Tag archive

Costa Gomes

Câmara de Barcelos lança novo comunicado sobre detenção do seu Presidente

Junho 4, 2019 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Hoje, a Câmara Municipal de Barcelos lançou novo comunicado sobre a polémica da detenção do seu Presidente, Miguel Costa Gomes, no âmbito do processo “Teia” e da instauração da medida de coação aplicada ao mesmo, de prisão domiciliária com pulseira eletrónica e proibição de contacto com funcionários da Câmara.



Leia o comunicado na íntegra:

«A Câmara Municipal de Barcelos tomou conhecimento ontem, dia 3 de junho, da decisão do Tribunal de Instrução Criminal do Porto acerca das medidas de coação aplicadas ao Sr. Presidente da Câmara Municipal e do anúncio do recurso daquela decisão.

A Câmara Municipal continuará a acompanhar de forma serena o desenvolvimento do processo até final do julgamento, convicta de que Miguel Costa Gomes provará a sua inocência.

O executivo municipal mantém-se no exercício pleno das suas funções e competências, no respeito pelo mandato que lhe foi conferido, garantindo o normal funcionamento dos serviços à população.»

Recorde-se que já anteriormente, aquando da detenção, o Município lançou um comunicado em que abordava o polémico assunto. Segue-se o referido comunicado, igualmente na íntegra:

«Comunicado do Município de Barcelos

Perante as notícias vindas a público, o Município de Barcelos vem informar que, no dia de hoje, foram realizadas diligências inspetivas por parte da Polícia Judiciária, as quais contaram com total colaboração institucional, designadamente na prestação/fornecimento de documentação e informação.

Não obstante o comunicado da Polícia Judiciária que veio a público, não se vislumbra como que se possa afirmar que já foi apurado o que quer que fosse quanto às diligências instrutórias do processo, que se encontram ainda em curso. Assim, temos como mero lapso as conclusões que a PJ escreve no seu comunicado.

O Município de Barcelos tem-se pautado pelo respeito e cumprimento escrupuloso da lei, estando por isso tranquilo com o desenrolar das diligências em curso.»

No dia seguinte à detenção de Miguel Costa Gomes, o Secretariado do PS Barcelos enviou para as redações, e colocou nas suas redes sociais, um comunicado mostrando solidariedade para com o Presidente da autarquia. Na íntegra:

«Os Barcelenses foram ontem surpreendidos pelas notícias vindas a público sobre as diligências feitas pela polícia judiciária ao Município de Barcelos. De imediato, perante a comunicação social, demonstramos a nossa solidariedade com o Presidente da Câmara Municipal e informamos que aguardaremos com serenidade o desenrolar dos acontecimentos.

Com o avolumar das notícias publicadas sobre a matéria em causa, adensa-se a convicção da ausência de fundamentação nas imputações produzidas.

Como refere o comunicado da Câmara Municipal de Barcelos, “não se vislumbra como se possa apurar o que quer que seja quanto as diligências instrutórias do processo.”

Reiteramos a solidariedade para com o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos e esperamos, com serenidade o desenrolar do processo.

Não podemos, no entanto, deixar de lamentar o circo mediático montado, bem como declarações censuráveis de responsáveis políticos locais.

O Secretariado da Comissão Política»

Em comunicado datado de hoje e com o título “E agora PS?!”, a concelhia do PSD de Barcelos reagiu a toda esta polémica. Comunicado esse que transcrevemos, igualmente, na íntegra:

«O PSD de Barcelos manifesta uma profunda preocupação quanto ao futuro imediato do Município de Barcelos, na sequência da prisão domiciliária, com pulseira electrónica, do Presidente da Câmara.

Lamentamos o momento negro e a imagem negativa (para o Concelho) que os canais de televisão e demais órgãos de comunicação social têm difundido por todo o País, relacionadas com a detenção do Presidente da Câmara pela Polícia Judiciária no dia 29 de Maio, ficando nos calabouços da PJ até ao dia 3 de Junho.

Estamos perante uma situação vergonhosa e muito grave, única na história de Barcelos, prisão de um Presidente da Câmara pelos motivos que lhe são imputados, com medidas altamente restritivas do exercício da função de Presidente da Câmara de Barcelos.

Perante esta situação perguntamos:

Quais as consequências para o futuro funcionamento do executivo PS?

Como pode um concelho ser credível com estas permanentes notícias?

