Tag archive

Conferência

“A Aventura da Fé ao lado de Três Papas” com Aura Miguel

Setembro 25, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Na próxima sexta-feira, dia 28 de setembro, a Casa de Saúde S. João de Deus, em Barcelos, recebe a conferência «A Aventura da Fé ao Lado de Três Papas», com a jornalista Aura Miguel. A sessão terá início às 21h00, no auditório S. Bento Menni, sendo a entrada gratuita.



Aura Miguel é jornalista desde 1982, altura em que o papa João Paulo II fez a primeira visita a Portugal. Nos últimos 30 anos, a jornalista tem acompanhado as diversas viagens e atividades papais, em Roma e no mundo inteiro. Nestas viagens, Aura Miguel tem tido o privilégio de, habitualmente, integrar a comitiva que viaja no avião papal, conseguindo por vezes partilhar momentos com o Santo Padre e até entrevistas exclusivas.

Aura Miguel é autora de alguns livros sobre estas experiências vividas, dois deles sobre João Paulo II: “O Segredo que Conduz o Papa” (Principia, maio 2000), traduzido em várias línguas, e “Porque Viajas tanto?” (Lucerna, outubro 2003). Em 2010, quando Bento XVI visitou Portugal escreveu “As Razões de Bento XVI” (Texto Editores/Leya 2010).

Esta será uma oportunidade de ouvir ao vivo as histórias vivenciadas por Aura Miguel e através delas conhecer também um pouco melhor os três últimos papas.

Imagem: ISJD.

Conferência “Os municípios e o futuro da energia em baixa tensão – 4 soluções”

Setembro 12, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

A Associação de Estudos de Direto Regional e Local (AEDREL), em parceria com o Município de Barcelos, promove, no próximo dia 14 de setembro, pelas 10h00, no Auditório da Câmara Municipal, uma conferência intitulada “Os Municípios e o Futuro da Energia em Baixa Tensão (BT) – 4 Soluções”.



De acordo com a organização, a conferência “tem como objetivo discutir as principais implicações decorrentes do fim da maioria das concessões de distribuição de energia elétrica em baixa tensão e das alterações importantes neste setor, bem como, dos procedimentos necessários à continuação da exploração da rede”.

A conferência conta com a presença de diversos especialistas e tem como coordenador Carlos José Batalhão (AEDREL). A sessão de abertura será feita pelo Presidente da Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes.

A conferência tem inscrição obrigatória para aedrel@ardrel.org ou 968 115 308, com um valor 15 euros e preços especiais para mais de 3 participantes por entidade. Este valor inclui certificado de participação e destina-se a dirigentes e funcionários dos municípios, freguesias, comunidades intermunicipais e áreas metropolitanas, entre outros.

Fonte e imagens: CMB.

 

Dia da Cidade de Barcelos dedicado a D. António Barroso

Agosto 22, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Barcelos comemora, no próximo dia 31 de agosto, os 90 anos de elevação a cidade. As celebrações serão dedicadas ao Centenário da Morte de D. António Barroso, barcelense ilustre e uma das figuras mais destacadas da Igreja Católica Portuguesa.



O dia começa com o hastear da bandeira, no edifício dos Paços do Concelho, pelas 9h30, seguindo-se uma Missa Solene, na Igreja Matriz, presidida por D. Francisco Senra, Bispo Auxiliar de Braga e Arcebispo Eleito de Évora.

Em simultâneo, pelas 11h30, serão descerradas placas evocativas da comemoração e depositadas coroas de flores no monumento a D. António Barroso, em Barcelos, e na Capela Jazigo, em Remelhe. Em Barcelos, atuará ainda o quarteto de metais da Banda Musical de Oliveira.

Um dos pontos altos do dia será a homenagem aos cerca de sessenta missionários barcelenses, pelas 17h30, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, que será antecedida da inauguração de uma exposição documental e iconográfica sobre a vida e obra e D. António Barroso. Segue-se, pelas 19h00, no Largo Dr. Martins Lima, a atuação da Banda Musical de Oliveira.

