Tag archive

Cinema

Moto Galos organizam “2º Cinemoto Barcelos” no Teatro Gil Vicente

Julho 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No âmbito das comemorações do seu 21º aniversário, que se assinala a 5 de julho, a Associação Moto Galos organiza o “2º Cinemoto Barcelos”, que se realiza no Teatro Gil Vicente (Barcelos), dia 6 de julho, pelas 21h30.



Trata-se do primeiro showcase do “Lisbon Motorcycle Film Fest” e que, agora, está na 2ª edição em Barcelos.

Os filmes em exibição serão “The Normal People”, “Shit Makers”, “Riders / Maria Riding Company”, “For You Jim”, “Winter Rider x Ton-Up Garage”, “Be Water My Friend”, “Bike Lovers”, “2NK” e “Motos de Portugal”.

A entrada é gratuita, sendo obrigatório efetuar reserva, visto os lugares disponíveis serem limitados. Inscrições podem ser efetuadas na sede dos Moto Galos ou através do número 93 542 2129.

Fonte e imagem: AMG.

Teatro Gil Vicente não fecha para férias e tem mais atividades para todos os gostos

Julho 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Teatro Gil Vicente apresenta, para o mês de julho, uma programação cultural diversificada, com entradas gratuitas.



A programação inicia com a Zoom, que organiza três momentos culturais a reter:” Uma História Simples” de David Lynch, projetado no dia 1; “Ramiro”, de Manuel Mozos, no dia 19, às 21h30, e “Best Of Curtas de Vila do Conde”, no dia 26, às 21h30, no Largo Dr. Martins Lima.

A dança marca presença nos dias 2. 9, 16, 23 e 30, às 21h00, com as habituais sessões da Folk Sessions Barcelos, da Coreto – Associação para a Promoção de Artes e Culturas.

No dia 4, às 21h00, será inaugurada a Exposição de Fotografia de João Sousa, “Mãos do Ofício”.

Já no dia 6, às 21h30, a Associação Clube Moto Galos apresenta o espetáculo de música “2.º Cinemoto Barcelos”.

O Ciclo “Jazz ao Largo” volta a Barcelos no dia 27 de, às 21h30, com Julius Gabriel – Saxofone – e João Pais Filipe – Percussão.

Ainda na programação do Teatro Gil Vicente para o mês de julho, destaque para duas sessões de música e teatro musical: no dia 13, às 21h30, a Junta de Freguesia de Arcozelo protagoniza “Cantar Portugal” e no dia 14, às 21h30, o Centro de Atividades Ocupacionais – APAC apresenta o teatro musical “E o Galo Cantou”.

A Art’ e Vida- Escola de Artes protagoniza dois momentos no Teatro barcelense. No dia 21, o Espetáculo Final de Ano, um espetáculo de dança, e no dia 22, um espetáculo de música. Ambos os espetáculos são para maiores de 3 anos e têm entrada gratuita.

Ainda na dança, o Teatro terá os dias 15, 20 e 28 reservados a esta expressão cultural. No dia 15, às 16h00, a ARCA- Associação Recreativa de Arcozelo protagoniza a Mostra Coreográfica, para maiores de 3 anos; no dia 20, às 21h30, é a vez da Academia Rosália Ferreira – Núcleo Artístico e Cultural de Barcelos apresentar o espetáculo “Paris Je T’Aime” e, para encerrar a programação do mês de julho, a escola de dança Arts Academy apresenta o Espetáculo Final de Ano, no dia 28.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

Biblioteca Municipal de Barcelos assinala o 130º aniversário do nascimento de Fernando Pessoa

Junho 4, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Os 130 anos do nascimento de Fernando Pessoa vão ser assinalados no dia 6 de junho, na Biblioteca Municipal de Barcelos, com uma palestra subordinada ao tema “Fernando Pessoa: a dispersão – uma maneira de ser moderno”, proferida por Dália Dias, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, pelas 15h00, e a exibição do “Filme do Desassossego”, de João Botelho, com a presença e intervenção do realizador, pelas 21h30.



A iniciativa é do Clube de Leitores da Barcelos Sénior, em parceria com a Câmara Municipal de Barcelos, através da Biblioteca Municipal.

