá, puderam apreciar as ruas pitorescas e monumentos de interesse da cidade, que foi reconhecida pela UNESCO em 1996 como Património Cultural da Humanidade, e vivenciar a energia e o reboliço citadino que tão bem a caracterizam na atualidade.

Ao longo da restante semana, os participantes puderam desafiar-se pelos trilhos do Vale do Douro, intercalando etapas mais longas e técnicas com outras mais curtas e menos duras, numa viagem que também os levou pela história remota de Portugal, os transportou pelas paisagens e sabores da região e os fez experienciar o calor e o bem receber das gentes portuguesas.

O evento finalizou no dia 20 de outubro com uma etapa que se iniciou no carismático Museu do Côa e terminou no centro de Vila Nova de Foz Côa.

E os resultados para esta aventura foram:

FCDTA 5 Dias Advanced – Homens

1º – Stefan Kernstock – 14h34m13

FCDTA 5 Dias Advanced – Mulheres

1ª- Svenia Kernstock – 15h02m15

FCDTA 8 Dias Advanced – Homens

1º – Olivier Vautrin – 15h58m36

2º – Mohamad Ahansal – 17h06m50

3º – João Paulo Rocha e João Paulo Meixedo – 19h24m52

FCDTA 8 Dias Advanced – Mulheres

1ª – Wilma Vissers – 22h37m47

2ª – Linda Brink – 24h13m53

3ª – Judit Menz – 25h36m51

FCDTA 8 Dias Starter – Homens

1º – Tan Meng – 19h09m32

FCDTA 8 Dias Starter – Mulheres

1ª – Fernanda Esteves – 18h41m50

2ª – Tiffany Ng – 19h17m47

3ª – Arja Broek – 24h20m35

Foz Côa Solidário – Homens

1º – Bruno Santos – 01h59m17

2º – Fabio Zuada – 02h07m32

3º – Francisco Rebelo – 02h22m16

Foz Côa Solidário – Mulheres

1ª – Ana Mota – 03h16m56

2ª – Célia Gonçalves – 03h20m23

3ª – Luísa Outeiro – 04h03m34

A organização encontra-se já a trabalhar para fazer crescer a família do Foz Côa Douro Trail Adventure. As datas para esta aventura em 2019 já estão definidas – de 5 a 11 de outubro de 2019 – e as inscrições já se encontram abertas.

Mais informações e inscrições em (basta clicar para aceder automaticamente):

https://www.carlossanatureevents.com/en/fcdta2019

Fotos: DR.

Carlos Sá Nature Events leva cerca de mil atletas a Sistelo

Outubro 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A primeira edição da Sistelo Extreme Marathon® é já no próximo dia 7 de outubro e leva ao concelho de Arcos de Valdevez mil participantes, para se desafiarem e deslumbrarem com “Uma Maravilha de Prova”.



A Sistelo Extreme Marathon® é uma prova única, que combina percursos em ecovia, estradas de montanha, e numa pequeníssima percentagem, percurso em trilho.

Ao longo do percurso os participantes poderão maravilhar-se e apreciar a paisagem verde e luxuriante da região, de frescura abundante e banhada pelo encanto do Rio Vez, terminando na magnífica aldeia de Sistelo, também conhecida pelo “Pequeno Tibete Português”.

Sistelo, recentemente classificada como uma das “7 Maravilhas de Portugal”, tendo vencido na categoria de Aldeia Rural, foi também reconhecida pelo Governo Português como monumento nacional, o que a torna na primeira do país a deter este reconhecimento.

Praticamente todos os percursos decorrem dentro do Município de Arcos de Valdevez, um dos cinco que integra a área do único Parque Nacional do país, o “Parque Nacional Peneda-Gerês”, classificado como Reserva Mundial da Biosfera pela UNESCO em 2009.

Os mil participantes, oriundos de 12 diferentes nacionalidades, serão distribuídos pelas seguintes categorias: Eco-Marathon 42km, Eco-Race 30km, Eco-Race 21km, Eco Mini-Race 13km e Caminhada 6km.

A organização, a cargo da Carlos Sá Nature Events e do município de Arcos de Valdevez, considera já um enorme sucesso esta primeira edição.

Imagens: DR / José Pereira / Thiago Lemos.

 

Barcelenses em destaque no Grande Trail Serra D’Arga 2018

Setembro 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

2500 atletas na maior Festa do Trail Running Nacional

Nos últimos oito anos, todos os finais de setembro, a “Grande Festa” de Trail Running ruma ao Alto Minho e tem a Serra d’Arga como palco principal. Comprovando que este evento é muito mais do que uma prova desportiva, é a celebração da família do trail, um encontro de amigos em comunhão com a Natureza, é momento de superação pessoal e transposição de limites.



