Tag archive

CPCJ de Barcelos

Abril com várias atividades em prol da prevenção dos maus tratos na infância

Abril 16, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Barcelos, em parceria com várias entidades e instituições barcelenses, leva a cabo um extenso rol de atividades de sensibilização, no âmbito do “Abril 2018 – Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância”.



Assim, já a 19 de abril, entre as 10h00 e as 16h00, o “Autocarro da Prevenção” estará no Largo do Senhor da Cruz, com atividades de sensibilização e animação, destinadas às crianças e à comunidade.

No dia seguinte, entre as 9h00 e as 17h30, “O Autocarro da Prevenção vai às Escolas”, numa ação de sensibilização nos Agrupamentos de Escolas, destinada a crianças, jovens e agentes educativos.

A 21 de abril, entre as 10h00 e as 13h00, há uma mostra das várias instituições que integram a CPCJ de Barcelos e intervêm na área da promoção e proteção das crianças, com o tema “Unidos pela Prevenção”.

Durante o mês de abril, haverá várias outras atividades, desde distribuição de pulseiras e laços azuis alusivos ao “Mês de Abril”, passando por ações de sensibilização e a realização de um laço azul e sua colocação nos edifícios.

As instituições parceiras da CPCJ de Barcelos nesta iniciativa são a Comissão Nacional da Proteção das Crianças e Jovens em Risco, Município de Barcelos, Rede Social de Barcelos, Barcelos Cidade Educativa, RECOVERY IPSS, APAC, Casa dos Sonhos, Centro Abel Varzim, Casa de Acolhimento Paula Azevedo, IEFP, Cruz Vermelha Portuguesa, Open B, ACIB, Centro Paroquial de Arcozelo e Casa do Menino de Deus.

Imagem: CPCJ-B.

OPEN B celebra segundo aniversário

Dezembro 16, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado dia 14 de dezembro, o CLDS 3G (Contrato Local de Desenvolvimento Social – 3. ª Geração) de Barcelos, designado OPEN B – Oportunidades, Parcerias e Empreendedorismo no Núcleo Urbano de Barcelos celebrou o seu segundo aniversário. Este é um projeto do qual a ATAHCA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave — é a Entidade Coordenadora Local da Parceria.



Na sessão aberta aos colaboradores e parceiros marcou presença a Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, que reconheceu ser “uma honra estar com o OPEN B nesta parceria sólida” iniciada há dois anos.

Quem também marcou presença foi o presidente da Entidade coordenadora, Prof. Mota Alves, que agradeceu aos parceiros o esforço e dedicação nesta causa que visa “deixar uma marca positiva na vida das pessoas marcadas por acontecimentos negativos”.

Este projecto teve o seu início a 14 de dezembro de 2015 e tem como objetivo “desenvolver uma série de atividades divididas por 3 eixos de intervenção, Eixo: Emprego, Formação e Qualificação; Intervenção Familiar e Parental, preventiva de pobreza infantil e Capacitação da Comunidade e das Instituições”.

De acordo com Armandina Saleiro, é uma forte aposta na intervenção social a qual procura implementar uma estratégia de combate contra os flagelos do desemprego, principalmente o jovem, da exclusão social e do abandono escolar, da pobreza infantil, da solidão e isolamento da população.

Dá, ainda, uma especial atenção à promoção da revitalização das instituições e das comunidades locais, com particular incidência nos bairros sociais da área de intervenção.

Criaram-se e dinamizaram-se projetos e acções conjuntas que concretizam a promoção da inclusão social e combatem a pobreza na freguesia de Arcozelo e União das Freguesias de Barcelos, Vila Boa e Vila Frescaínha (S. Martinho e S. Pedro) particularmente a infantil, sem excluir a restante área do concelho.

O Prof. Mota Alves lembrou que estes dois anos de actividade se saldaram por “resultados positivos que espero sejam duradouros e possam ter continuidade como forma de credibilizar as instituições”.

O presidente da ATAHCA acredita que “vai ficar uma semente duradoura, que há-de germinar e produzirá novos frutos”.

Reconhecendo que o trabalho na área social “não é fácil e precisa de persistência de todos nós”, Mota Alves não esqueceu a gratidão a “todos os parceiros, apesar dos constrangimentos que obrigam a um esforço muito grande devido ao atraso nos pagamentos”.

Fazendo um balanço destes dois anos de parceria do OPEN B com a ACIB, o GASC e restantes parceiros, entre eles, Juntas de Freguesia e Agrupamentos de Escolas, o presidente da ATAHCA reconheceu que “estão ao nível do que esperávamos e em algumas áreas foram além do esperado”.

Mota Alves espera que o OPEN B “deixe uma marca sentida na vida das pessoas” que aqui são “acolhidas de braços abertos mas apertados contra o coração” — como sustentou Armandina Saleiro.

Estiveram presentes representantes da Associação Humanitária de Rio Côvo Santa Eugénia, Comissão de Protecção de Crianças e Jovens, Agrupamento de Escolas Gonçalo Nunes, Grupo de Acção Social Cristã, VilaWork – Barcelos Business Center, Escola Secundária de Barcelos, bem como o presidente da Junta de Freguesia de Arcozelo.

Após ser servido o bolo de aniversário, cada um dos participantes recebeu um postal de Natal, elaborado por alunos da Escola 2/3 Gonçalo Nunes.

Fonte e fotos: OPEN B.

 

Plano Estratégico Local de Promoção e Proteção dos Direitos da Criança é apresentado em Seminário Internacional

Julho 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Barcelos promove, no próximo dia 21 de julho, entre as 9h30 e as 18h00, o Seminário Internacional “Tecer a Prevenção: a Criança na 1ª Linha”, que servirá para a apresentação do Plano Estratégico Local de Promoção e Proteção dos Direitos da Criança e decorrerá no Auditório da Câmara Municipal de Barcelos.

O referido seminário vem ao encontro das duas Assembleias de Crianças e Jovens, que decorreram em maio, onde se debateram os Direitos da Criança no Município, com estreita articulação com os Agrupamentos de Escolas e todas as entidades de ensino no concelho, no âmbito do projeto “Tecer a Prevenção”, cujo ponto de partida é a mobilização da voz das crianças e dos jovens na defesa e prevenção dos maus tratos na infância.

A CPCJ de Barcelos, empenhada no cumprimento da sua missão de promoção da proteção às crianças e jovens de Barcelos, tem trabalhado, nos últimos meses, no âmbito do Projeto Tecer a Prevenção que, em linhas gerais, procura um reforço da capacidade protetiva de todas as entidades com competência em matéria de infância e juventude e, ainda, da comunidade em geral.

Tal processo implicou um diagnóstico interno e externo, com o objetivo de captar as diversas sensibilidades, incorporando renovadas modalidades de intervenção em prol da defesa do superior interesse das crianças e dos jovens.




O programa será diversificado, centrado na criança, contando com a participação de especialistas nacionais e internacionais em matéria de infância e juventude, e indo ao encontro das preocupações nesta matéria.

Assim, na mesa de abertura, pelas 9h30, estarão Armando Leandro, Presidente da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens; Miguel Costa Gomes, Presidente da Câmara Municipal de Barcelos; Anabela Pimenta, Presidente da CPCJ de Barcelos; e Graça Carvalho, do Centro de Investigação em Estudos da Criança – Universidade de Minho. Pelas 10h15, iniciará a conferência inaugural, dedicada ao tema “A Proteção da Criança: Perspetiva Sócio-Comunitária”, proferida por Rosangela Francischini, da Universidade do Rio Grande do Norte (Brasil) e moderada por Vânia Gonçalves, da CPCJ Barcelos.

Pelas 11h30, realiza-se a apresentação do projeto “Tecer a Prevenção”, em Barcelos, com Anabela Pimenta, Duarte Silva, Pedro Lima, Rosa Ribeiro e Joana Morgado, da CPCJ Barcelos, e Ana Gomes, do Instituto de Educação da Universidade do Minho.

Após o almoço, debater-se-á a Prevenção do Risco, pelas Perspetivas Jurídicas, por Cristina Dias, da Escola de Direito da Universidade do Minho; pelas Perspetivas Sociológicas, por Gabriela Trevisan, da Escola Superior de Educação Paula Frassinetti; e Perspetivas Psicológicas, por Joana Baptista, do Centro de Investigação em Psicologia da Universidade do Minho, com moderação de Natália Fernandes, do Instituto de Educação da Universidade do Minho.

Já pelas 16h30, iniciará a Conferência Final, dedicada ao tema “As Políticas Sociais Face ao Maltrato Infantil”, proferida por Antónia Picornell Lucas, da Universidade de Salamanca (Espanha), e moderada Carla Silva, da CPCJ Barcelos. Após esta conferência, realizam-se as Conclusões, por Manuel Sarmento, do Instituto de Educação da Universidade do Minho. A cerimónia de encerramento contará com a presença da Vice-Presidente da Câmara Municipal de Barcelos, Armandina Saleiro, e de Anabela Pimenta, Presidente da CPCJ Barcelos.

As inscrições para este evento são gratuitas mas obrigatórias e podem ser efetuadas através do seguinte link (basta clicar): https://goo.gl/forms/cQDyBtSrXQaIsGPr2 .




Fonte e imagem: CMB.

Assinado Protocolo para combater a violência doméstica e de género

Abril 25, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

Foi assinado, na passada sexta-feira, dia 21 de abril, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, um protocolo de colaboração entre várias instituições concelhias com o mesmo objetivo: combater a violência doméstica e de género.

O Projeto SER – Serviço Especializado em Rede de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género, co-financiado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego – POISE, Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo Social Europeu – FSE, é promovido pelo Grupo de Acção Social Cristã (GASC), tendo como organismo intermédio a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, e conta com a parceria do Município de Barcelos, ACES Cávado, GNR, Hospital Santa Maria Maior, Centro de Emprego e Formação Profissional, Segurança Social, Comissão de Proteção de Crianças e Jovens, SOPRO, entre outros, tendo a duração de 24 meses e atuação no território de Barcelos.




O fenómeno da violência doméstica e de género é multidimensional e complexo, pelo que em conjunto será mais fácil intervir. Este Núcleo Local, constituído pelas diversas instituições, pretende a obtenção de formas de complementaridade e entrosamento interinstitucional, a construção e a implementação de ações intersetoriais, criando um maior caminho de diálogo entre os diferentes campos, e dessa forma, cada entidade-integrante pode contribuir com o seu saber, fortalecendo as ações comuns, permitindo assim enfrentar este flagelo social em várias frentes.

Fonte e imagem: Município de Barcelos.

Projeto “Tecer a Prevenção” apresentado em Barcelos

Abril 11, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

Foi apresentado ontem, dia 10 de abril, em conferência de imprensa, o projeto “Tecer a Prevenção”, da autoria da Comissão Nacional para a Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens, ao qual a Comissão de Proteção Crianças e Jovens de Barcelos aderiu e pretende implementar, em conjunto com o Município de Barcelos, e com a colaboração e orientação do Professor Doutor Manuel Sarmento, da Universidade do Minho, com o objetivo de formar a comunidade/parceiros para estarem atentos aos sinais de “perigo”.




A vereadora da Educação, Armandina Saleiro, denominou este projeto como uma “mais-valia para o Município”, já que envolve crianças e jovens num concelho onde há um “elevado número de sinalizações”. O objetivo é tentar que “todas as crianças sejam felizes” e “fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para consegui-lo”, rematou a vereadora.

O Professor Doutor Manuel Sarmento apresentou o projeto em traços gerais, salientando que “a prevenção é uma das zonas mais lacunares dentro das comissões de proteção de crianças”, pelo que este projeto vem reforçar a ideia de que “o risco deve ser prevenido”.

A mobilização da voz das crianças e dos jovens é fundamental na defesa e prevenção dos maus tratos na infância. Este é o ponto de partida do projeto “Tecer a Prevenção”, que tem muitas outras “medidas” inovadoras, como por exemplo, a realização de duas Assembleias de Crianças e Jovens, para debate do estado de aplicação dos Direitos da Criança no Município, com estreita articulação com os Agrupamentos de Escolas e todas as entidades de ensino no concelho. As assembleias terão lugar nos dias: 26 de abril de 2017, pelas 14h00, sendo dirigida a crianças do 1º e 2º ciclo; e 2 de maio de 2017, pelas 15h00, dirigida a jovens do 3º ciclo e ensino secundário, no auditório municipal.

Fonte e imagem: Município de Barcelos.



Questões Jurídicas no Sistema de Promoção e Proteção de Crianças e Jovens em debate

Abril 5, 2017 em Atualidade, Concelho, Educação port barcelosnahorabarcelosnahora

No âmbito da implementação do Projeto “Tecer a Prevenção”, a Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Barcelos, em colaboração com o Município de Barcelos, levou a cabo, no dia 3 de abril, uma ação de formação sobre “Questões Jurídicas no Sistema de Promoção e Proteção”.

A iniciativa, que teve como interlocutores o Procurador no Tribunal da Relação do Porto, Dr. Francisco Maia Neto, e o Procurador no Tribunal de Barcelos e Interlocutor na CPCJ (Comissão de Proteção de Crianças e Jovens) de Barcelos, Dr. Rui Amorim, contou com ampla participação dos elementos da modalidade alargada da CPCJ e de outros agentes com competência e intervenção na área da promoção e proteção.

A sessão permitiu a discussão sobre boas práticas e o esclarecimento de dúvidas que surgem no trabalho quotidiano dos profissionais.

O ambiente colaborativo e de partilha de experiências constituiu uma oportunidade para o reforço da coesão e a melhoria da intervenção de todos na salvaguarda dos direitos das crianças e dos jovens.

Fonte e imagem: Município de Barcelos.

Pin It on Pinterest

Ir Para Cima