Fernando Pessoa (Lisboa, 13 de junho de 1888 – Lisboa, 30 de novembro de 1935) é uma figura incontornável da cultura portuguesa. Enquanto poeta, escreveu sob diversas personalidades – heterónimos – como Ricardo Reis, Álvaro de Campos e Alberto Caeiro, sendo estes últimos objeto da maior parte dos estudos sobre a sua vida e obra.

Fonte e imagem: CMB.

Em junho tem muito por onde escolher na programação do Teatro Gil Vicente

Maio 30, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos apresenta uma programação diversificada para o Teatro Gil Vicente ao longo do mês de junho, com música, teatro, cinema e dança.



A programação arranca com a ZOOM, que organiza noites dedicadas à sétima arte. No dia 1, com “A Dama e o Vagabundo”; dia 7, “Badlabds”, de Terrence Malick; dia 21, “The Sunchaser”, de Michael Cimino; e, dia 28, “My Own Private Idaho”, de Gus Van Sant. As sessões de cinema têm início às 21h30 e têm entrada paga.

A música marca presença no Teatro Gil Vicente, no dia 6, às 14h30, com “O Planeta Limpo”, de Filipe Pinto, inserido na Semana do Ambiente; já o Conservatório de Música de Barcelos apresenta “Cármen Ópera”, de Georges Bizet, nos dias 8 e 9, às 21h30 e, no dia 10, às 17h00.

A dança sobe ao palco nos dias 4, 11, 18 e 25, às 21h00, com as habituais sessões da Folk Sessions Barcelos, da Coreto – Associação para a Promoção de Artes e Culturas.

O teatro chega ao Gil Vicente nos dias 2, com “Diário de Adão e Eva”, e no dia 30, com “António e Beatrix”, pela Companhia de Teatro de Braga. As sessões realizam-se às 21h30.

Mas estes não são os únicos dias que o teatro passa pelo Gil Vicente. No dia 3, às 16h00, o Grupo de Teatro Experimental dos Feitos apresenta a peça “Azul É, Galinha o Põe” e, no dia 17, às 16h00, a ARCA – Associação Recreativa e Cultural de Arcozelo representa “Na Terra do Nunca”. No dia 22, às 21h30, a Oficina de Teatro da Barcelos Sénior apresenta a peça “As Troianas”.

“O último dia de um condenado”, de Victor Hugo, sobe ao palco do Teatro Gil Vicente, no dia 16 de junho, sábado, às 21h30, apresentado por Virgílio Castelo.

No dia 14, é apresentado o espetáculo “Do avesso”, encenado por Pedro Carvalho, que conta a participação de alunos da Escola Secundária de Barcelos. Este espetáculo tenta sintetizar, através de expressão corporal e dramática, a sua relação com a arte, vivenciada ao longo dos últimos meses. O referido projeto enquadra-se no âmbito do Projeto Erasmus +: “A School for Tomorrow´s Europe”, que é coordenado pelo Município de Barcelos e que tem como principal objetivo “a partilha de estratégias e de boas práticas de educação através da arte, como ferramenta para a promoção do sucesso escolar”.

A grande maioria dos espetáculos tem entrada livre. Os bilhetes podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou por telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

Rotary Club de Barcelos celebra 50 anos com programa de atividades comemorativo

Abril 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 20 de abril, o Rotary Club de Barcelos comemora os seus 50 anos de existência. Mas ainda antes deste dia, o Rotary organizou um rol de atividades para comemorar esta data marcante na sua história.



Assim, no dia 14 de abril, sábado, realiza-se, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Barcelos, um concerto pelo Conservatório de Música de Barcelos. Na terça-feira, dia 17, vai ser feita a apresentação, no Hotel Bagoeira, do filme “Lenda do Galo”, realizado pelo barcelense Carlos Araújo. As festividades culminam no dia 20, sexta-feira, com um jantar comemorativo do 50º aniversário do clube de Barcelos, que irá realizar-se no Hotel Restaurante Bagoeira.

Clube de livre pensamento, aberto a profissionais de todos os quadrantes políticos e religiosos, onde a tolerância e a pluralidade são as únicas bases doutrinárias, o Rotary é, por natureza, espaço para o colóquio e para o debate, orientados para o serviço à comunidade.

Ao longo de cinco décadas, por via das contribuições financeiras para os projectos do Rotary e das suas Fundações, ou através da implementação de projetos próprios em Portugal e no exterior, o Rotary Club de Barcelos transformou vidas.

Fonte e imagens: RCB.

Projeto da curta metragem “A Lenda do Galo” apresentado no âmbito dos 50 anos do Rotary Club de Barcelos

Abril 10, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No âmbito das comemorações do seus 50 anos, o Rotary Club de Barcelos associa-se ao realizador barcelense Carlos Araújo e ao Instituto Politécnico do Porto, nesta primeira apresentação pública do projeto, que decorrerá no Hotel Bagoeira, dia 17 de abril, pelas 21h30.



Neste evento, ao café, com entrada livre, o painel de oradores dará a conhecer o projeto, os locais de rodagem e o seu contexto histórico, a importância do Caminho de Santiago no turismo, bem como a Escola Superior de Media Artes e Design do Instituto Politécnico do Porto.

Carlos Araújo é o mentor do projeto que leva para a ficção a Lenda do Galo. No âmbito da tese de Mestrado, o realizador e mais três colegas estão a filmar uma curta-metragem cujas gravações já decorreram em Barcelos.

Após a rodagem, segue-se a pós-produção e montagem. O filme deverá ficar concluído entre junho e setembro e terá, depois, uma ante-estreia em Barcelos.

António Capelo, Margarida Moreira e João Nunes Monteiro compõem o elenco principal, ao lado de vários atores barcelenses.

Fonte e imagens: RCB.

Mês de abril traz música, teatro e cinema ao Teatro Gil Vicente

Março 29, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Já é conhecida a programação do Teatro Gil Vicente para o próximo mês de abril, com música, teatro e cinema em destaque.



Assim, a Associação Zoom – Cineclube abre a programação no dia 5, às 21h30, com a exibição do filme “Os Cavaleiros do Asfalto”, de Martin Scorsese; no dia 12, é a vez do filme “Maridos”, de John Cassavetes, e no dia 19, o filme “Lucky” de John Carroll Lynch. As sessões têm início às 21h30 e têm entrada paga.

Ainda no dia 8, às 16h00 e para os mais pequenos, a Zoom apresenta o Cinema em Família com a exibição do filme “O Menino e o Mundo”, de Alê Abreu.

No domínio musical, o Teatro Gil Vicente recebe, no dia 6, às 21h30, a apresentação do novo álbum Vol.II dos “L-Blues”; no dia 13, é a vez do concerto solidário de Hugo Torres, promovido pela Delegação de Barcelos, do Núcleo Regional do Norte da Liga Portuguesa Contra o Cancro. No dia 29, com duas sessões às 16h00 e 18h00, a classe de iniciação musical e coro juvenil do Conservatório de Música de Barcelos apresenta o espetáculo musical “Espelho de Paz”.

O teatro regressa ao palco do Gil Vicente com as peças “Avó Prícia, ou no Início e no Fim dos Tempos”, pelo Teatro Nacional Académico Musical, no dia 7; ”Abaixo o Aeroporto em Rianxo”, pelo Teatro de Balugas, no dia 14; “Meu Avô, Meu Pai e Eu”, pela Companhia de Teatro de Santo Tirso, no dia 22. “Cárcere”, solo de Vinícius Piedade, nos dias 25 e 26, às 21h30 e 16h30, respetivamente. A entrada é gratuita, mas sujeita a reserva.

A dança marca presença nos dias 9, 16, 23 e 30, às 21h00, com as habituais sessões da Folk Sessions Barcelos, do Grupo de Danças e Cantares de Barcelos e a Associação Coreto – Associação para a Promoção de Artes e Culturas. As sessões são de inscrição obrigatória.

No âmbito do Dia Mundial do Livro, no dia 23 de março, o Teatro Gil Vicente recebe o Sarau Literário e Musical Comemorativo do Dia Musical do Livro, promovido pelos Sons de Coimbra e Coro de Câmara de Barcelos.