A esta situação continua o PS a chamar Defender Barcelos?

Isto é Paixão por Barcelos?

Aguardamos que a Justiça faça o seu trabalho, porém, os Barcelenses têm motivos sérios para estar apreensivos, quanto à governação do PS no Município de Barcelos.

Até ao presente momento o PS – concelhia de Barcelos, limitou-se à emissão de um curto comunicado, em que estranhava as diligencias de inquérito e afiançava a confiança política no seu Presidente. Conhecidas, porém, as medidas de coação aplicadas o PS mantém num silêncio mordaz, desrespeitador de Barcelos e dos Barcelenses.

Barcelos, 3 de Junho de 2019.

O Presidente da Comissão Política Concelhia.»

Quase como que parecendo em resposta ao “repto” deixado pelo comunicado do PSD Barcelos, a Comissão Política do PS Barcelos, presidida por Manuel Mota, alguém muito próximo de Miguel Costa Gomes e com cargo de confiança na Câmara Municipal, emitiu novo comunicado, igualmente hoje, mas após o do PSD Barcelos, onde aborda a situação de Miguel Costa Gomes, nomeadamente, em relação à medida de coação, e onde critica a tomada de posição da oposição. Leia a transcrição integral:

«Foram ontem conhecidas as medidas de coação aplicadas pelo TIC Porto ao Presidente da Câmara Municipal de Barcelos.

De imediato foi também conhecido o anúncio do recurso dessa mesma decisão.

A concelhia de Barcelos do Partido Socialista de Barcelos reitera a solidariedade com o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, convictos de que provará a sua inocência.

Continuaremos, pois, a acompanhar com serenidade o desenvolvimento do processo até ao seu final.

Salientamos, ainda, como refere o comunicado de hoje da Câmara Municipal de Barcelos, que o executivo municipal se mantém “no exercício pleno das suas funções e competência, no respeito pelo mandato que lhe foi conferido, garantindo o normal funcionamento dos serviços à população”.

Lamentamos, todavia, as tomadas de posição política dos partidos da oposição que, com total desconhecimento do processo e antes mesmo de qualquer julgamento ou sentença, pretendem subverter os mais basilares princípios de um estado de direito democrático.

O Presidente da Comissão Política

Manuel Mota»

Instada a comentar este último comunicado do PS barcelense, fonte do PSD Barcelos salientou ao Barcelos na Hora que, “não falando pela Concelhia Social Democrata, mas apenas, como militante”, considera que “o PS Barcelos está a vir, agora, tentar defender quase o indefensável e, numa postura de ‘Calimero’ ou ‘virgem ofendida’, fazer-se de vítima quando, todos sabemos, fosse ao contrário e estivessem outros partidos e outra pessoa à frente dos desígnios da Câmara, fosse essa pessoa detida num processo como estes, e veríamos o PS Barcelos a ‘disparar raios e coriscos’ na direção dessa pessoa e do partido, ou partidos, em questão”. Já sobre o processo em concreto, não se quis pronunciar, “por ser um processo ainda a decorrer”.

Foto: DR.

Câmara de Barcelos lança comunicado sobre últimas notícias relacionadas com o seu Presidente

Maio 29, 2019 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Leia na íntegra:

«Comunicado do Município de Barcelos

Perante as notícias vindas a público, o Município de Barcelos vem informar que, no dia de hoje, foram realizadas diligências inspetivas por parte da Polícia Judiciária, as quais contaram com total colaboração institucional, designadamente na prestação/fornecimento de documentação e informação.

Não obstante o comunicado da Polícia Judiciária que veio a público, não se vislumbra como que se possa afirmar que já foi apurado o que quer que fosse quanto às diligências instrutórias do processo, que se encontram ainda em curso. Assim, temos como mero lapso as conclusões que a PJ escreve no seu comunicado.

O Município de Barcelos tem-se pautado pelo respeito e cumprimento escrupuloso da lei, estando por isso tranquilo com o desenrolar das diligências em curso.»



Foto: DR.

Barcelos sublinha o Poder Local como uma das maiores conquistas do 25 de Abril

Abril 26, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Município de Barcelos celebrou., pelo 10º ano consecutivo, o 25 de Abril com a atribuição de uma Medalha Comemorativa dos 43 anos do Poder Local às freguesias do concelho. “Quisemos sublinhar a importância do Poder Local e das freguesias em particular como uma conquista da democracia e enquanto elementos fundamentais no processo de desenvolvimento local”, referiu o Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, na sessão solene do 45.º aniversário da Revolução dos Cravos, que decorreu no Auditório Municipal.



