Tag archive

Dança

COVID-19: Academia João Capela oferece aulas de dança online grátis para todos

Março 19, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No sentido de “ajudar a facilitar estes tempos difíceis que todos estamos a passar”, a barcelense Academia João Capela decidiu criar um programa de aulas de dança online e grátis para todos.



A referida Academia lançou a iniciativa na última segunda-feira, dia 16 de março, e já recebeu e-mails de agradecimento de vários locais, inclusivamente, do Canadá.

“A ideia nasceu da necessidade de deixar os nossos alunos atualizados durante este interregno, criando uma área privada com vídeos. No entanto, achámos que seria interessante abrir ao público em geral”, refere João Capela.

“Queremos, desta forma, levar a dança e a alegria a muitas casas, onde o dia se passa a assistir a notícias, cada vez mais tristes e negativas. Assim, qualquer um com acesso à Internet tem, agora, a oportunidade de aprender a dançar a partir de casa, ao mesmo tempo que faz exercício, e tem uma atividade em família, sem sombra de dúvida, divertida e diferente”, conclui o responsável, salientando que estão a realizar esta atividade “sem vista a lucrar, mas sim, a proporcionar algo de bom e positivo a todos os portugueses e comunidades portuguesas pelo mundo”.

Para o efeito, a Academia criou uma página online onde poderá encontrar mais informações: http://academiajoaocapela.com/aulasdedancaonline/ ou aceder a www.academiajoaocapela.com, onde encontrará todas as informações.

Imagem: DR.

ARCA participa no DanzainFiera (Itália) e traz três bolsas de estudo

Março 7, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A ARCA Dance Studio participou, no passado mês de fevereiro, no Expression Dance Competition, que se realizou de 21 a 23 do referido mês, em Florença, Itália.



A escola barcelense levou a concurso sete coreografias, distribuídas pelas diversas categorias e estilos presentes a concurso. O professor e coreógrafo, Daniel Costa, salientou que, apesar de não terem conquistado o pódio com nenhuma das coreografias apresentadas, “as nossas apresentações ficaram muito bem classificadas e tiveram um feedback muito positivo por parte do júri, do público e da organização”.

O coreógrafo acrescentou que “os concursos servem para isso mesmo, para aprendermos, ganhar experiência em palco e, sobretudo, mostrar o nosso trabalho e vermos o que se faz de bom por esse mundo fora. Ganhar medalhas ou troféus é bom, mas não é isso que fica! O que fica é a aprendizagem que tiramos de todas as nossas experiências”.

Os barcelenses obtiveram três bolsas de estudo: duas em forma de Bolsas de Estudo, em Itália, para os bailarinos Afonso Pimenta, Eduarda Mendes, Catarina Barbosa e Cátia Pereira, e ainda uma terceira bolsa, na forma de uma participação gratuita num outro concurso internacional que se realizará este ano, em Roma.

O Expression Dance Competition é parte de um evento ainda maior, o DanzainFiera, que é um dos mais antigos e importantes eventos de Dança Internacionais: tem concursos, mostras e espetáculos de dança, semanários, aulas, workshops, masterclasses e uma feira internacional.

“É uma verdadeira experiência no mundo da Dança! Fizemos montes de workshops dos mais variados estilos e com coreógrafos e bailarinos de renome internacional. Isso é a verdadeira aprendizagem: aprender, crescer, superar!”

Além disso, o grupo teve ainda alguns dias para conhecer duas belas cidades: Bolonha e Florença. “Florença é uma cidade maravilhosa, com uma história fantástica. Foi, sem dúvida, uma das melhores experiências das nossas vidas!”

Imagens: DR e ADS.

Flash Li Dance conquista três “ouros” e vários pódios no Dance World Cup Portugal 2020

Março 2, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Na passada terça-feira, dia 25 de fevereiro, dia de Carnaval, a Flash Li Dance terminou a sua participação no Dance World Cup Portugal, que decorreu na Figueira da Foz, entre 21 e 25 de fevereiro.



O DWC Portugal é a semifinal de uma competição mundial (Dance World Cup), “em que os bailarinos selecionados representarão a dança ao mais alto nível, serão embaixadores de todos os profissionais e estudantes do nosso país, e terão a oportunidade de dançar sob o olhar de todo o mundo”, conforme refere a página do evento.

Já a Flash Li Dance salienta que foi “o culminar de muitos meses de um árduo trabalho. Estamos muito satisfeitos com os resultados obtidos em competição, mas acima de tudo muito orgulhosos do desempenho de todos os nossos alunos em palco”.

Enquanto professora, coreógrafa e diretora, Liliana Vilas Boas refere que “talvez tenha sido das competições mais desafiantes de fazer, sendo que é difícil levantar o ânimo de uma equipa que, por lesão, perde um dos seus elementos a 48h da prova e, enquanto coreógrafa, alterar sete coreografias nesse período, fazendo com que as alterações sejam o mínimo possível para os alunos e que a estrutura e execução da coreografia se mantenha intacta, quando há imensas partes de pares e elementos encadeados uns nos outros, em que a falha de um elemento condiciona tudo isso…foi obra!”, sendo que “conseguir que duas dessas coreografias sejam medalha de ouro e conseguir levar o público às lágrimas em uma delas (‘Lion King’)…foi arte! E nada me deixa mais feliz que fazer arte!”

Continua, salientando que “acima de tudo, porque somos uma escola, foi uma grande aprendizagem para todos os alunos em vários sentidos. É através de situações destas, e de muitas outras que estão inerentes à participação em competição, que se retiram aprendizagens de crescimento e de formação de carácter que se leva para a vida. Enquanto diretora desta escola, já o mencionei publicamente várias vezes, tão importante como formar bailarinos é transmitir valores de formação a todos estes jovens”, terminando com “os parabéns a todos os alunos por terem agarrado tão bem este desafio e agradecer a todos os encarregados de educação das turmas envolvidas nestas alterações, o esforço em colocarem os alunos em todos os ensaios adicionais nessas 48h” e desejando melhoras à jovem Matilde, que se lesionou.

No final, a Flash Li Dance conquistou três medalhas de ouro, onze de prata e três de bronze. Das 21 coreografias que levou, 17 ficaram apuradas para a final mundial que se disputará em Roma – Itália, no final de junho.

Seguem-se os resultados detalhados:

1º Lugar – “Exploradores” – Grupo Pequeno de Hip-Hop Mini (6 aos 9 anos);

1º Lugar – “Egípcias” – Grupo Pequeno de Acro Dance Infantil (10 aos 13 anos);

1º Lugar – “Lion King” – Grupo Grande de Acro Dance Júnior (14 aos 17 anos);

2º Lugar – “Little Birds” – Trio de Acro Dance Infantil (10 aos 13 anos);

2º Lugar – “The Band” – Grupo Pequeno de Jazz e Show Dance Infantil (10 aos 13 anos);

2º Lugar – “Crazy Frog” – Grupo Pequeno de Acro Dance Infantil (10 aos 13 anos);

2º Lugar – “Aladdin” – Grupo Grande de Show Dance Infantil (10 aos 13 anos);

2º Lugar – “Indian Crew” – Grupo Grande de Hip-Hop Infantil (10 aos 13 anos);

2º Lugar – “Call Me” – Solo de Comercial Júnior (14 aos 17 anos) – Solista Patrícia Lopes;

2º Lugar – “Power Squad” – Grupo Pequeno de Hip-Hop Júnior (14 aos 17 anos);

2º Lugar – “Big Spender” – Solo de Jazz Sénior (18 aos 25 anos) – Solista Bruna Vilas Boas;

2º Lugar – “Girl Power” – Solo de Comercial Sénior (18 aos 25 anos) – Solista Bruna Vilas Boas;

2º Lugar – “Street Queens” – Grupo Pequeno de Comercial Sénior (18 aos 25 anos);

2º Lugar – “S.W.A.T.” – Grupo Grande de Hip-Hop Sénior (18 aos 25 anos);

3º Lugar – “Indígenas” – Trio de Acro Dance Infantil (10 aos 13 anos);

3º Lugar – “Hippies” – Grupo Grande de Hip-Hop Infantil (10 aos 13 anos);

3º Lugar – “Fuego” – Grupo Grande de Comercial Sénior (18 aos 25 anos).

A Flash Li Dance parabenizou, ainda, os seus alunos da coregrafia “Prison Gang” pelo “seu honroso 4º lugar na competição, em Grupos Grandes de Hip-Hop do escalão Júnior. Foi uma excelente prestação para uma 1ª competição”.

Fotos: FLD.

Programação de março no Theatro Gil Vicente

Fevereiro 28, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O “triciclo” traz ao palco do Theatro Gil Vicente, Angélica Salvi + Conservatório de Música de Barcelos, um espetáculo único inserido no Serviço Educativo, onde a harpa desenha o caminho de novas possibilidades sonoras e os alunos acompanham esta viagem improvisada, com música contemporânea e eletroacústica. Esta sessão decorre no dia 7 de março, às 22h00, com entrada gratuita.



A programação para o mês de março abre com a dança, logo no dia 1, às 16h00, num espetáculo inserido nas comemorações dos 25 anos da Escola de Dança de Barcelos, intitulado “Dançar com Amor”, com entrada paga (3,00€). A dança volta a palco com um duplo espetáculo da Escola Nico Dance Studio, “Palavra que me Define”, no dia 22 de março, pelas 15h00 e pelas 18h00. Este espetáculo tem entrada paga (5,00€).

A música chega no dia 6 com o ciclo “Jazz ao Largo”, num encontro de Marcos Cavaleiro, José Pedro Coelho e Masa Kamaguchi, que vão partilhar o palco pela primeira vez, num encontro que irá abrir espaço à interseção musical dos seus universos, numa viagem ao desconhecido (6 de março | 22h00 | 3,00€). A Tuna Feminina do IPCA traz ao Theatro Gil Vicente o espetáculo IPCA Solidário, que junta todos os grupos académicos. Este ano, a Amar 21 terá uma participação especial, promovendo a integração do cidadão com Trissomia 21 (13 de março | 21h30 | 5,00€).

O “triciclo” traz a Barcelos os Evols, uma banda formada em 2008 por França Gomes, Carlos Lobo e Vítor Santos. A banda é influenciada por toda a música psicadélica e vão apresentar os trabalhos lançados nos dois LP´s, em 2010 e 2015 (20 de março | 22h00 | 3,00€). No dia seguinte, sábado, 21 de março, é a vez de Frederico Dinis apresentar o seu trabalho “An Unexplained Emptiness” (3,00€).

O teatro está de volta ao cenário do Theatro nos dias 14 e 27 de março. Primeiro, com “Tire Dali a Menina” pel’Os Pioneiros da Ucha (14 de março | 21h30 | 2,50€), e depois com “A Ceia dos Cardeais” pel’A Capoeira – Companhia de Teatro de Barcelos. Este espetáculo comemora o Dia Mundial do Teatro, no dia 27 de março, às 21h30 (3,00€).

A sétima arte chega este mês com quatro sessões. A primeira apresenta “Violeta“, um filme de Kantemir Balagov, no dia 10; no dia 17, é a vez do filme de Albert Serra “Liberté“, e por fim, no dia 24, “Nuestro Tiempo“, de Carlos Reygadas. Estas sessões são apresentadas pelo cineclube ZOOM, todos com início às 21h30 e com o preço de 3,50€.

A quarta sessão de cinema está inserida da rubrica “Em família no TGV”, que proporciona às famílias uma tarde de domingo por mês dedicada à cultura no Theatro Gil Vicente, de forma gratuita. No dia 29 de março é apresentado o filme “A Vida Secreta dos Nossos Bichos“, de Yarrow Cheney e Chris Renaud, para pais e filhos.

Fonte e imagem: CMB.

Flash Li Dance destaca-se no “All Dance Portugal 2020” e está a caminho de Orlando (EUA)

Fevereiro 4, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Foi um fim de semana de imensa atividade para a Flash Li Dance que participou, no Europarque – Santa Maria da Feira –, na edição deste ano do “All Dance Portugal”, que tinha objetivo de apuramento para o “All Dance World 2020”, em Orlando – Estados Unidos da América.



Das 20 coreografias que apresentou, a Flash Li Dance conseguiu que 18 fossem premiadas e apuradas para o evento mundial.

A Flash Li Dance é um projeto com polos em Barcelos e Viana do Castelo, sendo que a escola apresentou coreografias executadas, na totalidade, por alunos pertencentes ao concelho barcelense. Foram elas: “Pinóquio“, “Boom, Boom…Shake The Room!” (Solista Lara Ferreira), “Sing, Sing, Sing!” (Solista Bruna Vilas Boas), “Girl Power” (Solista Bruna Vilas Boas) e “Never Enough” (Solista Bruna Vilas Boas).