A Serra d’Arga tem um território com 4500 hectares e faz parte do maciço montanhoso da Peneda-Gerês. Também conhecida por Montanha Sagrada, devido aos seus trilhos seculares, esconde em si vários quilómetros de calçadas romanas que ligam as populações, de aldeia em aldeia, tornando-a num local único e mágico. Aqui, há um microclima próprio. Não temos em Portugal outra serra com tamanha altitude encostada ao Atlântico. Apenas dez quilómetros separam o mar dos 825m de altitude máxima desta serra na zona Norte de Portugal, onde os ventos fortes arrastam a massa de ar húmido do Atlântico que dá vida a este local.

A edição de 2018 realizou-se de 21 a 23 de setembro e trouxe, uma vez mais, novidades para os seus participantes. A inclusão da vizinha Galiza no projeto Grande Trail Serra d’Arga (GTSA) é uma delas. O rio Minho e o Monte de Santa Tecla foram palco da prova Sunset 13km na sexta-feira e a do GTSA Aventura 80km ao romper do dia de sábado. Com partida às 6h00 no centro de Caminha, os atletas dos 80 quilómetros seguiram para a travessia do rio Minho em kayak, subiram ao Monte de Santa Tecla, regressando para a mata do Camarido com nova travessia a pares em kayak. Subiram ao Monte de Santo Antão, depois ao Monte da Sra. das Neves e entraram em Dem. Aqui, o percurso passou a ser coincidente com o do GTSA 53km, correndo os participantes dos 80 quilómetros em conjunto com os da versão de 53 quilómetros. Um grande desafio que uniu a volta completa à Serra d’Arga, com Caminha e La Guarda, Galiza. Esta nova aventura de 80 quilómetros foi ganha pelos barcelenses João Rodrigues (10h14m13s) e Mariana Ballester (14h30m51s).

O GTSA KM Vertical aconteceu também no sábado, dia 22, às 10h30, em Estorãos, permitindo assim que os seus participantes vissem a partida do GTSA 53km em Dem e se deslocassem, depois, para a partida. Com a partida do GTSA 53km às 9h00 e do KM Vertical às 10h30, houve uma grande massa humana e uma grande festa no alto da Senhora do Minho.

Os vencedores da prova rainha do evento, os 53 quilómetros, foram Hélio Fumo, da equipa Runners do Demo/Compressport, com 05h22m44s e Sofia Roquete do AMCF-Arrábida Trail Team com 06h51m35s.

No domingo, dia 24 de setembro, decorreram, em simultâneo, três provas competitivas: o Trail Longo, com 33km e 21km, e o Trail Curto com 14km. Teve ainda lugar uma caminhada de 7km. Todas as provas foram circulares, com partida e chegada em S. Lourenço da Montaria, no Município de Viana do Castelo.

Esta edição contou com nove provas de vários níveis de dificuldade e para todas as idades e perfis: Sunset Trail 13km, GTSA Aventura 80km, GTSA Ultra Trail 53Km, KM Vertical, Trail Longo 33Km, Trail longo 21Km, Trail Curto 14Km, Caminhada 7Km e Trail Jovem.

Nesta edição estiveram presentes cerca de 2500 atletas, oriundos de vinte e quatro países diferentes, com destaque para Espanha, França, Cabo Verde e Portugal. Apesar de forte contingente de atletas internacionais, a 8ª edição do Grande Trail Serra d’Arga foi dominada por atletas portugueses na prova rainha, tanto na vertente masculina como feminina.

O Grande Trail da Serra D´Arga é organizado pela Carlos Sá Nature Events® com o apoio e colaboração das Câmaras Municipais de Caminha, Viana do Castelo, Ponte de Lima e La Guarda; Juntas de Freguesias de Dem, São Lourenço da Montaria, Estorãos, Arga S. João, Arga de Cima e Arga de Baixo. Foram, ainda, parceiros desta edição a Impetus, Berg Outdoor, 4moove, Ecomobile rent-a-car, Milaneza, Chocolates Avianense e Águas do Fastio.

A Grande Festa do Trail Nacional já tem data marcada para o próximo ano. A rumaria à Serra d’Arga será de 20 a 22 de setembro de 2019.

Fonte: GTSA.

Fotos: DR / Susana Luzir e Miguel Ferreira.

Ir Para Cima