No dia 10, às 14h30, o Conselho Empresarial da Região do Ave promove o Fórum “Inovação, Exportação, e Excelência Empresarial; no dia 11, às 15h00, a Escola Básica e Secundária de Vale D’Este, Viatodos, promove uma conferência intitulada “Cinema e Educação: Desafios e Oportunidades”.

O espaço cénico recebe nos últimos dias do mês, 24 e 26 de março, das 19h00 às 22h00, o workshop “Ator Inconformado” protagonizado por Vinícius Piedade.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

Programação de março no Teatro Gil Vicente marcada pela diversidade

Fevereiro 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Durante o mês de março, o Teatro Gil Vicente garante animação, quase diariamente, à cidade. Da programação, destacam-se os concertos do festival HARMOS, de 21 a 23, e o Ciclo Jazz ao Largo, que traz a palco o Miguel Ângelo Quarteto, no dia 16, às 21h30.



O Miguel Ângelo Quarteto é composto por Miguel Ângelo (contrabaixo e composição), João Guimarães (saxofone culto), Joaquim Rodrigues (piano/rhodes) e Mário Costa (bateria). O quarteto interpreta músicas originais do contrabaixista, deixando transpor nessas execuções as suas sensibilidades individuais.

A Associação ZOOM abre a programação com o filme “O Pagador de Promessas”, de Anselmo Duarte, no dia 1; “Aquarius”, de Kleber Mendonça Filho, no dia 8; “Tainá: Uma Aventura na Amazónia” de Tânia Lamarca e Sérgio Bloch, no dia 11; e “Pixote” de Héctor Babenco, no dia 15. A entrada tem o valor de 3,5€ para o público em geral e é gratuito para sócios da ZOOM.

O teatro sobe ao palco do Gil Vicente nos dias 2 e 3, às 16h00, com a peça de teatro “Artimanhas de Scapin”, de Molière, da Nova Comédia Bracarense, e tem um custo de 2€. No dia 9, às 21h30, é a vez de “A Vida é Curta Demais para Passar Lençóis a Ferro”, de Sofia Bernardo, com entrada gratuita, sujeita a reserva.

Ainda na programação do Teatro Gil Vicente para o mês de março, destaque para duas sessões de música e poesia: no dia 4, às 16h00, “Galarotes, Diabinhos, Cabeçudos e Apitos”, com José Fanha e Daniel Completo; e no dia 10, às 21h30, “No Feminino”, com voz de Alberto Serra, acompanhado de Nuno Fernandes na guitarra.

A dança marca presença nos dias 5, 12, 19 e 26, às 21h00, com as habituais sessões da Folk Sessions Barcelos, do Grupo de Danças e Cantares de Barcelos e a Associação Coreto – Associação para a Promoção de Artes e Culturas. As sessões são de inscrição obrigatória.

A dança continua nos dias 18, às 15h00, com o espetáculo “Reis Magos?? Não, Rainhas Godas”, pela Escola de Dança de Barcelos.  O espetáculo tem um custo simbólico de 2,50€, valor que reverte a favor do GASC – Grupo de Ação Social e Cristã.

Nos dias 25, às 18h00, e 26, às 21h00, é a vez da Escola de Dança “Nico Dance Studio” apresentar o espetáculo “Ser único”. A entrada tem o valor de 5€.

No dia 8, às 21h00, será inaugurada a exposição de pintura“ Mulheres de Luz e Sombra”, de Maria Beatitude.



Já no dia 24, às 21h00, realiza-se a 3.ª Gala do Desporto da Associação Moto Galos.

A programação do mês de março do Teatro Gil Vicente termina no dia 30, com a atuação do Coro Académico do IPCA.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

Casa de Saúde S. João de Deus exibe “Uma Mente Brilhante”, comentado pelo psiquiatra Patrício Ferreira

Fevereiro 23, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 2 de março, pelas 21h00, a Casa de Saúde São João de Deus o filme «Uma Mente Brilhante», realizado por Ron Howard, e protagonizado por Russell Crowe. A sessão será apresentada e comentada por Patrício Ferreira, psiquiatra da instituição e terá lugar no Auditório S. Bento Menni. Entrada gratuita.