Levou, igualmente, para palco coreografias que eram integradas por alunos de ambos os concelhos, o que é assinalável. As referidas coreografias foram: “Indian Crew“, “Dear Future Husband“, “School Out“, “Street Queens“, “Money“, “Egípcias“, “The Treasure” e “Pachuco“.

Quanto aos resultados, estes foram, claramente, muitíssimo positivos, com várias coreografias apuradas para a competição mundial.

Com o 1º lugar conquistado vieram “Dear Future Husband” – Jazz – Grupos Pequenos Crianças (8 aos 11 anos); “School Out” – Hip-Hop – Grupos Pequenos Crianças (8 aos 11 anos); “Boom, Boom…Shake The Room” – Show – Solos Crianças (8 aos 11 anos) – Solista Lara Ferreira; “Mini Candy” – Hip-Hop – Solos Crianças (8 aos 11 anos) – Solista Carolina Lopes; “Lollipop” – Show – Grupos Pequenos Open Junior (4 aos 11 anos); “The Game” – Hip-Hop – Trios Jovens (12 aos 17 anos); “Sing, Sing, Sing!” – Jazz – Solos Adultos (>18 anos) – Solista Bruna Vilas Boas; “Girl Power” – Comercial – Solos Adultos (>18 anos) – Solista Bruna Vilas Boas; “Street Queens” – Comercial – Grupos Pequenos Jovens e Adultos (> 12 anos); “Egípcias” – Show – Grupos Pequenos Jovens (12 aos 17 anos); e “The Treasure” – Show – Grupos Grandes Open Produção (Todas as Idades).

Com o 2º lugar foram distinguidas as seguintes coreografias: “Indian Crew” – Hip-Hop – Grupos Grandes Crianças (8 aos 11 anos); “Pinóquio” – Hip-Hop – Grupos Pequenos Open Junior (4 aos 11 anos); “On Board” – Comercial – Solos Jovens (12 aos 17 anos) – Solista Inês Gomes; “Hot Chocolate” – Jazz – Trios Jovens (12 aos 17 anos); “Never Enough” – Lyrical – Solos Adultos (>18 anos) – Solista Bruna Vilas Boas; “Money” – Hip-Hop – Grupos Pequenos Open Produção (Todas as Idades) e “Pachuco” – Jazz – Grupos Grandes Open Produção (Todas as Idades).

Para além destes resultados, a Flash Li Dance também recebeu as menções honrosas de “Prémio Escola Revelação”, pela sua destacada participação pela primeira vez no campeonato “All Dance Portugal” e por obter o maior número de troféus de primeiro lugar nas suas coreografias em competição; “Prémio Open Produção Excelente”, pela média de pontuação mais alta nas coreografias Open Produção inscritas na competição; “Prémio Melhor Bailarina Junior”, para a melhor bailarina da competição até aos 11 anos e que foi atribuído a Lara Ferreira.

Em nota, a Flash Li Dance refere estar muito satisfeita “com estes resultados, símbolo do trabalho que temos vindo a desenvolver com os nossos alunos. Mas mais que os resultados, ficámos muito contentes por ver a felicidade com que os nossos alunos vivem estes momentos. Estamos muito orgulhosos de todos: pelo empenho e dedicação, pela entrega em palco, pela amizade e partilha. Somos uma equipa. O nosso obrigado a todos os pais pelo apoio”, conclui.

Fotos: FLD.

Academia Rosália Ferreira apurada para o “All Dance World 2020”, em Orlando (EUA)

Fevereiro 4, 2020 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No fim de semana de 1 e 2 de fevereiro, a Academia Rosália Ferreira – Núcleo Artístico Cultural de Barcelos, participou no “All Dance Portugal 2020”, competição oficial de qualificação para final Mundial, a “All Dance World 2020”, que decorrerá no próximo mês de novembro, em Orlando – Estados Unidos da América.



A Academia barcelense levou ao palco do Europarque, em Santa Maria da Feira, cinco coreografias de vários estilos e escalões, das quais três foram premiadas.