O programa do Dia da Cidade, evocativo do centenário da morte de D. António Barroso, encerra com duas conferências, no auditório da Câmara Municipal, pelas 21h30, subordinadas ao tema “D. António Barroso e a sua terra natal”, pelo padre jesuíta barcelense António Júlio Trigueiros, e “D. António Barroso: Bispo do Porto e Venerável da Igreja Católica”, por D. Carlos Azevedo, Bispo e membro da Comissão Pontifícia da Cultura do Vaticano. Será moderador o padre Manuel Vilas Boas, jornalista da TSF.

Sobre D. António Barroso

António José de Sousa Barroso nasceu em Remelhe, a 5 de novembro de 1854, e faleceu no Porto, em 31 de agosto de 1918. Está sepultado em Remelhe, numa capela mortuária da autoria do arquiteto Marques da Silva.

Barcelos erigiu-lhe, por subscrição pública, um monumento, em frente ao edifício dos Paços do Concelho.

D. António Barroso, no momento do seu falecimento, era Bispo do Porto, cargo do qual tomou posse a 24 de junho de 1899, tendo enfrentado, com frontalidade, a perseguição de que foi alvo durante a Primeira República. Para trás, tinha ficado uma vida de missionário e missiólogo, primeiro no Congo (1880-1888) e depois em Himéria (1891-1895), em Moçambique e Meliapor (1898), na Índia.

A sua fama de santidade fez com que o Vaticano, em reunião do Congresso Peculiar dos Consultores Teólogos, de 16 de maio de 2017, reconhecesse as suas Virtudes Heroicas, depois do seu processo de beatificação e canonização se ter iniciado em 1992.

Imagem: DR.

Festa em honra de três Santos em Vila Seca

Julho 18, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

A freguesia de Vila Seca, e sua paróquia, recebe a festa em honra de Santa Maria Madalena, São Tiago e Nossa Senhora do Parto, entre 21 e 25 de julho.



Já no dia 21, pelas 22h00, realiza-se o concerto do grupo Vozes do Cávado, no largo da Capela de Santa Maria Madalena, no Lugar de Lordelo.

A 22 de julho, pelas 11h00, celebra-se a eucaristia solene campal em honra de Santa Maria Madalena. Pelas 16h30, dá-se a entrada da Fanfarra de Nossa Senhora da Ajuda e pelas 17h00 realiza-se a celebração Mariana e Pregação na Capela, seguindo-se a procissão.

No dia seguinte, pelas 21h00, realiza-se a Conferência sobre “O sentido da peregrinação e os Caminhos de São Tiago”, proferida pelo Padre André Gonçalves, no Salão Paroquial de Vila Seca. Dia 24, pelas 21h00, celebra-se eucaristia em honra de Nossa Senhora do Parto e do Senhor do Socorro, na Capela do Senhor do Socorro.

Por fim, a 25 de julho, pelas 19h30, celebra-se nova eucaristia solene na Igreja Paroquial de Vila Seca, em honra do Padroeiro São Tiago, seguida de majestosa procissão em honra do Padroeiro, com a presença da Fanfarra de Nossa Senhora da Ajuda e de todos os movimentos e associações da paróquia.

Peregrinação à Franqueira a 12 de agosto com visita às paróquias para breve

Julho 18, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

A tradicional Peregrinação Arciprestal à Franqueira deste ano realiza-se a 12 de agosto, com as visitas às paróquias a iniciar já a 20 de julho.



Assim, na próxima sexta-feira, pelas 20h30, dá-se a receção na Capela de Santa Maria Madalena, em Vila Seca, seguindo-se eucaristia. Até dia 28, a imagem ficará nesta paróquia. No dia 22 de julho, celebra-se uma eucaristia, pelas 11h00. À tarde, pelas 17h00, realiza-se a procissão da festa. Dia 23, pelas 17h00, realiza-se a Conferência sobre o Sentido da Peregrinação e Caminhos de São Tiago. No dia seguinte, celebra-se eucaristia pelas 21h00. Quarta-feira, dia 25, pelas 19h30, celebra-se nova eucaristia seguida de procissão em honra de São Tiago. Nos dois dias seguintes, pelas 21h00, há recitação do rosário e a 28 de julho, pelas 19h00, celebra-se nova eucaristia, seguida de despedida da Senhora.

