Tag archive

Corpo Nacional de Escutas

Núcleo escutista de Barcelos com fim de semana “atarefado”

Julho 1, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O passado fim de semana foi muito preenchido para o Núcleo de Barcelos do Corpo Nacional de Escutas (CNE), com um Conselho de Núcleo, dois aniversários de agrupamentos e uma atividade destinada aos “verdinhos” dos Escuteiros.



Na sexta-feira à noite, a equipa cessante e a nova equipa da Junta de Núcleo apresentaram contas dos anos anteriores, assim como, o novo Plano Trienal e Plano Anual de 2019-2020. Tendo sido ambos aprovados, podem, desde já, os agrupamentos orientarem e organizarem os seus planos para o próximo ano escutista, que promete ser cheio de novidades.

Sábado foi dia de aniversário do Agrupamento 1250 Adães, que festejou os seus 17 anos no largo da igreja, com a representação da Junta de Núcleo através de Tiago Bernardo e de José Pedro Ferreira, Chefe de Núcleo e Secretário Administrativo, respetivamente.

Já no domingo, o agrupamento 559 Lama festejou os 45 anos, celebrados na natureza e tendo como representantes da Junta de Núcleo Tiago Bernardo, Paulo César Silva e José Pedro Ferreira, Chefe de Núcleo, Chefe de Núcleo Adjunto e Secretário Administrativo, respetivamente.

Durante estes últimos dois dias, a fantástica atividade RETKIKUNTA, atividade que une todos os agrupamentos do Núcleo, coordenada pela equipa pedagógica da II secção, levou a Fraião (Braga), nomeadamente, ao Campo Escola de Fraião do CNE, 281 Exploradores e 46 Dirigentes, que vivenciaram as aventuras da personagem de J.K. Rowling, “Harry Potter”.

Foi, sem dúvida, um “Núcleo a mexer, com um fim de semana cheio de ação!”, conforme refere o próprio em nota.

Fotos: DR.

Vizela recebe Escuteiros da Fraternidade Nuno Álvares de Barcelos

Junho 5, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Os Escuteiros Adultos da FNA – Fraternidade de Nuno Álvares dos diversos Núcleos do Concelho de Barcelos, estarão presentes nos dias 08, 09 e 10 de junho, em Vizela, no IV ACAREG (acampamento Regional) da FNA – Fraternidade de Nuno Álvares, da Região de Braga.



“A Fonte da Vida“ é o tema forte deste acampamento. Pretende a FNA, com este tema e com este acampamento, “proporcionar o encontro, a reflexão e fortalecimento da vivência escutista”. Pretende a organização, “permitir aos escuteiros da FNA um enriquecimento cultural e de convívio. Para isso, promove, nestes três dias, a oportunidade de conhecer o Concelho de Vizela em todas as suas vertentes Culturais, desportivas, de lazer, de vivência religiosa e das muitas e belas paisagens que Vizela tem. A par das visitas, haverá momentos de interiorização e de fortalecimento sobre a importância da vida em comunhão com a natureza e um fortalecimento coletivo, ao reforçarem os ideais e os valores que defendem enquanto escuteiros adultos católicos, tendo em conta o lema deste acampamento «A Fonte da Vida»”.

Do vasto programa, destaque para a cerimónia oficial de abertura, no dia 08, pelas 21h00; no domingo, dia 09, um desfile e a Eucaristia, pelas 11h00, na Igreja Paroquial de Vizela – São Miguel; a noite temática no dia 09, pelas 21h00, subordinada ao tema “Vizela dos tempos idos“. A cerimónia de encerramento acontece no dia 10, pelas 11h00.

Imagem: DR.

Agrupamento de Escuteiros 1350, de Alvelos, inaugura nova sede

Junho 3, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

Dia 02 de junho de 2019 ficará, certamente, marcado na história do Agrupamento 1350 – Alvelos, do Corpo Nacional de Escutas, pois foi o dia em que inaugurou a sua nova sede de Agrupamento.



A referida sede ocupa um espaço na residência paroquial de Alvelos e resulta de um protocolo assinado, nesse mesmo dia, entre o Agrupamento 1350 e a Fábrica da Igreja.

Esta cerimónia contou, entre outros, com a presença do Chefe do Núcleo de Barcelos do Corpo Nacional de Escutas, Tiago Bernardo, sendo Tiago Araújo o Chefe do Agrupamento 1350.

