Tag archive

Companhia de Teatro de Santo Tirso

Teatro Gil Vicente recebe “O meu avô, o meu pai e eu – uma história da revolução”, da Companhia de Teatro de Santo Tirso

Abril 16, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 22 de abril, pelas 21h30, o palco do Teatro Gil Vicente recebe a peça “O meu avô, o meu pai e eu – uma história da revolução”, levada a cena pela Companhia de Teatro de Santo Tirso. A apresentação está inserida no programa da Festa das Cruzes 2018.



Esta peça será apresentada em Barcelos em ante-estreia, o que revela a proximidade desta companhia de teatro tirsense a este concelho, talvez também pelo facto de uma das suas principais figuras, Sérgio Macedo, ser barcelense. A estreia ocorre dois dias depois, em Santo Tirso.

O facto da Companhia de Teatro de Santo Tirso realizar uma ante-estreia e uma estreia em concelhos diferentes (Barcelos e Santo Tirso) é uma clara evidência da importância que a companhia tem vindo a conquistar com os seus trabalhos e a sua qualidade.

Esta 10ª produção da Companhia de Teatro de Santo Tirso, no seguimento da sua linha artística, é também ela a 10ª criação com texto próprio, revelando a aposta da companhia na criação de novos textos, novas dramaturgias e novos públicos.

Além da reflexão inerente do que somos como portugueses e a nossa relação com a história de Portugal, a peça tem uma forte componente pedagógica sobre os conteúdos históricos da Revolução do 25 de Abril e revela-se no meio escolar como uma oportunidade de assimilar aprendizagens efetuadas na sala de aula. Nesse sentido, estão já agendados diversos espetáculos em escolas e salas de espetáculo em concelhos como o de Santo Tirso, Barcelos, Braga e Guimarães.

Com texto de António Rodrigues, a peça: “O meu avô, meu pai e eu – uma história da revolução” retrata as condições de vida em Portugal durante a ditadura de Salazar e os principais acontecimentos que conduziram ao dia 25 de abril de 1974. Inspirado em “As portas que Abril abriu”, de José Carlos Ary dos Santos, esta peça viaja até 1975, a uma sala de estar onde pai e filho, recordando a história recente de um país saído de uma revolução, vão esgrimindo argumentos e considerações, criando momentos de conflito ao reviver a história.

Um pai que ainda vive segundo o trinómio “Deus, Pátria e Família”. Um filho que reclama os valores de Abril. Um país que vive em instabilidade política e social após 48 anos de ditadura. É a história narrada dentro de uma história.

 

Fonte e imagens: CTST.

Companhia de Teatro de Santo Tirso apresenta “Que vida Zé!!” no Teatro Gil Vicente

Janeiro 10, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 20 de janeiro, sábado, pelas 21h30, no Teatro Gil Vicente, a Companhia de Teatro de Santo Tirso leva a cena a peça “Que vida Zé!!”.



Segundo a referida Companhia, esta peça é “uma homenagem à comédia portuguesa. Zé, o protagonista, irá dar-lhes vida ao longo da noite à medida que vai evocando acontecimentos mais ou menos insólitos e pouco credíveis da sua, ainda que não muito longa, agitada e peculiar existência. Afinal ele é português com tudo que isso comporta.

A narrativa centra-se em episódios do quotidiano do protagonista que bem podem ser o de cada um. Zé é um homem simples e de pouca instrução que vê e narra a sua história de vida de um modo muito peculiar, o seu. Elementos como a improbabilidade, a ironia, o sarcasmo e o sentido de humor condimentam a narrativa. A vida é isso mesmo. Façam o favor de ser Felizes!

A entrada é gratuita mas não dispensa a reserva de lugar. Mais informações em: tgv@cm-barcelos.pt e telf.: 253809694.

Fonte e imagem: AB.

Peça de teatro “Arlequim, recicla assim” no Teatro Gil Vicente

Setembro 21, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Vai a cena no próximo dia 24 de setembro, pelas 16h00, a peça de teatro infantil “Arlequim, recicla assim”.



Esta peça é levada a palco pela Companhia de Teatro de Santo Tirso, sendo de entrada gratuita. No entanto, como é de lugares limitados, aconselha-se que reserve os seus bilhetes através de 253 80 96 94 ou tgv@cm-barcelos.pt.

Fonte e imagem: AB.

