Tag archive

Dance World Cup

“Juntos Somos Mais Fortes!” na Universidade do Minho com ARCA Dance Studio entre a organização

Maio 15, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Este domingo, dia 20 de maio, no Complexo Desportivo da Universidade do Minho, o ARCA Dance Studio, de Barcelos, a Academia Nun’Álvares (Fafe) e a Open Dance School (Viana do Castelo), apresentam uma Mostra Coreográfica, intitulada “Juntos Somos Mais Fortes!”, cuja receita reverterá para apoiar os alunos das três escolas a viajar até Sitges, em Barcelona, onde representarão Portugal e as suas cidades, no campeonato do mundo da Dança, Dance World Cup.



A Mostra, que terá início pelas 15h00, contará com a presença de alguns dos números e bailarinos que cada uma das escolas levará à final mundial do concurso, mas também com outras turmas e coreografias das respetivas escolas, pois, “mais importante de tudo, é demonstrar que, no meio da competição, surgem grandes amizades e valores de companheirismo, existe respeito e uma grande admiração entre alunos e professores, ensinamentos que todos levamos para a vida”, refere Daniel Costa, diretor artístico do ARCA Dance Studio.

O Dance World Cup é um concurso internacional, que reúne escolas de todo o mundo, e que se realiza no final do mês de junho. Desde que conseguiram o apuramento, nas semifinais de Portugal, que se realizaram na Figueira da Foz, em fevereiro, as escolas, professores, pais e alunos têm realizado uma série de iniciativas de angariação de apoios, no sentido de levarem uma comitiva tão grande a Barcelona, já no próximo mês.

Os bilhetes estarão à venda no local, com o custo de 4 euros.

Imagem: ADS.

 

 

 

Escola Flash Li Dance traz duas medalhas de ouro do Campeonato do Mundo de Dança

Julho 7, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A escola Flash Li Dance participou, de 23 de junho a 1 de julho, no “Dance World Cup 2017” (Campeonato do Mundo de Dança 2017), que se realizou na cidade de Offenburg, na Alemanha. Este ano participaram na competição 47 países e mais de 12.000 bailarinos, tendo a Flash Li Dance participado com uma equipa de 30 bailarinos. Tendo em conta a magnitude do evento, e a quantidade enorme de participantes (a competirem entre si), a conquista de duas medalhas de ouro por esta Escola de Dança é, por tudo isso, motivo de muito orgulho, quer para os seus bailarinos, quer para os seus responsáveis, quer para os barcelenses e, até, para os portugueses.

Esta escola, com polos em Barcelos e Viana do Castelo, alcançou o topo do pódio, com 87 pontos, deixando o 2º classificado a 7 pontos de diferença, na categoria de Children Group Hip-Hop & Street Dance, com a coreografia “Los Minions”.

“Los Minions” com dois dos jurados



A segunda medalha de ouro foi obtida com a coreografia “Monster Under The Bed”, interpretada por Bruna Miranda, Inês Gomes e Margarida Novo, na categoria de Children Trio Hip-Hop & Street Dance, contra 21 coreografias concorrentes.

A escola teve, ainda, duas coreografias classificadas em 4º lugar, ficando muito perto do pódio: “A Máscara”, em Children Solo de Hip-hop & Street Dance, interpretada pela aluna Margarida Novo, e “Bon Voyage”, em Junior Solo de Hip-hop & Street Dance, interpretada pela aluna Sara Quintela.

 

 

“A Máscara”

A diretora, professora e coreógrafa destas coreografias medalhadas, Liliana Vilas Boas, referiu ao Barcelos na Hora que está bastante satisfeita com os resultados alcançados. Contudo, salienta que estes resultados são fruto de muitas horas trabalho e dedicação. “Não é fácil levar uma equipa tão grande a uma competição internacional, sem apoios municipais, apenas com os patrocínios angariados pelos pais dos alunos participantes e ajuda das pessoas que valorizam este grande trabalho que é feito na escola. Com elas, e com todos os que nos seguem, partilhamos a nossa vitória”. – salientou Liliana Vilas Boas.

Com esta participação, a escola soma catorze medalhas obtidas em competições internacionais, o que reforça o trabalho de qualidade que é desenvolvido na mesma.

Por fim, a referida diretora informou que, neste momento, a escola encontra-se a preparar a próxima época letiva e que as inscrições já se encontram abertas “para os novos alunos que tenham interesse em aprender, com qualidade, mais sobre esta arte da dança”, terminou esta responsável.

Solo de Jazz participante no Dance World Cup 2017




Fonte: FLD.

Fotos: AJCNOVO/Club Wow/DR.

ARCA DANCE STUDIO traz boa experiência do Dance World Cup, na Alemanha

Julho 4, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Desporto, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A ARCA DANCE STUDIO, secção de dança da Associação Recreativa e Cultural de Arcozelo, participou no Dance World Cup, campeonato do mundo de dança, que se realizou de 24 de junho a 1 de julho, em Offenburg, na Alemanha e que juntou escolas de diversos países, num campeonato que prima pela alta qualidade e profissionalismo, numa gama variada de estilos, que vão desde o Ballet Clássico, Dança Moderna e Contemporânea, Jazz, Acrodance, Hip Hop, entre outros.

A escola barcelense levou a concurso 5 coreografias, apuradas em Fevereiro, nas semifinais portuguesas, na Figueira da Foz, concorrendo nas categorias de Grupo de Hip Hop Children, Trio Hip Hop Children, Grupo Hip Hop Sénior, Grupo Jazz e Show Dance Sénior e Quarteto de Moderno Sénior.

Num concurso marcado pelo elevado número de participantes, em todos os estilos e escalões e vindos dos mais variados pontos do globo, e apesar de não ter conseguido que nenhuma das suas coreografias fosse medalhada, Daniel Costa, professor e coreógrafo da escola de dança barcelense, destaca o enorme orgulho que sentiu em ver os seus alunos a pisar o palco, junto com muitos dos melhores bailarinos e escolas do mundo. O professor sublinha que o mais importante que os alunos poderiam retirar deste campeonato, seria a aprendizagem, uma vez que poderiam assistir e seguir escolas e grupos que são um exemplo de trabalho árduo e persistência.



Numa escala de 0 a 100, a ARCA Dance Studio conseguiu as seguintes classificações:

Pontuações:

Hip Hop Children GroupMake Dance Not War – 68,0

Hip Hop Children Duo/TrioLittle Divas – 76.5

Hip Hop Senior GroupEnergy – 76.5

Jazz Senior GroupSister Act – 85,7

Modern Senior QuartetDepression – 81,7

Daniel Costa frisa, ainda, que, sendo a primeira vez que participam num campeonato de tamanho envergadura, a participação serviu, primeiramente, como experiência e promete começar já a preparar a participação no Dance World Cup 2018, que se realizará em Espanha, tendo antes de se submeter a pré-seleção, em Fevereiro de 2018, na Figueira da Foz.

Aproveita, ainda, para agradecer a toda a comunidade ARCA, alunos, pais, direção e colaboradores, que nos últimos meses apoiaram e ajudaram na realização de eventos e campanhas de angariação de fundos, de forma a poder levar esta comitiva de 31 bailarinos até à Alemanha e, claro, a todos os patrocinadores, apoios, entidades e particulares que se disponibilizaram a ajudar. Por fim, aproveita para aplaudir o trabalho realizado pelas escolas Portuguesas, em especial a escola Flash Li Dance, por trazer duas medalhas de ouro para Barcelos.

Fonte e foto: ARCA.

Ir Para Cima