Em Pequenos Grupos Lírico – Nível Júnior, obtiveram o 1º lugar; em Pequenos Grupos Contemporâneo – Nível Kids, conquistaram o 3º lugar; e em Open Produção Show – Todas as idades, também conseguiram o 3º lugar.

Nas três coreografias premiadas participaram as 14 alunas envolvidas nesta competição, ficando, todas elas, apuradas para a grande final.

Com isto, a Academia irá tentar o feito conseguido em 2018, quando também foi apurada para a final Mundial com uma coreografia e duas alunas e de onde trouxeram um 3º Prémio Mundial.

Para Rosália Ferreira, Diretora e Coreógrafa, é “um enorme orgulho, como diretora e coreógrafa, ver o nosso trabalho reconhecido. Tem sido um início de ano muito intenso e muito promissor, tendo, no passado dia 12, participado no Performance Award da American Academy of Ballet, tendo tido excelentes resultados, incluindo quatro Bolsas de Estudo para Nova Iorque e, agora, nesta competição conseguirmos apurar as alunas todas foi excelente. Não poderia estar mais orgulhosa.”

Já o Presidente, Marco Ferreira, refere que “em meu nome e em nome da Academia Rosália Ferreira – Núcleo Artístico e Cultural de Barcelos, quero, numa primeira fase, felicitar este grupo fantástico, pelo trabalho das professoras e coreógrafas Rosália Ferreira e Joana Silva e desempenho de todas as alunas. Foi, sem dúvida, um excelente resultado”.

“Por outro lado, queria salientar o orgulho que sentimos, como Barcelenses, poder levar o nome da nossa cidade às maiores Competições de Dança Nacionais e Internacionais, ficando tão bem qualificados. É, sem dúvida, importantíssimo o devido reconhecimento do talento e da qualidade artística e cultural Barcelense, nomeadamente na área da Dança, não só pelos resultados obtidos pela nossa academia, mas também, por todos os resultados obtidos por algumas das associações e Academias Barcelenses”.

Fotos: ARF-NACB.

“Madness”, da Academia Rosália Ferreira, consegue 83,2% na Dance World Cup 2019

Julho 4, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Dia 03 de julho de 2019 marca a estreia da Academia Rosália Ferreira na edição de 2019 da Dance World Cup 2019, a decorrer no Altice Fórum de Braga.



Com o dueto “Madness”, obteve 83,2% na categoria de SNDM Senior Duet/Trio Modern (Including Lyrical & Contemporary), com a performance de Sara Vilas Boas e Joana Silva.

Numa publicação na sua página de Facebook, a Academia salienta que a nota de 83,2% “é, sem dúvida, uma nota muito boa”, mesmo que as coisas não lhes tenham corrido como o esperado, ressalvando que “fica mais uma aprendizagem, não só para a Dança, mas para a vida”.

Foto: DR (arquivo).

[Ndr: notícia atualizada a 04.07.2019, pelas 21h40. Pedimos desculpa à Sara Vilas Boas e à Joana Silva pela troca dos nomes.]

Flash Li Dance continua a encher de brilho o palco do Dance World Cup 2019

Julho 3, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Mais um dia e mais centenas de bailarinos a pisar o palco do Altice Fórum de Braga para competirem pelas muitas categorias do Dance World Cup 2019.



Quem encheu o palco de dança e de coreografias foi a Flash Li Dance, depois dos sucessos dos dias anteriores, com o ouro por “School out” e “Mini Executivos” para além da prata por “Girl Power” e bronze por “Survivor”. Conheça os resultados:

9º lugar em KDH Children Duet/Trio Hip Hop & Street Dance com “Cowgirls”; 7º em KGSH Children Small Group Hip Hop & Street Dance com “Money”; 8º em KGLH Children Large Group Hip Hop & Street Dance com “Gangster Gang”; 7º em SNGSC Senior Small Group Commercial com “Girl Power”; 8º em SNGSH Senior Small Group Hip Hop & Street Dance com “Queens of Egypt”; 10º em SNGLC Senior Large Group Commercial com “Fashion World”; e 6º lugar em SNGLH Senior Large Group Hip Hop & Street Dance com “Turistas”.

Foi, por tal, mais um dia em cheio para esta escola de dança com sede em Viana do Castelo, mas com polo em Arcozelo – Barcelos.