A partir do dia 02 de junho, este Agrupamento tem um espaço próprio para reunir e realizar as suas atividades.

Fotos: DR.

Sede e Loja Escutista do Núcleo de Barcelos reabrem na próxima semana

Maio 31, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A 5 e 6 de junho, o Núcleo de Barcelos do Corpo Nacional de Escutas (CNE), agora dirigido pela Equipa São Jorge, chefiada por Tiago Bernardo, procederá à reabertura da sua Sede e da sua Loja Escutista.



Primeiramente, a 5 de junho, pelas 20h00, reabre a DMF – Loja Escutista, que abrirá às quartas-feiras, entre as 20h00 e as 22h00, e aos sábados, entre as 9h30 e as 12h30.

Já a Sede reabrirá no dia seguinte, 6 de junho, pelas 20h00. Esta estará aberta todas as quintas-feiras até ao final do presente ano escutista, entre as 20h00 e as 22h00.

Imagem: NB-CNE (alterada).

Tiago Bernardo, novo Chefe de Núcleo de Barcelos, fala sobre o futuro do escutismo em Barcelos

Maio 23, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Entrevistas, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Nova Junta de Núcleo – Equipa São Jorge – tomou posse a 11 de maio último

No passado dia 11 de maio, o Centro Social e Paroquial de Arcozelo foi o local escolhido para a tomada de posse da nova equipa que dirigirá a Junta de Núcleo de Barcelos do Corpo Nacional de Escutas para o próximo triénio.

Tiago Bernardo é o novo Chefe de Núcleo e encabeça uma equipa constituída, igualmente, por Paulo César Silva (Chefe de Núcleo Adjunto), José Pedro Ferreira (Secretário Administrativo), Gonçalo Faria (Secretário Financeiro), Ricardo Carvalho (Secretário Pedagógico), Ana Félix (Secretária de Comunicação e Imagem), Nádia Eira (Secretária dos Adultos) e António Novais (Secretário de Património e Proteção Civil). O Padre Marco Gil, Pároco de Arcozelo (São Mamede) é o Assistente de Núcleo.



Ao Barcelos na Hora, o Chefe Tiago Bernardo aceitou responder a algumas questões, por escrito, dando a sua análise a alguns assuntos e falando um pouco daquilo que pretendem para estes três anos à frente dos destinos dos Escuteiros do Núcleo de Barcelos.

O que viu nas pessoas que escolheu para o acompanhar neste projeto de direção do Núcleo?

Esta pergunta é fácil de responder. Quando estava a constituir equipa, coloquei um objetivo a mim próprio, objetivo esse que era: quem eu convidar para a equipa tem que aceitar com espírito de missão.

As pessoas que me acompanham neste projeto são pessoas com provas dadas no Corpo Nacional de Escutas, no que diz respeito a trabalho desenvolvido dentro dos Agrupamentos, como na própria estrutura do Núcleo, passando pela Junta Regional de Braga. Paralelamente a este trabalho que estes elementos têm, são pessoas que são meus amigos. Mas a amizade vai muito mais além de estarem comigo. São pessoas extremamente organizadas, exigentes, empenhadas e dedicadas no seu trabalho em prol do escutismo. Vejo, nestas pessoas, a partilha de um sonho comum que é o facto de queremos, juntos, desenvolver um Núcleo com ideias novas, aliciantes, que cativem, ainda mais, as nossas crianças e jovens a serem melhores escuteiros, melhores pessoas.

Sente que está a haver renovação geracional nos escuteiros Barcelenses? Se sim, porque razão? Se não, porque razão?

A renovação geracional nos escuteiros Barcelenses é constante e de duas formas. A primeira forma de renovação passa-se dentro do Agrupamento, com as passagens de secção em que os elementos renovam as secções, anualmente, com a sua passagem. Por exemplo: um Lobito passa para a secção dos Exploradores; depois, temos a renovação geracional fora do movimento, no que diz respeito à entrada de crianças e jovens para ele, sendo este aberto, ou seja, com qualquer idade é possível ser-se escuteiro. O que leva à entrada de crianças, bem como jovens com idade quase adulta, no movimento. Outro fator que faz parte desta renovação é a entrada de adultos para o movimento, que acontece, por vezes, por intermédio dos próprios filhos, ou então, por vontade própria.

