Tag archive

Carvalhas

Festa de São Martinho em Carvalhas

Novembro 12, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A freguesia de Carvalhas recebe a festa em honra de São Martinho, que decorre entre 15 e 17 de novembro.



O dia 15 é marcado por atos religiosos. Já no sábado, dia 16, atua o grupo 4 Mens. No dia seguinte, o Grupo de Bombos S. Tiago Maior de Ponte de Lima animam a paróquia. Após a procissão, é a vez dos Só P’rá Festa a animarem o recinto.

Imagem: DR.

Município de Barcelos reformula projeto da EM 505 e aprova valorização da Feira de Barcelos

Março 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Em reunião de Câmara desta sexta-feira, o Município de Barcelos decidiu dar início à reformulação do projeto de reabilitação da EM 505, entre as freguesias de Barcelinhos e Carvalhas, aprovando, para o efeito, o programa preliminar e a equipa pluridisciplinar constituída por técnicos municipais.



De acordo com o Município, “pretende-se reformular um projeto elaborado em 2008 por uma empresa externa, que não tinha sido aprovado pelo executivo camarário.

O programa preliminar da reformulação do projeto contempla trabalhos preparatórios e de estaleiro, traçado rodoviário, pavimentação da faixa rodoviária em betuminoso e bermas em cubo de granito azul (11×11 cm), drenagem de águas pluviais, equipamentos de sinalização e segurança e iluminação pública, bem como outros trabalhos considerados necessários”.

O Município decidiu, também, avançar com a elaboração de um projeto de valorização da Feira de Barcelos, que contempla a reabilitação das instalações sanitárias do Campo da Feira e do Jardim das Barrocas, tendo aprovado, igualmente, nesta reunião ordinária do executivo, a respetiva equipa multidisciplinar.

“Este projeto insere-se na candidatura do Município à linha de apoio à sustentabilidade do turismo, que se encontra em curso, e que prevê um investimento na ordem dos 300 mil euros.

O programa de intervenção propõe a reorganização e modernização da Feira, com a reabilitação não só das instalações sanitárias, mas também das tendas, delimitação no pavimento das áreas de ocupação e instalação de uma casa móvel para abrigo da equipa de fiscalização e posto de informação”, refere o Município em nota.

Igualmente na referida reunião ordinária, o executivo aprovou quatro acordos de colaboração na área da cultura: o primeiro, para a realização do HARMOS Festival 2018, evento musical a decorrer entre 20 e 24 de março e que inclui uma comparticipação financeira por parte do Município de Barcelos no valor de três mil euros; o segundo, com o Teatro de Balugas – Associção Cultural, tendo em vista o apoio às atividades teatrais da Associação, que tem de realizar espetáculos e outras ações para o Município, obrigando-se este a comparticipar financeiramente com dois mil e quinhentos euros; o terceiro, com o Círculo Católico de Operários de Barcelos para o desenvolvimento das suas atividades e que implica a cedência de 25 atuações ao Município, tendo a comparticipação financeira deste, no valor de 14 mil euros; o quarto, com a Companhia de Teatro de Braga, para a apresentação de dez espetáculos no Teatro Gil Vicente, contando com uma comparticipação financeira do Município no valor de cinco mil euros.

Na área desportiva, foi aprovado o contrato de desenvolvimento desportivo com a Associação Amigos da Montanha, tendo em vista o apoio ao fomento, divulgação e prática do desporto nas modalidades não profissionais, que inclui uma comparticipação financeira do Município no valor de 35.000,00 euros.

Ainda na reunião, foram aprovadas várias propostas de recrutamento de trabalhadores para o Município de Barcelos, sendo sete por tempo determinado e seis por tempo indeterminado.

Foram, também, aprovados os seguintes apoios: à Freguesia de Barqueiros, a cedência de dois mil metros quadrados de cubo de granito; à Freguesia de Cambeses, a cedência de betuminoso a quente para colocação em algumas ruas da Freguesia; à Real Irmandade do Senhor Bom Jesus da Cruz, um subsídio no valor de 5.500,00 euros, como comparticipação na realização dos Tapetes de Flores Naturais, no Templo do Senhor da Cruz, integradas na Festa das Cruzes; à Associação Cultural e Recreativa da Feira da Isabelinha, a disponibilização de apoio logístico.

