Tag archive

Dakar ’17

Joaquim Rodrigues com tempo recalculado “cai” para 12º

Janeiro 19, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

De acordo com o Site especializado “Motociclismo – O Munda das Motos”, a organização do Dakar 2017, a cargo da A.S.O., decidiu alterar a classificação geral de motas, recalculando, por exemplo, o tempo descontado ao barcelense por ajudar outro piloto durante a prova.

A A.S.O., “Amaury Sport Organisation”, é uma parte do grupo de media francês EPA e organiza, entre outros, o Tour de França ou a Vuelta de Espanha, para além do Rally Dakar.

Normalmente, quando algum piloto para com intuito de ajudar um concorrente que caiu ou está com problemas, a A.S.O. define o tempo que ele perdeu nessa ajuda, retirando-o ao tempo geral do piloto. Resumindo, quem ajuda é recompensado pelo verdadeiro espírito desportivo.

No entanto, Joaquim Rodrigues viu, já depois da prova terminada, a sua classificação final passar de 10º para 12º após a ASO anunciar que fez novas contas e adicionou alguns minutos ao tempo da Geral.

j-rodriguesmotas3
Joaquim Rodrigues

 

Apesar deste revés, o piloto barcelense alcançou um resultado memorável, para quem se estreou este ano. Aliás, Joaquim Rodrigues afirmou, de acordo com o referido Site, que no Dakar 2018 será um dos nomes a ter em conta.

 

 

 

Fonte: www.motociclismo.pt

Fotos: Facebook de Joaquim Rodrigues e página oficial do Dakar’17.

Dakar 2017: Joaquim Rodrigues termina em 10º

Janeiro 14, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Terminou hoje o Dakar 2017, numa 12ª – e última – etapa muitíssimo encurtada, parecendo quase uma especial. Por terras argentinas, o piloto barcelense Joaquim Rodrigues terminou num surpreendente 10º lugar da classificação geral de motos.

Com a sua Hero Speedbrain, e fazendo parte da equipa Hero MotoSports Team Rally, Joaquim Rodrigues estreou-se nesta mítica prova da melhor forma, alcançando um extraordinário 10º posto, fechando, por tal, o Top 10, na variante de motos.

O barcelense terminou com o tempo final de 34h25m59s, ficando a 02h19m37s do vencedor, o britânico Sam Sunderland, em KTM. Já o seu cunhado, o piloto de Esposende, Paulo Gonçalves, em Honda, terminou no 6º lugar.

O Barcelos na Hora deseja endereçar a Joaquim Rodrigues Jr., e sua equipa, os parabéns por este extraordinário feito.

hero_EBA4199_rid

Fotos: Hero MotoSports Team Rally e Facebook de Joaquim Rodrigues.

 

 

Dakar 2017: Joaquim Rodrigues “cai” para 14º

Janeiro 13, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Depois de algumas etapas sempre a subir na classificação geral, o piloto barcelense desceu, agora, para a 14ª posição da classificação geral de motos, com um tempo de 30h17m08s, a 2h09m09s do 1º classificado, o britânico Sam Sunderland.

Nestes últimos dias, a prova tem sido marcada por anulação e/ou encurtamento de etapas devido ao mau tempo. Mesmo assim, o piloto da Hero MotoSport Team Rally tem surpreendido na classificação.

A penúltima etapa (11ª) desenrolar-se-á hoje, entre San Juan e Río Cuarto, numa distância de 759km.

 

Foto: Hero MotoSport Team Rally.

Dakar 2017: Joaquim Rodrigues sobe ao 10º lugar

Janeiro 10, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

O piloto barcelense, ao comando de uma Hero Speedbrain, subiu à 10ª posição da geral de motos após a 8ª etapa entre Uyuni e Salta, numa distância de 892km.

Com o tempo de 23h37m08s, o piloto está a 1h36m do 1º classificado, o britânico Sam Sunderland. Já o seu cunhado, Paulo Gonçalves, encontra-se na 8ª posição.

Entretanto, a página oficial da marca Hero MotoSports Team Rally lançou um vídeo que retrata a primeira parte da prova e a passagem para a segunda.

Foto e vídeo: página oficial da Hero MotoSports Team Rally e Youtube.

Dakar 2017: Joaquim Rodrigues nega acusações de Laia Sanz

Janeiro 7, 2017 em Atualidade, Desporto port barcelosnahorabarcelosnahora

Depois de acusações da piloto espanhola Laia Sanz, de que Joaquim Rodrigues a teria enganado quando esta lhe pediu ajuda por causa do trajeto, fazendo-a andar para trás uns quilómetros, o piloto barcelense usou o seu Facebook para esclarecer a situação. Eis o conteúdo:

«Estes dias foram difíceis ao nível da comunicação e não tinha tido ainda a noção do que se estava a falar na imprensa e nas redes sociais relativamente à situação com a Laia Sanz. Creio que seja um mal entendido. Nunca em momento algum eu enganaria um adversário/colega, tenho os meus princípios. Acredito que ela não tenha percebido o que lhe transmiti, aliás, ela falhou o waypoint e vinha em sentido contrário quando me interceptou e perguntou se eu tinha o tinha encontrado, eu respondi que sim e ela arrancou a grande velocidade!

Como pode esta história ter tomado proporções desta maneira. Sou um estreante no Dakar, estou a fazer o meu papel que, acima de tudo, passa por aprender nesta nova modalidade. Acreditava, e acredito, que por ser a minha primeira vez nesta prova teria mais eu aprender com os pilotos com maior experiência.

Não acredito que a Laia, pela profissional que é, tenha tido esta atitude. De qualquer forma, crendo que possa ter tomado mal as minhas palavras, tenho a lamentar. Lamentar ainda as palavras desagradáveis de que fui alvo desde ontem, sem qualquer conhecimento de causa.

Tenho tanto respeito pelos espanhóis como pelos portugueses ou qualquer outro povo.

A minha corrida corrida continua, obrigado a todos os que estão comigo nesta aventura!»

 

Entretanto, numa etapa que foi encurtada devido a condições climatéricas, o piloto barcelense terminou no 11º posto, sendo esse o mesmo que ocupa agora na geral de motos, representando mais uma subida surpreendente na geral.

Texto: Facebook Joaquim Rodrigues Jr.

Foto: Facebook Joaquim Rodrigues Jr.

 

Joaquim Rodrigues continua a surpreender no Dakar 2017

Janeiro 5, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port Pedro SousaPedro Sousa

O piloto barcelense ocupa a 19ª posição da geral de motos após a 4ª etapa, entre San Salvador de Jujuy e Tupiza, numa distância de 521kms.

Esta prestação levou mesmo o jornal “O Jogo” a referir que o piloto estava, como estreante, a realizar uma prova como se fosse um veterano do Dakar.

Numa etapa em que o português Paulo Gonçalves saiu do Top-10 e o vencedor de 2016, Toby Price, desistiu, Joaquim Rodrigues conseguiu entrar no Top-20 da classificação.

Foto: Facebook da Hero MotoSports

Barcelense Joaquim Rodrigues Jr. no Dakar 2017

Janeiro 2, 2017 em Atualidade, Concelho, Desporto port Pedro SousaPedro Sousa

O piloto de Barcelos, nascido a 6 de dezembro de 1981, iniciou hoje a sua participação na mítica prova velocipédica, na variante de motos, a decorrer na América do Sul e com etapas no Paraguai, Bolívia e Argentina, em representação da equipa Hero Speedbrain.

j-rodriguesmotas3Com um currículo “invejável”, o piloto barcelense estreia-se nesta prova com o objetivo de a terminar “sem problemas”, de “aprender o máximo possível” e de “ver como se faz um Dakar”, conforme revelou à MotoSport.

Após a primeira etapa, entre Assunção e Resistência (Paraguai), Joaquim Rodrigues encontra-se na 16ª posição.

 

Fotos: MotorSport, Hero Speedbrain e Página oficial do Dakar’17

Ir Para Cima