Os Escuteiros têm que estar em constante renovação geracional, só assim garantimos a sustentabilidade humana dentro dos Agrupamentos. Para isso, temos que ser atuais e atrativos, focando-nos sempre numa educação informal que vá de encontro às necessidades dos nossos Escuteiros, contribuindo para o seu crescimento, dando-lhe a oportunidades educativas.

Que projetos ou sonhos têm para este vosso mandato?

Nós, para o nosso mandato, temos como principais itens o seguinte: melhorar a comunicação interna e externa; ouvir os nossos Agrupamentos; melhorar as relações institucionais; foco nos nossos Escuteiros. Todos estes itens estão dentro do nosso projeto, que resultam em algo que, em nosso entender, é ambicioso para três anos. Nós sonhamos alto, é verdade, mas só assim é que conseguimos chegar ao objetivo. Temos o sonho de melhorar o nosso DMF (Loja Escutista), a sede da Junta de Núcleo, tornando estes espaços mais atrativos e que os nossos Escuteiros se sintam em casa quando nos visitam, pois este espaço é de todos nós, Escuteiros de Barcelos. Queremos acompanhar um sonho que vem da anterior Junta de Núcleo, que passa pelo Centro Escutista de Barcelos. Obviamente que em três anos não nos é possível ter uma obra desta dimensão pronta, mas se continuarmos caminho, algo espetacular pode acontecer. O nosso maior sonho passa pela organização do ACANUC.

Teoricamente, o ACANUC já se deveria ter realizado, certo? Este é um objetivo vosso?

O ACANUC deveria ser realizado neste verão de 2019. Este é, claramente, um objetivo nosso, pois a sua não realização implica a perda de oportunidade de estar num acampamento de núcleo para muitas crianças e jovens. O ACANUC vai realizar-se em agosto de 2020, em Barcelos. Vamos trabalhar neste início, um pouco contra o tempo, pois há todo um trabalho antes a ser feito, que visa a sua realização. Mas a sua realização não está em causa. O apelo aos dirigentes, e candidatos a dirigentes, e caminheiros foi lançado nas Sessões de Esclarecimento que antecederam a nossa eleição. É imprescindível estarmos unidos, mais do que nunca, neste objetivo comum, de reunirmos os nossos escuteiros em 2020 no ACANUC.

Os próximos anos serão férteis em grandes atividades, dentro do nosso país, para os nossos Escuteiros do Núcleo de Barcelos: em 2020, o ACANUC; em 2021 o ACAREG (Acampamento Regional); e em 2022, as Jornadas Mundiais da Juventude. Gostaria, ainda, de ressalvar que o Núcleo de Barcelos acolhe os Festivais Regionais em 2020, atividade esta, que junta mais de dois mil escuteiros num fim de semana dedicado à música, curtas metragens e peças de fogo de concelho.

Que avaliação faz da realidade atual do escutismo, quer a nível nacional, quer a nível de núcleo?

Todos caminhamos no ideal de Baden Powell, isto é o mais importante. A nível de Núcleo, a minha avaliação é bastante boa. Temos crianças e jovens capazes de fazerem a diferença, dentro e fora do movimento. Os Agrupamentos de Escuteiros, em Barcelos, trabalham bem, dão o melhor que podem. Apesar das suas dificuldades, conseguem proporcionar experiências que marcam para vida e marcam os nossos escuteiros, fazendo com que sintam orgulho em pertencer a esta fraternidade mundial. Depois, realçar a entrega dos dirigentes dentro dos nossos Agrupamentos, dando do seu tempo, ao estarem em constante apoio aos nossos Escuteiros. O nosso Núcleo consegue ter adultos a colaborarem com a Junta Regional e Junta Central, ou seja, isto é possível graças à base que é o trabalho desenvolvido no Agrupamento, que depois se decompõe no trabalho desenvolvido pelos mesmos. A nível Nacional, a estrutura, enquanto Junta Central, tenta estar em sintonia com as Juntas Regionais e estas com as Juntas de Núcleo, que, por conseguinte, com os agrupamentos, assistimos a uma vivência diferente do Escutismo, mas sempre com o mesmo fim. O grande desafio, a nível nacional e de núcleo, no que diz respeito à atualidade, é estarmos atuais, conseguir acompanhar o avançar dos tempos e a evolução dos nossos Escuteiros, tendo como base o método escutista, tentando, sempre com as raízes do escutismo, incutir nos nossos Escuteiros que no nosso movimento é possível “ir à Lua sem ser astronauta; jogarmos futebol sem sermos profissionais; cantarmos sem sermos cantores”, enfim, todo um conjunto de experiências que nós, como movimento, podemos oferecer com simplicidade e originalidade. É importante, na atualidade, ouvirmos, cada vez mais, os nossos escuteiros em relação ao que pensam sobre o escutismo e a sua atualidade, e sobre o que querem do movimento para que, juntamente com eles, possamos trilhar caminho, assente na base com ramificações do presente que originam o futuro.