O cinema tem, ao longo dos tempos, desempenhado um importante papel na aproximação da sociedade à doença mental. Vários são os títulos da cinemateca mundial que têm descrito a realidade, as dificuldades e, no fundo, até alguns preconceitos ligados à psiquiatria. Se “Voando sobre um ninho de cucos” (1976) ou mais recentemente “Mr. Jones” (1993) conseguiram fazê-lo de forma genial e marcante, outros há que pela transformação cinematográfica perderam este papel “aproximador”, aumentando, quiçá, até o “preconceito” relativamente à psiquiatria.

O filme «Uma Mente Brilhante» descreve de forma ficcionada a história verídica de uma pessoa com esquizofrenia. A ficção adicionada consegue, no entanto, de forma inquietante e até algo perturbadora, transmitir ao espectador a vivência de um doente com delírio bem sistematizado. Sem a referência à patologia, o observador fica de tal forma envolvido que conseguiria partilhar as crenças do protagonista.

Mas não é só no conteúdo da doença que esta película se destaca. A realidade da psiquiatria daquela época, o papel da família no doente mental, da sua integração no mundo profissional e social, na “normalidade” possível apesar da doença, tudo está descrito de forma mais ou menos explícita.

Muito mais que um filme, esta longa metragem é um testemunho sempre vivo na luta pela desconstrução da discriminação do doente mental. Trata-se de uma história verídica onde é descrita parte da vida de John Nash, matemático americano, que foi Nobel da Economia, tendo ainda recebido outros galardões, decorrente da sua genialidade que ainda hoje influencia e é referência naquelas áreas da ciência.

Fonte: CSSJD.

Imagem: DR.

Cinema e música portuguesa na programação de fevereiro no Teatro Gil Vicente

Fevereiro 1, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A programação do Teatro Gil Vicente, durante o mês de fevereiro, leva a palco cinema, música, teatro e sessões de dança.



O cinema regressa, como sempre, pelas mãos da ZOOM – Cineclube de Barcelos, que apresenta quatro noites de cinema: no dia 1, “Noite na Terra” de Jim Jarmusch; no dia 8, “Nu” de Mike Leigh; no dia 15, “Good Time” de Irmãos Safdie e, no dia 22, “120 Batimentos por Minuto” de Robin Campillo. As entradas custam 3,5 euros, exceto para os sócios (gratuito), e as projeções começam às 21h30. Além disso, no dia 18, a ZOOM apresenta para os mais pequenos “Cinema em Família” – Filminhos à Solta, um espetáculo gratuito com início às 16h00.

A música marca presença no Teatro Gil Vicente, no dia 3, às 21h30, com “Casa Clandestina” de Hélder Costa, Daniel Pereira e Mário Gonçalves e, no dia 9, às 21h30, o espetáculo “Fado Violado”, projeto musical português que interliga o fado com o flamenco.

O mês de fevereiro traz ainda ao espaço vicentino nos dias 5, 14,19 e 28, às 21h30, as habituais sessões de dança da “Folk Sessions Barcelos”, uma iniciativa do Grupo de Danças e Cantares de Barcelos em parceria com a Coreto – Associação para a Promoção de Artes e Culturas, iniciativa de inscrição obrigatória.

Integrado no Plano Nacional de Cinema (AEAF), uma iniciativa do Agrupamento de Escolas Alcaides de Faria, o Teatro Gil Vicente recebe os filmes “Vladimir”, de Nuno Bouça e Ana Bouça, e “O Garoto de Charlot”, de Charles Chaplin, no dia 16; “Atrás das Nuvens”, de Jorge Queiroga, e “Estória do Gato e da Lua”, de Pedro Serrazina, no dia 19; “Ladrões de Bicicletas”, de Vittorio de Sica, e “Estória do Pedro e da Lua”, de Pedro Serrazina, no dia 21; e “A Suspeita”, de José Miguel Ribeiro, e “Gesto”, de António Borges Correia, no dia 26.

O teatro passa pelo cenário do Gil Vicente, no dia 24, às 21h30, com a peça “A Nobre Cauda”, do Grupo de Teatro do VEZ.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima