Tag archive

CONTE

“Pão Nosso”, do Teatro de Balugas, vence Concurso Nacional de Teatro

Março 9, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Prémio Ruy de Carvalho, para o Melhor Espetáculo, foi conquistado pelo Teatro de Balugas, que se apresentou no CONTE – Concurso Nacional de Teatro com a peça “Pão Nosso”. A companhia de teatro de Balugães venceu, também, o prémio na categoria de Melhor Cenário.



O Teatro de Balugas foi um dos nove finalistas apurados para a final do CONTE 2020, certame decorrido em fevereiro de 2020, tendo depois sido o grupo nomeado para oito categorias. A gala de encerramento de mais uma edição do CONTE decorreu no passado sábado, no Theatro Club da Póvoa de Lanhoso, e foi o próprio ator Ruy de Carvalho, patrono do evento, que anunciou e entregou em mão o prémio ao Teatro de Balugas.

Cândido Sobreiro, diretor artístico da companhia Teatro de Balugas, referiu que este prémio “é fruto do trabalho de 13 anos a guardar a memória e o território do vale do Neiva e do Minho, do teatro da aldeia que consegue resistir e que continua vivo, feito com rigor, missão e seriedade”.

O espetáculo “Pão Nosso”, com texto e encenação de Cândido Sobreiro, fala-nos da aldeia de Balugães, terra onde já se amassou muito pão e onde se talharam muitas gamelas de pinho. O pão era o sustento, as gamelas também. Uma relação de pequenas histórias que contam mais do que o artefacto, o alimento, o labor. Uma recolha de memórias, ladainhas, cantigas e ofícios, recuperando utensílios e articulando artisticamente com a comunidade a criação do espetáculo. A partir daqui, o Teatro de Balugas aborda de uma forma teatral e poética o ciclo do pão na aldeia, reconstruindo-o a partir de princípios diferentes não tradicionais e quase oníricos.

Esta produção do Teatro de Balugas resulta de uma residência artística de teatro comunitário que foi uma das premiadas pelo Programa de Apoio ao Associativismo da Fundação INATEL, tendo a peça arrecadado o prémio de Melhor Espetáculo no Festival de Teatro de Barcelos em 2018, bem como os prémios de Melhor Cenário, Melhor Sonoplastia, Melhor Iluminação Cénica e Melhor Guarda-Roupa. Em 2019, a peça de teatro foi selecionada para apresentação no Festival Transfronteiriço de Teatro Amador PLATTA, em Espanha.

O CONTE é fruto de uma parceria que junta a Federação Portuguesa de Teatro e a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso na organização do evento.

Fotos: DR.

Teatro de Balugas nomeado para 8 prémios no CONTE 2020

Março 2, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Terminado o certame, onde a companhia de teatro de Balugães foi uma das nove finalistas, o Teatro de Balugas está, agora, nomeado para oito prémios no XVI Concurso Nacional de Teatro, com o espetáculo “Pão Nosso”.



A Gala de Encerramento do XVI CONTE realiza-se o próximo sábado, dia 7 de março, pelas 21h45, no Theatro Club da Póvoa de Lanhoso.

O Teatro de Balugas está nomeado para o galardão principal, o Prémio Ruy de Carvalho – Melhor Produção, e ainda para os prémios de Melhor Desenho de Luz – Prémio Orlando Worm, Melhor Ambiente Sonoro, Melhor Cenografia – Prémio João Barros, Melhor Guarda-Roupa, Melhor Interpretação Feminina (atriz Diana Gonçalves), Melhor Interpretação Masculina (ator Cândido Sobreiro) e Melhor Encenação.

O espetáculo “Pão Nosso”, com texto e encenação de Cândido Sobreiro, fala-nos da aldeia de Balugães, terra onde já se amassou muito pão e onde se talharam muitas gamelas de pinho. O pão era o sustento, as gamelas também. Uma relação de pequenas histórias que contam mais do que o artefacto, o alimento, o labor. Uma recolha de memórias, ladainhas, cantigas e ofícios, recuperando utensílios e articulando artisticamente com a comunidade a criação do espetáculo. A partir daqui, o Teatro de Balugas aborda de uma forma teatral e poética o ciclo do pão na aldeia, reconstruindo-o a partir de princípios diferentes não tradicionais e quase oníricos.

Esta produção do Teatro de Balugas resulta de uma residência artística de teatro comunitário que foi uma das premiadas pelo Programa de Apoio ao Associativismo da Fundação INATEL, tendo a peça arrecadado o prémio de Melhor Espetáculo no Festival de Teatro de Barcelos em 2018, bem como os prémios de Melhor Cenário, Melhor Sonoplastia, Melhor Iluminação Cénica e Melhor Guarda-Roupa. Em 2019, a peça de teatro foi selecionada para apresentação no Festival Transfronteiriço de Teatro Amador PLATTA, em Espanha.