O Barcelos na Hora agradece o tempo despendido pelo Chefe Tiago Bernardo no sentido de responder, por escrito, às nossas questões, visando o esclarecimento de alguns assuntos e mostrando o caminho que esta nova Junta de Núcleo pensa trilhar à frente dos desígnios dos Escuteiros de Barcelos.

Fotos: DR.

Caminhada nas Margens do Cávado no feriado do 25 de Abril

Abril 16, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Dia 25 de abril, pelas 9h00, o Agrupamento 724 – Gilmonde, do Corpo Nacional de Escutas, organizam uma Caminhada nas Margens do Cávado, tendo como objetivo a angariação de fundos para a sua viagem a Brownsea – Reino Unido, com o intuito de visitarem a ilha onde Lord Baden-Powell, fundador do movimento escutista, acampou pela primeira vez com um grupo de jovens, tendo sido esse o momento da fundação do escutismo, espalhado, hoje, por todo o mundo.



O percurso terá aproximadamente 8km, com partida da Sede dos Escuteiros, situada na Rua dos Escuteiros, em Gilmonde. Para se inscrever, deverá adquirir uma pulseira junto dos elementos do referido Agrupamento, pelo valor de 2,50€, tendo direito abastecimento durante o percurso (deverá levar recipiente próprio para líquidos). No final, haverá oferta de bifana e bebida.

Imagem: A724-G.

Escuteiros de Gilmonde organizam 5ª Feira das Sopas

Fevereiro 5, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No próximo sábado, dia 9 de fevereiro, o Agrupamento 724 de Gilmonde, do Corpo Nacional de Escutas, leva a cabo a 5ª edição da sua Feira das Sopas, numa organização dos seus Caminheiros com a ajuda, claro está, do restante agrupamento.



A Feira, que conta com o apoio da Junta de Freguesia de Gilmonde, terá lugar no Centro Escolar de Gilmonde, com as sopas, as bifanas, as bebidas e as sobremesas a começarem a ser servidas a partir das 19h30.

Imagem: DR.

200 Escuteiros em Alheira para celebrar o JOTA/JOTI do CNE

Outubro 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

É já este fim de semana, entre 19, 20 e 21 de outubro, que se realiza 61º JOTA (“Jamboree on the air – Jamboree no ar) e o 22º JOTI (“Jamboree on the Internet” – Jamboree na Internet) na freguesia de Alheira, uma atividade mundial que visa a comunicação entre escuteiros de todos os cantos do mundo, via rádio e via Internet.



Em Portugal, este ano, a base nacional do JOTA / JOTI está sediada em Cascais, região de Lisboa. Com a colaboração e organização dos Agrupamentos de Escuteiros 422 – Alheira e 462 – Avintes, participarão neste evento perto de 200 escuteiros oriundos da região do Porto e do núcleo de Barcelos, que poderão comunicar com escuteiros do outro lado do mundo, à distância de uma onda rádio ou de um clique.

José Gomes, do agrupamento 422 – Alheira, conheceu o mundo do radioamadorismo ainda muito cedo enquanto escuteiro. “Antes de vir para o agrupamento de Alheira fui elemento vários anos no agrupamento de Avintes, que tem uma equipa oficial do CNE de radioamadorismo, e achei que era uma mais valia convidá-los a fazer este evento em Barcelos”, salienta.

Fazendo um desabafo, “apesar de não ser novidade no núcleo de Barcelos este tipo de eventos o bichinho foi-se perdendo ao longo dos anos” e acrescenta que “estamos a tentar reavivá-lo”. Por sua vez, José Rodrigues, do agrupamento 462 – Avintes, refere que “este tipo de atividade dá a conhecer à sociedade e aos associados outro tipo de valências que existem no Corpo Nacional de Escutas” e realça que tem amigos e contactos de longa data, nacionais e internacionais, “que se conheceram neste meio e que todos os anos contactam por esta altura”.

