Tag archive

Comércio

José Manuel Fernandes avança com proposta de plano europeu para apoio ao Comércio Local

Maio 15, 2019 em Atualidade, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Eurodeputado José Manuel Fernandes quer colocar o comércio na agenda das instituições europeias. É que, de acordo com o mesmo, apesar da importância na economia e nas áreas urbanas, o setor não é uma prioridade da União Europeia. Uma situação que o candidato do PSD, reconhecido como o eurodeputado português mais produtivo e mais influente no Parlamento Europeu, promete alterar no próximo mandato.



“Portugal, com clara vocação comercial, precisa de colocar o comércio na agenda das instituições europeias, onde atualmente, e apesar da sua importância na vida das cidades, não é prioridade”, assumiu José Manuel Fernandes, no final de uma reunião, ontem, com a direção da Associação Comercial de Braga.

Os representantes do comércio assumiram o compromisso de entregar um relatório com contributos concretos para o Plano de Apoio ao Comércio Local que o eurodeputado José Manuel Fernandes vai propor no Parlamento Europeu, na próxima legislatura.

Coordenador do PPE na comissão dos orçamentos, José Manuel Fernandes explicou que o comércio pode congregar vários fundos europeus do próximo quadro financeiro plurianual (2021-2027) para ajudas ao investimento (com juros próximos de zero), bem como à qualificação profissional e à internacionalização deste ramo de atividade.

Lembrando que o comércio representa 14% da riqueza criada em Portugal (valor que sobe para 30 por cento se incluída a restauração e outros serviços) e 14,3% do emprego, o Eurodeputado acentuou que o setor apenas capta 3% dos fundos comunitários destinados a Portugal.

Defendeu que o Plano deve ter dimensão nacional, embora possa ser gerido regionalmente, e necessita de ser construído numa base de cooperação entre instituições do setor.

“Preciso do contributo dos comerciantes e suas associações para que o Plano seja exequível e, sobretudo, para que seja eficaz o que nem sempre sucede com os apoios europeus, muitos dos quais ficam em Lisboa e não chegam às empresas e às regiões”, apelou.

O candidato do PSD assinalou que, e ao contrário do que muitas vezes acontece, “é preciso conceber a estratégia para depois colocar, dentro do projeto, as medidas capazes de a concretizar”.

Salientou que, entre as suas propostas está a criação de uma estrutura de apoio ao investimento, um organismo que serviria para facilitar o acesso dos empresários aos programas comunitários: “o acesso aos undos deve evitar uma complexidade excessiva, sob pena de estes não chegarem aos destinatários”.

Na ocasião, os dirigentes da ACB, em especial o diretor-geral Rui Marques, enalteceram o propósito de José Manuel Fernandes e prometeram, a curto prazo, o envio de um relatório com sugestões e medidas, de forma a que o Plano possa ser integrado no próximo Quadro Financeiro, que já começou a ser debatido em Bruxelas.

Criticaram, ainda, o centralismo – e a burocracia – na gestão dos fundos pelo atual governo do PS, o que – frisaram os comerciantes presentes – dificulta o acesso ao investimento e leva alguns a desistir. Lembraram que o caminho do comércio eletrónico, por onde passa, em boa parte o futuro do setor, só pode ser trilhado com cooperação entre os empresários e apoios específicos.

Fonte e foto: JMF.

Ir Para Cima