No que diz respeito às áreas da Ação Social e da Educação, o executivo aprovou 22 processos para apoio ao arrendamento habitacional, entre processos novos e reavaliados. Aprovou, também, a aquisição de serviço de transporte para consultas no Instituto Português de Oncologia (IPO) no Porto, no âmbito do desenvolvimento do Programa Rastreio de Cancro da Mama, promovido pelo ACES Cávado em parceria com o IPO.



Quanto à ação social escolar, aprovou apoios nas refeições escolares a sete alunos dos jardins de infância e apoios ao material escolar de seis alunos do 1.º ciclo.

Entre outras propostas ligadas à área da Educação, destaque para a atribuição de um subsídio, no valor de 2.471,00 euros, à Associação de Pais e Encarregados de Educação da EB1 de S. Brás, em Barcelinhos, para pagamento a tarefeira.

Das 192 propostas levadas a esta reunião de Câmara, 100 diziam respeito a atos relativos a obras particulares (licenciamentos e deferimentos, processos de legalização e de isenção de taxas, aprovação de projetos, certidões, autorizações de espaço público para obras e sinalização, etc); 11 reportavam-se a atos diversos de obras municipais; cerca de 30, referentes a ocupação de espaço público para a realização de eventos e de venda ambulante, isenção de taxas, utilização de fogo de artifício, entre outros; e 15 relativos à cedência de espaços municipais, cedência de materiais e lembranças.

Fonte: CMB.

Águias de Alvelos organizam o “III Free Trail Réveillon”

Dezembro 26, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 31 de dezembro, último dia do ano, a Secção de Trail Running e Atletismo da Associação Recreativa e Cultural Águias de Alvelos organiza o “III Free Trail Réveillon”, na freguesia de Alvelos mas com percurso a passar por outras localidades vizinhas.



O evento tem na sua denominação a palavra “Free” mas isso não quer dizer que seja de participação gratuita – se bem que o custo também não é muito elevado – mas, sim, não tem carácter competitivo. A prova é constituída por uma caminhada de 10km e uma prova de Trail de 15km.

Tendo como diretor Nélson Costa, esta prova tem partida e chegada ao Adro da Igreja Paroquial de Alvelos.

Para se inscrever terá que, até dia 28 de dezembro, aceder ao site da empresa CYCLONES SPORTS: www.cyclonessports.com e seguir os passos. O Trail e a caminhada têm o custo de inscrição de 5,00€ (cinco euros), com oferta de bolos/bebidas festivos da época, nomeadamente Bolo-Rei, Pão-de-ló, Champanhe e Vinho do Porto, e café para todos os atletas/caminhantes.

As idades mínimas de participação são de 16 anos (trail) e 14 anos (caminhada). A inscrição de menores de 18 anos está dependente de assinatura de um termo de responsabilidade.

A prova parte do Adro da Igreja de Alvelos, em direção à zona de montanha de Remelhe, passando por várias localidades, tais como Alvelos, Midões, Remelhe, Carvalhas e Pereira.

No dia 30 dezembro, efetua-se a entrega dos Kits aos Participantes, entre as 14h00 e as 18h30,no Adro Igreja de Alvelos – local da partida.

Já no dia da prova, 31 de dezembro, igualmente no Adro Igreja de Alvelos, local da partida, pelas 8h00 dá-se a abertura do secretariado (entrega dos kits aos participantes); 9h30 encerra o secretariado; 10h00 dá-se a partida do trail; 10h05 a da caminhada; e 11h00 é a hora prevista para a chegada dos primeiros atletas.

Fonte e imagem: CYCLONES SPORTS.

José Maria Fonte: “Que o concelho não pare de crescer e olhem mais para a juventude”

Setembro 23, 2017 em Atualidade, Concelho, Entrevistas, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Na senda de entrevistas a Presidentes de Junta que, por imposição da lei, não se podem recandidatar após três mandatos consecutivos, o Barcelos na Hora contactou José Maria Fonte, um histórico militante PSD, autarca desde o 25 de abril de 1974, que acedeu responder a algumas perguntas, por escrito, sobre o seu trajeto e futuro, deixando, pelo meio, alguns conselhos.



José Maria Fonte, empresário do ramo têxtil, de 74 anos, tem, como referido anteriormente, uma longa experiência enquanto autarca na Freguesia de Carvalhas. Após o 25 de abril de 1974, ocupou o cargo de Secretário da Junta, então presidida por Bernardino de Oliveira Pereira, entretanto falecido. Ocupou esse cargo até 2005, ano em que José Maria Fonte encabeça a candidatura à Junta de Freguesia, substituindo aquele que foi até aí o único Presidente de Junta que Carvalhas conheceu. Venceu as eleições e tem vindo a manter-se no cargo, sendo reeleito nas eleições autárquicas que se sucederam. Por limitação de mandatos, nas deste ano já não pode encabeçar uma candidatura à Junta mas, mesmo assim, integra uma lista.

1 – Fazendo um exercício de memória, consegue dizer-nos o que o levou a candidatar-se pela primeira vez? E o que sentiu ao saber que tinha conquistado a Junta?

O que me levou a candidatar à Junta de Freguesia de Carvalhas foi o facto de o anterior Presidente de Junta, Bernardino de Oliveira Pereira, ter atingido o limite de mandatos. Como eu era, nessa altura, o Secretário, assumi ser candidato. Quando soube que tínhamos ganho as eleições, foi, para mim, uma grande satisfação, pelo facto de poder dar continuidade ao projeto do meu antecessor.

2 – Ao longo dos seus mandatos teve, certamente, momentos altos e momentos baixos. Consegue nomear qual o mais alto e qual o mais baixo?

Para mim, os momentos mais altos dos meus mandatos foram conseguir fazer o alargamento da estrada municipal 306-1 e a ampliação e vedação do campo de futebol. Já o momento mais baixo, por outro lado, foi o de não ter conseguido implantar bancadas nesse mesmo campo de futebol.

“Tudo o que consegui fazer é, para mim, um grande orgulho” (José Maria Fonte)

3 – Se pudesse voltar atrás, mudaria alguma coisa do que fez?

Se pudesse voltar atrás não mudaria nada. Acho que tudo o que consegui fazer é, para mim, um grande orgulho.

4 – Dada a sua enorme experiência, quer de vida, quer política, que conselhos pode deixar para aqueles que estão a começar agora o seu trajeto político?

Os conselhos que posso deixar àqueles que agora vão começar a sua vida política e pública é que façam mais do que aquilo que eu consegui fazer, no que a Carvalhas diz respeito. Já em relação ao concelho de Barcelos, aquilo que lhes peço é que façam com que o concelho não pare de crescer e olhem mais para a juventude.

“Que a freguesia consiga desenvolver-se ainda mais” (José Maria Fonte)

5 – Agora que sai, o que espera para o futuro de Carvalhas?

Espero que a freguesia consiga desenvolver-se ainda mais do que no tempo em que eu estive à frente da Junta de Freguesia.

6 – Por fim, e pedimos desculpa pelo teor mais pessoal desta última pergunta, mas … e agora? Vai continuar na “vida política”? Ou vai deixá-la?

Sim, vou continuar na vida política. Aliás, até porque faço parte de uma lista candidata à Junta de Freguesia de Carvalhas nas próximas eleições autárquicas.

Termina, assim, a entrevista a José Maria Fonte, histórico autarca de Carvalhas, que após 1 de outubro próximo deixará o seu cargo de Presidente da Junta de Freguesia, por limitação de mandatos. A ele, o Barcelos na Hora deixa um enorme agradecimento pela simpatia e por ter aceite responder, por escrito, a todas as nossas questões.

Ir Para Cima