Os nomeados do XVI CONTE 2020 são:

MELHOR DESENHO DE LUZ – Prémio Orlando Worm

Rui Ferreira | “O Futuro está nos Ovos” | Academia de Teatro TinBra

João Pereira | “A Importância de ser Ernesto” | Grupo Dramático e Recreativo da Retorta

Matilde Esteves e Tiago Martins | “O Pão Nosso” | Teatro de Balugas

MELHOR AMBIENTE SONORO

Maíra Ribeiro | “O Futuro Está nos Ovos” | Academia de Teatro TinBra

António Carlos Coimbra | “O Corcunda de Notre Dame” | GATEM – Grupo de Animação Teatral – Espelho Mágico

Matilde Esteves e Tiago Martins | “Pão Nosso” | Teatro de Balugas

MELHOR CENOGRAFIA – Prémio João Barros

Céu Campos | “O Corcunda de Notre Dame”| GATEM – Grupo de Animação Teatral – Espelho Mágico

Felipe Silva | “Rapunzel –Uma Aventura Musical” | Grupo Teatro Renascer

Aurélio Magalhães e Nuno Sobreiro |” Pão Nosso” | Teatro de Balugas

MELHOR GUARDA-ROUPA

Maíra Ribeiro | “O Futuro está nos Ovos” | Academia de Teatro TinBra

Céu Campos | “O Corcunda de Notre Dame” | GATEM – Grupo de Animação Teatral – Espelho Mágico

Diana Gonçalves | “Pão Nosso” | Teatro de Balugas

MELHOR INTERPRETAÇÃO SECUNDÁRIA FEMININA

Carla Gomes | “Romeu e Julieta” | ACAL – Associação Cultural e Artística de Lourosa

Céu Campos | “O Corcunda de Notre Dame” | GATEM – Grupo de Animação Teatral – Espelho Mágico

Ana Paula Vieira | “Morte e Vida Severina” | Os Plebeus Avintenses

MELHOR INTERPRETAÇÃO SECUNDÁRIA MASCULINA

Rui Madureira | “Romeu e Julieta” | ACAL – Associação Cultural e Artística de Lourosa

Cláudio Pinela | “O Corcunda de Notre Dame” | GATEM – Grupo de Animação Teatral – Espelho Mágico

Emílio Cruz | “A Importância de ser Ernesto” | Grupo Dramático e Recreativo da Retorta

MELHOR INTERPRETAÇÃO PRINCIPAL FEMININA

Rita Silva | “O Futuro está nos Ovos” | Academia de Teatro TinBra

Diana Gonçalves | “Pão Nosso” | Teatro de Balugas

Mariana Mateus Lopes | “Strip Poker” |TIL – Teatro Independente de Loures

MELHOR INTERPRETAÇÃO PRINCIPAL MASCULINA

Hélio Rebelo | “A Importância de ser Ernesto” | Grupo Dramático e Recreativo da Retorta

Rui Tavares | “Rapunzel –Uma Aventura Musical” | Grupo Teatro Renascer

Cândido Sobreiro | “Pão Nosso” | Teatro de Balugas

MELHOR ENCENAÇÃO

Miguel Assis | “O Corcunda de Notre Dame” | GATEM – Grupo de Animação Teatral – Espelho Mágico

Laura Avelar Ferreira | “A Importância de ser Ernesto” | Grupo Dramático e Recreativo da Retorta

Cândido Sobreiro | “Pão Nosso” | Teatro de Balugas

PRÉMIO RUY DE CARVALHO – Melhor Produção

“O Corcunda de Notre Dame” | GATEM – Grupo de Animação Teatral – Espelho Mágico

“A Importância de ser Ernesto” | Grupo Dramático e Recreativo da Retorta

“Pão Nosso” | Teatro de Balugas.

Imagens: DR.

“Pão Nosso”, do Teatro de Balugas, na final do Concurso Nacional de Teatro

Fevereiro 22, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O espetáculo “Pão Nosso”, do Teatro de Balugas, é um dos finalistas selecionados a nível nacional para o CONTE – Concurso Nacional de Teatro, que é organizado pela Federação Portuguesa de Teatro em parceria com a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso.



Nove companhias de todo o país sobem ao palco do Theatro Club da Póvoa de Lanhoso, apresentando-se o Teatro de Balugas no dia 28 de fevereiro, pelas 21h45. O certame conta com 12 prémios, sendo de destacar o Prémio Ruy de Carvalho (patrono do CONTE).

Esta produção do Teatro de Balugas, com texto de Cândido Sobreiro, resulta de uma residência artística de teatro comunitário que foi uma das premiadas pelo Programa de Apoio ao Associativismo da Fundação INATEL, tendo a peça arrecadado o prémio de Melhor Espetáculo no Festival de Teatro de Barcelos em 2018, bem como os prémios de Melhor Cenário, Melhor Sonoplastia, Melhor Iluminação Cénica e Melhor Guarda-Roupa. Em 2019, a peça de teatro foi selecionada para apresentação no Festival Transfronteiriço de Teatro Amador PLATTA, em Espanha.

Imagens: DR.

Peça “Pão Nosso”, do Teatro de Balugas, na final do Concurso Nacional de Teatro

Janeiro 20, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O espetáculo “Pão Nosso”, do Teatro de Balugas, é um dos finalistas selecionados a nível nacional para o CONTE – Concurso Nacional de Teatro, que é organizado pela Federação Portuguesa de Teatro em parceria com a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso.



Nove companhias de todo o país sobem ao palco do Theatro Club da Póvoa de Lanhoso, apresentando-se o Teatro de Balugas no dia 28 de fevereiro, pelas 21h45. O certame conta com 12 prémios, sendo de destacar o Prémio Ruy de Carvalho (patrono do CONTE).

Esta produção do Teatro de Balugas, com texto de Cândido Sobreiro, resulta de uma residência artística de teatro comunitário que foi uma das premiadas pelo Programa de Apoio ao Associativismo da Fundação INATEL, tendo a peça arrecadado o prémio de Melhor Espetáculo no Festival de Teatro de Barcelos em 2018, bem como os prémios de Melhor Cenário, Melhor Sonoplastia, Melhor Iluminação Cénica e Melhor Guarda-Roupa. Em 2019, a peça de teatro foi selecionada para apresentação no Festival Transfronteiriço de Teatro Amador PLATTA, em Espanha.

Imagens: DR.

Ir Para Cima