Peça de teatro “Que vida Zé!” vai a cena em Alvelos

Setembro 15, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Numa organização da Junta de Freguesia de Alvelos, com o apoio do Município de Barcelos, vai a cena, amanhã, pelas 21h30, no Pavilhão Multiusos de Alvelos, a peça de teatro “Que vida Zé!”.



Esta é uma peça encenada pela Companhia de Teatro de Santo Tirso, que integra o ator barcelense Sérgio Macedo.

Jazz, Blues e muito mais animam a programação de setembro do Teatro Gil Vicente

Agosto 31, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora




O Teatro Gil Vicente abre portas no mês de setembro, estendendo a sua programação para o palco sobre o Rio Cávado, nos dias 1, 2 e 3, com o Festival River Blues. Os concertos iniciam-se a 1 de setembro, com a banda barcelense QUANTIC MODE e os bracarenses BUDDA POWER BLUES. No sábado, 2 de setembro, é a vez da banda nacional JUST SOUL ORCHESTRA se apresentar com sons da Soul Music e do Funk. No último dia do Festival, a 3 de setembro, será lançado o novo álbum de originais de ANTÓNIO MÃO DE FERRO, um dos mais importantes guitarristas portugueses.

Mas os festivais não ficam por aqui. Entre os dias 13 e 17 de setembro é a vez do Largo Dr. Martins Lima receber o JAZZ AO LARGO. Este ano, o evento conta também com sessões de free jazz na Frente Ribeirinha da Azenha, no dia 16, às 15h e às 17h, e no dia 17, às 17h.

A música continua no Gil Vicente nos dias 8, com Pierre Chacal; 23, com o barcelense “Homem em Catarse”, na apresentação do seu primeiro álbum a solo; e, no dia 29, com o guitarrista barcelense João Dias, que apresenta o seu primeiro concerto num espaço fechado.

No primeiro dia do mês, o Teatro recebe a exposição de postais “Barcelos no Tempo – 89ª Aniversário da Elevação de Barcelos a Cidade”, da Associação de Colecionismo de Barcelos – ACOBAR, que estará patente até 10 de setembro. A fotografia também terá o seu espaço reservado no átrio do Gil Vicente, com a exposição “Max Vadukul na Coleção EI”, inserida no Festival Encontros da Imagem, que celebra este ano trinta anos da sua fundação.

O espaço cénico recebe, nos dias 9 e 10 e 16 e 17, formações em cenografia por Luís Santos, numa parceria do Município de Barcelos com A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos.

“Livros a Mexer” é o título da atividade dedicada aos seniores, no dia 13, com o workshop de dança e literatura por Pedro Carvalho e, no dia 17, é a vez das famílias se dedicarem à dança e ao cinema com o workshop “O filme que eu danço”. Os mais novos podem agendar o dia 24 para assistir à peça “Arlequim Recicla Assim”, pela Companhia de Teatro de Santo Tirso.

No dia 18, às 18h00, tem lugar uma palestra dedicada ao Autismo, inserida no The Son-Rise Program®. Uma iniciativa da Associação Vencer Autismo em colaboração com a Câmara Municipal de Barcelos.

E a sétima arte preenche sete dias da programação do mês de setembro, começando no dia 2 com a apresentação dos trabalhos dos alunos da oficina de verão “Quem Conta um Conto”, que teve lugar na Galeria Municipal de Arte, no âmbito das férias escolares. Nos dias 7, 13, 14, 21 e 28, a Associação ZOOM traz os filmes “Contos da Lua Vaga”, “Bird – O Fim do Sonho”, “O Intendente Sansho”, “A Rua da Vergonha”. E no dia 10 de setembro há lugar para as Moondog Sessions com “Jesus the Snake ao vivo nas ruínas de Conímbriga”.

Os bilhetes para assistir aos espetáculos no Teatro podem ser adquiridos no local, ou através de reserva por e-mail (tgv@cm-barcelos.pt) ou telefone (253 809 694).

Fonte e imagem: CMB.

Peça de teatro infantil “Pirilampo” no Teatro Gil Vicente

Junho 10, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Vai a cena, já amanhã, domingo, dia 11 de junho, pelas 16h00, no Teatro Gil Vicente, a peça de teatro infantil “Pirilampo”, pela Companhia de Teatro de Santo Tirso.

pirilampo-companhia-teatro-santo-tirso2

Esta peça, escrita e interpretada pelo barcelense Sérgio Macedo, tem a encenação de Sara Salgueiro.

A entrada é gratuita.



 

Fonte e imagens: Agenda Cultural da CMB e página Facebook da CTST.

Ir Para Cima