Tag archive

Erasmus+

Seminário “O Poder dos Pequenos Gestos dos Voluntários Corpo Europeu de Solidariedade (CES)”

Outubro 21, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

Os voluntários da SOPRO, dos projetos do Corpo Europeu de Solidariedade (Erasmus+) “Make the Change Happen”, “Powerfulll Volunteers” e “Éden”, estão a preparar o Seminário: “O Poder dos Pequenos Gestos dos Voluntários do Corpo Europeu de Solidariedade”, que se realiza no Auditório Municipal de Barcelos, a 5 de dezembro, com o objetivo de celebrar o Dia Internacional do Voluntariado.



Para este evento, a organização conta com o apoio e participação do Município de Barcelos, da Agência Nacional Erasmus+ Juventude em Ação, dos beneficiários dos projetos e dos voluntários, originários de diferentes país, tais como Itália, Turquia, Estónia, Lituânia, Reino Unido, Argélia e Bulgária, que apresentaram o seu trabalho voluntário em Portugal durante 12 meses.

Segue o programa:

Imagens: SOPRO.

KERIGMA em projeto de realidade virtual na formação de reclusos e ex-reclusos

Outubro 2, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

O KERIGMA – Instituto de Inovação e Desenvolvimento Social de Barcelos, em conjunto com outras organizações europeias de Itália, Grécia e Chipre, está a desenvolver um projeto de educação de adultos, apoiado pelo programa Erasmus+, denominado de STEPS – Supporting Ties in the Education of Prisoners (Apoiar laços na educação dos prisioneiros).



Este é “um projeto que pretende criar materiais de formação inovadores que possam ser usados em estabelecimentos prisionais, centros de reabilitação e outras estruturas similares com vista a (re)integrar (ex)-reclusos na sociedade e mitigar as emoções negativas (raiva, rejeição, desilusão) que estes possam sentir”, refere o Instituto.

Neste seguimento, as organizações que constituem o consórcio do projeto têm usado a arte do storytelling para coletar as histórias de vida de reclusos e ex-reclusos na Europa, com o intuito de as dramatizar e adaptar a um sistema de realidade virtual.

Sendo assim, esperam criar um livrete com todas as histórias coletadas e desenvolver seis cenários de realidade virtual. Além disto, pretendem que estes materiais venham a ser usados por professores e formadores enquanto instrumentos educativos no processo de reabilitação e integração de reclusos e ex-reclusos.

Em última instância, o STEPS é um projeto experimental que “almeja transformar as perspetivas de vida de reclusos e ex-reclusos de forma positiva e assim, afastá-los da marginalização, do desemprego e da criminalidade”, conclui.

Fotos: DR.

‘Kasia’ Limanówka: «Em Barcelos encontrei os pores do sol mais bonitos que alguma vez vi!»

Julho 31, 2019 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo, Opinião port barcelosnahorabarcelosnahora
Katarzyna Limanówka

Em Barcelos encontrei os pores do sol mais bonitos que alguma vez vi! O sol foi a melhor surpresa que encontrei durante toda a minha estadia em Portugal.



Cheguei a Barcelos no início de novembro do ano passado e fui recebida por chuva intensa e tempo tempestuoso. Fiquei duplamente surpresa porque saí da Polónia com um outono ensolarado e caloroso e imaginava, com toda a certeza, que em Portugal ainda seria tempo de verão. Infelizmente, não era.

Durante a primeira noite, ventos fortes partiram uma pequena janela na minha cozinha, pelo que fiquei ligeiramente assustada. Além disso, a minha mãe ligou-me a descrever como os dias estavam incomuns e quentes na Polónia. Fiquei com ciúmes, mas depois, ouvi a lenda de São Martinho. Depois do 11 de novembro, em Portugal, vem o “segundo verão”. Diz-se que isto acontece devido a São Martinho. De acordo com a lenda, São Martinho ajudou um homem pobre e nu que conheceu num dia chuvoso e frio, dando-lhe o seu casaco. Depois disso, o sol voltou para Portugal. O mesmo aconteceu no ano passado, após a minha chegada. Felicidade e pura alegria apareceram na minha vida. E o sol nunca mais me deixou sozinha. Claro que tive dias chuvosos, mas não tantos como esperava. Li que o inverno em Portugal era bastante chuvoso, mas este ano não o foi. Até os portugueses ficaram espantados. Assim, passei um Natal ensolarado em Portugal, recebi o Ano Novo também com muito sol, e estes momentos, nunca esquecerei.

Mas permitam-me começar de novo… Cześć! Mam na imię Kasia (Olá! Chamo-me Kasia) e vim para Barcelos para integrar um projeto SVE. Sou voluntária e a minha organização de acolhimento é a SOPRO ONGD.

Antes de vir para Portugal, trabalhava no Museu Municipal de Engenharia, em Kraków, e estudava antropologia da cultura na Universidade Jagiellonian. Mas desisti de tudo e decidi tornar-me numa voluntária.

Ouvi falar do SVE pela primeira vez quando tinha 22 anos. Esta é uma história bastante engraçada. Eu estava numa fila de espera enorme para obter um quarto numa residência de estudantes. Estava um pouco nervosa porque haviam poucas vagas, muitas outras pessoas nessa mesma fila e faltavam poucos dias para o início de outro ano letivo. Naquela fila enorme, conheci uma pessoa incrível que tinha voltado da Roménia após o seu projeto SVE e falou da sua experiência. Fiquei espantada com a sua história e rapidamente decidi que, no futuro próximo, iria participar num projeto SVE. Então, aqui estou eu, no ensolarado Portugal, 5 anos depois daquele encontro com o rapaz misterioso, na longa fila de espera.

E estás provavelmente a questionar-te o que estou aqui a fazer.

Nos primeiros 5 meses, estive a trabalhar no centro social Abel Varzim, em Cristelo, onde ajudei crianças com o seu Inglês, organizei oficinas e atividades de artesanato. Ali, encontrei imensas crianças incríveis e fantásticas, cheias de paixão e energia positiva. Irei sentir muitas saudades delas, e já sinto, na verdade porque, desde o início de abril comecei a trabalhar diretamente com a SOPRO.

Depois da enorme tragédia em Moçambique, quando o Ciclone Idai destruiu tantas cidades e matou imensas pessoas, todos os voluntários da SOPRO começaram a ajudar na campanha de Moçambique. A partir desse momento, na maior parte do tempo, ajudei a separar, preparar e embalar caixas com alimentos, roupas e material escolar para as vítimas do Ciclone Idai. Dia após dia, observo o quão generosas são as pessoas que formam a Comunidade de Barcelos e que estão envolvidas em todas as ações organizadas pela SOPRO.

Mas o SVE não é, unicamente, sobre fazer voluntariado. É também uma oportunidade incrível pra descobrir outras culturas, tradições, estilos de vida e conhecer novas pessoas. Durante a minha estadia em Portugal, apaixonei-me pelo Porto. É uma cidade maravilhosa e mágica, que me surpreendeu em cada canto, com todas as porções de arte de rua e parques verdes que lá descobri. Amo passar lá todos os meus fins de semana porque, para mim, vale mesmo a pena e não me surpreende que tantos turistas visitem esta cidade. Não poderiam ter escolhido melhor.

Por fim, gostaria de dizer que sou apreciadora de inúmeras delícias portuguesas, como frutas e vegetais. Poderia passar o resto da minha vida a comer unicamente laranjas do Algarve. A sério! É muito triste que o meu projeto vá terminar em breve pois irei sentir falta de todos estes pores do sol, das laranjas, de Barcelos, do Porto e das pessoas que aqui conheci.

Por: Katarzyna Limanówka.*

Voluntária da SOPRO – Solidariedade e Promoção

Em projeto de voluntariado desde novembro de 2018 até setembro 2019.

Fotos: DR.

(* A redação do artigo de opinião é única e exclusivamente da responsabilidade da autora)

Jovens do ensino profissional do concelho fazem formação no estrangeiro

Julho 20, 2019 em Atualidade, Concelho, Educação, Mundo, Política port barcelosnahorabarcelosnahora

A Câmara Municipal de Barcelos aprovou, na reunião ordinária de 19 de julho, um acordo de colaboração com agrupamentos de escolas e escolas não agrupadas do concelho, tendo em vista a concretização do projeto de valorização do ensino profissional, financiado pela União Europeia no âmbito do programa ERASMUS +.



Ao todo são 80 alunos de ensino profissional do Agrupamento de Escolas Alcaides de Faria, do Agrupamento de Escolas de Barcelos, do Agrupamento de Escolas Vale D’Este e da Escola Secundária de Barcelinhos que terão oportunidade de expandir e melhorar a qualidade das suas práticas de formação nas empresas europeias, entrando em contacto com a realidade do mercado de trabalho europeu, nas áreas do Turismo, Restauração (Bar), Tecnologias de Informação e Comunicação, Gestão, Secretariado e Design Gráfico, sendo acompanhados por oito professores da componente técnica.

“O projeto, coordenado pelo Município de Barcelos, apresenta-se como promotor da igualdade de oportunidades, permitindo a jovens de contextos socioeconómicos vulneráveis e desfavorecidos ter uma experiência única e transformadora da sua vida académica, pessoal e profissional”, refere o Município em nota.

Ainda na mesma reunião, o executivo municipal aprovou um acordo de colaboração com a Associação do Ensino Especializado da Música (Conservatório de Música de Barcelos), com vista à realização e divulgação de atividades musicais em Barcelos. O Município atribui uma comparticipação financeira no valor de 30 mil euros e a Associação assume a realização de 20 concertos didáticos, nove recitais, o Concurso Nacional Pequenos Galitos de Barcelos, um curso de verão de estágio para jovens músicos com concerto no final, duas bolsas de formação a alunos com insuficiência económica, entre outras obrigações.

Foram, também, atribuídos os seguintes subsídios: 12.500,00€ à Freguesia de Alvelos e 8.000,00€ à freguesia de Barqueiros; 250,00€ à Associação Salvador; 3.000,00€ à Paróquia de Santa Maria Maior; 3.500,00€ à Juventude Cultural e Recreativa de Perelhal.

Ao nível social foram aprovadas as propostas de adenda ao protocolo de colaboração entre o Município de Barcelos e a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Viatodos, relativo ao transporte de utentes da APAC em período de férias; o transporte de táxi para pessoa portadora de deficiência, entre a sua residência e o Centro D. João Novais Sousa, em Braga; o apoio ao arrendamento habitacional a 11 agregados familiares.

Por último, foi aprovada a contratação de oito funcionários, por tempo determinado, e constantes da lista de ordenação já homologada.

Fonte: CMB.

Foto: DR.

Barcelense SOPRO representa Agência Nacional Erasmus+ Portugal na Islândia

Novembro 13, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A SOPRO esteve em representação Portugal, através da Agência Nacional Erasmus+ Juventude em Ação, de 27 de outubro a 2 de novembro, em Laugarvatn na Islândia, no Training CourseTools for Youth Exchanges”.



Esta formação foi organizada pela Agência Nacional Erasmus+ da Islândia, teve a duração de 7 dias, com a participação de 32 participantes de 16 países. A SOPRO esteve em representação de Portugal e da Agência Nacional Erasmus+ Juventude em Ação.

Esta formação teve como objetivo estabelecer novas parcerias entre os diferentes países da União Europeia e Países Parceiros da União Europeia, conhecer novas formas de trabalho e estar a par das últimas informações sobre o Erasmus+.

Fotos: DR.

SOPRO procura voluntários para a Letónia e Itália

Agosto 25, 2018 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A SOPRO está à procura de dois jovens voluntários, com idades entre os 18 e os 30 anos, para realizarem voluntariado. Um para a Letónia, durante 5 meses, e outro para Itália, para um projeto de 10 meses.



Estes projetos são totalmente financiados pelo Programa Erasmus+, que garante aos jovens

uma viagem de ida e volta, alojamento, alimentação, dinheiro de bolso e o certificado YouthPass, reconhecido pela União Europeia.

Pode encontrar todas as informações no site da SOPRO (www.sopro.org.pt) ou pode contactar pelo 253 837 259 ou 965 659 916.

Imagem: SOPRO.

Projeto “Be SOPRO” inicia em Barcelos

Outubro 29, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Educação, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A SOPRO já iniciou o Projeto Be SOPRO em outubro, este que é um projeto financiado pelo Programa Erasmus+ e que tem em vista a receção de três voluntários, duas jovens de Itália e um jovem da Letónia, que estarão em Barcelos durante doze meses a organizar atividades desportivas, artísticas, culturais e de voluntariado para os alunos do Colégio La Salle e para a Comunidade de Barcelos.



O projeto Be SOPRO, aprovado pela Agência Nacional Erasmus+, Juventude em Ação, é um projeto de Serviço Voluntário Europeu (SVE) que iniciou com a chegada das duas voluntárias da SOPRO, que foram selecionadas por entre a candidatura de dezenas de voluntários italianos e em breve será a vez de um voluntário letão.

De acordo com nota enviada a este jornal, a SOPRO refere que “trabalha com três entidades parceiras, duas de Itália e uma da Letónia, que garantem o cumprimento das regras do programa Erasmus+, ajudam na seleção do jovem voluntário e fazem o acompanhamento dos jovens garantindo a sua integração e adaptação”.

O Serviço Voluntário Europeu faz parte do Programa Erasmus+ que aspira mudar a vida das pessoas e potenciar os projetos dos jovens, criando experiências e oportunidades, promovendo a mobilidade, impulsionando os resultados da aprendizagem, ligando pessoas através de laços culturais apoiados por um conjunto comum de valores, com base numa união de políticas de forma a promover o desenvolvimento social e o crescimento económico na Europa.

Oportunidades ERASMUS+ para jovens portugueses

A SOPRO, neste momento, tem duas vagas em aberto para jovens com idades compreendidas entre 18 e 30 anos, uma para a Letónia (11 meses) e outra para Itália (10 meses), com todas as despesas pagas pelo Programa Erasmus+

Projeto “Chocolate” em Gulbene, na Letónia, com a duração de 11 Meses

Tem como objetivo a organização de atividades com jovens para o desenvolvimento de competências nas áreas artísticas como: Dança, Teatro de Improviso, Workshops sobre criatividade, multimédia ou Música.

“The Power of the Care at the Community Service” em Recanati, Itália

Desenrolar-se-á por dez Meses, de 01/12/2017 a 30/09/2018. Procuram um(a) voluntário(a) com competências ao nível educativo, disponibilidade para trabalhar com crianças (4-10 anos) num contexto dinâmico e intergeracional. Tem como objectivo a organização de tarefas ecológicas, organizar atividades relacionadas com as Artes (música, arte, literatura, teatro e projetos audiovisuais), trabalhar as questões ambientais, desenvolvimento sustentável, promover a cidadania ativa e os princípios da comunidade europeia.

A SOPRO solicita aos interessados que os contactem através do 253 837 259, e-mail: voluntariado@sopro.org.pt; ou ainda, presencialmente de 2.ª a 6.ª feira, das 10H00 às 17H00, na Travessa Celestino Costa, Loja 10 em Barcelinhos.

Fonte e imagem: SOPRO.

Eurodesk abre espaço de informação na SOPRO

Outubro 12, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A Eurodesk, espaço de informação e promoção de oportunidades de formação, emprego, projetos e eventos no espaço Europeu, sob a chancela da Agência Nacional do Programa Erasmus+ Juventude em Ação, tem, agora, um espaço multiplicador na SOPRO.



A SOPRO tem, por isso, disponível um ponto multiplicador de informação e promoção dos valores europeus, como contributo para a solidariedade intergeracional e a inclusão social. O gabinete vai prestar serviços de informação e disseminação de oportunidades à comunidade e aos jovens, em particular, sobre ofertas de formação e emprego, oportunidades de aprendizagem, projetos e eventos no espaço nacional e Europeu.

Com o suporte da Agência Nacional do Programa Erasmus+ Juventude em Ação, no Ponto Eurodesk há uma equipa de técnicos especializados para o ajudar a encontrar soluções diferenciadoras e abrir novos horizontes. O serviço de informação Eurodesk é um serviço gratuito para os utilizadores.

Para mais informações contacte: SOPRO – Solidariedade e Promoção, através do 253 837 259, e-mail: comunicacao@sopro.org.pt; ou ainda, presencialmente de 2.ª a 6.ª feira, das 10H00 às 17H00, na Travessa Celestino Costa, Loja 10 em Barcelinhos.

Pode, ainda, contactar a Agência Nacional Erasmus + Juventude em Ação através do 253 204 260 ou pelo e-mail: geral@juventude.pt.

Fonte: SOPRO.

SOPRO continua a necessitar de ajuda e de um voluntário

Setembro 30, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura, Mundo port barcelosnahorabarcelosnahora

A associação barcelense SOPRO continua a necessitar de ajuda para equipar a Casa dos Voluntários, que, no âmbito do Programa Erasmus+, vai receber 7 voluntários para ajudar a reabilitar a sua futura sede.



Em nota enviada a este jornal, a SOPRO informa que precisam de ajuda “para equipar a Casa dos Voluntários com um fogão a gás, uma máquina de lavar roupa, louças e utensílios de cozinha, uma mesa de apoio para a cozinha e 3 bicicletas para os voluntários se poderem movimentar autonomamente em Barcelos. Agradecemos a ajuda de todos os que possam ajudar nesta causa!”

Voluntário(a) para a Letónia

Noutro âmbito, a SOPRO continua, igualmente, à procura de um(a) voluntário(a), com idade entre os 18 e os 30 anos e residência legal em Portugal, para enviar durante 11 meses para o Centro Juvenil de Gulbene, na Letónia. A SOPRO já tem uma voluntária em Gulbene, que ajudará na adaptação do novo voluntário.

Durante o SVE (Serviço Voluntário Europeu), o voluntário tem direito a dinheiro de bolso, alojamento, alimentação e, no final, recebe o YOUTHPASS, um certificado emitido pela União Europeia. Esta iniciativa de voluntariado é totalmente financiada pelo Programa Erasmus+, da União Europeia.

Fonte e imagens: SOPRO.

SOPRO necessita de ajuda para equipar Casa de Voluntários

Setembro 20, 2017 em Atualidade, Concelho, Cultura port barcelosnahorabarcelosnahora

A SOPRO vai receber, já em outubro, um grupo de 9 voluntários vindos de vários países europeus, que vêm trabalhar com a SOPRO em projetos de voluntariado na cidade de Barcelos.



Nesse sentido, a associação barcelense apela à generosidade de todos os que possam ajudar a equipar a casa dos voluntários com mobiliário e eletrodomésticos, em uso e bom estado de conservação.

Os bens mais necessários são: 1 máquina de lavar roupa, 1 fogão, ferro de engomar e tábua, utensílios de cozinha, 4 camas de solteiro, 2 guarda fatos e outros bens para casa, em bom estado.

Em nota enviada a este jornal, a Sopro pede que “passe a mensagem e se tiver algo que não precise, em bom estado e que possa ser usado, doe à SOPRO. Contacte 253 837 259 ou comunicacao@sopro.org.pt.

SOPRO procura voluntário para a Letónia

A SOPRO continua à procura de um(a) voluntário(a), com idade entre os 18 e os 29 anos, com residência legal em Portugal, para enviar durante 11 meses para o Centro Juvenil de Gulbene, na Letónia, para trabalhar com jovens.

Durante o SVE (Serviço Voluntário Europeu), o voluntário tem direito a dinheiro de bolso, alojamento, alimentação e, no final, recebe o YOUTHPASS, um certificado emitido pelo Programa Erasmus+ da União Europeia.

De acordo com a SOPRO, “esta ação de voluntariado tem como missão o trabalho com os jovens do centro juvenil, organizando atividades de educação não formal como dança, multimédia, teatro, música, workshops criativos e outras atividades que possam desenvolver”.

Mais, esta associação informa que já tem uma voluntária em Gulbene, que ajudará na adaptação do novo voluntário.

Todas as informações encontram-se no site da SOPRO e linha de apoio 253 837 259 ou voluntariado@sopro.org.pt.

Por fim, a SOPRO deixa um apelo: “Porque acreditamos que Pequenos Gestos Mudam o Mundo, contámos consigo!”.

Fonte e imagem: SOPRO.

Ir Para Cima