“Quando se completam 43 anos sobre a realização das primeiras eleições democráticas para os órgãos autárquicos, decidiu a Câmara Municipal de Barcelos elaborar e atribuir a cada uma das freguesias uma medalha comemorativa que é, também, uma evocação sentida e profunda do trabalho de todos os autarcas que ao longo das últimas quatro décadas trabalharam em prol das populações das suas freguesias”, acrescentou Miguel Costa Gomes.

No seu discurso, o Presidente da Câmara afirmou que, apesar da importância do Poder Local para o povo português, “ao longo do tempo e dos sucessivos governos, o processo de descentralização sofreu avanços e recuos e, até, algumas perversões, como sejam a diabolização da regionalização ou a criação de entidades intermédias não sufragadas e limitadoras da ação autonómica dos municípios e das freguesias”. No entanto, completa, “depois da publicação da Lei 50/2018, de 16 de agosto – Lei-quadro da transferência de competências para as autarquias e para as entidades intermunicipais – o processo descentralizador assume total irreversibilidade”.

Miguel Costa Gomes recorda que “a publicação do decreto-lei sectorial referente à descentralização de competências nas freguesias está para breve”, mas “seja qual for o normativo nele constante, a Câmara Municipal de Barcelos garante às freguesias todo o apoio e atenção, não só pelas competências e deveres legalmente estabelecidos nesta matéria, mas, também, pelo reconhecimento do papel insubstituível das freguesias na resolução dos problemas imediatos das populações e na perceção real da dimensão da envolvência social, económica e cultural da comunidade”.

Nesse sentido, o Presidente da Câmara deixou a garantia de que “as freguesias serão sempre o principal parceiro no desenvolvimento equilibrado e harmonioso do território concelhio” e que serão mantidas todas as formas de apoio e colaboração para a sua autonomia. “Foi esse o compromisso político que assumimos e que cumprimos escrupulosamente há dez anos consecutivos, através do protocolo que renovámos anualmente com as freguesias e que já permitiu a transferência de mais de 44,6 milhões de euros”, referiu, concluindo que “o investimento feito nas freguesias nos últimos três mandatos é o maior e o mais eficaz de sempre no nosso concelho”.

Horácio Barra, Presidente da Assembleia Municipal, lembrou as conquistas alcançadas com a Revolução de Abril e defendeu que “falta dar execução ao que na Lei Fundamental se refere à autonomia das autarquias e regiões, a uma descentralização efetiva de competências, acompanhada dos meios financeiros adequados, a uma regionalização, expressa na Constituição como vontade coletiva, que ainda está por cumprir”.

Portanto, concluiu Horácio Barra, “na verdade, a centralização foi e será sempre um fator de desigualdade, de criação de assimetrias no país e de menorização dos valores da democracia e do poder popular”.

A sessão solene contou ainda com as intervenções dos representantes de todas as forças políticas representadas na Assembleia Municipal.

As comemorações do 25 de Abril, inseridas no programa da Festa das Cruzes, terminaram com um concerto da Academia de Música de Viatodos com a participação do Grupo de Câmara da Banda Musical de Oliveira.

Fonte e foto: CMB.

Associação Académica do IPCA apresenta Cartaz da Queima do Galo numa cerimónia oficial

Março 7, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Associação Académica do IPCA (AAIPCA) apresenta, esta noite, pelas 22h00, o cartaz oficial da Queima do Galo 2019, no auditório da Câmara Municipal de Barcelos.



Vão estar presentes na cerimónia a Presidente do IPCA, Maria José Fernandes, o Presidente da Câmara Barcelos, Miguel Costa Gomes, representantes do IPDJ e do Santander.

A cerimónia de apresentação do Cartaz Oficial da Queima do Galo vai iniciar-se com uma apresentação sobre a cidade e o recinto onde vão decorrer as atividades académicas contando com pequenas atuações dos grupos académicos do IPCA.

Este ano a apresentação decorre em moldes diferentes, numa cerimónia oficial na Câmara Municipal de Barcelos, segundo Sara Ferreira, Presidente da AAIPCA “a ideia este ano era fazer algo para a cidade. Inicialmente pensamos fazer a apresentação no centro na cidade, mas devido às condições meteorológicas mudamos para o auditório da Câmara, mantendo o objetivo principal que é o da proximidade à cidade e às instituições que apoiam a AAIPCA ao longo do ano”. Desta forma, também desmistificar que a Queima não é só para os estudantes, mas para todos aqueles que se quiserem divertir.

A primeira confirmação do cartaz já saiu: Quim Barreiros marca presença em mais uma Queima do Galo.

A semana académica do IPCA decorre de 7 a 13 de abril. Esta semana conta com atividades académicas para todos os alunos, inicia com a missa académica e termina com o cortejo académico.

As noites académicas decorrem de 10 a 13 de abril, como é habitual, na Zona Ribeirinha de Barcelos.

Imagem: DR.

Município de Barcelos aposta na promoção do sucesso escolar através do desporto

Fevereiro 8, 2019 em Atualidade, Concelho, Desporto, Educação, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

Presidente da Câmara e parceiros assinam acordo de colaboração no âmbito do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar do Cávado

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, assinou, dia 7 de fevereiro, um acordo de colaboração para a implementação do projeto “A Diferença está no Desporto”, inserido no Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar do Cávado, com os parceiros Try-all Sports, Lda., CHN- Clube Hípico do Norte – Atividades Terapêutico-desportivas e Basquete Clube de Barcelos.



“Este projeto tem como objetivo desenvolver competências pessoais (aprender a ser) e sociais (aprender a conviver) junto dos alunos com dificuldades de aprendizagem, problemas de comportamento e de natureza psicoeducativa, através do desporto; e implementar uma abordagem experimental de promoção do sucesso escolar orientada para a aquisição de competências cognitivas e emocionais, por via do desporto”, refere o Município em nota.

As atividades consistem em hipoterapia, minibasquete e trial bike, e destinam-se a alunos do ensino básico em situação ou em risco de abandono e insucesso escolar e a alunos com necessidades educativas especiais.

O Município de Barcelos candidatou-se à medida 10.1 do quadro comunitário Portugal 2020, relacionada com o combate ao insucesso e abandono escolar. No âmbito da referida candidatura, foi elaborado o referido Plano, que contempla um conjunto de projetos a serem dinamizados, em pleno, pelo Município durante o presente ano letivo.

O projeto “A Diferença está no desporto” é financiado em 85% pelo Portugal 2020 e tem um valor total de 257 mil euros.

Fonte e foto: CMB.

Manuel Heitor marca presença nas celebrações dos 24 anos do IPCA

Dezembro 20, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) celebrou, no dia 19 de dezembro, o seu 24º aniversário. O dia ficou marcado pela inauguração do novo edifício da Escola Superior de Tecnologia do IPCA, na presença do Ministro da Ciência Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.



Depois de um desfile de drones, que guiou a plateia numa viagem aos 10 anos de Campus, o Ministro destacou a importância da passagem do IPCA a Fundação Pública, sendo que o novo regime jurídico do Politécnico facilita o crescimento da instituição e implica mais responsabilidade. “O regime fundacional no sistema politécnico é inaugurado no Instituto Politécnico do Cávado e do Ave; é um símbolo da capacidade de crescimento e afirmação do Instituto, que já é uma referência nacional e internacional”, referiu Manuel Heitor.

Durante a sessão solene, o presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, garantiu o apoio na criação de uma residência estudantil para os estudantes do IPCA, um projeto há muito reivindicado pela comunidade IPCA. O Presidente assegurou ainda, durante a sua intervenção, que o Município vai assumir o custo das novas instalações da Escola Superior de Design do IPCA, no centro de Barcelos, cuja inauguração se espera para o mais breve possível.

A presidente do IPCA, Maria José Fernandes, anunciou que a instituição vai continuar, no próximo ano, a investir no crescimento do Campus, na conclusão do edifício Factory Lab (oficinas para a megatrónica, robótica e eletrónica) e que as obras se vão estender a equipamentos desportivos, de restauração e bares.

Durante a sessão solene foram ainda distinguidos e atribuídos prémios de mérito aos estudantes do IPCA como forma de incentivar e estimular o bom desempenho académico, com o contributo do Banco Santander Universidades e um conjunto de empresas e entidades da região. Foi entregue, igualmente, o Prémio Valor IPCA/Santander Universidades a Maria Idalina Caldas e a Susana Marinho e Sousa pelo envolvimento das mesmas em projetos humanos e solidários, através de práticas de cidadania ativa e de voluntariado.

As festividades do Dia do IPCA iniciaram-se na terça-feira, dia 18, com a realização do I Sarau Cultural, dinamizado pelos estudantes do IPCA, sendo que no auditório estiveram presentes mais de 130 seniores de várias associações de Barcelos. Com esta iniciativa de cariz cultural e artístico, o IPCA pretendeu “promover a ligação da comunidade estudantil do IPCA com a comunidade sénior da região, numa abordagem de responsabilidade social, dando também a oportunidade aos estudantes que apresentaram os seus talentos e capacidade artística”, refere em nota.

Fotos: DR.

Câmara oferece galos de Barcelos para apelar à inclusão do novo hospital no OE2019

Novembro 6, 2018 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal continua a defender a construção de um novo hospital público em Barcelos e a reivindicar a inclusão da obra no Orçamento do Estado para 2019. Nesse sentido, o Presidente da Câmara Municipal, Miguel Costa Gomes, fez chegar na passada sexta-feira à Assembleia da República e ao Governo uma carta a apelar à inclusão da construção do novo hospital no Orçamento do Estado.



A missiva foi enviada para o Presidente da Assembleia da República, Primeiro-Ministro, Ministro das Finanças, Ministro da Saúde, Ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Líderes dos Grupos Parlamentares, Presidente da Comissão de Saúde e a todos os deputados pertencentes à Comissão de Saúde.

Esta carta foi acompanhada por um Galo de Barcelos, ícone do artesanato da cidade e símbolo de Portugal, em cuja base está escrito o apelo: “Pela construção do novo hospital – Barcelos”. O objetivo passa por chamar a atenção para a necessidade da realização desta importante obra que iria servir 153 mil utentes da sua área de influência, correspondente aos concelhos de Barcelos e Esposende.

O documento sublinha a aprovação, a 12 de julho de 2018, na Assembleia da República, de quatro Projetos de Resolução que pugnavam pela construção de um novo hospital público em Barcelos, através dos quais “todos os Grupos Parlamentares com assento na Assembleia da República reconhecem que seria fundamental a inclusão, no Orçamento do Estado para 2019, de um modelo de financiamento conducente à construção do Novo Hospital em Barcelos”, o que permitiria à Câmara Municipal “avançar com a aquisição do terreno”.

Na carta, a Câmara Municipal lembra, ainda, o “Acordo Estratégico para o lançamento de um Novo Hospital em Barcelos” assinado com o Ministério da Saúde em 2009 e nota que o atual Governo, em várias iniciativas públicas, “também reconheceu a importância da construção de um Novo Hospital em Barcelos”.

O Município de Barcelos refere que o atual edifício, propriedade da Santa Casa da Misericórdia, “apresenta uma estrutura física antiquada, funcionalmente desequilibrada e desarticulada, estando longe de dispor das condições apropriadas para prestar cuidados de saúde de acordo com os melhores padrões de qualidade e segurança do Serviço Nacional de Saúde, e assim assegurar um atendimento e acolhimento adequados aos seus utentes”.

O texto sublinha, ainda, que “a atividade realizada nas várias linhas assistenciais ilustra a imprescindibilidade de um novo hospital, num modelo de proximidade”, sendo que, de acordo com os dados do Relatório de Gestão e Contas do Hospital Santa Maria Maior, referente a 2016, foram realizadas 71 312 consultas externas, na atividade cirúrgica foram intervencionados 4 561 doentes e o serviço de urgência registou 69 751 episódios.

“Assim sendo, seria fundamental a abertura da dotação orçamental em sede de Orçamento de Estado para 2019”, conclui a Câmara Municipal de Barcelos, destacando “a urgência e justeza desta obra”.

Fonte e foto: CMB.

Presidente da Câmara inaugura Casa Mortuária de Panque

Novembro 6, 2018 em Atualidade, Concelho, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, inaugurou no passado domingo, dia 4 de novembro, a Casa Mortuária de Panque.