Envolvendo mais de 150 países, os escuteiros têm a oportunidade de partilhar experiências a nível nacional e internacional.

Imagem: DR.

RASTO VIII junta mais de 350 Lobitos em Galegos São Martinho

Maio 22, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

O Núcleo de Barcelos do Corpo Nacional de Escutas (CNE) levou a cabo, no fim de semana de 19 e 20 de maio, o RASTO VIII, atividade destinada aos Lobitos, os mais novos elementos do movimento, e que se realizou em Galegos São Martinho.



Tal como o nome indica, esta foi a oitava edição da atividade, organizada pela equipa Pedagógica da I Secção do Núcleo. Foram mais de 350 Lobitos (idades entre os 6 e os 10 anos) que acamparam e viveram o imaginário “Zootrópolis”, tema escolhido para a atividade.

Inspirada no filme com o mesmo nome, a atividade teve o objetivo de mostrar aos Lobitos que, tal como a personagem central do “Zootrópolis”, as adversidades fazem parte do caminho e podem ser ultrapassadas rumo aos objetivos que cada um tiver para si.

A auxiliar os Lobitos e a coordenar toda a atividade ao longo do fim de semana, estiveram cerca de 50 Dirigentes, adultos voluntários. Tudo isto, num campo que estava dividido por Praças, também inspiradas no filme. Cada Praça era constituída por diferentes Agrupamentos, de modo a fomentar a troca de experiências e o convívio.

Do programa constou a montagem de campo, no sábado de manhã; vários ateliers e jogos escutistas ao longo da tarde, jantar e Fogo de Conselho, à noite. No domingo, houve a Eucaristia de encerramento, onde cada participante recebeu um distintivo de polícia, tal como a personagem central do filme, pelos méritos alcançados ao longo da atividade.

De destacar, ainda, o trabalho da equipa de logística, paralelo à atividade, que ficou com encargo de preparar as refeições e que envolveu a Comissão de Pais do Agrupamento 618 – Galegos Santa Maria.

A atividade, naturalmente, gerou grande expectativa a nível local, tendo, inclusive, sido promovida pelo humorista e guionista Nuno Markl, na sua página no Facebook, a propósito de um spot promocional que incluía a música do genérico da série “1986”.

Fonte e fotos: NB-CNE.

Escuteiros de Alheira e Avintes organizam o “Field Day – RadioEscutismo”

Abril 9, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Realizou-se, no fim de semana de 7 e 8 de abril, o Field Day do Corpo Nacional de Escutas (CNE), atividade educativa na área do radioescutismo. O evento, organizado pelos escuteiros do Agrupamento 422 – Alheira, do núcleo de Barcelos, e do Agrupamento 462 – Avintes, região do Porto, contou com a participação de 100 elementos.



“Esta iniciativa tem como objetivo preparar o Jamboree no Ar, a levar a cabo na terceira semana de outubro, dar a conhecer aos jovens escuteiros as técnicas, os códigos e cifras, bem como os procedimentos e regras utilizadas nesta modalidade escutista, para além da oportunidade de poderem trocar entre si pequenas mensagens”, explica o chefe José Rodrigues, do agrupamento de Avintes.

O fim de semana não se focou apenas na componente teórica do radioescutismo, com os escuteiros participantes a poderem aplicar em ambiente real os conhecimentos adquiridos.

“O escutismo só faz sentido no meio da natureza. A equipa organizadora criou um RAID (trilho) na parte da tarde de sábado, com pontos repletos de jogos escutistas. Cada equipa tinha que informar o posto central (Charlie) quando partia de um ponto para este informar o próximo objetivo. Na noite de sábado tivemos o fogo de conselho onde foram realizadas peças de teatro e jogos.”, revelou José Gomes, chefe dos exploradores do Agrupamento  de Alheira.

O domingo de manhã começou com uma sessão em que um conjunto de radioamadores partilhou as suas experiências neste hobby. Antes de encerrar oficialmente a atividade, foi cantada a música do “Adeus” e o arriar da bandeira nacional, “ficando a promessa que no futuro poderá decorrer mais eventos deste género”, frisou a equipa organizadora.

Fonte e fotos: A422/A462.

Ir Para Cima