Tag archive

Diogo Sendim Lourenço

Está a chegar o rato da HP com impressão digital

Outubro 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Diogo Sendim Lourenço

A HP anunciou, nesta semana, o lançamento de um rato USB com leitor de impressão digital embutido. Oficialmente chamado de HP USB Fingerprint Mouse, o equipamento é compatível com o sistema de login biométrico da Microsoft, o Windows Hello, e oferece um método rápido e seguro de aceder ao computador.



Atualmente, muitos laptops trazem um leitor de impressão digital embutido, mas o recurso ainda não é amplamente difundido na indústria e nem está presente em desktops.

Com o HP USB Fingerprint Mouse, esse reforço torna-se mais simples e pode facilitar a vida, não apenas a usuários finais, mas também aos responsáveis pela manutenção informática de uma empresa na hora de implementar alterações — basta usar a impressão digital para confirmar o acesso ao modo administrador, por exemplo.

O USB Fingerprint Mouse tem DPI padrão de 1200, mas esse valor é ajustável e varia entre 800 e 1600.

O novo rato da HP é com fio, com cerca de 180cm, e chega às lojas em dezembro, por cerca de 50 euros.

Por: Diogo Sendim Lourenço*.

Fotos: DR.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Nova fibra ótica da Huawei chega aos 600Gbps

Setembro 30, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Diogo Sendim Lourenço

A Huawei anunciou um novo padrão para redes de fibra ótica. A empresa afirma que, usando chips OptiXtreme oDSP fabricados por ela mesma, é possível alcançar velocidades de até 600 Gbps em cada fibra da sua rede.



Esta solução é encarada como ideal para países de dimensões continentais, o qual também regista um crescimento exponencial por conexão banda larga de alta velocidade.

Redes de alta capacidade como esta da Huawei podem, ainda, ajudar a baixar o custo final para operadoras e também para o consumidor. A consultoria IHS ressalvou que o custo por bit para transmissão em redes de fibra ótica registou uma queda importante em 2011, mas que tem ficado estável nos últimos três anos

Contudo, com a grande procura por Internet doméstica e comercial em Portugal, as operadoras começaram a encontrar soluções para baixar as suas operações e oferecer mais velocidade sem aumentar o preço final ao consumidor. A Huawei diz que é justamente nesse sentido que se encaixa sua nova tecnologia de 600 Gbps.

Isto porque ela funciona num comprimento de onda único e ajustável. Dessa maneira, as operadoras podem configurar a velocidade de transmissão de acordo com a procura (entre 100 e 600 Gbps) e obter sempre a opção mais eficiente.

A empresa também afirma que garante a maior distância de transmissão com esta nova rede e também oferece um módulo com inteligência artificial, para ajustar automaticamente o desempenho da rede de acordo com a procura, a fim de ganhar e eficiência energética.

Não foi revelado, até o momento, nenhum contrato com operadoras portuguesas para o uso desta tecnologia em solo nacional.

Por: Diogo Sendim Lourenço*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Tecnologia ajudou no resgate dos “javalis” na Tailândia

Julho 29, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora
Diogo Sendim Lourenço

Além de todo o empenho de uma imensa equipa de militares, polícias, mergulhadores, analistas internacionais e voluntários, o complexo trabalho de resgate contou com a ajuda de uma série de novas tecnologias.



A partir de uma tecnologia de conetividade, a Huawei permitiu que o grupo de jovens presos na gruta de Tham Luang, na Tailândia, pudesse comunicar com as suas famílias. Chamada de eLTE, a solução é de rápida instalação e é ideal para ser usada em locais inalcançáveis por redes de comunicação pública e situações de emergência. Esse sistema inclui estação base, antena e fornecimento de energia próprio, todos pré-configurados para uma instalação rápida e capaz de atender emergências.

A iniciativa voluntária da empresa chinesa Huawei permitiu que os familiares ajudassem, de alguma forma, no processo de resgate do treinador e dos meninos, uma vez que o apoio emocional e a proximidade com a família são essenciais nesse período.

Drones equipados com câmaras termais também ajudaram a detetar possíveis entradas de acesso à gruta que estava alagada. Um robô aquático foi enviado para fornecer informações sobre a profundidade da água e as condições da caverna.

Por: Diogo Sendim Lourenço*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

 

 

Se és um desastrado com o teu smartphone, está a chegar a solução!

Junho 30, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Diogo Sendim Lourenço

Se achas que és uma daquelas pessoas desastradas que vivem a deixar cair o telemóvel e a partir o ecrã com pouco tempo de uso, aqui está uma invenção que nasceu para as tuas “mãos de manteiga”: uma capa para o teu smartphone que abre uma espécie de “airbag” para protegê-lo antes mesmo de colidir com alguma superfície.

É a sério! Philip Frenzel, um estudante alemão de engenharia da Aalen University, demorou quatro anos para criar um sistema que usa minúsculos sensores para notar a queda e abrir braços flexíveis capazes de absorver o impacto e deixar o aparelho intacto.

Ainda é um protótipo que já está patenteado, mas é também importante referir que isto não se trata de uma opção 100% fiável, já que em superfícies mais irregulares as molas poderão não ser muito eficazes – e há sempre o perigo de se ativarem automaticamente quando a capa estiver no bolso. Resta saber quando é que a capa passa de um protótipo para algo que todos possamos utilizar.

A criação até foi reconhecida com um prémio da Sociedade Alemã de Mecatrónica e não te surpreendas se em breve esse “airbag” aparecer como acessório de alguma empresa por aí. Aliás, já há empresas a pensar em investir para distribuir o projeto a nível global e, quem sabe, melhorar um pouco o design, que no protótipo é bem tosco.

Vê como funciona:

Vale a pena lembrar que a Amazon tem algo muito parecido à venda já há alguns meses.

Por: Diogo Sendim Lourenço*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Foto: DR.

Vídeo: YouTube.

Primeira cirurgia espinhal assistida por um robô, do mundo

Maio 27, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Diogo Sendim Lourenço

Cirurgiões da Escola de Medicina da Universidade da Pensilvânia concluíram a primeira cirurgia espinhal assistida por um robô, do mundo. O procedimento, longo e árduo, serviu para remover um tumor do pescoço de um homem de 27 anos, pela boca. Foram mais de 20 horas na sala de operações, durante dois dias.



Os braços artificiais do sistema Da Vinci foram usados para remover um tumor raro.

A cirurgia, que ocorreu em agosto de 2017, começou com neurocirurgiões a preparar a espinha, usando cortes ultrassónicos. Em seguida, o robô retirou os tumores do pescoço através da boca, com uma precisão inalcançável para humanos.

Se não fosse a participação vital do assistente mecânico e os cuidados precisos dos médicos, o jovem poderia ter ficado paralisado ou sem movimentos importantes. A equipa ainda precisou de ter certeza que os tumores tinham sido completamente removidos, excluindo de vez o uso posterior de radiação. O procedimento foi um sucesso, o americano retomou a sua rotina e já está de volta ao trabalho.

A operação exigiu três fases. Primeiro, um corte no pescoço e na espinha, ao redor do tumor; o Da Vinci foi utilizado na segunda fase para removê-lo pela boca do paciente. Na fase três, a coluna vertebral foi reconstruída, usando um osso do quadril e hastes para estabilidade. A existência do robô permitiu que os médicos parassem de depender de radioterapia para encolher o tumor e passassem para a sua extração completa.

Embora tudo tenha ocorrido em agosto de 2017, a notícia só foi divulgada agora. O tempo de recuperação do paciente foi de 9 meses.

Por: Diogo Sendim Lourenço*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Robô capaz de reciclar 200 iPhones por hora

Abril 22, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Diogo Sendim Lourenço

A Apple apresentou, na passada quinta-feira, uma medida em celebração ao Dia da Terra, que ocorre hoje, que visa reduzir o impacto ambiental dos produtos fabricados pela companhia. O robô chamado “Daisy” é responsável por reciclar iPhones e consegue processar até 200 unidades do smartphone por hora.



Como a empresa americana recebe muitos aparelhos antigos, graças ao programa GiveBack (um iPhone velho é usado como parte pagamento para um modelo novo), ela precisa dar fim a um grande volume de sucata.

A “Daisy” chega para substituir o robô “Liam”, responsável pela reciclagem na Apple desde 2016 e que contribuiu com algumas peças para a criação de sua sucessora. Segundo a fabricante, o novo equipamento incorpora, ainda, alguns aprendizados acumulados pela companhia durante a existência do robô “Liam”. Isso torna a “Daisy” capaz de desmontar, com certa celeridade, nove versões diferentes dos smartphones da “Maçã”, removendo e separando peças a fim de recuperar itens que recicladoras convencionais não conseguem.

No início do mês, a Apple anunciou que 100% da energia utilizada por ela vem de fontes renováveis, um ótimo reforço para a saúde do planeta no que toca a redução do consumo de combustíveis fósseis e da poluição gerada por ele.

Por: Diogo Sendim Lourenço*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Conselhos para prolongar a vida das baterias

Março 5, 2018 em Atualidade, Concelho, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Diogo Sendim Lourenço

Qualquer pessoa que tenha um smartphone, tablet, laptop ou mesmo um carro elétrico terá as baterias de iões de lítio degradadas ao longo do tempo. Cada vez que carregar e descarregar as baterias, elas perdem um pouco da capacidade de se recarregar. No dia-a-dia, realmente não irá notar, mas após um ano, ou um pouco mais, isso significa menos vida útil para o equipamento.



Como não viciar a bateria?

Todas as baterias viciam. Pode adiar esse momento com alguns cuidados de manutenção simples e tirando da cabeça alguns mitos sobre baterias que ainda persistem nos dias de hoje.

Tirar o telemóvel do carregador antes de terminar vicia?

Dependendo da situação: baterias de iões de lítio precisam ser carregadas várias vezes durante o dia, ao invés de um só carregamento que leve a bateria a 100%. Deve, também, evitar deixar a bateria chegar ao 0%, tentando sempre mantê-la acima de 50%. Tente não deixar a bateria ficar abaixo de 20%, e carregue cerca de 40% da bateria por vez (de 50% para 90% ou 40% para 80%). Evite cargas longas ou poderá prejudicar a vida útil da bateria.

Faça um ciclo completo da bateria mensalmente: isso significa deixar a bateria ir até 0% e carregar até 100%, uma vez por mês.

Deixar o telemóvel a carregar a noite toda vicia?

Não! Assim como não vicia usar o telemóvel enquanto carrega. As baterias são “inteligentes” o suficiente para parar de carregar quando chegam ao seu limite de carga. O único cuidado aqui é deixar o telemóvel num lugar ventilado, para evitar o superaquecimento.

Cuidado com altas temperaturas: as baterias não lidam bem com altas temperaturas. Pode ser o sol, fornos, fogões, o seu bolso num dia de verão. Todas estas situações contribuem para reduzir a vida útil da bateria. Mantenha sempre o seu telemóvel afastado dessas fontes de calor, como no interior de uma bolsa ou mochila feita de materiais isolantes térmicos.

Mexer no telemóvel enquanto carrega é perigoso?

Apenas se estiver a usar um carregador impróprio para o dispositivo, como um carregador de terceiros, falsificado, ou sem a amperagem correta para o smartphone. Isso pode até danificar a bateria permanentemente, ou causar explosões.

Se, mesmo a seguir todos estes conselhos, o desempenho da bateria for muito inferior ao verificado no momento da compra, é possível que ela se tenha deteriorado prematuramente ou que, mais provavelmente, o sistema tenha algum aplicativo ou processo em execução, provocando fuga de carga. Para o segundo caso, o melhor é restaurar totalmente o software e começar a instalar e configurar tudo a partir do zero.

Por: Diogo Sendim Lourenço*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Apple pode apresentar novo iPhone SE ainda este ano!

Fevereiro 24, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Diogo Sendim Lourenço

Que o iPhone SE 2 provavelmente está em desenvolvimento, já não é bem novidade. Afinal, alguns rumores surgiram nos últimos meses indicando que ele está mesmo em desenvolvimento. Agora, informações trazidas pelo site chinês QQ vieram mostrar vários outros detalhes do equipamento, incluindo uma possível data para sua chegada.



Começo por falar do hardware, que de maneira geral, se encaixa bastante no que esperaríamos para o modelo mais modesto da linha: um processador A10, 2 GB RAM e opções de 32 e 128 GB de armazenamento. Para manter os custos baixos, a Apple teria decidido deixar o Face ID de lado em favor do Touch ID. Quanto ao ecrã do equipamento? Bem, é melhor não esperar muitas mudanças, já que ele iria de 4 para 4,2 polegadas.

Não esquecemos, é claro, a tão esperada data para a revelação do masrtphone. O equipamento seria revelado durante a WWDC 2018, que, embora ainda sem data, deve ocorrer lá para meio do ano, seguindo os padrões da companhia. Isso só reforça outros rumores surgidos ainda em 2017, que indicavam um lançamento para o primeiro semestre de 2018.

Infelizmente, como no caso de todos os rumores, é melhor não levar tudo como uma verdade absoluta e tentar ter paciência para informações oficiais.

Por: Diogo Sendim Lourenço.*

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Samsung vai revelar o novo Galaxy S9 no dia 25 de fevereiro

Janeiro 28, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Diogo Sendim Lourenço

Isto não é surpresa para muita gente… Afinal de contas, já era mais do que esperado que a Samsung fosse revelar o seu próximo grande smartphone (o Galaxy S9, é claro) durante a MWC 2018 — diferente do que aconteceu em 2017, quando a empresa coreana decidiu utilizar um espaço separado na agenda do mundo tecnológico para anunciar o S8.



Mas para quem precisa de uma confirmação oficial, aqui está ela. No final desta quarta-feira surgiu a informação: a Samsung vai mesmo mostrar o seu Galaxy S9 (e variante S9+) durante uma conferência de imprensa a ser realizada durante a MWC. De acordo com um convite que a fabricante enviou à imprensa internacional, isso vai acontecer no dia 25 de fevereiro.

Ou seja: estamos muito perto de conhecer todos os detalhes deste novo smartphone. Se os rumores mais recentes se confirmarem, devemos ver opções com 4 GB ou 6 GB de RAM, havendo ainda a variação de processadores: Qualcomm Snapdragon 845 ou Samsung Exynos 9810.

Há ainda a informação de que, sem mudanças no design, o foco deste novo equipamento deve estar na câmara: espera-se que o módulo principal do Galaxy S9 tenha 12 MP com abertura variável de f/2.4 até f/1.5.

Por fim, vale mencionar que são esperados ecrãs Super AMOLED de 5,77’’ para o S9 e de 6,22’’ para o S9+.

Está ansioso para conhecer todos os detalhes? Pois agora você sabe exatamente quando isso vai acontecer.

Por: Diogo Sendim Lourenço*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do autor)

Imagem: DR.

iMac Pro chega pela “bagatela” de 5.599€

Dezembro 17, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Diogo Sendim Lourenço

Aclamado pela Apple como um dos mais poderosos desktops já lançados em todos os tempos, o iMac Pro chega a Portugal com um preço “gritante”: quem quiser a versão “mais modesta” da máquina terá que desembolsar pelo menos 5.599€; quem optar por uma versão mais “pro”, pode chegar facilmente aos 16.000€.



A máquina terá processadores Intel Xeon de 8, 10 ou 18 núcleos, que poderão ser acelerados até 4,5 GHz e terão até 42 MB de cache. A placa gráfica Radeon Pro Vega vem nas versões de 8 GB ou 16 GB de memória HBM2, com 11 teraflops de precisão única ou 22 de precisão pela metade, com capacidade para suportar vídeos de 5K num display de 27 polegadas.

A memória RAM inicia em 32 GB; pode ser aumentada para 64 GB e 128 GB DDR4, com direito a correção ECC. O armazenamento interno vai de 1 TB, 2 TB e pode ser de até 4 TB SSD, com taxa de transferência de 3 GB/s, o suficiente para enviar e copiar conteúdo denso. A conetividade fica por conta de quatro portas Thunderbolt 3 USB-C e 10 Gb de Ethernet com WiFi 802.11ac.

O “monstro” também inclui uma câmara frontal de 1080p, quatro microfones, altifalantes embutidos e acesso via Bluetooth 4.2.

O iMac Pro ficou disponível para compra na Apple Store online na quinta-feira, 14 de dezembro de 2017. Os primeiros pedidos do modelo de 8 núcleos serão enviados aos clientes a partir de 27 de dezembro, enquanto as configurações personalizadas, que incluem o Xeon de 10 núcleos, serão fornecidos em uma ou duas semanas adicionais. As encomendas para modelos de 14 e 18 núcleos têm tempos de envio iniciais de 6 a 8 semanas, de modo que essas máquinas não estarão nas mãos dos clientes até janeiro de 2018.

As máquinas do iMac Pro estarão disponíveis nas lojas físicas da Apple até 20 de dezembro.

A Apple provavelmente terá a base iMac Pro disponível para compra e talvez algumas configurações personalizadas recomendadas, mas outras atualizações precisarão de ser obtidas através de um pedido online.

Por: Diogo Sendim Lourenço*.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade do/a autor/a)

Ir Para Cima