Na cerimónia de inauguração, que juntou a população local, o Presidente da Câmara começou por dizer que esta é “uma obra necessária que vem dignificar aqueles que partem”. E em resposta aos pedidos feitos pelo autarca da freguesia e pelo pároco, Miguel Costa Gomes assinalou que a gestão municipal continua a ser feita com rigor e atenta às necessidades das populações, lembrando que desde 2010 as freguesias do concelho beneficiam do “protocolo dos 200% que tem como principal objetivo apoiar as freguesias nas suas competências, uma vez que estas são parceiros estratégicos no desenvolvimento do poder local junto das populações. Esta é, portanto, uma aposta do Município numa gestão mais descentralizada, reconhecendo nas juntas de freguesia o elo fundamental de ligação aos cidadãos.”

Já o Presidente da Junta, António Neves, sublinhou que “estamos hoje aqui a concretizar e a finalizar a obra pensada e desejada por muitos, e também por muitos anos, e graças à cooperação entre as duas entidades, conseguiu-se um local condigno para os nossos entes queridos, para os quais chegou a hora de partir, e também dar o conforto a quem, na sempre difícil hora, cá fica”.

O autarca acrescentou que “obviamente temos de evidenciar todo o empenho dedicado pelo Exmo. Sr. Presidente da Câmara que ao longo de todo o projeto assim o demonstrou” e “quero lembrar e agradecer todo o profissionalismo dos técnicos camarários que executaram um magnífico projeto”.

Por sua vez, o pároco da freguesia, Carlos Leme, disse que “velar e tratar os restos mortais dos nossos entes queridos é um dever cívico, mas para nós cristãos é também uma obra de misericórdia. A partir de hoje temos umas instalações com a dignidade que tão nobre tarefa exige.”

O Município de Barcelos atribuiu para a obra da Casa Mortuária o valor de 40 mil euros.

Fonte e fotos: CMB.

Rotary de Barcelos recebe Governador do Distrito 1970

Novembro 1, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 24 de outubro, Barcelos foi palco de uma visita de relevo, nomeadamente para os rotários barcelenses, que receberam o Governador do Distrito 1970, Joaquim Branco.



O Rotary Club de Barcelos proporcionou ao Governador (para o ano rotário 2018-2019) um dia preenchido de atividades, com a visita a iniciar pelas 16h15, numa receção na Câmara Municipal de Barcelos, que contou com a presença do Presidente da Câmara, Miguel Costa Gomes.

De seguida, a comitiva deslocou-se ao Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) e, por volta das 18h30, realizou uma reunião de trabalho.

O dia terminou com o jantar da Visita Oficial do Governador. Visto que a sua visita coincidiu com o Dia Mundial da Pólio, foi organizada uma pequena atividade, tendo sido angariado fundos para mais de 2000 vacinas.

Fotos: DR.

 

Novos postos de transformação abrangem mais de 400 consumidores

Outubro 25, 2018 em Atualidade, Concelho, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

O Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Miguel Costa Gomes, e o Diretor de Rede e Concessão da região Norte da EDP Distribuição, José Miguel Santos, inauguraram cinco novos postos de transformação nas freguesias de Airó, U. F. Carreira e Fonte Coberta, U. F. Areias de Vilar e Encourados, Abade de Neiva e Carapeços, num investimento de cerca de 130 mil euros.



Com a entrada em funcionamento destes postos de transformação, é melhorada a qualidade de serviço do fornecimento de energia elétrica nas referidas freguesias, “satisfazendo, assim, uma necessidade há muito sentida pela população e que a Câmara Municipal procurou solucionar junto da EDP Distribuição”, conforme refere o Município em nota.

Foram ligados dois postos de transformação de 250 KVA, dois de 160 KVA e um de 100 KVA. Para o efeito, foram construídos dois quilómetros de rede de média tensão e cerca de 3,5 quilómetros de rede de baixa tensão.

As melhorias trazidas por estas infraestruturas abrangem mais de 400 consumidores, sendo eliminadas as quedas de tensão provocadas pelo aumento do consumo e pela distância aos antigos postos de transformação, bem como a diminuição das interrupções elétricas. Este reforço garante a disponibilização de potência face ao aumento do consumo nas áreas daquelas freguesias.

As novas infraestruturas foram executadas no âmbito do contrato de concessão da rede de distribuição de energia elétrica de baixa tensão entre o Município de Barcelos e a EDP Distribuição.

A inauguração contou ainda com a presença do Diretor Adjunto, António Miguel, e do Subdiretor, Miguel Braz Pinto, da Direção de Rede e Concessão da região Norte, da EDP Distribuição.

Fonte e fotos: CMB.

1 2 3 12
Ir Para Cima