Foto: FLD.

Começam as medalhas para Barcelos na Dance World Cup 2019

Julho 2, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Entre 28 de junho e 6 de julho, o Altice Fórum de Braga recebe a edição de 2019 da Dance World Cup, com mais de 6000 bailarinos a competir nas imensas categorias.



Ontem, primeiro dia de julho, foi, para já, o dia mais profícuo para as representações de ARCA Dance Studio e Flash Li Dance (sediada em Viana do Castelo, mas com polo em Barcelos).

Assim, em Mini Small Group Hip Hop, Street Dance & Commercial houve medalha de ouro para a Flash Li Dance, com “School Out”.

Em Mini Large Group Hip Hop, Street Dance & Commercial novo ouro para a Flash Li Dance, com “Mini Executivos”.

Em Children Large Group Commercial, o ouro foi atribuído à ARCA Dance Studio, com “Girl Power” e a prata ficou com a Flash Li Dance, com “Barbie World”. Daniel Costa, coreógrafo e diretor artístico do referido Studio salientou que “este foi o resultado de muitos meses de trabalho intensivo e muita dedicação por parte dos alunos, pais e, claro, do professor e coreógrafo e de todos os membros diretivos da ARCA, que trabalham em prol da arte da cultura na nossa cidade”.

Já em Mini Solo Hip Hop, Street Dance & Commercial, Carolina Lopes, da Flash Li Dance, com “Mini Candy”, foi 12ª. Em Children Solo Show Dance, Matilde Parente foi igualmente 12ª com “Are you ready?”, da Flash Li Dance.

Em Children Small Group Commercial a coreografia “On Board”, da Flash Li Dance, conseguiu um bom 5º lugar e em Children Solo Song & Dance, Beatriz Silva, da ARCA Dance Studio, com “Wishing you were somehow here again” foi 13ª.

No dia 30 de junho, a ARCA Dance Studio conseguiu o 10º lugar em Children Duet / Trio Song & Dance, com “Angel of Music”. Em Mini Solo Jazz & Show Dance, “Boom, Boom…Shake the room!”, da Flash Li Dance ficou em 12º. Em Children Small Group Acro Dance mais uma medalha de prata para a Flash Li Dance, com “Snakes”.

No dia 29 de junho, a Flash Li Dance teve “muita ação”. Senão vejamos:

Em Mini Small Group Jazz & Show Dance, 9º lugar com “Dear Future Husband”; Children Duet/Trio Acro Dance, 5º lugar com “Ocean Pearls”; Children Duet/Trio Jazz & Show Dance, 17º lugar com “Hot Chocolate!”; Children Small Group Jazz & Show Dance, 11º com “Jump’in”; e Children Large Group Acro Dance, 5º lugar com “A Christmas Night”. A ARCA Dance Studio conseguiu o 15º lugar em Children Large Group Show Dance, com “Friend Like Me”.

No primeiro dia, foi igualmente a Flash Li Dance a estar em ação. Em Children Solo Acro Dance conseguiu o bronze com “Survivor”, por Lara Gomes. Em Mini Solo Acro Dance obteve um 5º lugar, por Lara Ferreira, com “It’s oh so quiet…Shhh!”. Em Children Solo Acro Dance KSA (B) obteve um 13º lugar com “I’m a Pirate!”, por Matilde Parente, e em Children Solo Dance KSZ (A) um 14º lugar com “No Bad News!”, por Leonor Antunes.

Até dia 06 de julho haverão mais performances destas duas escolas, sendo de realçar que a Academia Rosália Ferreira irá subir, igualmente, a palco.

Fotos: DR.

[Ndr: notícia atualizada a 02.07.2019, pelas 12h25]

Academia Rosália Ferreira vence 1º prémio em Vigo

Maio 4, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

No passado feriado municipal de Barcelos, dia 03 de maio, a Academia Rosália Ferreira deslocou-se a Vigo, na Galiza, para participar no “Vigo Porté – Evento Internacional de Disciplinas de Baile”, que decorreu no Auditório Mar de Vigo.



As jovens bailarinas barcelenses conquistaram o 1º prémio na Disciplina “Musicais”, categoria infantil, naquela que foi a sua estreia internacional.

Fotos: DR.

1 2 3 7
Ir Para Cima