A imagem segue, então, para a paróquia de Carapeços, onde permanecerá entre 28 de julho e 4 de agosto. No primeiro dia, pelas 21h00, realiza-se a receção e celebra-se eucaristia de Ação de Graças. No domingo, dia 29, pelas 9h30, dá-se a recitação do terço, seguindo-se eucaristia. À noitinha, pelas 19h00, realiza-se uma vigília pelo grupo de jovens KYRIOS. No dia seguinte, pelas 17h00, recita-se o terço e a 31 de julho, pelas 21h30, realiza-se um concerto mariano pelo Coral Magistrói. A 1 e 3 de agosto, pelas 19h30, recita-se o terço e celebra-se eucaristia, sendo que no dia 2, a recitação do terço acontece mais cedo, pelas 17h00. No último dia, 4 de agosto, pelas 20h00, recita-se o terço, celebra-se eucaristia e dá-se a despedida da Senhora.

Por fim, a paróquia de Barcelos recebe a imagem, a 4 de agosto, pelas 21h45, na rotunda do “McDonald’s”, partindo daí a procissão de velas em direção à Igreja Matriz. De 6 a 10 de agosto, pelas 21h00, reza-se o terço, seguindo-se eucaristia. No dia 11, pelas 18h00, reza-se novamente o terço, seguido de missa vespertina. Finalmente, a 12 de agosto, pelas 8h00, dá-se a saída da Imagem Peregrina até ao Santuário da Franqueira.

VilaWork recebe conferência sobre Higiene e Segurança no Trabalho e encontro “Liga-te”!

Abril 11, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 19 de abril, pelas 14h00, o VilaWork – Barcelos Business Center, localizado em Vila Boa, recebe uma Conferência sobre Higiene e Segurança no Trabalho, assim como o “Liga-te! – 1º Encontro entre Alunos e Entidades do Sector do Turismo”.



O evento resulta de uma parceria entre este centro de negócios do concelho de Barcelos e a Escola Superior de Hotelaria e Turismo (ESHT), do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA), e contará, entre outros, com as presenças de José Beleza, Vereador do Pelouro de Turismo, e de Alexandra Malheiro, Diretora da ESHT.

Contará, igualmente, com a presença de representantes da Autoridade para as Condições do Trabalho, Centro Médico, Psicológico e Educacional de Braga e da União Geral de Trabalhadores. Na segunda parte do evento, estarão presentes entidades do setor do turismo, assim como, estudantes do IPCA que procuram entrar no mercado de trabalho, que, durante uma sessão de Networking terão a oportunidade de se aproximarem.

O acesso a este evento é gratuito.

Imagens: VW-BBC.

Dia do Artesão evocado com conferência sobre Artes e Ofícios

Março 15, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

No sentido de comemorar o Dia do Artesão, próximo dia 19 de março, o Pelouro do Turismo e Artesanato da Câmara Municipal de Barcelos, realiza uma conferência cujo tema será “As Artes e Ofícios Tradicionais e os novos desafios. Ameaças e Oportunidades: o Caso de Barcelos”.



A conferência terá início pelas 14h00, no auditório da Biblioteca Municipal de Barcelos, e terá a seguinte programação:

14h45: “As Artes e Ofícios tradicionais em Portugal: perspetivas e desafios na ótica da certificação”, por Teresa Costa, Diretora Executiva da Adere Certifica;

15h15: “As potencialidades da rede mundial das cidades criativas para a internacionalização das Artes e Ofícios tradicionais”, por José Beleza, Vereador do Turismo e Artesanato da Câmara Municipal de Barcelos;

15h30: “As vantagens do associativismo no fortalecimento da promoção do artesanato”, por Pedro Correia, Presidente da Associação de Artesãos “O Galo”;

15h45: “Um retrato das Artes e Ofícios de Barcelos. Ameaças e oportunidades,”, por artesãos de cada uma das áreas criativas;

17h00: Debate; e

17h30: Verde de Honra.

A participação é livre e gratuita.

Fonte e imagem: AB.

Conferência sobre arte evoca José de Beça Sousa e Menezes

Março 3, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Hoje, pelas 16h00, na Biblioteca Municipal de Barcelos, realiza-se uma conferência intitulada “Cinco Artistas em Barcelos. Sousa Pinto, Ernesto Condeixa, Veloso Salgado, Teixeira Lopes e Cândido da Cunha”.



Terá a preleção de Hugo Barreira, Professor da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, e serve para assinalar o centenário da morte de José de Beça e Menezes (1828-1918). A sessão, cuja entrada é livre, terá ainda a participação do pianista António Godinho.

A conferência vai abordar a vida e a obra de artistas plásticos cuja obras foram adquiridas por José de Beça Sousa e Menezes e que se encontram na Casa do Jardim, situada no Campo Cinco de Outubro, antigo Jardim Velho, um dos primeiros, se não mesmo o primeiro, jardim público de Barcelos.

José de Beça Sousa e Menezes, mecenas e cultor das artes, é um exemplo de dedicação ao trabalho, designadamente à agricultura e ao desenvolvimento da instrução e da educação, tendo, ainda, praticado diversos atos de mecenatismo e filantrópicos.

Fonte e imagem: AB.

Conferência no IPCA sobre “Proteção de Dados e Propriedade Industrial – Novos Desafios”

Novembro 25, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo dia 28 de novembro, pelas 14h00, no Auditório Eng. António Tavares, no Campus do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) vai ter lugar a conferência “Protecção de Dados e Propriedade Industrial – Novos Desafios”.



Neste evento vão ser abordados, de uma perspetiva prática, os novos desenvolvimentos legislativos europeus nestas áreas, com impacto nas empresas.

O Regulamento Geral de Proteção de Dados vai ser aplicável a partir de 25 de maio de 2018 e vai exigir práticas adequadas de recolha, manutenção e gestão de informação, segurança dos sistemas e privacidade de dados. A entrada em vigor deste Regulamento implica, deste modo, alterações profundas a nível jurídico e tecnológico nas empresas.

O novo regime referente à Marca da União Europeia, que entrou em vigor dia 1 de outubro de 2017, vai ser também alvo de análise. O Regulamento n.º 2015/2424 do Parlamento Europeu e do Conselho implementa várias alterações ao regime das marcas como a criação da marca de certificação da União Europeia, a eliminação do requisito de representação gráfica, entre outros a serem abordados neste evento.

A participação é gratuita e aberta a toda a comunidade e contará com especialistas nas matérias abordadas.

Fonte e imagem: IPCA.

Conferência e exposição assinalam um século de energia elétrica em Barcelos

Novembro 14, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Comemoram-se, no presente ano, cem anos de energia elétrica em Barcelos. Na noite de 13 de novembro de 1917 – portanto, fez ontem 100 anos –, uma terça-feira, foi inaugurada a luz elétrica em Barcelos. Cerca de um ano mais tarde, em 27 de abril de 1918, a então vila de Barcelos ficou completamente iluminada. Nos finais de julho de 1916, chegou à Furada – Penida – o cabo elétrico para conduzir a energia para a iluminação pública e particular de Barcelos. A luz elétrica de instalação subterrânea foi inaugurada em 1 de maio de 1938.



A Câmara Municipal de Barcelos vai comemorar cem anos de energia elétrica em Barcelos com uma conferência a realizar no dia 9 de dezembro, pelas 17h00, no auditório da Biblioteca Municipal. Será orador o Prof. Doutor João Figueira, doutorado em “Estruturas Sociais da Economia e História Económica”, pela Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, mestre em História Económica e Social Contemporânea, e licenciado em História da Arte, pela Faculdade de Letras da mesma universidade.

Seguir-se-á a inauguração de uma exposição iconográfica e documental sobre o mesmo tema que, depois de exibida na Biblioteca Municipal, percorrerá os estabelecimentos de ensino concelhio.

A luz elétrica veio substituir os 177 lampiões de petróleo existentes (que custavam 30 reis por noite), que iluminavam Barcelos só nas noites em que não houvesse luar, sendo João Francisco da Silva, da freguesia de Alvelos, o último lampianista.

O fornecimento da luz elétrica em Barcelos foi adjudicado, em sessão de câmara de 13 de janeiro de 1916, presidida pelo Dr. José Matos Graça, à firma F. Xavier Esteves & Borges, da cidade do Porto. A energia elétrica era produzida na estação hidroelétrica situada no rio Cávado, no lugar da Penida, freguesia de Areias de Vilar, do concelho de Barcelos e pertencente à Sociedade de Eletricidade do Norte de Portugal, de que Francisco Xavier Esteves e Francisco António Borges eram diretores.

Na altura era presidente da Comissão Executiva Municipal o Dr. José Júlio Vieira Ramos, um monárquico, advogado e notário, antigo líder local do Partido Progressista, que governou em pleno período republicano.

Foi deste modo que o semanário “O Barcelense”, na edição de 17.11.1917, registou este notável acontecimento:

Na terça-feira à noite procedeu-se à experiência da luz eléctrica na zona que abrange a rua D. António Barroso, Campo da República, Campo de S. José, Rua Nova de S. José, Barjona de Freitas, Calçada, Faria Barbosa, rua da Palha, rua da Barreta, rua Miguel Bombarda, rua Duque de Barcelos e Largo José Novais.

As ruas e largos coalharam-se, rapidamente, de gente de todas as classes, parecendo que nos encontrávamos não em Barcelos mas numa cidade de luxo e muito movimentada.

É indescritível o contentamento e entusiasmo que se notava em toda a gente, sendo todos pródigos em elogiar a esplendorosa luz, que melhor não se poderia exigir.

Felicitamos a ex.mª Câmara e os concessionários pelo esplêndido êxito conseguido com este importantíssimo melhoramento, que a todos os barcelenses aproveita e que a todos deve satisfazer e agradar.

A diferença desta bela e poderosa luz da da antiga iluminação a petróleo é tanta como a que existe entre o escuro dum borrão de tinta e a alvura impressionante dos arminhos.

Barcelos progride e nós experimentamos um frémito de entusiasmo que chega a ponto de nos enchermos de orgulho, vaidosos por vermos que esta linda vila se vai engrandecendo, modernizando-se a par das povoações mais importantes do país.

(…)

Não devemos deixar sem reparo o quanto são elogiáveis os serviços dos empregados às ordens dos concessionários que têm provado evidentemente os seus grandes méritos e aptidões para a missão que tão briosamente desempenharam.

Brademos pois: Viva Barcelos! Viva quem trabalha pelo engrandecimento desta terra!”.

A Delegação de Barcelos da “Sociedade da Eletricidade” situava-se no Campo da República, sendo seu diretor o Tenente António Acácio Nunes. Da Secção Técnica, faziam parte o eletricista Gonçalves, o chefe das redes António Ferro e outros auxiliares.

Ainda segundo o referido semanário, na edição de 09.03.1929, numa informação assinada pelo seu responsável, José de Mancelos Sampaio, o processo de remodelação da “Sociedade” prosseguia:

Na passada 2ª feira, 25 do corrente, ficou instalado na cabine nº 8 (Torres) um novo transformador Poege de 50 Kw; e assim todas as três cabines da cidade alta já têm a mesma potência num total de 150 Kw.

Para a cidade baixa (Barcelinhos) passa o transformador de 30 Kw, que estava nas Torres; a potência de transformação em toda a cidade sobe portanto a 180 Kw, o que é importante para a população de Barcelos.

Na rede pública continuarão, persistentemente, as modificações estando por agora em conclusão a melhoria da rede de Barcelinhos.

Na central da Penide e nas aldeias deve em breve – Março ou Abril – iniciar-se outra etapa de trabalhos.

À Sociedade de Eletricidade do Norte de Portugal (SENP) sucedeu-lhe a Companhia Hidro-Elétrica do Norte de Portugal (CHENOP) que praticamente no mesmo local da Furada-Penida, construiria, em 1951, uma barragem. Sob a orientação dos técnicos Francisco Alves Correia Paiva e Bártolo de Oliveira Correia Paiva, seu filho, procedeu-se à eletrificação do concelho de Barcelos.

Um dos presidentes da Câmara Municipal que mais contribuiu para que o nosso concelho fosse dotado de energia elétrica foi o Dr. Luís Novais Machado (1917-1978), que governou os destinos municipais de 20.05.1953 a 06.01.1960, tendo mandado eletrificar 64 freguesias e que ficou conhecido, por isso, como o “presidente das luzes”.

Fonte e foto: CMB.

 

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima